As vantagens de se ter um trabalho que é a sua “cara”

Publicado em 4.10.2012

Pense em uma secretária que detesta interagir com outras pessoas, ou em um técnico de informática que sabe trabalhar muito bem em equipe, mas que é obrigado a executar todas as suas tarefas sozinho. Exemplos como esses são fáceis de achar e mostram como, às vezes, uma pessoa não trabalha bem justamente porque o emprego não bate com sua personalidade.

Estudo recente, feito por pesquisadores da Universidade de Zurique (Suíça), mostrou como é importante a compatibilidade entre a personalidade de um funcionário e sua função na empresa – e trouxe informações que podem beneficiar recrutadores e futuros trabalhadores.

Os pesquisadores realizaram dois estudos: no primeiro, entrevistaram mil trabalhadores a respeito de seus pontos fortes, questionando também sobre como eles aplicavam essas características no trabalho e, finalmente, sobre quão satisfeitos estavam com seus empregos; no segundo, pediram que colegas de trabalho avaliassem os participantes do primeiro estudo.

Cada pessoa, dizem os autores, possui de três a sete pontos fortes (tais como autocontrole, gentileza e capacidade de trabalhar em equipe). Com base nos dois estudos, eles concluíram que um profissional que consegue aplicar no trabalho pelo menos quatro de seus pontos fortes o aprecia mais, é mais produtivo e mais eficiente na hora de lidar com dificuldades.

“Se está claro quais pontos fortes são centrais para um cargo antes que ele seja ocupado, é possível recrutar alguém com base nessas características”, destaca a pesquisadora Claudia Harzer. “Tanto empregados como empregadores só têm a se beneficiar com isso”.[LiveScience]

Autor: Guilherme de Souza

É jornalista empenhado e ilustrador em treinamento. Curte ciência, cultura japonesa, literatura, seriados, jogos de videogame e outras nerdices. Tem alergia a música sertaneja e acha uma pena que a Disco Music tenha caído no esquecimento.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

1 comentário

Envie um comentário

Leia o post anterior:
imagesizer
Bornéu: 160 novas espécies são descobertas e farão parte de um grande estudo sobre a evolução

40 pesquisadores col...

Fechar