Planeta Terra está perdendo massa a cada dia

Por , em 7.02.2012

O Planeta Terra está perdendo 50 mil toneladas de massa a cada ano, mesmo que 40 mil toneladas de poeira espacial caiam na superfície terrestre no mesmo período.

Por que o Planeta Terra está perdendo tanto peso?

Aqui vão os cálculos de Chris Smith e do físico Dave Ansel:

Peso adquirido

– O Planeta Terra ganha cerca de 40 mil toneladas de poeira por ano, que são restos da formação do sistema solar. Esses resquícios são atraídos pela gravidade e se tornam parte da matéria do nosso planeta. Na verdade, a Terra é feita disso.

– De acordo com a NASA, o Planeta Terra ganha cerca de 160 toneladas de matéria a cada ano por causa do aumento da temperatura global. Se nós adicionamos energia a esse sistema, a massa sobe mais.

Efeito nulo

– Você pode deduzir que a quantidade de pessoas e construções não altera em nada a massa do nosso planeta. Os humanos e aparatos são feitos com a matéria que está no planeta. Ela só está sendo transformada.

– A maioria dos foguetes e satélites que mandamos para a órbita do Planeta Terra eventualmente voltam a Terra, então o efeito é quase nulo.

Perdendo peso

– O núcleo do planeta perde energia com o tempo. É como um reator nuclear gigante que usa combustível. Menos energia significa menos massa. Dezesseis toneladas vão embora desse modo, anualmente.

– E aqui está a grande perda de massa: cerca de 95 mil toneladas de hidrogênio e 1,6 mil de hélio escapam da Terra por ano. Eles são muito leves para que a gravidade consiga puxá-los, por isso se perdem no espaço.

Resultado final

A estimativa média é de 50 mil toneladas perdidas por ano. O que representa cerca de 0,000000000000001% da massa total da Terra.

Deveríamos nos preocupar com a Terra desaparecendo? Não. E você também não deve se preocupar com o hidrogênio indo embora. Existe muito mais, e vai levar pelo menos trilhões de anos para se esgotar.

Já a questão do hélio é um pouco diferente. Ele representa 0,00052% do volume da nossa atmosfera, e está ficando escasso em nosso planeta. O físico ganhador no Nobel, Robert Richardson, disse uma vez que cada balão de hélio deveria custar US$ 100 (cerca de R$ 170). [GizModo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 4,67 de 5)

22 comentários

  • Binho Viana:

    Alguém me explica como a Terra está perdendo massa no seu núcleo? Ao que me consta não tem temperatura suficiente para ser uma fusão nuclear como citada no texto. O calor gerado vem do atrito das várias camadas fluidas gerado pela rotação da Terra.

    • Pois é x.x:

      A cada dia são retirado milhões de litros de petróleo da terra.

  • Iuri Paula:

    A Terra não para de girar desde que existiu e está perdendo 50mil toneladas por ano a terra é um planeta atleta e ai se Terra perde tanto peso,porque os sedentários não pode exercitar!

  • leandro balbino:

    perde energia nada oque faz o centro da terra se fundir ‘e a pressao gerada pela gravidade o centro da terra sempre vai ser quente e gerar energia

  • Alberto Campos:

    Muito interessante este universo. O planeta terra cresce de tamanho se alimentando da poeira espacial a sua volta. Uma galãxia também cresce se alimentando da poeira cósmica a sua volta e o universo da mesma forma aumenta de tamanho atravéz da poeira cósmica e gases formadas pelo magma devido as descargas de raios gama. A história se repete.

  • Eduardo:

    Uma boa notícia: continuando nesse rítimo, daqui 5 bilhões de anos, a Terra possa ter massa suficiente para se destanciar do Sol, evitando que nosso belo planeta azul* seja engolido.

    *(Isto é, se a Terra ainda for azul daqui 5 bilhões de anos)

    • Nelson cravo:

      um dos problemas graves que tambem pode acontecer com o planeta será a sua eventual forma de diminuição de sua rotatividade.

