Somos os mais egoístas: Geração Y é a “Geração do Eu”

Por , em 19.03.2012

Vivemos a geração do Eu. É o que concluiu uma nova análise, que constatou um declínio na participação cívica e preocupação com os outros ao longo de quatro décadas, além de um aumento nos objetivos de vida do tipo “ganhar muito dinheiro”.

“Os dados analisados sugerem que a visão popular de que os nascidos após 1982 são pessoas que se importam mais, que são mais orientadas para a comunidade e politicamente engajadas do que as gerações anteriores é amplamente incorreta”, escreveram os pesquisadores, liderados pelo professor de psicologia Jean Twenge, da Universidade Estadual de San Diego.

Os cientistas ficaram especialmente surpresos ao ver que o desejo de salvar o meio ambiente foi diminuindo ao longo das três gerações estudadas – baby boomers, Geração X e Geração Y ou Milennials (de 1982 a hoje) – apesar do aumento dos problemas relacionados ao clima.

Por exemplo, enquanto 5% dos baby boomers (nascidos entre 1946 e 1961) disseram que não fizeram nenhum esforço pessoal para ajudar o meio ambiente, a proporção entre a Geração Y foi de 15%.

E, embora a taxa de voluntariado parece ter aumentado entre a mais nova geração, os pesquisadores acreditam que isso se deve a obrigatoriedade de algumas escolas de serviço voluntário.

Já os dados sobre objetivos de vida mostraram um afastamento dos valores intrínsecos, tais como o desenvolvimento de uma filosofia de vida significativa, para valores mais extrínsecos, tais como estar bem financeiramente – isso ocorreu ao longo das três gerações.

“Comparado com os boomers, as Gerações X e Y são preocupadas com dinheiro, fama e imagem, e objetivos relacionados com a autoaceitação, afiliação e comunidade são menos importantes”, disseram os pesquisadores.

Segundo os cientistas, essa mudança de valores intrínsecos para extrínsecos pode explicar o aumento de ansiedade, sintomas depressivos e má saúde mental documentado por outras pesquisas ao longo das gerações.[LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 4,50 de 5)

27 comentários

  • Álvaro de Leonço:

    Para as pessoas que dizem que só a geração y é egoísta: Quantas vezes voce já não falou “Eu faço a minha parte”? Que tal pararmos de reclamar e tentar achar algo positivo nisso tudo?

  • Anders:

    Somos todos egoístas!
    Espero que exista inferno mesmo para queimar todos nós no fogo eterno!

  • John jones:

    o ser humano e egoísta desde os tempos do Neandertal!

  • ns8094001:

    claro que as pessoas que tem acesso a informaçao priveligiada,ficam desmotivadas com o cinismo mercantil goblal,e tornam-se egoistas,como a separaçao dos residuos, foi introduzido um gps ,e como se descobriu o lixo era vendido para naçoes que o convertiam em materia prima de formas nada ecologicas,ou seja por detras desta moda que criou uma data de ecoparvos,existe uns manhosos a gerar fortunas,as pessoas tem o impulso de contribuir para um mundo melhor e depois descobrem que a sua boa vontade esta a ser malipulada,ficam desiludidas.

  • daniel:

    É a ciência confirmando o que está gritante nas ruas. Basta uma volta no quarteirão e certamente vc verá um jovem fazendo alguma coisa egoísta e se achando o máximo por isso, talvez até ansioso por aplauso… =/

    O que falta é consciência das coisas, isso não é passado por ninguém hoje em dia… daí eles aprendem aquilo que veem: competir, procurar ser o melhor, procurar ter e ser cada vez mais, ser esnobe e ignorar o resto do mundo.

    Espero que isso melhore, mas não estou muito otimista não…

  • Gustavo Marinho:

    Natasha, faltou uma especificação, na sua descrição de perfil: linda. Ótima matéria. 😉

  • Clara Telis:

    Acho que isso nunca foi muita novidade ,ao longo da história oque mais temos são esses exemplos ,infelizmente .

  • Yasmin:

    Tirando as exceções:

    Ao conhecermos as pessoas, nós (Baby Boomers e Geração X) tendemos a pensar que as pessoas são boas e tentamos criar um elo de amizade e harmonia.

