Por que você não perde peso quando se exercita?

Por , em 8.07.2019

Um novo estudo liderado pelo Centro de Pesquisa Biomédica Pennington (EUA) finalmente descobriu porque nós nunca perdemos tanto peso quanto deveríamos quando nos exercitamos.

A causa é muito simples, e vai fazer você se sentir idiota.

O pecado da compensação

Fazer exercícios físicos deveria ser, em teoria, algo simples. Gaste energia, queime calorias, emagreça.

Infelizmente, no entanto, diversos estudos científicos (e minha própria experiência) já mostraram que homens e mulheres que começam a se exercitar perdem apenas 30 a 40% do peso que seria esperado com base nas calorias que queimam.

O mistério foi resolvido pelo novo estudo: ao que tudo indica, as pessoas fazem outras pequenas mudanças de estilo de vida quando começam a se exercitar, e estas podem se revelar a pedra no meio do caminho.

O estudo

171 pessoas sedentárias e acima do peso com idades de 18 a 65 anos participaram do estudo. Os pesquisadores mediram seus pesos, taxas metabólicas de repouso, níveis típicos de fome, quantidade de exercício aeróbico e, usando instrumentos complexos, consumo diário de calorias e gasto de energia.

Por fim, todos os participantes também responderam questionários psicológicos sobre seus hábitos de saúde, mas não foram aconselhados a seguir nenhuma dieta específica. Cada um escolhia o que comia por conta própria.

Três grupos aleatórios foram montados em seguida: um, o de controle, continuou sua vida normalmente. Outro passou a se exercitar em esteiras ou bicicletas ergométricas gastando cerca de 8 calorias para cada quilograma de seu peso, ou 700 por semana. O último gastou 20 calorias por quilograma, ou 1.760 por semana.

O estudo durou seis meses, e os pesquisadores monitoraram todas as medidas dos participantes durante todo esse tempo.

Resultados

O grupo de controle, conforme esperado, não perdeu peso. A surpresa foi que os grupos de exercício também não perderam muito. Alguns participantes emagreceram um pouco, mas dois terços do primeiro grupo e 90% do segundo grupo não perderam tanto peso quanto deveriam.

Cientistas que vinham estudando a questão descobriram que isso ocorre porque as pessoas compensam as calorias gastas no exercício fazendo outra coisa, como comendo mais ou se movendo menos, ou ambos. Talvez a taxa metabólica de repouso também diminua quando a pessoa começa a perder peso. Tudo isso atrapalha o emagrecimento.

Então, qual dessas hipóteses é a verdadeira? O novo estudo chegou à conclusão que… o problema é que comemos um pouco mais quando estamos nos exercitando. Nem precisa ser muito – só o suficiente para não alcançar a perda de peso desejada.

Mereço um doce

Os pesquisadores concluíram que os participantes que se exercitavam ingeriam cerca de 90 (no caso do primeiro grupo) e 125 (no caso do segundo) calorias adicionais por dia. Por consequência, perderam menos peso do que o esperado.

A boa notícia é que a taxa metabólica de repouso das pessoas permaneceu a mesma. E aqueles que não comeram mais do que estavam acostumados de fato emagreceram.

A parte mais interessante a ser observada é que as pessoas que compensaram mais as calorias gastas foram aquelas que disseram que ter bons hábitos de saúde dão abertura para outros, bem menos saudáveis.

“São pessoas que pensam que é ok trocar comportamentos. É a ideia de ‘se eu me exercitar agora, mereço esse donut depois’”, explicou Timothy Church, principal autor do novo estudo.

Uma vez que estamos falando de uma pequena diferença – apenas 100 calorias, cerca de quatro mordidas da maioria dos alimentos -, se você realmente quer emagrecer, talvez deva evitar esse donut afinal de contas.

Um artigo sobre a pesquisa foi publicado na revista científica American Journal of Clinical Nutrition. [NYTimes]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (49 votos, média: 4,22 de 5)

Deixe seu comentário!