Usuários de cocaína têm risco muito maior de glaucoma

Por , em 4.10.2011

Uma nova pesquisa afirma que usuários de cocaína podem ter um risco aumentado de desenvolver um tipo de glaucoma.

Os pesquisadores americanos analisaram os registros de saúde de 5,3 milhões de veteranos dos EUA em 2009. Cerca de 90% dos veteranos eram do sexo masculino.

Cerca de 178 mil veteranos que foram atendidos em ambulatórios tinham um diagnóstico de abuso ou dependência de cocaína.

Os pesquisadores descobriram que cerca de 83 mil, ou cerca de 1,5% dos veteranos, tinham glaucoma.

Os participantes do estudo que tinham usado ou estavam usando cocaína eram mais propensos do que os não usuários a ter glaucoma de ângulo aberto, o tipo mais comum de glaucoma e a segunda causa mais comum de cegueira nos EUA.

Glaucoma de ângulo aberto é uma condição que está ligada a um aumento da pressão intraocular que, gradualmente, fere o nervo óptico. Com o tempo, essa pressão pode levar à perda substancial da visão periférica.

Os usuários e ex-usuários de cocaína tinham um aumento de 45% no risco de glaucoma de ângulo aberto.

Além disso, o estudo descobriu que pacientes com glaucoma e um histórico de uso de drogas ilegais eram quase 20 anos mais jovens do que pacientes com glaucoma sem histórico de exposição a drogas – ou uma média de idade de 54 versus 73 para não usuários de drogas.

Homens com glaucoma de ângulo aberto também tinham exposições significativas a maconha e anfetaminas, como metanfetamina, apesar de terem usado menos estas drogas do que a cocaína.

Segundo os pesquisadores, a associação do uso de drogas ilegais com glaucoma de ângulo aberto requer um estudo mais aprofundado, mas se a relação for confirmada, pode levar a novas estratégias para evitar a perda de visão.

Embora os cientistas estejam aguardando confirmação, é improvável que o glaucoma tenha precedido o uso de drogas ilegais, uma vez que o uso da substância começa tipicamente na adolescência ou nos 20 anos.

Mesmo assim, o estudo apenas mostrou uma correlação entre o uso de cocaína e o risco de glaucoma, e os cientistas não podem dizer se um causou o outro.[LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

12 comentários

  • claudio:

    não sei porque tanto preconceito pelo uso da maconha; pois entre a lista das 10 piores drogas, esta o tabaco, alcool; não aparecendo a maconha (que e uma droga ilegal).

  • Rafel:

    O glaucoma e uma doença que não possui sintomas. não sente dor, nem vermelhidao, nada! e o efeito da droga é minimo para o problema que é continuo. (eu teria que fuma de hora em hora pro resto da vida pra manter a pressao baixa.) o unico efeito é quando a pressão chega em quarenta e alguma coisa, a pessoa fica cega…

    maconha é inutil…

  • Rafel:

    pesquisei e não achei nada de util.. Try hard…
    falei com a minha médica especialista e ela falou que não existe pesquisa significativa que comprove, nem método que mostre sua eficacia. continuo com o colírio 1 gota por dia.
    inventa outra coisa pra alimentar teu v icio

    • Glauco:

      Eu não tenho glaucoma, mesmo que sirva de trocadilho com meu nome. Eu fumo pq gosto.

  • Homem do Beck:

    ‘ Homens com glaucoma de ângulo aberto também tinham exposições significativas a maconha e anfetaminas ‘
    Vixe, f*deu, Glauco!

  • Rafel:

    eu tenho glaucoma e nunca usei nenhum tipo de droga (ilegal).

    se cocaina piora deve ser devido a pressão aumentar
    e maconha melhorar devido a pressão diminuir..
    e não conheço nenhuma pesquisa dizendo que maconha ajude)

    o certo é usar o colirio todo santo dia…

  • Glauco:

    Aí vc fuma um beke, q diminui os sintomas de glaucoma…

    • Afonso:

      Este artigo deve ser dedicado a ti. 😀

    • Rafel:

      me mostra alguma pesquisa que comprove isso. ou é mais uma desculpinha de viciado?

      não existe pesquisa que diga que melhora, Looser!

    • Glauco:

      Coloca “Maconha no tratamento de glaucoma” no google e espere os resultados.

    • Rafel:

      pesquisei e não achei nada de util..
      falei com a minha médica especialista e ela falou que não existe pesquisa significativa que comprove, nem método que mostre sua eficacia. continuo com o colírio 1 gota por dia.

    • Glauco:

      Eu concordo totalmente q vc não deveria parar seu tratamento prá fumar maconha. Mas que as pessoas tratadas sentem menos dor e efeitos colaterais com esse tratamento, disso não tenha dúvidas.

Deixe seu comentário!