Os 10 mais estranhos impostos do mundo

Por , em 23.01.2011

Com o começo do ano também começam as contas para pagar – incluindo os impostos. Mas antes que você reclame de como os impostos no Brasil são absurdos conheça 10 impostos verdadeiramente bizarros:

1. Imposto da Descarga

Você vai ao banheiro, você tem que pagar. Em 2004, para proteger as águas próximas, Maryland, nos EUA, instituiu o imposto da descarga. Todos os donos de sistemas sépticos passaram a pagar uma taxa adicional para o tratamento de esgoto – os fundos são revertidos a novos tratamentos sépticos que reduzem o nitrogênio da água tratada, impedindo colapso em ecossistemas.

2. Imposto da Alma

Pedro, o Grande, Czar da Rússia resolveu que todo mundo que possuía alma deveria pagar um imposto por ela (isso no ano de 1718). Ele não era um cara religioso e não acreditava no conceito de alma, mesmo assim fazia outros ateus pagarem um imposto por sua não-religiosidade, que era o equivalente ao imposto da alma. Ele também cobrava imposto de pessoas com barba, chapéus, botas, chaminés, casamentos, nascimentos e funerais.

3. Imposto de Bruxaria

A Romênia está em crise e, logo, está tentando coletar o máximo de dinheiro possível. E, nesse ano, eles resolveram cobrar imposto de todas as bruxas do país. Como em qualquer outra profissão, elas precisariam pagar 16% da sua renda para o governo.

4. Imposto por tatuagem

Desde 2005, qualquer um com tatuagem no Arkansas (EUA) que quer fazer uma tatuagem ou um piercing precisa pagar 6% a mais do valor do serviço como imposto para o estado.

5. Imposto pelo pó de peruca

Em 1795 as perucas brancas “empoeiradas” estavam na moda, então o primeiro ministro britânico da época, William Pitt, resolveu cobrar uma taxa sobre o pó de peruca. Apesar de levantar protestos, o imposto fez com que os homens deixassem as perucas de lado.

6. Imposto sobre craque

Até 2009 os traficantes no Tennesee precisavam pagar uma taxa sobre sua venda de substâncias ilegais. Os traficantes pagavam anonimamente e seu produto recebia um selo de aprovação do governo. De 2005 a 2009, o estado coletou seis milhões de dólares com esse imposto.

7. Imposto de catolicismo

Na Alemanha, o católico que se recusa a pagar uma espécie de dízimo é excomungado. Devido a esse imposto, a igreja católica alemã perdeu muitos fiéis. Isso também acontece na Áustria e na Suíça, e tanto católicos quanto protestantes precisam pagar a taxa.

8. Imposto sobre bagels

Você já comeu bagels? Aquele pão fibroso em forma de rosquinha? Em Nova York, se você experimentasse um bagel na loja e não em casa, precisaria pagar uma taxa adicional. Exatamente – comer na loja é mais caro do que levar para viagem. Calcula-se que eles paguem cerca de nove centavos de dólar a mais por bagel comido na loja.

9. Imposto sobre xixi

O imposto era cobrado de funcionários da Roma Antiga que, na hora de limpar banheiros, coletavam o xixi e vendiam para empresas de limpeza, que transformavam o líquido com alta concentração de amônia em produto de limpeza.

10. Imposto sobre balões de ar quente

No Kansas, nos EUA, qualquer lugar de fornece serviços de entretenimento e lazer deve pagar impostos. Logo, no ano passado, o governo levantou a possibilidade de que balões de ar quente, desses que fazem passeios, deveriam pagar impostos. [Oddee]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

52 comentários

  • Regis Jung:

    porque não falam do imposto do oxigênio que está sendo discutido na ONU, querem que todos os cidadãos da terra terão que pagar por respirar

  • Wilson Queiroga:

    No Brasil todos os impostos são estranhos pois quase nunca se reverte para os “contribuintes” ! Se é IMPOSTO,eu então não sou contribuinte e sim obrigado ! Os mais injustos estranhos impostos são o IPTU,IPVA e ICMS que são uma aberração !!!

