Show do Foo Fighters registra atividade sísmica igual a de um evento vulcânico

Por , em 19.12.2011

Segundo dados do blog neozelandês GeoNet, a banda Foo Figthers e seus cerca de 50.000 fãs causaram tremores semelhantes a um evento vulcânico durante o show de 13 de dezembro em Auckland, Nova Zelândia.

Duas estações sísmicas perto do estádio Western Springs – a 1,5 e 2 quilômetros da localidade, respectivamente – registraram uma frequência de tremores no momento do show, que se correlacionaram especificamente com os altos e baixos da performance.
Os níveis registrados foram consistentes com o de uma atividade vulcânica.

“As primeiras vibrações foram registradas cerca de 19:30 h, mas os maiores tremores começaram às 20:20 h, quando o Foo Fighters subiu ao palco. Então, tudo ficou quieto às 23:00 h, quando o show terminou”, informou o Geonet. “As vibrações foram registradas como um sinal contínuo semi harmônico com um pico de oscilação de 3Hz, isto é, o chão estava tremendo 3 vezes por segundo em um movimento rítmico agradável. Há pausas no sinal entre as canções, e picos de intensidade de sinal durante as músicas”, acrescentou.

O show faz parte de uma turnê do Foo Fighters pelo mundo, que vai em março para apresentações no Japão, América Latina e América do Norte. A banda concorre a seis prêmios Grammy durante a cerimônia de 12 de fevereiro, incluindo álbum do ano para Wasting Light, bem como melhor show de rock e melhor canção de rock para “Walk”.[TheHollywoodReporter]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

9 comentários

  • Flávio:

    Gostaria de ver as vibrações em walk no refrão final… A parte que todo mundo surta.

  • Rafael:

    Eles são muito bons.

  • cristiane:

    nossa o chão tremeu
    por isso que eu gosto do rock
    so coisa boaa

  • Flor de Lis:

    Uhuuuuuu…. vai lá, Dave!!!!!! se Kurt estivesse aí teria sido melhor ainda!

  • Francesco Andrade:

    Palhaçada!…aqui em Sampa, isso canosu de aocntecer, principalmente no Estadio do Palmeiras, onde na vizinhança aconteceram até rachaduras em edifícios, o impacto das ondas sonoras, combinados com as ondulações provocadas pelos saltos dos fans acabam gerando ondas de choque que abalam as estruturas, que não foram planejadas para resisitir a isso, não quer dizer que a Banda seja sensacional…este tipo de efeito pode derrubar uma ponte, um viaduto. Aqui em Sampa na final de campeonato num jogo do Palmeiras e Santos no Palestra Itália tivemos até alerta na Defesa Civil, Bombeiros nos edifícios vizinhos e até consulta a sismógrafo por conta dos abalos causados, avisei os Bombeiros que não havia nenhum terremoto, mas que assim que o jogo acabasse tudo cessaria. Dito e feito.

  • Tundra:

    Ainda bem que existe o rock, se fosse funk a noticia seria, 3 mortos e 5 espancamentos!

  • Jadson:

    Acho que são eventos desse tipo que justificam as expressões “um show de fazer o chão tremer” e “o show abalou” -sismicamente até ;).

  • thiago:

    cara isso sim é Rock !!!
    eles “abalaram” essa cidade(literalmente)!!!

    • Thiago moreira:

      O bom e velho rock n’ roll, extremamente magico, poderoso, arrasador. É uma força da natureza com certeza, por onde passa deixa sua marca!

Deixe seu comentário!