A simples razão pela qual pessoas altas tem maior risco de câncer

Por , em 7.11.2018

Pessoas mais altas têm risco ligeiramente maior de câncer. A cada 10 cm a mais que a média geral, a pessoa tem maiores riscos de desenvolver a doença, aponta pesquisa publicada em 24 de outubro na revista Proceedings of the Royal Society B.

Vários estudos recentes já destacavam a relação entre a altura e câncer, como o trabalho sueco que mostrou que mulheres altas têm mais chances de ter todos os tipos de câncer. Segundo a investigação, a cada 10 cm a mais de altura, a chance da doença aumenta 18%. Os homens também têm este risco, embora a porcentagem seja um pouco menor: a cada 10 cm, o risco aumenta 11%. Mesmo assim, fumar, dieta ruim e obesidade ainda são fatores de risco muito mais importantes.

Hormônios ou número de células?

Até agora, esses estudos apontavam que a altura e o câncer eram causados pelo mesmo motivo, provavelmente relacionado a alterações nos hormônios do crescimento. Seriam esses hormônios que causariam tanto a altura excessiva quanto o câncer.

“Uma das maiores hipóteses era que alguma coisa estava acontecendo no início da vida que tornava as suas células mais suscetíveis ao câncer e, meio que incidentalmente, fazendo com que você seja alto”, diz Leonard Nunney, da Universidade da Califórnia em Riverside (EUA).

Este novo estudo, porém, sugere uma explicação muito mais simples para esta correlação: as pessoas maiores têm mais células, portanto têm maiores chances de sofrer mutação no DNA de algumas dessas células, o que pode levar ao surgimento do câncer.

O trabalho de Nunney se baseia no modelo do desenvolvimento do câncer, em que indivíduos acumulam mutações em suas células ao longo da vida: se um conjunto particular de mutações surgir, então um certo câncer vai aparecer. Essa teoria sugere que ter mais células, ou mais divisões por células, poderia interferir no aumento do risco do câncer.

Resultados

Os cálculos do pesquisador mostraram números semelhantes aos observados nas pesquisas anteriores. Mulheres têm 13% mais risco a cada 10 cm acima da média, enquanto homens têm 11%.

Entre os 23 tipos de câncer analisados, 18 mostraram esse aumento de número de casos dependendo a altura do paciente. O câncer de pele mostrou uma grande ligação com a altura.

O pesquisador acredita que o motivo da altura da pessoa também não importa. “Você ser alto por conta de uma melhor dieta ou pelo fato dos seus pais serem altos não interessa. O que importa é puramente o número de células”.

Nem tudo está perdido

As pessoas altas não devem se preocupar em ter câncer por conta da altura. Apesar de o risco aumentar um pouco, é possível compensar este aumento do risco com outros comportamentos, como dieta rica em vegetais e pobre em carnes processadas, não fumar, não beber, usar protetor solar e exercitar-se com regularidade. [The Guardian]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (12 votos, média: 4,83 de 5)

Deixe seu comentário!