Ateísmo pode substituir a religião: estudo mostra o porquê

Publicado em 23.01.2013

Ateísmo religião

A questão de por que o ateísmo é mais predominante em países ricos do que pobres tem ocupado os antropólogos por cerca de 80 anos. A crença em Deus declina na maior parte dos países desenvolvidos e o ateísmo está concentrado em países europeus como a Suécia (64% de descrentes), Dinamarca (48%), França (44%) e Alemanha (42%), enquanto que na África Sub-saariana a quantidade de ateus é inferior a 1%.

A relação entre o ateísmo e o nível de educação

Baseado no fato que quanto mais educação, maior a taxa de descrentes, o antropólogo James Fraser propôs que as previsões científicas e o controle da natureza suplantaria a religião como forma de controlar a incerteza nas nossas vidas.

Ateístas são mais comuns entre pessoas com nível superior e que vivem em cidades, e estão mais concentrados em social-democracias europeias. O ateísmo parece florescer mais entre pessoas que se sentem economicamente seguras. Mas por quê?

Em um estudo feito em 137 países, o psicólogo evolucionista Nigel Barber aponta que, aparentemente, as pessoas se voltam à religião como uma proteção para as dificuldades e incertezas da vida. Em social-democracias, há menos medo e incertezas sobre o futuro por conta de programas de promoção do bem-estar. Países com melhor distribuição de renda também têm mais ateus.

Em contraste, países onde as doenças infecciosas são mais comuns também há a crença em Deus maior. E em países mais religiosos, a fertilidade também é maior, pela promoção do casamento pela religião. Por fim, a religiosidade também é maior em países onde a população rural é maior.

Mesmo as funções psicológicas da religião enfrentam uma competição acirrada nas sociedades modernas, com as pessoas procurando médicos, psicólogos e psiquiatras quando têm problemas psicológicos.

Segundo Nigel, as razões pelas quais as igrejas perdem expressão em países desenvolvidos podem ser resumidas em termos de mercado.

Primeiro, com uma ciência melhor, redes de segurança governamentais e famílias menores, há menos medo e incerteza na vida das pessoas, e, portanto, um mercado menor para a religião.

Ao mesmo tempo, muitos produtos alternativos estão sendo oferecidos, como medicamentos psicotrópicos e diversão eletrônica, exigindo menos compromissos e respeito servil à crenças não científicas. [Psychology Today]

Autor: Cesar Grossmann

Sou formado em Engenharia Elétrica, mas trabalho no setor público, gosto de xadrez e fotografia.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

159 Comentários

  1. Mamãe já comentava: discutir política, futebol e religião não chega a nenhuma conclusão.

    Thumb up 0
    • A realidade q o estudo, o aumento do conhecimento derruba e quebra paradigmas simm, a 100 anos a Terra era o centro do Universo kkkkk

      Thumb up 5
  2. Nem religioso e/ou ateu, mas racional!

    O Plano Absoluto/Eterno foi relativizado pelo Cristianismo, principalmente, com a lenda/conto do “Pai Nosso que estás no céu…..”

    Sobre o tema o Budismo que não é religião como muitos pensam, mas uma doutrina disciplinadora, expressa melhor o que seja Absoluto/Eterno quando explica a origem de tudo como: CAUSA/AÇÃO E/OU EFEITO/REAÇÃO.

    Só aquele que já atingiu a Subjetividade Desperta com a cura da amnésia cósmica entende que o conceito Budista é o Correto.

    Abraço a todos. Grato.

    Sds/César JBN
    Energia-Consciente.

    Thumb up 2
    • Você está assumindo o ônus da prova e descendo no mesmo nível que os cristãos.

      Thumb up 0
    • Está na subjetividade aonde somos o observador de nossa vitrine; é desse lado de dentro que compreendemos a ordem dos eventos da natureza!

      Thumb up 0
  3. Só não sei porque o Vietnã é tão pobre e é 100% ateu, e o EUA é o mais poderoso e mal chega a 40% ateu. Esta historia do ateísmo tomar conta é muito antiga, e até hoje a religião ainda tem maior numero. Sinceramente, não importa se será a religião ou o ateísmo que estará no “poder”, e sim que tenhamos o que precisamos: Paz, segurança, saúde…

    Thumb up 16
    • 1º O Vietnã teve um história conturbada em relação a IMPOSIÇÃO na cultura, fazendo com que todas as religiões fossem “banidas” em uma determinada época, o que fez com que até hoje a predominância seja do ateísmo. (Procure sobre a história do Vietnã)

      2º O EUA é mais poderoso economicamente de fato, mas pelos mesmos motivos histórico culturais teve sua predominância religiosa de católicos protestantes (pesquise como a igreja protestante teve força na construção dos EUA). E mesmo assim são em alguns locais, normalmente a galera da parte RURAL completa essa massa.

      3º 40% de ateísmo em um país É COISA PRA CARALHO! Compare com a porcentagem nos outros países…

      4º Mesmo que a maioria seja religiosa no MUNDO, a maioria das pessoas também não tem estudo, a MAIORIA se fode pra sustentar quem tem mais condições. Essa MAIORIA com menos estudos, NORMALMENTE (há exceções) são religiosas. Abraço

      Thumb up 18
    • O ateísmo no Vietnã é imposto pelo governo autoritário do pais. Já os EUA possui um sistema de educação não muito bom e a taxa de distribuição de renda lá é muito baixa, a riqueza nos EUA é concentrada e se deve a outros fatores como estrategias de guerra e à sua colonização.

      Thumb up 5
    • A exceção não faz a regra. Fora que não existe país 100% ateu, veja bem, o Vietnã é Predominantemente budista (Maaiana), com influências de taoísmo e componentes do confucionismo (“teoria da religião tripla”). Minorias significativas de católicos, budistas Hao Hao e caodaístas, com presença mínima de protestantes e muçulmanos.

      Thumb up 2
    • Afirmar não saber algo é um bom sinal. Não saber porque no vietnan o número de ateos é alto e nos EUA o número é baixo é uma prova de falta de informação. Leia mais sobre o Vietnan e quanto a afirmar que os EUA é o pais mais poderoso do mundo, isso é uma grande falácia. Se informe amigo!

      Thumb up 2
  4. Da mesma maneira que uma criança deixa de acreditar em papai noel quando cresce , uma pessoa culta deixa de acreditar em deuses e demônios. Cultura está diretamente relacionada com bom senso, em outras palavras : quando mais burro , mais crente.

    Thumb up 35
    • Assim você ofende Nicolau Copérnico (1473-1543, Johannes Kepler (1571-1630), Galileu Galilei (1564-1642), René Descartes (1596-1650), Isaac Newton (1642-1727), Robert Boyle (1791-1867), Michael Faraday (1791-1867), Gregor Mendel (1822-1884), Kelvin (William Thompson) (1824-1907), Max Planck (1858-1947), Albert Einstein (1879-1955), 65% dos cientistas atuais dos EUA…

      Thumb up 29
    • Evandro, esses caras que você citou não tinham telescópios avançados, mecânica quântica e teoria sintética da evolução.

      Thumb up 1
  5. Cicero,então pessoas atéias tende a morrer por causa de maus espiritos? coisa que pessoa que cre-em em cristo não acontece? Se for isso,Deus esta castigando aqueles que nele não acredita? Pra mim,o fato da pessoa ser ou não atéia nao tem absolutamente nada ver com o indice de suicidio. É a coisa mais sem pé nem cabeça que li. Mais enfim,se For Deus que castiga aqueles que nele não acreditam com a morte,por que não castigar aqueles que fazer pior.usar seu nome,para enganar um bando de fiéis para enriquecer loucamente na igreja?

    Thumb up 23
    • inFamousz Gamer,
      Crer em Cristo simplesmente, não isenta a pessoa de ficar possessa também. Até o diabo cre em Cristo! mas não o segue.
      E quem disse e como sabes, que os que usam o nome Dele em vão ou pra enriquecer não são castigados? se não neste mundo, será lá no inferno!
      Jesus disse: “Nem todo que diz Senhor, Senhor entrará no reino dos céus”.

      Thumb up 8
  6. O que não mencionaram na pesquisa também foi que países com predominância do ateísmo possuem altos índices de suicídio.

    Thumb up 34
    • Mas este não é o caso que o post tenta mostrar.

      Thumb up 8
    • Caro Igor,
      O texto fala em problemas psicológicos; que pode remeter diretamente ao suicídio. Mas este mal muitas vezes é causado por opressão maligna espiritual.
      Neste caso, o único remédio é a Escritura e as palavras de Cristo, não tendo necessariamente, ligação alguma com religiosidade.