    • Genioso Irreligioso:

      Impostos no Brasil não são estranhos… são perversos! 😉

  • cosme:

    Na minha opinião,no Brasil são criados vários impostos,pois se não for assim,como que os caras do poder público iam fazer pra sustentar seus luxos e de suas famílias?Como que eles iam viajar quase que o mandato inteiro pelo o mundo afora nossas custas?
    Por que será que político ganham tão bem,pois eles não gasta com nada: tem moradia,carro , combustível,internet,convenio médico e odontológico,não paga água , luz,telefone,tv a cabo,tudo isso é incluído como benefício por ser político e ainda ganham um vale pra comprar seus ternos.E com todas essas regalias,eles ainda tem coragem de desviar as verbas que são designadas a alguma coisa pra população.
    Ah!E ainda podem fazer o que quiser no campo da criminalidade que nada acontece,pois tem imunidade parlamentar.
    ESSE É O MEU PAÍS!!!

  • josé ricardo:

    Aí juntaram tudo isso, acrescentaram mais um pouco, e inventaram a República Federativa do Brasil!

  • Christian:

    Daqui a pouco estão criando o imposto para a pessoa pagar imposto.

  • LucasKL:

    O Brasil não muda porque as pessoas só falam e discutem o que está errado e o que deve ser feito, principalmente pela internet.

    Primeiro um bom planejamento corporativo com toda a população brasileira.

    Depois, uma revolução drástica, pré-meditada, com o maior número de pessoas possíveis e líderes eficientes.

    O crescimento do Brasil e a qualidade de vida dependem da nossa atitude!

    Ou acabamos com impostos alheios e políticos corruptos ou eles acabarão conosco!

  • Cristiano:

    No mundo existem 3 tipos de impostos:

    1 – Impostos sobre patrimônio: este é o imposto mais justo, posto que quem não tem patrimônio nada paga, e é também o único tipo de imposto impossível de se sonegar, uma vez que não adianta passar o patrimônio para o nome de terceiros que ainda assim o imposto incide.

    2 – Impostos sobre a renda auferida: em teoria, deveria ser uma boa maneira de tributar, já que quem ganha mais pagaria mais. No entanto, há várias formas de se sonegar, principalmente pra quem é autônomo. O absurdo é tanto que é preferível ganhar no Brasil R$ 3.000,00 como autônomo do que R$ 5.000,00 como empregado de carteira assinada.

    3 – Imposto sobre produção e circulação de mercadoria : o mais injusto dos impostos, que incide indistintamente sobre pobres e ricos. Um pobre que ganha um salário mínimo paga R$ 4,00 de impostos em um saco de arroz que vale R$ 10,00. Um milionário que ganha R$ 300.000,00 paga os mesmos R$ 4,00.

    O problema do Brasil é que praticamente toda a sua carga tributária se baseia nesse último tipo de imposto. Alimentos, bens de consumo, energia elétrica, telefone, água, etc…

    Por que será que no Brasil não se desonera esses tributos, aumentando-se a alíquota de impostos sobre o patrimônio?

    Quando o governo ajuda a população mais carente com bolsa-família, na realidade está fazendo esmola com o dinheiro alheio, já que “roubou” da população mais pobre pra depois fazer graça com este mesmo dinheiro.

    Podem ter certeza que quem ganha um salário mínimo paga quase metade de sua renda em tributos.

  • antonio lara:

    Olha,vamos fazer assim :
    1.Que tal procurarmos saber a alíquota de cada produto que entra em nossas vidas ex. do leite ,da carne dos remédios etc.
    2.Vamos procurar saber a origem deles e a que fim .
    3.Vamos procurar saber a quem ele favorece diretamente e quem os mantém e porque,
    4.Vamos procurar conhecer nossos direitos de verdade aquele escrito no “papel”,
    5.Vamos fazer com que elas valham exigindo e aqui eu já começei,
    6.Vamos para de achar que o problema de outrem e não meu ou seu porque sempre nos esquivamos dizendo ser do “governo” ,
    7.Vamos ser honestos : O Brasil é o que é porque somos o povo que somos;votar no Tiririca.esquecer em quem votamos,votarmos e depois lagarmos prá lá ?!

  • TrueLogic:

    Prováveis impostos nos próximos 5 anos:

    -Imposto por pagar imposto, pois cobrar imposto custa caro.

    -Imposto extra, imposto com juros, imposto extra com juros, impostos impostos, juros juros, juros dos impostos e impostos dos juros.

  • adnaildo:

    se brincar-mos seremos obrigados a paga impostos pelo peidos que damos com a desculpa de ser por causa da emissa de metano e outras substancia toxicas. o governo so quer saber de enxer o bolso deles

  • adnaildo:

    daquia alguns dias nos teremos que pagas impostos pelo ar que nos respiramos, eles colocarao medidores nas nossas narinas e no final do mes vira a conta dizendo o seguinte “voce respirou no mes 20metros cubicos de o2”..

