Porsche 918 Spyder Hybrid é testado em pista de corridas

Por , em 21.03.2012

O meio ambiente agradece quando não usamos gasolina. Com especialistas prevendo que vamos mudar para fontes alternativas de energia muito em breve, muitos pensaram que seria o fim do carro esportivo.

Hoje, já existem alguns veículos “amigos do meio ambiente” (elétricos) que se qualificam como bons carros esportivos – ainda não Brasil. Um dos mais legais deles é o carro esportivo Porsche 918 Spyder, que é híbrido.

Quando se bate o olho no Porsche 918 Spyder, a maioria pensa que ele é nada mais do que um carro conceito. Para surpresa de muitos, a Porsche anunciou que a máquina entraria para o mercado com uma excelente energia verde e desempenho por US$ 845.000 por unidade (cerca de R$ 1,5 mi).

A produção do 918 Spyder deve começar em 2014, mas a Porsche já apresentou o primeiro protótipo do veículo. Parece cedo, e embora os painéis estejam incompletos e algumas peças externas estejam ausentes, o veículo já está pronto para correr (e rápido!).

“A versão de produção será muito parecida com o carro-conceito, na aparência geral”, disse Frank Walliser, engenheiro-chefe do 918. “Haverá algumas mudanças, como os escapamentos”.

O motor é o lugar onde toda a glória do carro está focada. A versão conceito de dois lugares é equipada com motor a gasolina de 3.4 V8 de 506 cavalos de potência, combinado com dois motores elétricos localizados no eixo dianteiro e traseiro, com uma potência total de 718 cavalos.

O carro pode andar 25 quilômetros somente com eletricidade em velocidades de até 150 quilômetros por hora. A Porsche não disse a bateria específica que será usada, mas alguns publicaram que são 312 células de íon de lítio avaliadas em um máximo de 202 kW.

O veículo tem configurações para operar a gasolina, a energia elétrica, e no modo híbrido, que combina o desempenho absoluto.

A Porsche não fez especificações de desempenho oficiais, mas o veículo deve bater 100 km/h em menos de 3 segundos, até uma velocidade máxima de 325 km/h. [DailyTech]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Rone100theone:

    As fábricas de automóveis já poderia estar produzindo em massa, 99% de carros elétricos há anos. A produção em massa iria baratear tudo. A indústria do petróleo é muito grande e é claro gera milhões de empregos. Mas já deveriam estas mesmas indústrias estar produzindo carros elétricos, à hidrogênio, etc . Ou será que elas vão querer usar até a última gota do “ouro negro”? Será que querem o mundo como o documentário o mundo sem petróleo mostra? Ah alguém se lembra de uma reportagem da tv onde mostrava carros no méxico movidos à ar comprimido? Um ex engenheiro da fórmula 1 desenvolveu e venderia a tecnologia para no início pra equipar os táxis da cidade do México.. Alguém se lembra?

    • Carlos:

      E alguém chegou a comentar sobre a energia necessária para comprimir esse ar todo, para o carro ?

      Há sempre mais de um lado, em todas as tecnologias.

      Se fosse fácil, as indústrias estariam mudando, pois quem chegar prmeiro ganha o mercado.
      .

Deixe seu comentário!