,

Porque você deve pensar ao invés de proibir a si mesmo de comer certas coisas

Por , em 19.11.2013

Para desenvolver melhores hábitos alimentares, especialmente no seu local de trabalho, não diga não às comidas gordurosas e insalubres. Em vez disso, pense no que você deve comer em seu lugar.

Pesquisadores da Universidade de Utrecht, na Holanda, descobriram que pensar em não fazer algo torna as pessoas mais propensas a fazê-lo. Extrapolando isso para o local de trabalho, a especialista em gerência Heidi Grant Halvorson sugere que você pode parar de comer de maneira não saudável planejando coisas que você pode comer ou beber em vez do fruto proibido.

O fundamental é decidir com antecedência o que você vai comer em vez do alimento que não deveria. Ou, mais geralmente, o que você vai fazer quando a tentação surgir. Por exemplo, se te der vontade de comer outro biscoito doce, decida que vai tomar um copo de água em seu lugar. Ao escolher água como um substituto do biscoito doce, você pode se livrar do impulso mais facilmente.

Outro estudo do Instituto Tecnológico da Califórnia (EUA) deu uma dica importante para evitar comer porcarias: pensar na sua saúde antes de escolher um alimento pode torná-lo mais propenso a fazer uma escolha saudável, mesmo se você não achar que a comida é saborosa.

Por fim, uma pesquisa afirmou que dizer “não vou” ao invés de “não posso” pode fazer toda a diferença. O segredo está na maneira como sua mente compreende essas expressões. “Não vou” é experimentado como uma escolha, e traz uma sensação de poder. “Não posso” é uma restrição, algo imposto, que pode minar seu senso de poder e controle pessoal. [LifeHacker]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

  • Vanessa Costa:

    Seria melhor em vez de pensar “não posso” pensar em “melhor negar isso do que enriquecer a indústria farmacêutica depois”.

Deixe seu comentário!