  • Deep:

    Nessa vida, de certo, só a morte e os impostos! (reza o famoso dito popular.)

  • Eduardo:

    Corrigindo: * “portuguêsa”, não mas sim “portugesa”.

  • valdemir:

    em cuba o governo de fidel cobra a metade do que o cidadão produs.
    no brasil se eu quero viajar pago pedagio
    se eu quero estudar com qualidade pago colegio
    se eu quero ter saude pago plano de saude
    agora não posso falar no celular dentro do banco,
    pago tanto pela incompetençia deles

  • valdemir:

    o deputado roubou. se foçe nos eua ele estaria na cadeia.
    balela, la é pior que aqui

  • luciana:

    Faltou o Laudemio, que é um imposto cuja valor reverte para a família real (Orleans e Bragança), quando se faz uma transação imobiliária.
    Agora, com relação ao excesso de filhos, acho que deveria haver sim um limite para o casal procriar. O planeta não aguenta mais sustentar tantas pessoas. Não é só a comida. É toda a infra estrutura que uma pessoa precisa para viver.

  • Reynaldo Andrade:

    Acho que nosso pais, também tem que cobrar alguns impostos, tais como, uso de solo público pelo nosso andar, imposto sobre respirar o ar, imposto sobre secar roupas ( uso do sol ) imposto sobre as chuvas que regam as fazendas, imposto sobre aproveitar uma sombra na rua, imposto ao cumprimentar uma pessoa, imposto por cada filho que se tem, e imposto sobre o previlégio de pagar imposto, estou certo ou errado?

  • antonio lara:

    Li atentamente todos os comentários.O que precisamos é fazer uma Derrama !
    No Brasil todo nós somos como macarrão que só é duro até entrar na panela.

  • Ricardo:

    Muito bacana a descrição desses encargos que sustentam governos e, em muitos casos, mordomias e excessos do que conduzem a máquina pública.

    Contudo, com relação ao “Imposto da Alma”, no item 2, talvez tenha ocorrido uma pequena confusão. O imposto estabelecido por Pedro, o Grande, na Rússia, não se referia à alma na acepcção espiritual do termo. Alma era o nome que se dava aos servos naquela Rússia feudal do século XVI. O imposto incidia sobre o número de almas (servos) que cada proprietário de terras tinha sob tutela. Uma circunstância que perdurou até o início do século XX, descrita de modo magistral por Gogol no livro “Almas Mortas”.

  • josias:

    Detesto os impostos.
    TODO GOVERNO É PERDULÁRIO, ARBITRÁRIO E REACIONÁRIO.

  • MARCOS:

    isso dai perto dos impostos daqui nao e naddaaaaaaaa

  • claudemir da silva:

    nesse mundo agente paga imposto pra tudo

  • Douglas:

    Se não estou enganado na Russia o governo queria cobrar um imposto sobre o esperma que era vendido a clinicas de inseminação artificial, isso gerou muitos protestos uma vez que o imposto tirava o direito ao anonimato dos homens que vendiam seu sêmem.

  • Maikon (MagoDoKosmo):

    Aqui na Italia,tem uma taxa bem estranha,uma nao,varias,mas cito 2, 1°: pagar pra ver a TV aberta,isso mesmo,(è como se tivessemos que pagar pra ver o SBT no Brasil,è te mandam a conta em casa,com todos teus dados de reconhecimento,RG e CPF,daqui,claro.
    2°: quem quizer ter um bar ou estabelicimento comercial que tiver uma radio ou TV ,tem que pagar uma taxa governativa por direitos autorais da obra musical ou visiva. Entre milhares de outras leis estranhas

  • Publicano:

    Algumas coisas eu gostaria de dizer sobre isso, apesar de que posso receber um monte dessas mãozinhas pra baixo, o que indica que serei devorado pelos leões (sem trocadilho):
    1) Há um equívoco no que diz o Lucas E. J., que o ICMS é de 60%, porque essa alíquota não existe para esse imposto. A máxima é de 25%, e não se aplica a eletrônicos. Os 60% que ele diz deve ser a taxação total, incluindo impostos federais e ICMS. É claro que isso é absurdamente alto e que não é condizente com o que recebemos em troca, que não temos serviços públicos da Suécia e é por isso que os nossos produtos são mais caros. Mas, infelizmente, os produtos comprados aqui dentro, nas nossas lojas, recebem uma taxação equivalente e por isso um importado não pode ser mais barato, mesmo porque os produtos exportados (legalmente) de lá para cá, assim como os que nós mandamos daqui para lá, são isentos de impostos.
    Quanto ao imposto sobre drogas, pelo que tinha ouvido falar, a intenção não era só arrecadar, mas também atribuir aos traficantes mais um crime, que é o de sonegação de impostos, aumentando as penas em caso de prisão, já que muito provavelmente eles não pagariam tais impostos.

