Very Large Telescope observa planeta onde chove ferro

Por , em 12.03.2020

Cientistas encontraram um exoplaneta brutal, onde a atmosfera é tão rica em ferro que todos os dias chove ferro. “Alguns poderiam dizer que esse planeta tem uma chuvinha todas as tardes, com a exceção que é chuva de ferro”, diz o pesquisador principal, David Ehrenreich, da Universidade de Genebra (Suíça).

Este curioso planeta se chama WASP-76b e fica a 640 anos-luz de nós, na constelação de Peixes. Assim como a nossa lua, ele tem o período de rotação e translação iguais, dando a impressão que ele não tem rotação. O exoplaneta gigantesco tem um lado que fica sempre iluminado e quente e outro que sempre está frio e escuro.

No lado iluminado por seu sol, as temperaturas chegam a mais de 2800ºC, enquanto o lado escuro tem ao redor de 1500ºC. O ferro de sua atmosfera evapora e fica na atmosfera.

A diferença extrema de temperatura entre os dois lados provoca ventos vigorosos que carregam o vapor de ferro do lado quente para o frio. Ao chegar na região menos quente, o vapor se condensa, e chove gotas de ferro.

Essas observações foram feitas com o ESPRESSO em 2018, equipamento pago em conjunto por equipes de Portugal, Itália, Suíça, Espanha e Observatório Europeu do Sul (ESO). O Echelle Spectrograph for Rocky Exoplanet – and Stable Spectroscopic Observations é um espectrógrafo do Very Large Telescope do ESO.

Ele foi projetado para procurar planetas semelhantes à Terra por meio do método da velocidade radial. [Phys.org, Futurism.org]

2 comentários

  • Tibulace:

    Na Terra, os objetos aquecidos a 1 500°C, o ferro derretido em um cadinho por exemplo, estão emitindo luz, pois estão INCANDESCENTES.Por esse motivo, discordo que o lado desse planeta infernal que é mais afastado da estrela, seja frio e escuro.Além disso, o ferro que chove, nunca mais retorna para o lado iluminado, a não ser que existam rios de ferro líquido nele, longos o bastante para darem meia volta ao planeta.

    • Cesar Grossmann:

      Bom, deve ser mais escuro que o lado iluminado pela estrela. É como as manchas solares, elas são extremamente brilhantes, só que em comparação com os arredores, que são mais brilhantes ainda, elas parecem manchas escuras.

Deixe seu comentário!