      Thumb up 13
    • A não ser que médicos e psiquiatras aceitem a existência e atuação dos demônios haveria tratamento. Alguns profissionais tem esse perfil; o que noto que não é o seu caso, sendo óbvio seu ceticismo em relação aos demônios!
      Então também pergunto:
      -Como sabes que eles inexistem?
      -Por que achas que o mundo espiritual de anjos e demônios seria irreal?
      -Jesus expulsou muitos demônios das pessoas e os apóstolos também depois. Como provas que seria tudo fraude?
      -Tu crês na existência e ações de Jesus?
      Se sim, deves crer nos demônios.
      Se não, encerramos o assunto.

      Thumb up 7
    • Já expliquei claramente, vc é que quer se passar por desentendido.
      Mas mostre-me algum caso com 100% de cura para epilepsia ou esquizofrenia através de tratamento convencional por médicos e remédios.
      Então não és cético com relação a demônios e anjos?

      Thumb up 4
    • Tolice. Os ateus,por terem uma visão mais inteligente da vida, sabem que irão morrer um dia e teem com isso a opção de,com as suas próprias mãos,por fim a suas existências. Cristãos vivem com medo de morrer porque papai do céu vai castigá-los mesmo depois de mortos!

      Thumb up 31
    • Isso é uma mentira inventada pelos religiosos que nao aceitam o fato estatístico de que os países com melhores indicadores sociais têm um elevado número de ateus e sem religião. Precisam encontrar um defeito que contraponha a falta de fé naqueles lugares.
      Dentre os 10 países com maiores indices de suicídio, nenhum de maioria ateia figura na lista. A lista conta principalmente com países do leste Europeu. China, Japão e Coreia também figuram na lista. Lá o suicídio é uma questão cultural forte.
      http://terrific-top10.com/2012/04/08/top-10-countries-with-the-highest-suicide-rates/

      Thumb up 17
    • E se a ausência de cura de doenças significar espíritos do mal, então a AIDS é causada pelo um DST- Demônio Sexualmente Transmissível.

      Espíritos malignos não existem!

      Thumb up 10
    • Eduardo,
      “Os ateus,por terem uma visão mais inteligente da vida,… teem com isso a opção de,com as suas próprias mãos,por fim a suas existências.”

      E isso é ser inteligente??!!
      Logo, pra ateus serem inteligentes deveriam se suicidar…

      Thumb up 6
    • jj,
      note que muitos países da lista são do ex-bloco comunista de ideologia ateísta.
      Muitos países atrasados ainda adotam o comunismo-ateísta como Laos, Camboja, Vietnã, Cuba, China(exceção no progresso), Coréia do Norte com forte preconceito, discriminação, perseguição e não raras vezes, morte principalmente aos cristãos.
      E como provas que inexistem espíritos?

      Thumb up 2
    • Os países desenvolvidos de maioria ateia, desenvolveram seu ateísmo de forma gradual, a medida que o povo ganhou mais acesso ao estudo e melhor qualidade de vida, e tradição religiosa foi se enfraquecendo cada vez mais. Diferentemente dos países do antigo bloco comunista.
      Ninguém tem a obrigação de provar a inexistência de nada. O ônus da prova sempre cabe a quem afirma a existência de algo. O ar, a gravidade, os micro-organismos, o magnetismo, os elétrons são todos invisíveis a olho nú, e tiveram sua existência provada cientificamente. Se espíritos existem de fato, exige-se provas científicas também.

      Thumb up 10
    • Sim, vc tem razão, agora que li teu comentário me deu vontade de me suicidar…

      Thumb up 3
    • Caro Diego,
      sabemos que há várias ocorrências em nosso mundo real não-visíveis como gravidade, vento, radiação, energia elétrica, além obviamente de nossos sentimentos, emoções, cognição não manifestados fisicamente.
      Note que muitos conceitos e teorias na ciência não são testáveis empiricamente. Ficam no campo ideológico, especulativo e suposições como os multiversos, teoria das cordas, bolha, plasma, inclusive os físicos admitem que as Leis da Física se anulam na singularidade de um buraco negro. E a mecânica quântica e a relatividade de Einstein ainda estão em debate, assim como o comportamento e propriedades da luz, da matéria e anti-matéria e da misteriosa matéria e energia escuras.

      Então porque seria diferente para o mundo invisível imaterial de outra dimensão? qual o problema em aceitar os anjos e demônios, seres espirituais dos quais Jesus discorreu várias vezes?
      A existência de seres puramente espirituais não repugna à razão, …ao contrário da crença naturalista/ateísta onde amebas viram camelos e GENTE! em milhões de anos.
      Negar algo por puro desejo não faz dele inexistente.

      Lembrando que o método científico é limitado e muitas vezes falho, na própria detecção de eventos naturais, não sendo eficaz de forma alguma na detecção de eventos do mundo espiritual.

      Thumb up 3
  7. A sexualidade depende da quantidade de hormônios. Homens tem hormônios masculinos e femininos. Mulheres também tem hormônios masculinos e femininos. A quantidade dessas substâncias vai determinar o comportamento sexual das pessoas.

    Thumb up 15
  8. EduG

    P.: “…É ingenuidade achar que o desenvolvimento do intelecto invariavelmente distancia ou emancipa o ser humano da crença em Deus…”

    Comentário: O intelecto precisa de desafios para existir como “intelecto”, senão vira uma memória limitada ao que sabe ou obediente ao que lhe dizem externamente.

    Deuses do tipo “imagem e semelhança do homem” (ignorando a mulher! Deus-mulher é obsceno!!!) não cabem mais no mundo ocidental, embora esteja na “memória” da maioria, que a “aprendeu” de livros tidos como sagrados: tudo o que deriva desse livro é, apenas, intelecto dedutivo, com poucos desafios realistas para fortalecer a mente.

    O Universo, fora dos livros “revelados”, nos oferece desafios “indutivos” espetaculares! Einstein dava grande valor a esses desafios ao intelecto, que se pode vislumbrar numa frase como essa:

    “…O mistério é a coisa mais nobre de que podemos ter experiência. É a emoção que se encontra no cerne da verdadeira Ciência. Aquele que não sente essa emoção e que não pode mais se maravilhar nem se espantar, é como se já estivesse morto. Saber que aquilo que é impenetrável para nós verdadeiramente existe e se manifesta como a mais alta sabedoria e a mais radiosa beleza, que nossas limitadas faculdades só podem apreender em suas formas mais primitivas, esse conhecimento, esse sentimento, está no centro de toda verdadeira devoção. A experiência cósmica é, com efeito, o mais poderoso e mais nobre pivô da pesquisa científica…” (Albert Einstein).

    P.: “…É como se a crença em Deus estivesse programada na nossa mente. Em todas as culturas e civilizações essa inquietação está presente…”

    Comentário: “…Religião nao deveria ter nada a ver com o medo da vida ou o medo da morte, nas sim com a busca pelo conhecimento racional…”

    O que está programado em nossa mente é o instinto de sobrevivência, que se inquieta perante o desconhecido e inventou “deuses” para ampará-lo.

    Mas nós fomos expulsos do paraiso e, desde então, passamos a contar com nosso intelecto e na fé de que, para além do medo da morte, encontraremos alívio para esse medo, mais com recursos próprios do que com as benesses de um Pai superprotetor:

    Eu pedi força…
    Deus me deu dificuldades para me fazer forte.

    Eu pedi sabedoria…
    Deus me deu problemas para resolver.

    Eu pedi prosperidade…
    Deus me deu cérebro e músculos para trabalhar.

    Eu pedi coragem…
    Deus me deu perigos para superar.

    Eu pedi amor…
    Deus me deu pessoas com problemas para ajudar.

    Eu pedi favores…
    Deus me deu oportunidades.

    Eu não recebi nada do que pedi…
    Mas eu recebi tudo de que precisava.

    Ainda repetindo Einstein: “…Jamais imputei à natureza um propósito ou um objetivo, nem nada que possa ser entendido como antropomórfico. O que vejo na natureza é uma estrutura magnífica que só compreendemos de modo muito imperfeito, e que não tem como não encher uma pessoa racional de um sentimento de humildade. É um sentimento genuinamente religioso, que não tem nada a ver com misticismo. A ideia de um Deus pessoal me é bastante estranha, e me parece até ingênua…”

    Então, meu caro, todos os esforços dos neo-ateus para transformar o Universo em algo “simplérrimo” e sem mistérios está fadado à humilhação do insucesso e às ilusões da loucura.

