Os maiores mistérios da lua

Por , em 28.06.2011

Embora a lua seja o corpo celeste mais próximo da Terra, ela ainda guarda uma enorme quantidade de mistérios. Mais próxima em termos relativos, claro: o grande satélite que embeleza nosso céu está a cerca de 362 mil quilômetros de distância de nós.

Um ser humano não deixa sua marca na superfície da lua desde 1972. Chegar lá não é tarefa fácil, especialmente em missões tripuladas. Mas isso não impede uma série de pesquisas sobre o satélite. Mesmo com quase quatro décadas sem a presença humana, a lua recebeu uma série de sondas, enviadas por várias nações ao redor do mundo.

Rochas lunares transportadas para a Terra pelo programa Apollo, décadas atrás, ainda continuam oferecendo pistas importantes para entender a história da lua.

Futuras missões, com robôs e pessoas, devem nos ajudar a encontrar soluções para as dúvidas do quebra-cabeça lunar. Abaixo você confere os principais questionamentos dos astrônomos e curiosos.

Como a lua chegou lá?

Culturas em todo o planeta já criaram mitos para tentar explicar a existência da lua, nas mais diversas épocas. Atualmente, os cientistas têm novas ideias sobre o que realmente aconteceu.

A teoria mais aceita é a de que um corpo do tamanho de Marte se chocou com a Terra, cerca de 4,5 bilhões de anos atrás. Com a colisão, o outro corpo teria se desintegrado. Seus pedaços teriam se condensado e ficado presos pelo campo gravitacional da Terra, gerando assim nossa grande vizinha prateada.

A hipótese, entretanto, levanta dúvidas. A lua tem muita água congelada, por exemplo, algo que não poderia ser ligado a sua possível origem quente.

Lua de gelo

A lua continua surpreendendo pesquisadores pela quantidade de água que contém. Quanto mais os astrônomos procuram o líquido, mais eles encontram, em diferentes locais e profundidades.

A água, em forma de gelo, transformou-se em crateras. Estudos indicam que o interior da lua é muito mais úmido do que estimavam os pesquisadores (ainda que hiperárido, se comparado com o da Terra).

Uma das possibilidades é que cometas gelados tenham colidido com a lua, originando parte substancial dessa água. Mas a questão da origem e distribuição do líquido na lua ainda é um mistério que deixa os cientistas coçando a cabeça.

As duas caras da lua

O lado negro da lua pode não ser visível da Terra, mas isso não impede que pesquisas se realizem lá. As marias, regiões escuras de magma resfriado, são praticamente ausentes por lá, como foi revelado por sondas e observado por astronautas do Apollo 8.

Os hemisférios totalmente diferentes da lua podem ser explicados, em parte, pelo fato do lado escuro ter uma crosta espessa, com cerca de 15 quilômetros. O lado iluminado é mais propenso a se rachar com a colisão de meteoritos, que também espalham magma no local.

Seria a lua o motivo para a nossa existência?

Com o quarto maior diâmetro e mais de 1% da massa da Terra, nossa lua é o quinto maior satélite natural do sistema solar, e o maior em relação ao seu planeta.

Com sua massa considerável, a gravidade lunar estabiliza a oscilação do eixo terrestre, moderando nossas mudanças sazonais. Além disso, a lua tem função importante nas marés do oceano e pode ter ajudado na formação da sopa primordial, a mistura que teria dado origem à vida na Terra há mais de três bilhões de anos.

Os astrônomos se perguntam se planetas semelhantes à Terra precisariam de grandes luas como a nossa para que a vida pudesse se desenvolver.

Uma resposta pode estar no nosso vizinho vermelho, Marte. O planeta tem duas pequenas luas, que podem ter sido asteróides anteriormente. Nunca foi encontrada vida em Marte, algo improvável, mas não fora de questão. Os estudos para descobrir se alguma forma de vida surgiu por lá podem ser fundamentais para entendermos a influência das luas nos planetas, e como seria o desenvolvimento da vida na Terra sem ela.[Life’sLittleMysteries]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

22 comentários

  • otton_universo:

    …”Só pra refrescar a todos: Se você fitar bem dentro…com de s’enamorar… bem no centro do imenso clarão do Universo lunar…Verás um rosto de moça…com aforça de mulher…é a natureza vida… ele é toda feminina… que versei pra m’encantar !!! [Poema ‘ELA’, registrado na Ordem dos músicos, Al. Northmam – São Paulo]- 1996.Podem curti, por favor. O.T.[Otton_Universo]Abss…

  • adelimar:

    eu nao acredito que o homem foi a lua,se foi possivel irmos la ,naquela epoca de pouca tecnologia ,hoje poderiamos muito mais do que falar uma duzia de palavras ,e afinal a lua esta bem mais acessivel do que outros planetas ,e ,antes de tudo seria uma base para aprofundarmos nos misterios do universo ,coletarmos meteoros frescos sem o auto forno de uma atmosfewra , quem sabe ate um microbio et.

