Nokia quer criar celular-tatuagem

Por , em 20.03.2012

O campo das tecnologias hápticas (ou seja, todas aquelas sensíveis ao tato) já possui muitas aplicações na comunicação, inclusive na telefonia celular. A empresa Nokia, que na semana passada já havia lançado seu próprio sistema de “slide-to-unlock” (para desbloquear a tela touchscreen), aparece agora com mais uma novidade: um identificador de chamadas que funciona como uma “tatuagem”.

Trata-se de uma espécie de sensor adesivo, que pode ser acoplado à pele e se comunica diretamente com seu celular. O equipamento tem duas atribuições básicas: detectar um campo magnético e emitir uma vibração. Você pode instalar o dispositivo em seu antebraço, por exemplo, e sentirá sua vibração sempre que receber uma chamada.

O curioso é que você pode saber de quem veio o telefonema a partir da vibração. Para cada chamada, o celular emite um campo magnético diferente, que é convertido em uma vibração específica. Ou, se você preferir, pode haver diferenciação de acordo com o tipo de chamada: ligação, mensagem de texto ou mensagem de voz, por exemplo.

O dispositivo de que falamos até agora é móvel e removível, mas existe uma opção ainda mais extravagante: uma tatuagem de verdade que serve como identificador de chamadas. É preparada uma tinta especial, previamente desmagnetizada a partir de exposição a altas temperaturas.

Depois, a tatuagem é aplicada com o auxílio de ímãs ferromagnéticos (o ferromagnetismo é um procedimento pelo qual vários materiais, não só o ferro, formam ímãs permanentes), criando uma tinta-ímã. É uma tatuagem como outra qualquer – você pode escolher a imagem, inclusive -, mas a tinta é capaz de vibrar com as chamadas do seu celular.

Esta tecnologia é útil, conforme explicam os idealizadores, para identificar chamadas em lugares muito barulhentos, ou em locais silenciosos que proíbem as pessoas de manter o celular ligado. De lambuja, ganha-se uma bonita tatuagem com o desenho à sua escolha. [Unwiredview, foto de micaeltattoo]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

7 comentários

  • junior:

    Credo vei eu prefiro sentir o celular vibrar no meu bolso!

  • Vitor:

    Jajá nos tornaremos Andróides!! Tô fora!!

  • António Toscano:

    Já sonhei isto, bateria ilimitada por solar, usei no braço esquerdo. SONHEI mesmo ^^

  • Jeferson:

    A MARCA DA BESTA!

    • Erivelto:

      Concordo

  • kim:

    Sim….na matéria só diz que tanto a tatuagem quanto o adesivo vibram perante o magnetismo do celular..bacana…mas não diz que o magnetismo seja proveniente só do SEU celular…isso quer dizer que se você está num lugar com vários celulares proximos o adesivo/tatuagem iria vibrar a cada chamada tanto do seu quanto dos outros celulares… poderia ser até engraçado…(ou não)

  • junior:

    na boa, eu já tinha receio de telefone fixo…
    pensem o que quiser, eu não foi grudar isso em mim mesmo!

Deixe seu comentário!