    Agora… A geração Y parte do princípio que as pessoas são más, adoram comparar para ver quem é superior, só se relacionam para levar vantagem ou por conveniência(não só por dinheiro, mas, por causa dos contatos ou até mesmo por causa dos conhecimentos que as outras pessoas possuem).
    Não existe amizade entre eles. É tudo superficial, não sabem ouvir, por isso, só há ajuntamento de pessoas com interesses em comum.

    Para a Geração Y a maldade/egoísmo/puxar tapete/trapacear/arrogância é normal. Por isso para quem é desta geração, este artigo deve ser o óbvio ululante. E como são arrogantes pensam: “Não acredito. Vcs não sabiam disso? Como a geração anterior é ridícula, idiota e ingênua. Depois reclamam q a gente não sabe respeitá-los. Mas, é claro, quem vai querer respeitá-los?”

    By Geração X

  • magoado:

    Um antigo rei sábio disse…”Não é do homem o dirigir dos seus passos” Então homens tem dominado homens para seu próprio prejuízo. Em quando pessoas dominantes ,egoístas,gananciosas estiverem no comando o futuro das pessoas humildes ,simples e cheias de amor fraternal que ainda estiverem vivas, o planeta terra não será um lugar ideal para viver…..!

    • Edmar:

      Certo meu irmão, está vendo corretamente.
      Este mundo não é o céu.

      Este mundo ainda é dos soberbos.
      Da primeira lei do pecador: o culpado é sempre o outro.

      Mas deixará de ser um dia,
      Todos verão
      Mortos e vivos
      Do contra ou a favor
      Cordialmente … Edmar

  • Elton:

    É só cada um fazer a sua parte, e educar seus filhos pra que esses valores nunca morram, não adianta podem falar o que quiser, não sou tão egoísta assim, e se um dia tiver filhos eles vão aprender a compartilhar e muito mais…

    • Celia:

      Tambem concordo com voce! Se todos agissem dessa forma, essa tese iria agua abaixo. Se cada um fizesse sua parte…… a historia seria outra.

    • Turíbius:

      Pensar assim já mostra um certo ego inflado. Não suportar críticas tbm. O que os jovens podem falar sobre o passado se não o viveram, se não sentiram o que é nível de consciência humanitário? Realmente a vida mudou e para pior.

    • Elton:

      É senhor Turíbius, o ego, ahhh o ego, é um “bicho” chato em, quando nós achamos que nos livramos dele, ele vem e nos prega uma nova peça… É difícil se libertar do ego, mas estou tentando…
      Onward to the edge!

  • Walrus:

    Se a Economia exige individualismo e ganância; a Religião divide e separa as pessoas em grupos distintos; a Educação ensina de forma decorativa e desvinculada de situações e eventos reais; e a Tecnologia conecta você a uma cadeira;
    Então, por quê a “Geração que repete slogans inteligentes” seria uma geração mais preocupada com o nariz dos outros..?

  • killo:

    a tendencia e sempre piorar.espero nao ficar assim tambem.

  • Edmar:

    O egoísmo aumenta quando baixa a religiosidade ou de outro modo, a religiosidade baixa o egoísmo.
    A religiosidade com princípios elevados baixa o egoísmo, o ódio, as vinganças, a natureza materialista, a inveja e todos os sentimentos ruins acrescentando valores mais eficientes para o viver.
    De outro modo a religiosidade com baixos princípios (egoísmo, soberba, maldade, arrogância, etc) cegam nossa sabedoria e tem menos eficiência em equilibrar o caráter humano.
    Quando temos religiosidade somos impulsionados em uma direção moral com maior força do que quando não a temos. Não importa se o que cremos é verdade ou não. Aqueles que tem religiosidade verdadeira são mais honestos e decentes que aqueles que não a tem, estatisticamente falando. Sendo mais decente e honestos são rejeitados, desprezados, ignorados e vistos com desdém porque são mais intolerantes em conviver com abandidados, pornográficos, malvados como tenho visto.
    O egoísmo tem muito a ver com falta de religiosidade e pouco a ver com ciência.
    Não se compra respeito, decência e amor nas farmácias.