  • miqueias charles:

    Na minha cidade não é o imposto que é estranho,é o sumiço dele depois que pagamos…

  • Renê A.:

    kkk, imposto sobre drogas ilicitas
    e com “selo de aprovaçao do governo”.
    aposto q no Brasil a droga pirata seria mais barata…xD
    Longe de apologia ás drogas!
    mas isso é inusitado

  • João Antonio Guarnieri:

    Primeiramente quero agradecer os dirigentes do hyperciece.com pela agilidade com que começa a enviar seus “informativos” a tempos eu recebia suas matérias em um outro e-mail agora tive a oportunidade de voltar a receber suas matérias, com o que fico envaidecido e honrado e quanto a essa matéria: Muito interessante!!!

  • Plínio:

    Precisa de imposto pra aumentar 67% ( uns “meros” 9 mil reais +ou-) o salário dos deputados e 132% o da presidenta…
    Enquanto pro povão é só 30…
    Pro inferno todos eles…

  • Chinfor:

    IMposto sobre p craque foi demais.Como eu sempre digo. Esses americanos conseguem se superar a cada dia.Aqui tambem pagamos imposto sobre o esgoto, ou voces nunca notaram que na conta de agua se cobra taxa de esgoto, pelo menos na COPASA/MG que é a companhia de agua de Minas. É o imposto da descarga

  • Caroliny:

    KARA DAKI A POKO QUANDO NAO TIVER DE ONDE TIRAR MAIS DINHEIRO O POVO VAI COMEÇAR A FIKAR DOIDO ! ÉE SERIO! TAO AXANDO KI NOS SOMOS RICOS?! :p

  • JoseRenan:

    Sei que seremos recompensados por pagar tanto! Oh! Espere! NÃO!

  • wilson:

    emos no Brasil impostos esdrúxulos com estes tais como: IPTU,IPVA E AS PROPINAS QUE A POLÍCIA COBRA DE NÓS POBRES
    CONTRIBUINTES !

  • Alex Keher:

    Quem somos nós (Brasileiros) para achar estranhos os impostos alheios?
    Direta ou indiretamente é isso aí que nós pagamos:

    74!!!!!! impostos. A maior carga tributária do mundo.
    Isso sim é estranho.

    Confira a lista de tributos que pagamos no Brasil – segundo o site da Aclame.