    A Realidade é inesgotável e só pode ser conhecida em função de nosso cérebro de Homo Sapiens.

    Nesse sentido, concordo com vc “…É ingenuidade achar que o desenvolvimento do intelecto invariavelmente distancia ou emancipa o ser humano da crença em Deus…”.

    Mas essa crença em Deus como alguém de quem somos semelhantes, para mim, é também uma ingenuidade dos tempos primitivos da vida dos seres humanos sobre a Terra.

    Thumb up 7
    • aguiarubra,

      “Deuses do tipo “imagem e semelhança do homem” (ignorando a mulher! Deus-mulher é obsceno!!!)”

      Esse dilema homem-mulher também passou a me inquietar quando me dei conta que a trindade cristã (pai, filho e espírito santo) desconsidera o feminino que nas trindades clássicas mais antigas está presente. Também sempre atentei para o fato de que a criação descrita na Bíblia coloca o feminino como uma parte retirada do masculino o que me passou a idéia de que o ser humano é ‘uno’ e essa dicotomia masculino feminino é muito mais uma exigência da nossa cultura machista que aliás e paradoxalmente sempre foi incentivada pela mulher. A idéia da unicidade do ser humano ainda é corroborada pela espiritualidade quando nos ensina que espírito não tem sexo. Além disso, mais recentemente ouvi uma definição de sexualidade que reforça a unicidade do ser humano: “A sexualidade é uma manifestação polarizada unilateral e incompleta”.

      Thumb up 10
    • Costa

      P.: “…me dei conta que a trindade cristã (pai, filho e espírito santo) desconsidera o feminino que nas trindades clássicas mais antigas está presente…”

      Comentário: a trindade consciente supõe uma “quaternidade” inconsciente como complemento, onde temos o “feminino” identificado ao demônio se opondo ao Deus Trino-Uno masculino.

      Esse 4º elemento inconsciente à completar a trindade exaltada aparecia nos sonhos dos padres como as demoniacas “súcubos” (mulheres lascivas) e às freiras como demoniacos “íncubos” (homens sedutores), como consequencia da negação dos aspectos sombrios da psiquê, mas que deveria ser combatido a todo custo para que o clérigo alcançasse a união total com o divino.

      Mais tarde, Jung considerou existir um ‘feminino’ oculto em todo homem e um ‘masculino’ oculto em toda mulher e, para alcançar a totalidade psíquica, deve-se procurar integrar-se a esses aspectos, ao invés de fugir deles.

      Para um cristão fiel, tal conceito junguiano equivale a ‘entregar-se aos demônios’…rsrsrsrs…

      Daí que “…A sexualidade é uma manifestação polarizada unilateral e incompleta…” tem sua razão de ser, pois, ao negá-la, o espírito se separa da quaternidade e reencarna como homem e mulher.

      O sexo uniria estas partes separadas para que pudéssemos trazer outra alma ao mundo manifesto.

      Desculpe ter deixado alguns pontos soltos nos meus argumentos, mas esse é um assunto muito extenso para ser tratado aqui de modo adequado, ok?

      Thumb up 4
  9. Queria entender o porque de comentários tão grandes =)
    Resumindo acho que isso é muito pessoal, cabe a cada um respeitar a opinião e a crença (mesmo que não tenha) do próximo sem julga-lo.

    Thumb up 16
  10. A relação “desenvolvimento” x religião é complicada demais. Riqueza e tecnologia não são mais sinônimos de desenvolvimento. Quanto maior a riqueza é claro que mais coisas para se “ocupar”, mas quando isso acaba, como tudo o que é material, o retorno ao Divino preenche novamente espaços que nem a ciência tem respondido. Os EUA são a maior potência do mundo e mesmo com toda militância -marxista – esquerdista e ateísta, ainda é um dos países mais cristãos do mundo.
    O que o ateísmo tem a seu favor é o fato de ser uma religião com base no aprofundamento ao ataque de quem acredita em algo, enquanto “nós”, nos aprofundamos na elevação espiritual e na fraternidade. Existem relações sim com a pobreza e falta de expectativa, mas o que explica o fato de tantos ricos abandonarem tudo para buscar uma vida espiritual? Sempre existiu ateísmo, o que acontece hoje é que a mídia está na sua maior partes nas mãos destes ou espiritas, seguidores do budismo e hinduísmo. A crença no fato de que o ateísmo irá substituir a religião, já é em si um ato de fé. Estudem um pouco ou tragam alguma matéria sobre o novo governo mundial e tudo ficará mais claro. Para as grandes corporações, quando mais pessoas sem fé, sem família e gastando tudo o que ganham, melhor para o capitalismo desenfreado. Vide, sou católico, voluntário, conservador e de direita, mas contra a destruição do planeta em função do consumo desenfreado.

    Thumb up 11
    • Marcelo Rossa,
      Não sou católico e tenho várias e fundadas restrições contra a ICAR que já citei em outros comentários. Também não pertenço a qualquer outra ‘religião’ formalizada pois considero todas empresas exploradoras da fé. Só gostaria de saber de onde você tirou a informação de que a mídia está nas mãos dos ateus, dos espíritas e dos seguidores do budismo e hinduísmo. Pelo que me consta quem domina a mídia hoje em dia, além dos ateus, ainda é a ICAR e o Protestantismo dividido em suas milhares de seitas e muitos são até donos de emissoras televisivas. Espíritas, budismo e hinduismo constituem uma minoria quase imperceptível. Apesar disso é na direção dessa minoria que inclino meu interesse, meus estudos e minha experiência ‘religiosa’. Outro detalhe que não consegui perceber a veracidade é a de muitos ricos estarem abandonando tudo para buscar uma vida espiritual. Poderia citar esses tantos ricos? Certamente esses não devem ser católicos convictos pois não seguem o exemplo da própria igreja que além de ser a maior latifundiária do planeta e acumular uma riqueza incalculável em ouro, dinheiro e ações, fica cada vez mais rica.

      Thumb up 21
    • Marcelo Rossa

      P.: “…A relação “desenvolvimento” x religião é complicada demais…”

      Comentário: talvez sim. Mas o mitologista católico Joseph Campbell trata desse aspecto em ‘O Poder do Mito’ (filme e livro) com suficiente desembaraço, para fazercom que qualquer leigo se descomplique sobre essa relação “desenvolvimento x religião”.

      P.: “…Riqueza e tecnologia não são mais sinônimos de desenvolvimento…”

      Comentário: são sinônimos de desenvolvimento só para as multinacionais. Ateus que não seguem o grupo de Dawkins & C.I.A. também sabem disso e divulgam ao público leitor suas obras, como faz o sociólogo ateu Boaventura de Sousa Santos que explica, em detalhes (acadêmicos! Ou seja, exige boa interpretação de texto!!!) no seu trabalho OS PROCESSOS DA GLOBALIZAÇÃO (acessível na web). A mesma ideia está explicitada de modo “popular” em vídeos produzidos por ateus, como:
      —> Zeitgeist I (pule a 1ª parte, que é anti-católica)
      —> Zeitgeist II e III
      —> A HISTÓRIA DAS COISAS
      —> DA SERVIDÃO MODERNA

      Leia, também: ESTRUTURA SOCIAL E FORMAS DE CONSCIENCIA: A DETERMINAÇAO SOCIAL DO METODO
      Livro de ISTVAN MESZAROS, BOITEMPO EDITORIAL

      Os leitores dizem que é um livro dificil, pois “…A partir de uma investigação, Mészáros combate o mito da ciência enquanto empreendimento puramente teórico e neutro, desvinculado de qualquer relação com os interesses de classes, e mostra os limites impostos pelo modo de reprodução social à formulação teórica…”.

      Ou seja, um assunto polêmico, mas que desmistifica os neo-ateus que querem “provas científicas” de que Deus exista e demitifica a Ciência como uma versão “atéia” da verdade absoluta.

      Obs.: MÉSZÁROS é ateu, viu? Há vídeos dele no youtube com uma entrevista em 2002 no Roda Viva.

      P.: “…Quanto maior a riqueza é claro que mais coisas para se “ocupar”, mas quando isso acaba, como tudo o que é material…”

      Comentário: os jovens de classe média e alta se entregam às drogas. Vide filmes: “Traffic – Ninguém Sai Ileso” e “Eu, Christiane F., 13 anos drogada e prostituída”. E em paises com maioria da população sendo de ateus tem os maiores indices de suicídio e “sindrome de Burnout”.