    • Paullin-007:

      Tbn assisti esse filme, eheheheh…

      Adelimar, os humanos foram proibidos de voltar a lua!
      Resumindo o porquê: a nação que se “apoderasse” da lua, obteria uma enorme vantagem militar sobre as demais nações, algo catastrófico.

    • Marcos-DF2:

      Olá Paullin,
      concordo com voce pois a estória que sei é exatamente esta: a de que fomos PROIBIDOS de voltar à Lua.
      Abraços

  • Roberto:

    Sobre a água na Lua e na Terra deve-se a jactação de água proveniente da Sol, já que todas as estrelas fazem isso após sua formação. provavelmente Marte e Júpter têm menos água, devido estarem mais distantes e Mercurio e Venus estão muito próximos da Sol e não teriam água acumulada.

  • Thanos:

    Eu não acredito que o homem estive na lua, nunca. E so ver a evolução que a Humanidade teve e eles, nunca voltaram lá? Por que hoje é bem mais facil descobrir a farsa! A união soviética não desmentiu por que não tinha dinheiro Mem tecnologia pra ir também!

  • Marcos- DF:

    Olá a todos !
    Suponho que na tradução, onde se lê “As marias, regiões escuras de magma resfriado” na verdade seriam “mares”, que é como se “apelidou” estas regiões escuras que, vistas do alto, parecem mares, ou, oceanos …
    Se eu estiver errado, por favor me corrijam.
    Abraços

  • Mario:

    é muita pergunta viu, acho que eu também sou cientista porque perguntas tenho centenas, eu estou querendo respostas.

  • Jonatas – RE:

    A Terra é o único planeta com um satélite natural de massa, quase um planeta duplo, porém, como o centro de gravidade ainda fica no interior da Terra, isso caracteriza a Lua como satélite. O núcleo da Lua não fica no seu centro, mas deslocado na direção da Terra.

    • Paullin-007:

      Dentre trilhões de planetas que existem cosmos afora, a Terra é o único planeta com um satélite natural de massa?
      A não ser que vc esteja se referindo somente aos planetas do sistema solar.

  • EltonPaes:

    Vcs entenderam de outra maneira, eu quis dizer que o lado que não é visto por nós, na escuridão da noite, é claro que não existe lado negro! lol

    Mas que a gravidade do outro lado que não vemos é bem maior que o lado peculiar!

  • josuel:

    talvez face oculta(para nós) fosse o termo mais adequado…

  • Ayo:

    O lado oculto da Lua é muitas vezes chamado por “lado escuro/negro” por estar mais afastado da Terra e por nao o podermos ver. O que é que tem se alguem o chama de lado negro? nao esta errado, pois isso não quer dizer que esse lado não receba luz -.-

  • X:

    O Google tradutor falhou nessa reportagem. Não é lado escuro, mas lado obscuro da Lua, isto é, lado desconhecido de nos.

  • Marcelo:

    O que não entendo, é por quê a Nasa quer enviar astronautas para Marte, se a Lua está muito mais próxima da Terra, por quê não mandaram mais ninguém lá, sendo que ainda há tanta coisa para se aprender sobre a Lua.

    • Marcelo:

      Faz sentido… as vezes isso explica o porquê do homem não ter voltado a Lua. Até hoje, não conheço outro motivo, e não é por falta de dinheiro, pq se eles querem mandar gente pra marte…. fora aquelas fotos ridículas que tiraram quando foram pra Lua…. é muito estranho.

  • eduardo:

    Esse lance de lado negro é com Darth Vader…

  • Cesar:

    Não existe “lado negro” ou “lado escuro” da Lua. existe o lado mais distante, mas quando é Lua Nova, o lado distante está sendo banhado pelo Sol.

    Sobre a gravidade da Lua ser “bem maior”, até onde eu sei isto é falso. A Lua é quase esférica, mas existe um pouco de acúmulo de massa no lado próximo à Terra. Isto causa uma pequena diferença na gravidade superficial. Além disso, também existem algumas anomalias, causadas por acúmulo de massa (“masscon”), o que também causa alguns pontos com gravidade ligeiramente maior, mas é uma pequena diferença.

    De qualquer forma, a sonda japonesa Kaguya fez um mapeamento do campo gravitacional na Lua e este mapa está disponível:
    http://www.newscientist.com/article/dn16606-first-gravity-map-of-moons-far-side-unveiled.html

    • Kat:

      Oi Cesar! Já que vc mencionou a sonda Kaguya, só quero fazer um breve paralelo: Kaguya é nome de uma princesa numa lenda japonesa sobre a Lua. A lenda fala sobre a beleza da Lua em dia de lua cheia. 😀

  • Erico Rechenmacher:

    Se não me engano, não existe lado negro, é apenas oculto pra nós, mas é iluminado.

  • Paullin-007:

    Não há lado negro da lua, e sim lado oculto. O lado oculto é até mais iluminado pelo sol do que o lado que vemos. Isso se deve ao fato de ser impossível ocorrerem ecipses lunares daquele lado, óbvio.

  • EltonPaes:

    É e vcs sabiam que no lado negro da lua sua gravidade é bem maior que o outro lado?
    O_o

Deixe seu comentário!