Telefone celular: Antenas 3D podem acabar com as ligações caídas

Por , em 23.03.2011

Não importa quantos avanços na tecnologia nós já ultrapassamos, certos problemas relativamente simples não vão embora, como uma chamada perdida. Não há nada mais comum que uma ligação de celular cair.

Agora, pesquisadores desenvolveram uma antena que utiliza um micro bocal (100 µm) com processo de impressão de tintas de nanopartículas metálicas para “criar” uma antena sobre um substrato 3D, a fim de resolver esse problema.

Como demonstração, eles “imprimiram” uma antena na parte externa de um hemisfério oco de vidro. Isso não foi fácil; esta é a primeira demonstração de antenas 3D impressas em superfícies curvilíneas.

As antenas de telefone atuais têm um desempenho relativamente ruim porque muitas são mais curtas do que seu comprimento de onda de operação. Projetar uma antena 3D tem sido a meta de vários projetos.

Segundo os pesquisadores, a antena está perto da “perfeição” no que diz respeito à recepção. Imprimi-la diretamente sobre o substrato hemisférico cria uma antena altamente versátil, que se aproxima dos limites fundamentais ditados pela física, conhecidos como limite de Chu.

O design da antena 3D pode ser ajustado a uma frequência de operação especial. Também, a tinta usada pode ser impressa em uma variedade de substratos e superfícies, não apenas em hemisférios ocos, como antenas flexíveis e implantáveis, componentes eletrônicos e sensores.

As antenas poderiam ser impressas nas capas de telefones celulares, de computadores portáteis, ou nas asas de aeronaves militares, para garantir os sinais desejados para tais aplicações.

A produção em massa desse processo de impressão pode ser trabalhada, já que o material necessário – nanopartículas de prata – é relativamente barato e disponível. Se o bico de impressão/equipamento necessário também for modelado para um custo acessível, seu próximo “smartphone” poderá ter uma antena 3D, e consequentemente uma melhor recepção, em breve. [DailyTech]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

Deixe seu comentário!