      P.: “…Os EUA são a maior potência do mundo e mesmo com toda militância -marxista – esquerdista e ateísta, ainda é um dos países mais cristãos do mundo…”

      Comentário: ó, sim! A “Babilônia” contemporânea tem uma das piores taxas DE DISTRIBUIÇÃO DE RENDA NO MUNDO (vide site do Veja na Escola “A distribuição da renda nos Estados Unidos” http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&frm=1&source=web&cd=1&cad=rja&sqi=2&ved=0CDsQFjAA&url=http%3A%2F%2Frevistaescola.abril.com.br%2Fensino-medio%2Fdistribuicao-renda-estados-unidos-697269.shtml&ei=eicJUabuBo2v0AH3_oHICA&usg=AFQjCNFbH9f10KktHc8PzfkBUcWsSM1Xxw a seguinte informação: “…Quase um terço (32,6%) da riqueza dos 10% mais ricos fica nos EUA…” http://www.ufcg.edu.br/prt_ufcg/assessoria_imprensa/mostra_noticia.php?codigo=4339 Parece que DEUS ABENÇOA OS EUA, né mesmo? Eu coloquei links da VEJA pq. ela respeita TRADIÇÃO, FAMÍLIA E PROPRIEDADE, tcherto?

      P.: “…O que o ateísmo tem a seu favor é o fato de ser uma religião com base no aprofundamento ao ataque de quem acredita em algo…”

      Comentário: vc está se referindo aos neo-ateus de Dawkins, que explicitamente militam numa “cruzada contra as religiões”. O que eles aprofundam vc colocou muito bem nessa excerto de seus comentários:

      (…)Para as grandes corporações, quando mais pessoas sem fé, sem família e gastando tudo o que ganham, melhor para o capitalismo desenfreado (…)

      Obs.: sim, isso é o que é a GLOBALIZAÇÃO NEO-LIBERAL, capitaneada pelos EUA e que afundou a Europa em 2008 (vide o documentário: TRABALHO INTERNO).

      COINCIDENTEMENTE (???) DAWKINS & C.I.A. “trabalham” paralelamente com os WASP (sigla para “americanos brancos, anglo-saxões e PROTESTANTES” http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&frm=1&source=web&cd=3&cad=rja&ved=0CEQQFjAC&url=http%3A%2F%2Fpt.wikipedia.org%2Fwiki%2FWASP&ei=ICsJUZeMBtKzqAGJmoGABA&usg=AFQjCNHA2jXhKOpVq9Kic8QB1c_kzmFXfg ) nessa intenção de acabar com a fé religiosa “católica” dos povos subdesenvolvidos e outras religiões similares (principalmente o Islã!!!), “abrindo” mercados para seus produtos. Muito “cristão” essa insólita “união de esforços” entre fanáticos revivalistas americanos e ateus militantes: duas corjas de radicais! Eita, mundão do século XXI. É de enlouquecer um peão igual eu mesmo…argh!

      E neo-ateu foge de uma associação entre neo-liberalismo e ateismo, como o diabo foge da cruz…rsrsrsrsrsrs

      P.: “…enquanto “nós”, nos aprofundamos na elevação espiritual e na fraternidade. Existem relações sim com a pobreza e falta de expectativa, mas o que explica o fato de tantos ricos abandonarem tudo para buscar uma vida espiritual? Sempre existiu ateísmo, o que acontece hoje é que a mídia está na sua maior partes nas mãos destes ou espiritas, seguidores do budismo e hinduísmo…”

      Comentário: essa aí o COSTA MATOU A COBRA E MOSTROU O PAU. Não tenho melhor comentário do que ele já fez.

      P.: “…A crença no fato de que o ateísmo irá substituir a religião, já é em si um ato de fé. Estudem um pouco ou tragam alguma matéria sobre o novo governo mundial e tudo ficará mais claro. (…) Vide, sou católico, voluntário, conservador e de direita, mas contra a destruição do planeta em função do consumo desenfreado…”

      Comentário: ok, sem comentários.

      Thumb up 3
  11. Eu acho totalmente valido ._.
    Até porque a própria bíblia diz que o apocalipse só começa depois que o anti-cristo unificar todas as nações e trazer a paz terrena =o Aka: Ele não será mal, apenas vai afastar as pessoas da fé trazendo paz pra terra, oq ue eu não tenho nada contra.
    É muito fácil ser religioso e ter fé quando você ta fudido na vida e tem esperança de alguém poderoso te ajudar e ser recompensado depois. Mas fé verdadeira mesmo a gente só consegue medir quando a pessoa não precisa de nada. Maioria desses religiosos fervorosos abandona logo a adoração ao Senhor.

    Thumb up 15
  12. Estimado Lisandro (LH 10).

    Seu texto é de uma cristalina competência e clareza impares; concordo tão plenamente que não ousaria acrescentar uma vírgula que fosse.

    Por oportuno, entendo que todos, independentemente da tribo a que pertençam, estamos no mesmo barco aprisionados nessa incomensurável Bolha do Cosmos em que vivemos, composto pela Luz-Energia Maculada das Estrelas, Plasma que condensou dando origem as infinidades de forma que os sentidos percebem.

    A verdade relativa a todos pertence, ela está entre nós, ensine-me a tua que replico a minha e vice versa, isso faz um aprender recíproco.

    Agora, quando reportamos o absoluto urge necessidades outras.

    Nosso futuro está no passado; compreendê-lo e recordá-lo é o objetivo para atingirmos nosso intento!

    Devemos voltar para seguir à evolução e não prosseguir enganosamente com a visão futurista.

    O destino último, caminho da verdade e da existência do SER RACIONAL, está no antes e não no durante o Plano Relativo (material/espiritual), o agora presente!

    Esse caminho que a Luz, pura, limpa e perfeita, enfim imaculada, percorreu a partir de sua origem até um ponto intermitente e concomitante explodiu vindo a macular-se, será o mesmo de nosso retorno, isso agora na condição evolutiva de RACIONAL-PURO, nosso DNA matriz primeira e última, não mais de animal racional.

    Deixemos o mundo material/espiritual da oração, esperança e fé, anacrônico e retrógrado, apenas como experiência de um passado de sofrimento e de dor, basta o que já vivenciamos nesse desatino sem progresso pela oferta da lei da reencarnação, nascer, viver e morrer, num loop (ciclo) sem fim.

    Este raciocínio tem por fim desenvolver o potencial de cada pessoa, ensinando como atingir o mundo absoluto/eterno – aquilo que não se vê, por meio da libertação do mundo relativo – aquilo que se vê em parte e que compõe o mundo em que vivemos; independentemente de quaisquer crenças, filosofias ou culturas seguidas.

    Não existe no Universo nada que não seja Energia, se nos apresenta por uma variedade de formas, que são dissipadas constantemente num turbilhão de ações e reações.

    O melhor exemplo desse fenômeno somos nós mesmos, presos as cincos dimensões energéticas do Plano Relativo (material/espiritual), nosso corpo e a outra sutil nosso espírito, ambos inconscientes de si; porém, existe uma terceira via Imaculada, a Energia-Consciente, formada pela nossa Essência, a Energia de Nossa Consciência; SER (eterno, puro, limpo e perfeito) que nos julga e quem nos julgará; só que por um processo de amnésia cósmica não tomamos ciência desse fato!

    Mas, com o desenrolar dos eventos científicos chegaremos lá!

    A grande dificuldade é discernir entre o Plano Relativo (material/espiritual) e Absoluto/eterno.

    Aqui e agora a nossa Dialética é a busca da Verdade, vem comigo nesse caminhar! Grato.

    Sds/César JBN.
    Energia-Consciente.

    Thumb up 5
  13. Acho bobagem essa guerrinha entre ateus e religiosos. Se os crentes não podem provar que Deus existe, os ateus também não podem provar que ele não existe. Cada um deve respeitar as crenças do outro, ao invés de achar que possuem a verdade absoluta. Quanto a pesquisa, é natural que exista mais ateus em países ricos do que em países pobres. Afinal, as pessoas geralmente buscam a Deus em momentos difíceis, quando não há outra solução além da intervenção divina. Em países ricos, as pessoas acreditam ter mais domínio e controle da própria vida, cabendo apenas a elas aproveitar ou não as oportunidades que seu país oferece.Em países como o Brasil onde muitos ainda vivem na miséria Deus é a esperança que impulsiona o povo a continuar lutando pela sobrevivência.

