Veterinários revelam o que os animais de estimação fazem logo antes da morte

Por , em 12.09.2018

Dizer adeus a um animal de estimação amado é sempre muito difícil. Olhar nos seus olhos enquanto eles são sacrificados, então, é algo simplesmente doloroso demais para se pensar, quem dirá fazer.

Mas um veterinário recentemente compartilhou uma confissão comovente que pode te levar a mudar de ideia.

A americana Jessi Dietrich recentemente perguntou ao seu veterinário qual era a parte mais difícil de seu trabalho, e ficou de coração partido com a resposta.

Como queria chamar a atenção para uma informação que muitos proprietários de bichinhos não devem estar conscientes, Jessi usou o Twitter para compartilhar a resposta inesperada, que logo se tornou viral.

Sacrifício

Segundo Dietrich, seu veterinário revelou que a parte mais complicada de sua profissão é que, em 90% do tempo que precisa sacrificar um animal, os donos não querem permanecer junto com eles na sala. Por conta disso, nos últimos momentos do bichinho, o que eles fazem é procurar por seus amados proprietários por todos os cantos.

O perfil do Hospital Veterinário Hillcrest também compartilhou uma postagem semelhante, escrita por um veterinário, onde ele incentiva as pessoas a não “abandonarem” seus animais de estimação nesse momento tão difícil. É preciso ter coragem e pensar no seu companheiro em primeiro lugar – você é provavelmente toda a vida do animalzinho, e ele merece ter apoio nessa hora.


É só pensar no contrário: você também gostaria de ter alguém de confiança por perto, para não passar por esse momento sozinho, não é mesmo?

Embora essa tenha sido uma confissão extremamente triste capaz de deixar a internet em lágrimas, vale observar que alguns veterinários responderam a essas postagens confortando donos de animais que não conseguiram assistir a seus bichinhos sendo sacrificados.

Estes profissionais afirmaram que não é necessário encher as pessoas de culpa e piorar uma situação que já é bastante devastadora para elas, e garantiram que fazem de tudo para deixar um animal confortável e tranquilo durante essa passagem, com ou sem a presença do dono.

É uma coisa para se considerar, no entanto. [BoredPanda]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (62 votos, média: 4,87 de 5)

2 comentários

  • Edson Medeiros Batista de Menezes:

    O mesmo olhar, de nossos pais em um asilo, é olhar de um animal de estimação qdo abandonado.

  • Carlos Mendes:

    O único dia que meu gato passou longe de alguém próximo a ele foi justamente em sua última noite de vida, quando resolvi interná-lo em uma tentativa desesperada de salvá-lo de sua falência renal. Lamento muito não ter estado ao seu lado quando ele mais precisou de mim. Mas como se tratava de uma Escolha de Sofia, tenho que me perdoar, visto que era becessário se fazer uma escolha. O que sempre fica é o amor – e como vale a pena.

Deixe seu comentário!