    • OddStrikesAgain:

      Ninguem admite isso, mas a religião ta morrendo, ao mesmo tempo que o mundo piora, ciência pode estar avançando, mas as pessoas estão ficando cada vez piores, cada vez mais egoístas e vendo o outro cada vez mais como apenas “carne”, massa orgânica… as loucas que dizem que o mundo é melhor sem religião, vão dizer que isso é natural, que tem que ser assim, toda aquela baboseira hipócrita de gente que não é capaz de julgar a si próprio, aquele assunto de quem se acha super inteligente e sai taxando de “burros” todos aqueles que tem uma opinião diferente

    • Kurumu Chan:

      As religiões estão enfraquecendo aos poucos, perdendo fieis, e sendo constantemente desmoralizada pela conduta de muitos que se usam dela. Agora ligue as duas coisas, um mundo que está ficando cada vez mais violento, onde a vida é insignificante, crimes cada vez mais hediondos, e o desrespeito as pessoas já beirando o limite, antes tínhamos um código moral fortemente baseado nos preceitos religiosos, uma moral religiosa que primava pela família e pela sociedade.
      Um medico ateu que praticava abortos em Portugal dizia que via nos fetos, apenas carne, então qual o mal de se tirar um pedaço de carne de alguém? o problema é que o numero de pessoas que vem nas outras apenas pedaços de carne vai aumentar consideravelmente, afinal isso é um processo evolutivo, abandonaremos o arcaico sistema de leis dos “burros” e assumiremos o canibalismo universal!
      Ah! não repita isso de novo, comparar o enfraquecimento da religião com o aumento da violência, crimes e atrocidades, apesar de ser verdade, é um alimento perfeito para uma certa classe tão intolerante como o povo do oriente médio, os ateus! esperneio em 3 2 1….

    • Nayara:

      Olha uma coisa não tem nada haver com a outra o mundo está ficando cada vez pior não é por causa que a religião está diminuindo alias se era tão boa porque está abaixando cada vez mais ? Crimes hediondos, tráficos, roubos e desrespeitos ocorrem muito antes disso e se pensarem bem muita maldade começou graças as religiões (que em tempos medievais matavam milhares de pessoas inocentes por preconceitos e miticismos inuteis ou nos tempos de hoje que vc é livre e todos somos filhos de Deus desde que siga aquilo que sua religião quer ou seja, pessoas de outras religiões, ateus, agnósticos e budistas, homossexuais, roqueiros, emos, punks, etc. são pessoas que causam mal a humandade e depois vem falar que religião tem moral ?) Dizer que ateus são ruins apenas porque de acordo com vc são pessoas que apenas ver outras como carne ? Como se os 1 bilhão de ateus no mundo fossem assim né, se o médico abortava pode ter certeza que ele fazia isso indenpendente de religião Adolf Hittler matou milhões de judeus, negros, homossexuais, etc. pois apenas achava que eles eram um monte de pessoas de merda e ele era Cristão assim como Charles Chaplin era humanitário e queria que as pessoas tiverem o direito de viver de forma digna e ele era Ateu. Carater não depende de religião e sim de boa indule e educação e sim as coisas estão melhorando aos poucos não parece, mas é.

    • Lolito:

      A religião corrompe as pessoas de forma silenciosa… ama o próximo e vais ser amado, não precisa de religião para nada…

    • Edmar:

      É verdade, meu irmão, do seu ponto de vista, a religião que é má, corrompe mesmo pois traz vinganças, egoísmos, guerras, alienação, ódios e coisas ruins.
      Há outro lado, outro ponto de vista, o qual não vê, afinal não sabemos de tudo, o da boa religiosidade que com seus princípios nos ensinam a respeitar, tolerar, amparar, fazer uso da inteligência de forma construtiva, sem ódios ou desmoralizações.
      Colocar o bem e o mal em um saco e rejeitar os dois é ilógico. Rejeite apenas o mal, sem rancores, ressentimentos ou raiva, com juízo.
      Realmente as religiões estão contaminadas pelo mal. São as feridas da luta secular.
      Chamei de religiosidade o comportamento bom do ser humano, inclusive o seu.
      A religião é a melhor ferramenta para melhorar ou piorar o ser humano. Tudo depende dos princípios e do que entendem deles.
      Respeitosamente e gentilmente … até.

    • Walrus:

      Hummm….. não.

  • UTILIDADES VIRTUAIS:

    Puxa vida estamos nos tornando cada vez mais egoístas? Fico imaginando como será então a proxima geração?

    • Lucas Galvão:

      A próxima geração será aquilo que a anteior não foi.

      Provavelmente se importem com aquilo que a gente não se importa….

    • Amanda:

      Eu acredito que a tendencia seja piorar hein

    • Celia:

      A proxima geraçao sera aquilo que a gente quiser! Afinal quem vai faze-la e educa-la seremos nós.

Deixe seu comentário!