Não perca peso tão rápido

Por , em 8.03.2012

Perder peso é sempre complicado. Mas, na maioria dos casos, perder ainda é mais fácil do que manter.

E os especialistas alertam que perder peso muito rápido pode não ser uma coisa boa, ao contrário do que as pessoas possam pensar.

É sonho de muita gente perder peso como uma estrela de cinema. Com um personal trainer, personal chef, nutricionista pessoal e assistente pessoal, quem não poderia perder 10 quilos em poucas semanas?

Mas uma nova entrevista com a atriz Mila Kunis indica que a perda de peso rápida (neste caso para um papel) às vezes pode resultar em ganho de peso rápido e em todos os lugares errados.

Mila perdeu 9 quilos para poder interpretar Lily, a bailarina “inimiga” de Nina (Natalie Portman) em “Cisne Negro”. Com 43 quilos, Mila diz que tinha músculos fortes, mas era pele e osso.

Infelizmente, quando ela ganhou peso de volta, ele acabou em lugares completamente diferentes. “Todo o peso que deixou meu peito foi para o meu quadril, meu estômago”, disse ela.

Andrea N. Giancoli, nutricionista e porta-voz da Academia de Nutrição e Dietética americana, explica que peso redistribuído não é incomum após perda de peso drástica (e ganho de peso).

“O que acontece muitas vezes com extrema perda de peso de forma rápida é que você perde tecido muscular”, diz ela. “Infelizmente, quando nós ganhamos o peso de volta, ele volta na forma de gordura”.

E a gordura tende a mostrar-se sempre onde você é geneticamente predisposto a tê-la. Algumas pessoas armazenam gordura na barriga, outras nas coxas, seios ou nádegas.

Além do mais, rápida perda de peso geralmente afeta o metabolismo, diminuindo a velocidade com que o corpo queima calorias. “Mas quando você volta a comer normalmente de novo, você ganha peso mais facilmente e como gordura, a menos que você não coma demais e se exercite”, explica a nutricionista.

Se você está de dieta, Giancoli aconselha perder apenas 400 a 900 gramas por semana, que dá ao seu corpo oportunidade de se adaptar à perda de peso e minimiza a perda de massa magra e músculo.

Quanto a celebridades e seus altos e baixos, ela diz que são muitas vezes um exemplo perfeito do que não fazer. “Um dia elas perderam muito peso e estão lindas, no outro ganharam todo o peso de volta. Culpamos as celebridades, não as dietas ridículas. Mas, no final, tudo se resume a fisiologia e biologia humanas. Seu corpo não gosta quando você perde peso tão rápido”, alerta Giancoli.[MSN]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

5 comentários

  • eu:

    quando a dieta é brava, geralmente perde-se 30% de gordura e o restante de 70% se perde em água e músculo. O musculo é importante para a queima de energía, e se consumimos muita energía em alimento e não a queimamos, esta energia se transforma em gordura acumulada, por isso em dieta deve-se ter cuidado e minimizar a perda de musculatura.

  • CLEME:

    Claro quando uma conquista é feita lentamente , ainda mais em se tratando do nosso meio interno, melhores serão as adaptações e a resposta do organismo.

    Esta orientação sempre passo a quem atendo: ter paciência em qualquer situação crônica é fundamental!

    A situação é comparável a subida de uma montanha alta e íngreme: não adianta se apavorar, ao perceber que o pico é muito alto, o importante é ter prazer de subir e vencer os obstáculos, aí sim estaremos substituindo a ansiedade pela satisfação!

    • jose ajosilaudof eliciano mendes:

      para perder peso com saude e em segurança é melhor com a ajuda de profissionais,pois quem perde peso abruptamente corre o risco de sofrer as consequencias.

    • jose ajosilaudof eliciano mendes:

      vamos fazer exercicios é mais saudavel.

    • nora:

      Nossa, mandou bem nessa matáfora…

Deixe seu comentário!