    • Jeferson Müller:

      mas daqui a 5 bilhões de anos a gente já vei ter virado “petróleo”

  • vitoria:

    se nao ter gravidade no espaço nos cairemo e a agua escorrer pelo espaço o que vai acontecer

  • vitoria:

    se eu estivesse um foguete e um centurao de asteroide batesse no meu foguete iria acontecer oq

  • Paulo Galliza:

    Essa matéria é um verdadeiro chamado falso.
    Eu ligo para um amigo e digo-lhe que sua casa está pegando fogo. Em seguida completo: Não se preocupe não. Ins moleques fizeram uma fogeuira na rua e estão assando umas batatas. O fogo para alcançar sua casa teria que ser 10.000 vezes maior. Putz.

  • janjao:

    O bom de tudo isso é que vc nâo vai pagar o financiamento da sua casa;num dá tempo

  • Ezio Jose:

    A Terra precisa balançar um pouco mais. Muitos hits estão nas paradas e academias é o que não faltam. No tempo é que ela não pode correr sem alimentar-se depois, senão a massa vai embora mesmo. O problema maior são as caladas dos Ozórios que pelo silêncio acende seus cigarrinhos legais daquí e “dacolá” sob repressões sociais e começam contar mentiras que nos Hemistérios do Norte as geleiras acabarão, que o mar vai engolir os Contigentes e que antes de tudo isso concretizar o Mundo vai acabar segundo o Calendário Faia.
    Mas para contento dos incrédulos e para o distúrbio gastro-cerebral dos profetas do Apostalício, o Hemistério Norte está tendo a maior nevasca dos últimos anos.
    Dai eu me pergunto:
    Será que tudo que eu penso é ilegal, é imoral ou entorta?…

  • Antonio Marmo:

    Uai, aí do lado tem um artigo dizendo que “A Terra está engordando”. Enfim…tá engordando, ganhando massa, ou tá emagrecendo??

    • Hector:

      Massa não é relativa com tamanho, a matéria que diz que a Terra está engordando, se refere ao tamanho da Terra, e não ao peso, portanto, a Terra está crescendo e perdendo peso.

  • Antonio Marmo:

    Uai…aí do lado tem um artigo dizendo que “A terra está engordando”? Enfim, tá engordando, ganhando massa ou emagrecendo?

  • drew:

    Acreditar que daqui trilhões de anos já não chegaremos ao ponto de viajar em velocidade da luz para outras galáxias chega a se depressivo.Cada vez mais rápido avançamos tecnologicamente para um dia a Terra deixar de ser a nossa única morada

  • Chicopete:

    Pois é. Nossa Velha Senhora faz lipoaspiração de uma lado, mas recebe silicone do outro. Por isso está sempre linda.

  • Ailson Borges:

    A verdade é que o planeta terra, o sistema solar, as demais estrelas… não existirão pra sempre elas têm um tempo de vidal útil, para que possam dar lugar a outras criações. Essa é a regra básica (e número 1) do universo.

  • Romário Huebra:

    No caso da atmosfera, ocorre algo parecido em Plutão.

    • Jonatas:

      Também em:

      Encéladus, lua de Saturno, inclusive a produção e perda constante de atmosfera, vinda de gêiseres polares, formaram e mantém um dos Anéis de Saturno, dentro do qual orbita o satélite. Com um centésimo da gravidade terrestre, a atmosfera enceladiana é produzida e perdida constantemente.
      Ocorre em Io, lua de Júpiter. A combinação vulcões poderosos e baixa gravidade mina o espaço jupiteriano com flocos corrosivos, que inclusive já mancharam de rubro algumas pequenas luas interiores, como Métis e Amaltéa.
      Ocorre em Mercúrio: Desta vez a culpa é do Sol, ele literalmente arranca átomos leves da superfície no lado apontado pelo Sol, provavelmente essas partículas carregadas do Sol enriquecidas com minérios oriundos da vaporização formam uma aurora super colorida e constante no céu da face noturna de Mercúrio, muito maiores que as nossas boreais.
      Na verdade, muito mundo por aí tem um pouquinho do jeito dos Cometas.
      Mas se quiser conhecer um fenômeno realmente exuberante, procure sobre o Planeta Osíris, um Júpiter-Quente extra-solar que deve ser o maior cometa jamais visto.

    • Romário Huebra:

      Obg por compartilhar tanto conhecimento com os leitores do Hypescience.

Deixe seu comentário!