    Thumb up 14
    • MARIA ISABEL FRANCISCA

      Pois é, Maria, vc chegou no âmago da questão: em paises pobres, há Religião pq. a maioria vive no limite entre a pobreza e miséria.

      Em paises ricos, não há mais Religião pq. eles montaram um sistema econômico para explorar as populações de paises pobres.

      A hipocrisia atéia é nojenta: se sentem “melhores” e mais inteligentes por não possuirem religião? Ou é para esconderem das próprias consciências de psicopatas a boa-vida que tem advinda do roubo institucional que fazem das populações de 3º mundo?

      Maquiavel já estudou isso! Quem está no poder, oprime quem deveriam proteger. Nos tempos dele, era a Igreja quem oprimia.

      Nos nossos tempos, são os ateus das potências que emergiram da 2ª Guerra Mundial é que se prestam ao papel de opressores do 3º mundo (vide comentário de COSTA: há poucos religiosos no mundo de hoje).

      Thumb up 1
    • MARIA ISABEL FRANCISCA

      O link que lhe dei não funcionou e, como não consegui apagar o comentário, re-posto, aqui, o comentário do Costa a que me referi no meu comentário a vc:

      Costa / 24.01.2013

      Na verdade, a grande maioria dos ‘religiosos’, ou melhor, dos que se declaram ‘religiosos’, são mercadores da fé ou vítimas dos mercadores da fé. A principal mercadoria que traficam, chama-se ‘SALVAÇÃO’. Em última análise, são na verdade tão ateus quanto os que se declaram ateus. Os verdadeiros religiosos são poucos. Por outro lado, encontramos tanto ‘ateus’ como ‘religiosos’ com excelente nível cultural o que demonstra claramente que não é o nível cultural que define os ‘ateus’. O que todas as pesquisas demonstram é que paises economicamente desenvolvidos, com distribuição de renda mais justa e onde as pessoas usufruem benefícios como assistência médica de qualidade, apresenta um número crescente de ‘ateus’, o que demonstra claramente que ‘ateus’ são sobretudo oportunistas.

      Thumb up 3
  14. Olá caros amigos. Esta questão é muito polêmica pois meche com o interior de cada um de nós.

    Mas posso dizer que existe realmente várias filosofias que unem a religião e a ciência, dando uma perspectiva diferente de como compreender as perguntas que as religiões mais antigas não conseguirem responder de uma maneira satisfatória e que levasse em consideração os conhecimentos que a ciência foi revelando ao longo do tempo.

    De outro lado a ciência ainda não conseguiu responder tudo e está longe disso. Ninguém provou que Deus existe, mas também não provaram que ele não existe.

    Eu posso dizer que por mim encontrei uma filosofia que me permitiu conciliar a Religião com a Ciência de modo a compreender melhor as questões transcendentais que fazem parte da nossa existência.

    Aqueles que estiverem interessados em saber mais, convido a leitura do link a seguir. Não tenha medo de ler, vale a pena.

    http://www.febnet.org.br/ba/file/Obras%20B%C3%A1sicas/le.pdf

    Thumb up 1
    • Do prefácio da 2ª edição do TRATADO DE METAPSÍQUICA, de Charles Richet (NOBEL de FISIOLOGIA ou MEDICINA de 1913): https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&ved=0CC4QFjAA&url=http%3A%2F%2Fbvespirita.com%2FTratado%2520de%2520Metaps%25C3%25ADquica%2520(Charles%2520Richet).pdf&ei=RXcGUeiMJIT68gSU2IGoCg&usg=AFQjCNGJ7BOm2c_ip8pU48oX4GgnrTxVbA

      “…Os espíritas receberam o meu Tratado de Metapsíquica com grande frieza. Compreendo o seu estado de espírito. Em vez de aceitar a sua teoria ingênua e frágil, propus aguardar, para se constituir qualquer teoria defensável, que os fatos fossem classificados, codificados,
      marcados, acompanhando-os das necessárias exigências do método experimental. Ao contrário, os espíritas julgam possuir já uma explicação adequada para todos os fenômenos. Disse-lhes que a sua explicação era hipotética, mas não hesitei em reconhecer que em certos casos, raros, a hipótese espírita, simplista, parecia ser preferível. Creio bem que isso não é senão uma aparência. Portanto a aparência
      continua nela.
      Se os espíritas fossem justos, reconheceriam que a minha
      tentativa de fazer entrar na ordem dos fatos científicos todos
      os fenômenos que constituem a base de sua fé, mereceria eu
      verdadeiramente alguma indulgência.
      Reconhecem eles que o passo dado para trás é largo, já que desde agora a metapsíquica subjetiva (criptestesia) parece estar definitivamente classificada como um fato científico confirmado.
      A ciência é, acima de tudo, a soberana mestra do futuro.
      Não será por meio de preces, nem por atos de fé nem por convicções rrefletidas, que ela irá tomar corpo: é unicamente por meio de investigações exatas, multiplicadas.
      E, sem receio de repetição, direi que é necessário ser também tão audacioso na hipótese como rigoroso na experimentação.
      O primeiro tratado de Metapsíquica irá ter a sina comum.
      Ele irá logo ficar para trás e cair em desuso, porque os progressos desta nova ciência serão rápidos.
      Porém ninguém mais do que eu se dará por feliz se topar com um novo tratado, mais complexo, mais demonstrativo, que retifique os erros, repare as omissões, dissipe as incertezas, as obscuridades, as contradições deste esboço – o primeiro memorial metódico e didático de angustiantes problemas…”

      Thumb up 2
  15. Em resposta ao comentário acima, gostaria de pedir encarecidamente que o amigo se lembre deste verso bíblico quando precisar ir ao médico, tomar uma vacina, subir de elevador, usar seu computador, tomar um remédio e etc.
    Como disse bem Galileu, os cristãos também crêem e amam a ciência quando convém.

    Thumb up 10
    • Marcelle Victorino

      P.: “…os cristãos também crêem e amam a ciência quando convém…”

      Comentário: frases como essa, convenientes à propaganda neo-ateia desonesta (vide Ateismo 3.0, muito mais honesto https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&ved=0CC4QFjAA&url=http%3A%2F%2Fpt.wikipedia.org%2Fwiki%2FAte%25C3%25ADsmo_3.0&ei=N4IGUYOWG4Gm8gTg6oGYCQ&usg=AFQjCNGsX-__VJ47jNBZLiupxfz8nP2URA ) é uma insana tentativa de conflitar crenças religiosas com pesquisas científicas.

      Ora, o Vaticano construiu um observatório astronômico no tempo em que Galileu estava vivo, apesar de condenado!

      Clérigos católicos e protestantes foram construtores da Ciência, assim como ateus! Como se poderia desprezar Copérnico, Kepler, Galileu, Newton e Descartes e ignorar os pressupostos da Ciência moderna porque eram eles, todos, cristãos? E o que fazer com Gregor Mendel (o pai da Genética), Georges Lemaitre (o idealizador da “hipótese do átomo primordial” de onde saiu a teoria do Big Bang) e Teilhard de Chardin (que classificou as várias camadas da atmosfera): ignorá-los, TAMBÉM???

      Vc se refere à “…precisar ir ao médico, tomar uma vacina, subir de elevador, usar seu computador, tomar um remédio e etc…”

      ORA, ORA, vacinas, remédios e a formação de médicos de hoje seriam melhores se se tivessem queimados as pesquisas de LOUIS PASTEUR? E elevadores, não estavam à serviço dos politeistas da Antiguidade?

      E STEVE JOBS, místico e budista, que lançou os computadores pessoais ao público “pobre”, por causa da “exclusividade” dos mainframes da IBM “prá ricos” da época, também poderia ser, simplesmente, ignorado????

      Não há isso de ‘conveniência de religiosos’ no uso de artefatos tecnológicos: religiosos DESDE SEMPRE, em todas as épocas da História da Civilização, estiveram por trás de artefatos tecnológicos, a começar dos CULTOS AOS DEUSES DA AGRICULTURA E DA PECUÁRIA!!! É do culto aos deuses da Guerra que devemos os mais espetaculares avanços técnicos e científicos, por mais infeliz que isso seja!!!

      Ao que me parece, é os NEO-ATEUS QUE CRÊEM E AMAM A CIÊNCIA QUANDO CONVÉM, pois quem escreve “DEUS, UM DELÍRIO” e não vai até o fundo de seu desprezo pela Religião (e pelos religiosos também), ignorando totalmente a Ciência pelas suas origens nas crenças das religiões, NÃO PASSAM DE UNS TREMENDOS HIPÓCRITAS.

