A foto mais colorida já tirada do universo

Por , em 5.06.2014

Astrônomos da NASA, utilizando o telescópio Hubble, conseguiram captar a foto mais colorida já vista do espaço. Segundo os especialistas, a imagem fornece o “elo perdido” na formação de estrelas, e é composta por exposições separadas capturadas entre 2003 e 2012. A imagem foi formada através de um estudo chamado Cobertura Ultravioleta do Campo Ultra Profundo do Hubble (HUDF, na sigla em inglês). Combinando toda a gama de cores disponíveis no Hubble, desde a luz ultravioleta até a infravermelha, e utilizando 841 órbitas diferentes do telescópio, a imagem mostra cerca de 10.000 galáxias, que se estendem até a apenas algumas centenas de milhões de anos após o Big Bang.

Antes deste estudo com a abrangência ultravioleta, os cientistas estavam em uma posição difícil. Algumas missões espaciais conseguiam estudar de forma satisfatória algumas galáxias próximas da nossa usando apenas a capacidade do infravermelho do Hubble, e outras estudaram o nascimento de estrelas nas galáxias mais distantes, que aparecem para nós em seus estágios mais primitivos, devido à quantidade significativa de tempo necessária para que a luz de estrelas distantes viaje em uma faixa visível. Mas, entre essas duas distâncias, no período em que a maioria das estrelas do universo nasceu – uma distância que se estende desde cerca de 5 até 10 bilhões de anos-luz – os cientistas não tinham dados suficientes.

“Estávamos tentando entender a história das famílias, sem saber sobre as crianças do primeiro grau. A adição do ultravioleta preenche esta lacuna”, exemplifica Harry Teplitz, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, nos Estados Unidos. A luz ultravioleta vem das estrelas mais quentes, maiores e mais jovens. Ao observá-las nestes comprimentos de onda, os pesquisadores obtêm um olhar direto sobre que galáxias estão formando estrelas e onde as estrelas estão se formando dentro dessas galáxias. Essa é a primeira imagem da combinação desta nova tecnologia ultravioleta e a já usada luz infravermelha. [Science Daily]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 4,33 de 5)

3 comentários

  • Andre Luis:

    Mas que imagem linda, paisagem colossal!

  • Diógenes Silva:

    A imagem é linda!! Mas tem um ponto mais brilhante do que todas as outras galáxias, está no canto inferior direito da imagem. Alguém poderia me dizer o que é?

    • Cesar Grossmann:

      Diógenes, eu não tenho certeza, mas acredito que seja uma estrela dentro da nossa própria galáxia. Sem ter as coordenadas exatas da região em que foi feita a foto fica difícil dizer. Talvez uma espiada no site do Hubble deve retornar as coordenadas e as estrelas da Via Láctea que se encontram nesta região.

Deixe seu comentário!