Essas pinturas de animais tem impressionantes 45.500 anos de idade: descoberta

Por , em 17.01.2021pinturas rupestres de animais mais antigas do mundo

A pintura rupestre recentemente datada retrata imagens do porco-versípero Sulawesi (Sus celebensis), que é um pequeno javali silvestre de pernas curtas endêmico da ilha que pesa entre 40-85kg.

Datando de pelo menos 45.500 anos atrás, esta pintura rupestre pode ser a representação mais antiga do mundo animal, e possivelmente a arte figurativa mais antiga (uma imagem que se assemelha à coisa que se pretende representar).

Arte da era glacial na Indonésia

Sulawesi é hospedeira de abundante arte rupestre, a existência da qual foi relatada pela primeira vez na década de 1950.

Até recentemente, a visão predominante era que esta arte era obra de agricultores neolíticos que chegaram há cerca de 4 mil anos do sul da China, em vez dos caçadores-coletores que viveram em Sulawesi por dezenas de milhares de anos antes disso.

Agora sabemos que isso não está correto.

Em 2014, foram relatadas as primeiras datas para a arte rupestre de Sulawesi.

Com base na análise em série de urânio de depósitos minerais (calcita) que se formaram naturalmente sobre a arte, mostramos que uma imagem estêncil de uma mão humana em uma caverna foi criada há pelo menos 40 mil anos. Isso é compatível em idade com a famosa arte rupestre da era glacial na Europa.

Então, em 2019, foi datada uma pintura espetacular em outra caverna que retrata figuras híbridas humano-animais caçando porcos sulawesis e búfalos anões. Esta cena de caça tem pelo menos 43.900 anos e apresenta o que pode ser as representações mais antigas de seres sobrenaturais.

Mas a última descoberta leva a arte rupestre de Sulawesi para épocas ainda mais antigas.

O vale secreto

Em dezembro de 2017 foi realizada a primeira pesquisa de um vale isolado situado em terreno montanhoso em uma das maiores cidades da Indonésia, Makassar.

Apesar de sua proximidade com um grande centro urbano, não há estrada para este vale. A pequena comunidade de agricultores locais vive uma existência isolada, embora eles sejam tenham reputação por fazer um vinho sublime (e poente) de palma.

De acordo com eles, nenhum ocidental tinha pisado em seu vale antes.

Este vale secreto é um ambiente imaculado e um lugar de beleza natural resplandecente. Quase não há lixo na pequena vila no centro do vale.

pinturas rupestres de animais mais antigas do mundo

O vale abriga uma caverna de calcário conhecida como Leang Tedongnge e dentro dela foi encontrada uma pintura rupestre que os moradores disseram nunca ter notado antes.

A pintura foi produzida utilizando um pigmento mineral vermelho (hematita de pedra ferrosa). Retrata pelo menos três porcos sulawesis escorudos envolvidos em interação social de algum tipo.

Os elementos sobreviventes da obra foram interpretados como uma única composição narrativa ou cena, uma característica incomum da arte das cavernas primitiva, apesar de comum hoje em dia.

pinturas rupestres de animais mais antigas do mundo

Desbloqueando a era da arte

Datar arte rupestre é muito difícil. Mas em Leang Tedongnge tivemos a sorte de identificar um pequeno depósito de calcita (conhecido como “pipoca de caverna”) que havia se formado sobre de uma das figuras de porco.

pinturas rupestres de animais mais antigas do mundo

Nós coletamos amostras da calcita e analisamos para datação em série de urânio. Surpreendentemente, o trabalho de datação retornou 45.500 anos para a calcita, o que significa que a pintura em que se formou deve ter, no mínimo, esta idade.

Arte primitiva em Wallacea

A descoberta ressalta a importância global de Sulawesi, e da Indonésia em geral, para nossa compreensão de onde e quando surgiram as primeiras tradições de arte rupestre desenvolvidas por nossa espécie.

A grande antiguidade desta obra também oferece dicas sobre o potencial para outras descobertas significativas nesta região do mundo.

Sulawesi é a maior ilha de Wallacea, a zona de ilhas oceânicas localizada entre a Ásia continental e a massa continental da era glacial da Austrália-Nova Guiné.

Dizem que os humanos modernos atravessaram Wallacea com embarcações há pelo menos 65.000 anos, para chegarem à Austrália.

Mas as ilhas Wallacean são pouco exploradas e atualmente as primeiras evidências arqueológicas escavadas desta região são muito mais jovens.

Acreditamos que novas pesquisas descobrirão arte rupestre muito mais antiga em Sulawesi ou em outras ilhas da região, datando de pelo menos 65.000 anos e possivelmente mais jovens.

Mais detalhes:

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

Deixe seu comentário!