      Mas seria um grande exagero de minha parte afirmar isso. Mas o seu exagero em “…”…os cristãos também crêem e amam a ciência quando convém…” é da mesma magnitude que essa minha, colocando neo-ateus no lugar dos cristãos. Como agnóstico, vejo e deploro esse tipo de exagero de ambas as partes, fanáticos fundamentalistas neo-ateus x fanáticos fundamentalistas cristãos.

      Como dizia Teilhard de Chardin em ‘O FENÔMENO HUMANO': “…Aparentemente, a Terra Moderna nasceu de um movimento anti-religioso. O Homem bastando-se a si mesmo. A Razão substituindo-se à Crença. Nossa geração e as duas precedentes quase só ouviram falar de conflito entre Fé e Ciência. A tal ponto que pôde parecer, a certa altura, que esta era decididamente chamada a tomar o lugar daquela. Ora, à medida que a tensão se prolonga, é visivelmente sob uma forma muito diferente de equilíbrio – não eliminação, nem dualidade, mas síntese – que parece haver de se resolver o conflito…”

      Tal síntese é, pelo menos, considerada no movimento ATEISMO 3.0

      Thumb up 5
    • Formidável!!!!

      Thumb up 2
    • Costa

      Isso é pq. dizem que “agnóstico” é um cara-em-cima-do-muro…rsrsrsrsrs…

      Thumb up 1
  16. Desde os primórdios da fundação da igreja ou outras congregações míticas, as ideologias de base destas, não eram em primeiro plano, ou pelo menos pareciam não ser, servir ou adorar a um Deus trascendente, mas sim, criar um ambiente propício à instalação de sociedades estáveis, ou seja, criar leis para que o homem pré-histórico pudesse conviver em sociedade. As religiões foram ótimas para esse quisito, afinal, quem ousaria enfrentar as duras penalidades transcendentais, caso alguem transgredisse as leis criadas pelos deuses? Leis, que líderes ou sábios da antiguidade criavam e diziam que eram leis divinais. No passar do tempo, as pessoas, por algum motivo cambiaram de sentimento, alegando ser fé aquilo que é medo. A humanidade evoluiu. o ser humano, como integrante do universo, evoluiu naturalmente, do mais simples ao mais complexo. hoje é difícil, para lgumas pessoas, especificamente aos mais perspicazes, acreditar em ideias que ficaram presas no tempo, como relatos bíblicos ou quaisquer outros contos mitológicos, quase incompreensíveis. consequentemente é difícil prender-se a dogmas reprimentes, como aos da igreja católica, por exemplo. Tambem acredito na laicisação do modus vivendi humano com o passar do tempo, justamente pelo fato de que o homem é extremamente curioso e a religiosidade não combina em nada com isso. agora as consequências, da secularização da humanidade, pode ser consideráveis, devido ao modo de como a sociedade humana se desenvolveu.

    Thumb up 21
    • CARDOZO

      É ISSO AÍ, CAMARADA!

      Thumb up 1
    • fico triste quando vejo pessoas religiosas a tentar argumentar se baseando na fe, a disputarem com argumentos cientificos verdadeiros dignos de fidelidade, os religiosos vivem sob uma necessidade de crer, eles devem crer e isso chama-se fe, sao pessoas que renegaram a razao e por isso discutir um tema desses com eles e inutil…e como dar remedio a um morto/ pedir q se demonstre a inexistencia de um deus e totalmente absurdo…como demonstrar q algo q nao existe nao existe ???

      Thumb up 1
    • Caro Flavio,
      E como tens certeza q algo q não existe (Deus) não existe??? Podes provar.
      Na verdade os argumentos cientificos verdadeiros nos remetem cada vez mais ao Ser Criador Inteligente, Incausado, Eterno, Necessário, como mostram essas pesquisas neste link evidenciando o Design Inteligente!
      http://www.discovery.org/a/2640

      Thumb up 2
  17. A maioria de vocês se deixoue cegar pelos clamores do ceticismo, materialismo, laicismo e a velha batalha do antropocentrismo contra o teocentrismo. Alguns vivem tão afastados da presença de Deus que o culpam por tudo de ruim que acontece. Outros se sentem tão abondonados que resolveram não crer na existência de Deus, apesar das inúmeras evidências e milagres já registrados no passado e agora no presente, por exemplo, como acontece diariamente na IMPD.

    Thumb up 5
    • claro, lah o valdomiris cura as pessoas com o poder de chessus, mas na hora do vamo ver ele precisa ir no médico fazer cirurgia, oh glória.

      Thumb up 3
  18. Ser ateu ou religioso parece até que é a mesma coisa aqui em termos de extremismos. Uma pessoa que se diz ateu basicamente o faz por 2 motivos: conveniencia ou frustração. A frustração é por causa da hipocrisia das religiões seu lideres e membros: pedofilia de padres, dizimos obrigatórios e que exploram pessoas inocentes e sinceras, terroristas religiosos que se explodem e levam a vida até de crianças, inquisição e tudo mais. Conveniencia: Bom, é um pouco pesado o comentário e minha intencão não é rotular ninguem que está lendo: é conveniente e bom pra um ateu viver uma vida sem regras sexuais, viver junto sem se casar é a coisa mais comum hoje.( é claro que existem pessoas que se dizem religiosas que estão nesta situação, ai entra a questão da hipocrisia que mencionei).. Uma vida de liberdades sexuais de um ateu não quer dizer que ele não é um bom cidadão: afinal ele paga impostos, respeita as leis civis e de transito de cada pais.( ninguem quer ser preso seja ateu ou religioso) Há um trecho na biblia que diz sobre pessoas que não buscam á Deus: ” comamos e bebamos pois amanhã morreremos”. Não quer dizer que todo ateu é egoista. Mas já que alguns gostam de ajudar seu semelhantes, porque só durante esta vida e durante poucos anos? Náo seria melhor com a ajuda e orientação de um Deus?….. Comentei aqui certa vez, como seria o comportamento de pessoas que dizem que não acreditam em Deus, mas tem um bom coração e são inteligentes, se ocorresse algo hipotético neste ano de 2013, imagine o seguinte: ( não sou espírita).. Uma civilização avançada faz contato com a humanidade e são pacíficos. Nos ensinam uma série de tecnologias novas.. Viagens próximas a velocidade da luz ou até portais pra outros sistemas solares, anti-gravidade, Nos ensinam como acabar com todas as doenças e até mesmo com a morte.. Eliminam as fontes de poluição do ar e dos rios, e nos ensinam obter energia limpa e ilimitada..Trazem a paz á humanidade eliminando todas as armas nucleares e convencionais.. O planeta se modifica completamente… Depois de um tempo, eles nos dizem: “Nós fomos criados por um Unico Deus e o adoramos assim como mihões de outras civilizações no Universo.. que ensinamos isto, voçes agora podem reconhecer a Ele e o adorarem, usem seu livre arbítrio”.. Será então que, depois de tudo isso a maioria das pessoas iria dizer “não obrigado, prefiro continuar sendo Ateu”….

    Thumb up 8
  19. Acho que a matéria apresenta dados incompletos. Inicialmente seria interessante verificar dessas porcentagens que destacam uma maioria de descrentes em certos países europeus, se esse número diz respeito simultaneamente a pessoas que afirmam convictamente a inexistência de deus, bem como se o número também apresenta agnósticos e outras pessoas que por conforto social não pretendem cansar-se na questão. em suma, não está evidente se toda essa estatística expressiva confirma uma maioria de ateus ou simplesmente pessoas desinteressadas em religião. Posteriormente é imperioso o questionamento se há também essa constante em outros contextos, como na Koreia do sul, por exemplo, que possui uma economia forte, um bom investimento em tecnologia e educação… pra não falar no Japão, seu vizinho. existiriam diferenças expressivas nos números europeus e nos asiáticos? se sim, por quê? se isso não for analisado, é precipitado fazer previsões sobre o futuro das crenças a nível internacional. Ciente disso, pode-se até mesmo suspeitar de uma análise tendenciosa, que toma o todo pela parte, e que procura apoiar de antemão uma idéia previamente estabelecida.