    * Adicional de Frete para Renovação da Marinha Mercante – AFRMM – Lei 10.893/2004
    * Contribuição á Direção de Portos e Costas (DPC) – Lei 5.46 1/1968
    * Contribuição ao Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – FNDCT – Lei 10.168/2000
    * Contribuição ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), também chamado “Salário Educação”
    * Contribuição ao Funrural
    * Contribuição ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) – Lei 2.613/1955
    * Contribuição ao Seguro Acidente de Trabalho (SAT)
    * Contribuição ao Serviço Brasileiro de Apoio a Pequena Empresa (Sebrae) – Lei 8.029/1990
    * Contribuição ao Serviço Nacional de Aprendizado Comercial ( SENAC) – Lei 8.621/1946
    * Contribuição ao Serviço Nacional de Aprendizado dos Transportes ( SENAT) – Lei 8.706/1993
    * Contribuição ao Serviço Nacional de Aprendizado Industrial (SENAI) – Lei 4.048/1942
    * Contribuição ao Serviço Nacional de Aprendizado Rural (SENAR) – Lei 8.315/1991
    * Contribuição ao Serviço Social da Indústria (SESI) – Lei 9.403/1946
    * Contribuição ao Serviço Social do Comércio (SESC) – Lei 9.853/1946
    * Contribuição ao Serviço Social do Cooperativismo (SESCOOP)
    * Contribuição ao Serviço Social dos Transportes (SEST) – Lei 8.706/1993
    * Contribuição Confederativa Laboral (dos empregados)
    * Contribuição Confederativa Patronal (das empresas)
    * Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico – CIDE Combustíveis – Lei 10.336/2001
    * Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública – Emenda Constitucional 39/2002
    * Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional – CONDECINE – art. 32 da Medida Provisória 2228-1/2001 e Lei 10.454/2002
    * Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) – Extinto mas em vias de retornar.
    * Contribuição Sindical Laboral (não se confunde com a Contribuição Confederativa Laboral, vide comentários sobre a Contribuição Sindical Patronal)
    * Contribuição Sindical Patronal (não se confunde com a Contribuição Confederativa Patronal, já que a Contribuição Sindical Patronal é obrigatória, pelo artigo 578 da CLT, e a Confederativa foi instituída pelo art. 8º, inciso IV, da Constituição Federal e é obrigatória em função da assembléia do Sindic ato que a instituir para seus associados, independentemente da contribuição prevista na CLT)
    * Contribuição Social Adicional para Reposição das Perdas Inflacionárias do FGTS – Lei Complementar 110/2001
    * Contribuição Social para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS)
    * Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL)
    * Contribuições aos Órgãos de Fiscalização Profissional (OAB, CRC, CREA, CRECI, CORE, etc.)
    * Contribuições de Melhoria: asfalto, calçamento, esgoto, rede de água, rede de esgoto, etc.
    * Fundo Aeroviário (FAER) – Decreto Lei 1.305/1974
    * Fundo de Fiscalização das Telecomunicações (FISTEL) – lei 5.070/1966 com novas disposições da lei 9.472/1997
    * Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS)
    * Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (FUST) – art. 6 da Lei 9998/2000
    * Fundo Especial de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades de Fiscalização (Fundaf) – art.6 do Decreto-lei 1.437/1975 e art. 10 da IN SRF 180/2002.
    * Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS)
    * Imposto sobre a Exportação (IE)
    * Imposto sobre a Importação (II)
    * Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA)
    * Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU)
    * Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR)
    * Imposto sobre a Renda e Proventos de Qualquer Natureza (IR – pessoa física e jurídica)
    * Imposto sobre Operações de Crédito (IOF)
    * Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS)
    * Imposto sobre Transmissão Bens Intervivos (ITBI)
    * Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD)
    * INSS – Autônomos e Empresários
    * INSS – Empregados
    * INSS – Patronal
    * IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados)
    * Programa de Integração Social (PIS) e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP)
    * Taxa de Autorização do Trabalho Estrangeiro
    * Taxa de Avaliação in loco das Instituições de Educação e Cursos de Graduação – lei 10.870/2004
    * Taxa de Classificação, Inspeção e Fiscalização de produtos animais e vegetais ou de consumo nas atividades agropecuárias – Decreto Lei 1.899/1981
    * Taxa de Coleta de Lixo
    * Taxa de Combate a Incêndios
    * Taxa de Conservação e Limpeza Pública
    * Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental – TCFA – lei 10.165/2000
    * Taxa de Controle e Fiscalização de Produtos Químicos – lei 10.357/2001, art. 16
    * Taxa de Emissão de Documentos (níveis municipais, estaduais e federais)
    * Taxa de Fiscalização CVM (Comissão de Valores Mobiliários) – lei 7.940/1989
    * Taxa de Fiscalização de Vigilância Sanitária Lei 9.782/1999, art. 23
    * Taxa de Fiscalização dos Produtos Controlados pelo Exército Brasileiro – TFPC – lei 10.834/2003
    * Taxa de Fiscalização e Controle da Previdência Complementar – TAFIC – art. 12 da MP 233/2004
    * Taxa de Licenciamento Anual de Veículo
    * Taxa de Licenciamento para Funcionamento e Alvará Municipal
    * Taxa de Pesquisa Mineral DNPM – Portaria Ministerial 503/1999
    * Taxa de Serviços Administrativos – TSA – Zona Franca de Manaus – lei 9960/2000
    * Taxa de Serviços Metrológicos – art. 11 da lei 9933/199 9
    * Taxas ao Conselho Nacional de Petróleo (CNP)
    * Taxas de Outorgas (Radiodifusão, Telecomunicações, Transporte Rodoviário e Ferroviário, etc.)
    * Taxas de Saúde Suplementar – ANS – lei 9.961/2000, art. 18
    * Taxa de Utilização do MERCANTE – Decreto 5.324/2004
    * Taxas do Registro do Comércio (Juntas Comerciais)
    * Taxa Processual Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE – Lei 9.718/1998
    0

  • sandoval:

    FALTOU O IMPOSTO DE ESTRANGEIRO, QUE ERA COBRADO ANTIGAMENTE EM ISRAEL. QUEM HOSPEDAVA ALGUÉM, PAGAVA IMPOSTO POR SER HOSPITALEIRO. O APÓSTOLO S. PEDRO TEVE QUE PESCAR UM PEIXE PREMIADO PARA PAGAR POR HOSPEDAR CRISTO. CADA LOUCURA.