    Thumb up 6
  20. Disse tudo Lisandro. Acreditar em deus bíblico ou não só serve p/os incautos e até tolos, pagarem dízimos exorbitantes p/Edir,e companhia ficarem ricos e bilionários. De uma coisa tenho certeza: Quem está no céu da prosperidade e da riqueza são estes picaretas espertos, enquanto os tolos pagam a conta. Religião é desespero, fanatismo, fundamentalismo. Te garanto que o mundo sem religião, seria bem melhor e mais evoluído, pois as pessoas estariam aproximados em cultura e desenvolvimento intelectual. O perigo está é que, contraditório a reportagem nos EUA o fanatismo religioso está crescendo intensamente. O Edir está ficando mais rico ainda c/a entrada de milhões de dolares na sua conta bancária da fatura neste país. Quer mais: Já está na lista da revista Forbes como um dos homens mais rico do planeta. E viva a religião e a sua eterna escravisação dos tolos e incautos. Lamentável, e como dizia c/toda precisão Karl Max: A religião é o ópio do povo. Sábias e tão atual palavras.
    Franco.

    Thumb up 6
  21. As religiões sucumbirão, medida que a ciência avança, somente quando esta abandonar seus dogmas deterministas e racionalistas e começar a trilhar pelo caminho do idealismo monista tornando Deus e Espírito objeto de ciência e não de adoração e fanatismo.

    Thumb up 7
  22. É fato que o conhecimento derruba muito mitos religiosos. Hoje não mais aceditamos que raios e trovões são provocados por deuses, por ex!
    Por isso não me espanta que países com maior desenvolvimento humano sejam aqueles com maior numeros de ateus.

    Já sobre o que é um ateu, é alguém que não acredita que exista uma divindade, alma, além, etc…
    Ou seja, é alguém que acredita que só existe esta vida e qdo morrermos tudo se acaba!
    Da mesma forma, obviamente não acredita em nenhum tipo de proteção/castigo divino ou destino.

    Eu, como ateu não posso afirmar com absoluta certeza que deus não sxiste e sim que NÃO EXISTEM EVIDÊNCIA DA EXISTÊNCIA DELE!
    Seria mais ou menos como o Dragão na Garagem de Carl Sagan.
    http://ateus.net/artigos/ceticismo/um-dragao-na-minha-garagem/

    Thumb up 2
  23. Só gostaria de saber por quê meus comentários não estão mais sendo publicados neste site; que, até então, estava bem democrático?

    Thumb up 3
  24. Algum Ateu pode me descrever exatamente o que é ser Ateu, sem precisar economizar palavras, para entrarmos em uma discussão sadia?

    Thumb up 0
    • Existe vários tipos de ateus, PRA MIM ser Ateu é não acreditar na existência de Deus ou Deuses. Ser boas pessoas (ao contrário do que alguns cristãos pensam) pois querendo ou não temos que arcar com as consequências de nossos atos. Ter fé em si mesmos, e não em seres ”teoriacamente imaginários”. Sempre buscar conhecimento pois a pior burrice que alguém pode fazer é ter aquela certeza ”cega”. E o principal, saber respeitar não a religião, mas o direito das pessoas crerem.

      Thumb up 5
    • Como disseram ser um ateu é não acreditar em deus ou deuses de qualquer natureza. Simplesmente isso.

      Agora é claro que existe um universo bem diverso entre os ateus. Ateus convictos (ou ateu cético), que tem a certeza total e absoluta de que não há deus de qualquer natureza (especialmente um deus pessoal tal qual não há nada de etéreo, como alma humana, espíritos, etc.

      Ao mesmo tempos existem ateus que acham que deus não existir é o caminho mais lógico (meu caso), e que até que se prove a existência de deus preferem não acreditar, o mesmo vale para coisas etéreas.

      Fora isso existem outros grupos mais diversos, como agnósticos, deísdas e pasmem, até mesmo budistas seculares (uma religião que não crê em deus ou deuses de qualquer natureza).

      Thumb up 0
  25. Eu sou um ignóstico e acho que os paises menos desenvolvidos tem uma predominância teísta devido a esperança de dias melhores, já que deus é tido como algo divino que controla o curso dos acontecimentos, contudo o teísmo é consequencia do subdesenvolvimento e não o contrário.

    Thumb up 7
  26. Nada a ver. Creio em Deus, mas não da forma como as religiões o apresentam. Porque tudo evolui, menos os conceitos religiosos.
    A natureza sugere fortemente que Deus existe, mas quem garante que Ele seja assim ou assado? A verdade é eterna e única, mas qual será ela? As crenças se contradizem, os velhos livros sagrados também e o que sobra mesmo, o que tornaria a vida melhor, é o sentimento de solidariedade. Afinal, ricos e pobres,estamos todos no mesmo barco, sujeitos a doenças, a desgostos e – ai ai ai – condenados à morte.

    Thumb up 18
    • Você seria Deísta Ana, assim como eu.

      Thumb up 1
  27. Meus caros amigos, todos somos livres para acreditar em que quisermos , respeitando logicamente , essa livre escolha de cada um de nós.Eu, por exemplo, não me preocupo se algum deus existe ou não, pois não vejo vantagens nem desvantagens em minha vida por causa isso.É um direito meu, pensar assim , como é um direito seu , pensar que ele existe. Cada um com seus problemas.Agora, fanatismo irrita qualquer um , seja em religião , futebol , política etc.

    Thumb up 11
  28. Acho que devemos nos perguntar é se buscamos respostas sinceras da nossa origem, ou esperamos que outros procurem por nós. Eu sou agnóstico, porque não tenho ainda todas as respostas. Estou procurando, sem o menor preconceito. Seja qual for a religião, creio que o artigo levantou questões interessantes, que ainda existem muitas camadas de preconceito que deverão ser quebradas ao longo do tempo. Que a verdade sempre prevaleça. Principalmente a verdade consigo mesmo.

    Thumb up 3
  29. Muito curioso o título da postagem. Em outros tempos talvez fosse “Como o ateísmo pode acabar com a religião”. Involuntariamente o sr. Grossman talvez tenha revelado o real objetivo do ateísmo organizado: tomar o lugar que a religião tem no coração das pessoas para continuar a exercer um idêntico controle. Não é a liberdade do indivíduo que se deseja, mas apenas dominação, como qualquer outro movimento feito por homens.

    Thumb up 9
    • GRANDE! Pedroso!
      É isto mesmo o que acontece, tanto com os “religiosos” como com os “ateus”: querem obter o domínio da mente das pessoas.
      Fora com os religiosos! Fora com os ateus! Nós não precisamos destes lixos…sabemos pensar sozinhos…

      Thumb up 4
    • Herberti Pedroso

      Conhece aquele ditado: “Rei morto, rei posto”? É isso o que almejam Richard Dawkins e quejandos: tornarem-se os “reis postos” da Humanidade.

      Loucura, camarada, loucura.

      Das próprias fileiras ateias aparecem ateus propondo “templos ateistas” Vide: Primeiro templo ateu será construido na Inglaterra https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&ved=0CDEQFjAA&url=http%3A%2F%2Fnoticias.gospelprime.com.br%2Fprimeiro-templo-ateu-sera-construido-na-inglaterra%2F&ei=Wj8CUZauGIPa8wSzpoCoCg&usg=AFQjCNGGIfioWugiwjILAA5GCmafVsaToQ&bvm=bv.41524429,d.eWU

      Dawkins não consegue controlar seus colegas ateus, e quer se meter com religiosos????

      Thumb up 3
    • Também acho ridícula a construção de um templo ateu. É paradoxal simplesmente. Me incomoda profundamente um certo radicalismo que ocorre entre alguns ateus.

      Sou ateu fazem uns 8 ou 9 anos e percebi depois de um tempo que. Não se consegue acabar com a religião e acabar com ela é algo ruim. O que deve ser feito de verdade é impedir que a religião toque nas leis. Impedir que ela tenha poder sobre as leis, sobre o estado. Porque isso beneficia não só os ateus, mas a sociedade como um todo, em especial as religiões minoritárias que sofreriam pesadamente se as grandes religiões dominassem o estado.

      Thumb up 0
    • Captain Marvelous

      Apoiado, camarada, apoiado!
      O verdadeiro significado de “democracia” é garantir que as ditaduras de quaisquer espécies sejam alijadas do poder supremo.

      Ditaduras políticas e/ou religiosas nunca puderam propiciar o desenvolvimento sadio de uma sociedade.

      E fanáticos, de qualquer tipo, são embriões de ditaduras.

      Espero que possamos, nós os Homo Sapiens, reconhecer o cancro dos fanatismos que representam os “donos da verdade”, pois se isso não ocorrer, selaremos nossos destinos como espécie animal deste planeta.