  • eduardo:

    O imposto sobre o crack é bem conhecido aki no Brasil… só q o nome q conhecemos é propina…

  • Junior:

    Embora muita gente tenha ficado atenta ao tema “imposto”, o que mais me chamou a atenção foi ler “IMPOSTO SOBRE CRAQUE”. Será que o Ronaldão vai pagar mais? Afinal se for pela balança! Além disso o imposto, conforme o cartaz, não é sobre o “crack” e sim sobre substâncias não autorizadas, literalmente.

  • ira:

    EM NOME DA MOEDA O SER HUMANO AINDA VAI PAGAR IMPOSTO PARA SAIR DO VENTRE,É SÓ ESPERAR PARA VER.

  • AnonimousXRY:

    deveria ter o imposto de políticos corrúptos.

  • CRC:

    O problema não são os impostos. O problema é o destino do montante arrecadado. Se todos os impostos fossem convertidos em serviços, não teríamos que pagar plano de saúde e nem pedágio. Ao invés disso, o que vemos são desvios de verbas e aumentos indecorosos dos salários dos políticos.

  • Paulo-82:

    O imposto sobre o Gás Carbônico, que tão planejando pra todos os paises pagar, é o imposto pra RESPIRAR.Aí sim, não vai faltar imposto pra mais nada(mas eles são criativos, logo inventam um imposto novo).

  • phelipe:

    daqui a pouco tamo pagando imposto por respirar.

  • Victória:

    Eu acho que o Renato Russo devia ter feito uma música dizendo
    “Que mundo é esse?”
    São tipos de impostos que são tão… Pelo menos para sonhar, sorrir (exceto se você paga plano dental), enfim…
    Acabo de perceber que temos que pagar impostos até para andar na rua, ou não pagamos o IPTU? Cara que absurdo!
    O que será que será desse mundo?

  • JOABE DE JESUS:

    É por que eles não conhecem o BRASIL.

  • Vincent V.:

    Impostos altos servem justamente pra evitar o que o Lucas E.J quer fazer. É fruto de uma politica protecionista, adotado para proteger a industria nacional. Não é nada mais que uma maneira rude de estimular as empresas nacionais, que por sua vez continuam estagnadas em quase todas as areas (tirando alguns gatos pingados). Vivemos de produtos importados praticamente.
    Se querem culpar alguem, se culpem…
    Otima materia!

  • lucas R. barros:

    pra que tanto imposto, ja nao basta as contas que chegam.

  • daiane:

    hehheheh muito boom!!!

  • Monique:

    Esse imposto é o CPMF, que é cobrado sobre movimentações bancarias, que era um medida provisória para ajudar na saúde a muitos e muitos anos atrás, mais como é o nosso BRASIL ficou e agora vai voltar

  • Eduardo:

    No Brasil tá cheio de impostos estranhos! Um deles é aquele sobre movimentações financeiras que vai voltar com outro nome agora no governo da nossa “querida” Dilminha. Como era mesmo o nome daquele imposto?

  • Lucas:

    vou dizer pra minha mãe nunca mais comprar produtos de limpeza

  • Lucas E.J.:

    Tentei importar um notebook dos EUA, mas desisti sabe porque?
    O imposto do ICMS é de 60% no valor total da mercadoria

    Ex: Notebook Asus G73

    Valor: US$: 1933,00
    Imposto: US$: 1166,00

    Total: US$:2670.16

    Dollar a 1.67

    TOTAL: R$ 4513,00

    Logo depois pensei em comprar pessoalmente nos EUA, mas desisti pois o brasileiro que chega do exterior com menos de 1 ano de residência fora também tem que pagar imposto.

    Meu Brasil porque cobrar tanto imposto do brasileiro honesto?

    Porque não seguir o exemplo de Tóquio que é uma cidade livre de impostos alfandegários?

    (Orgulho de ser Brasileiro)

Deixe seu comentário!