      Thumb up 0
  30. já reparia uma questão muito importante sobre o ateismo. quando uma pessoa se declara ateu, não quer dizer que ela não acredita em DEus. Muitas preferem mudar de assunto quando se trata de questão religiosa.. Significa que ela não quer discutir ou conversar sobare o assunto. Acho que as pessoas nunca vão perder a fé, principalmente as pessoas espiritualizadas que têm uma busca natural pela transcendência. Atualmente, o conhecimento está espalhado por todos os lugares e como não deveria deixar de ser, os fenômenos do espírito como é o caso das experiências de quase morte, só para citar um, são vários, estão acontecendo quase todos os dias. Agora fica uma pergunta: Se a humanidade tiver certeza absoluta, comprovado, que continuamos com espíritos após partir desse mundo, isso vai mudar alguma coisa nas pessoas que não se interessam por esse assunto? acredito que não, vão continuar suas vidas como se o espírito não existisse.

    Thumb up 10
    • Sou ateu e acho que tecnicamente, a definição Ateu aquele que não acredita em Deus não parece certa, na verdade deve ser “Aquele que Não acredita na existência de Deus”.

      Thumb up 30
    • P.: “…quando uma pessoa se declara ateu, não quer dizer que ela não acredita em DEus…”

      Comentário: essa atitude é agnóstica (ou de “ateu fraco”). O ateu tem a certeza absoluta (metafísica) de que Deus não existe, associada à “fé” de que os cientistas encontrarão a prova necessária que confirmará empiricamente essa certeza. No mínimo, o ateu “crê” que não há outro caminho possível à Ciência!!!

      P.: “…Muitas preferem mudar de assunto quando se trata de questão religiosa.. Significa que ela não quer discutir ou conversar sobare o assunto…”

      Comentário: em se tratando de ateus e agnósticos ateistas, talvez. Mas isso não acontece com os neo-ateus. Digo “neo”-ateus, ou seja, os seguidores de Richard Dawkins e seu “evangelho das boas novas” de que Deus é um delírio de ignorantes de baixíssimo Q.I., violentíssimos, que “adoram” explodir torres com 3 mil pessoas e mantém 90% da Humanidade na miséria absoluta…tsk.tsk.tsk. Esses caras não se cansam em “proclamar a todos os povos” a salvação da Religião!!!…rsrsrsrs…Até estão propondo “templos ateus” https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&ved=0CDEQFjAA&url=http%3A%2F%2Fnoticias.gospelprime.com.br%2Fprimeiro-templo-ateu-sera-construido-na-inglaterra%2F&ei=S3wBUZShOJOi8gTZl4GYAg&usg=AFQjCNGGIfioWugiwjILAA5GCmafVsaToQ&bvm=bv.41248874,d.eWU para celebrar a “conquista da verdade absoluta” de que NÃO HÁ, NEM PODE EXISTIR, DEUS (principalmente o dos cristãos, seus alvos preferidos).

      P.: “…Acho que as pessoas nunca vão perder a fé, principalmente as pessoas espiritualizadas que têm uma busca natural pela transcendência…”

      Comentário: isso é uma verdade. Nenhuma civilização teve condições de se sustentar na ideologia ateista. Ateus aparecem em épocas em que as religiões se renovam. O trabalho deles é denunciar as mazelas da religião moribunda. Como ateus são parte da esfacelação religiosa, acabam por sucumbir quando uma nova religião ressurge das cinzas das que cairam.

      Mesmo hoje em dia, há “religiões ateias ocidentais”, como o culto “Jedi” https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&ved=0CC4QFjAA&url=http%3A%2F%2Fpt.wikipedia.org%2Fwiki%2FJedi%25C3%25ADsmo&ei=UX0BUfGZB4H29gSj5YDABQ&usg=AFQjCNHRBmlmvwYwVdEl_EdATTkZn3WRBA&bvm=bv.41248874,bs.1,d.eWU pipocando aqui e alí, algo que deve dar arrepios em Richard Dawkins, proponente da existência do “gene egoista” por trás da psiquê humana. Acho que ele está decepcionado consigo mesmo, porque sua “meme” https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=2&cad=rja&ved=0CDgQFjAB&url=http%3A%2F%2Fpt.wikipedia.org%2Fwiki%2FMeme&ei=yn0BUZzTCpG-9gTpz4C4Bg&usg=AFQjCNFY9VsRbaxqV4HYHvSt9SkD642aHA&bvm=bv.41524429,d.eWU anti-religião está se desviando para “lados ocultos” de sua cruzada…rsrsrsrsrs…

      P.: “…Atualmente, o conhecimento está espalhado por todos os lugares…”

      Comentário: está espalhado, mas não há suficiente número de pessoas interessados nele. A maioria dos internautas só estão, mesmo, interessados em sexo via internet. Mark Zuckerberg ficou rico ao propiciar “tecnologia” nessa busca instintiva por “distração” físiológica. Portanto, a tecnologia está “espalhada”, mesmo, mas só uns poucos se beneficiam dela. No Brasil, que conta com grande número de acessos pela Internet, o jovem de quinze anos deu “mérito” ao pais entre os últimos lugares em Interpretação de Textos e Ciências!!! (não vou me referir à Matemática, pq. esse tipo de conhecimento é esparso até nos paises de 1º mundo!…rsrsrsrsrs)

      P.: “…e como não deveria deixar de ser, os fenômenos do espírito como é o caso das experiências de quase morte, só para citar um, são vários, estão acontecendo quase todos os dias…”

      Comentário: os espíritas não fazem o trabalho de casa de sua própria doutrina e deixam muito a desejar em suas crenças. Depois que li o que Charles Richet (Nobel de Medicina em 1913) escreveu no prefácio de sua obra “Tratado de Metapsíquica” (em pdf. aqui http://bvespirita.com/Tratado%20de%20Metaps%C3%ADquica%20(Charles%20Richet).pdf )fiquei muito decepcionado com a atitude dos espíritas. O casal Curie (também ganhadores de prêmios Nobel em Física e Quimica) também acharam interessantes os fenômenos espíritas e apelaram para que se desenvolvessem pesquisas sobre o Espiritismo http://pt.wikipedia.org/wiki/Pierre_Curie coisa que ficou no esquecimento, não é mesmo?

      P.: “…Agora fica uma pergunta: Se a humanidade tiver certeza absoluta, comprovado, que continuamos com espíritos após partir desse mundo, isso vai mudar alguma coisa nas pessoas que não se interessam por esse assunto? acredito que não, vão continuar suas vidas como se o espírito não existisse…”

      Comentário: acho que não, pois uma certeza dessas daria muito lucro à aproveitadores de todo tipo (ateus e religiosos)! Mas, concordo que essa atitude gananciosa é equivalente a continuar a vida com se espíritos não existissem: seria só uma forma de negócio.

      Thumb up 5
    • Neutrino, sua resposta indica grande perspicácia e abertura mental. É o que penso. Gostei sobremodo quando diz “se a humanidade tiver certeza absoluta…vai mudar alguma coisa”? Também creio que não. Há tantas provas desde o século retrasado, e tudo continua na mesma incredulidade. Haja paciência dos santos. Um dia veremos essa mudança, nem que seja de camarote no reino dos céus.

      Thumb up 1
    • Estimado Neutrino.

      Há um ditado que diz: uns nascem para ser padre e outros para padeser e nós outros para não padecer.

      Porquanto, entre crer e não crer é melhor entender a ordem dos eventos da natureza; os exteriores e principalmente aqueles interiores onde podemos encontrar o caminho da verdade e da existência em Você e em Tudo.

      A meu juízo, acreditar num deus religioso é o mesmo que aceitar papai-noel sem restrições e saiba não preciso ser ateu para isso.

      Minha compreensão é que não somos corpo/espírito, mas Energias-Conscientes cuja Essência é a Energia de Nossa Consciência, que nos julga e quem nos julgará no instante de nossa passagem e sempre.

      Por um processo de amnésia cósmica esquecemos nossa origem primeira e última e o desenvolver de nossa Subjetividade Desperta nos conduzirá ao UNO.

      A tática romana de mentir, mentir até tornar a mentira verdade, copiada e usada pelos Nazistas, o Vaticano, Igrejas congêneres e o Espiritismo, ainda prevalece até hoje como uso corrente dos homens, principalmente aqueles que se escondem com medo por trás da oração e da fé, de encarar a verdade primeira e última.

      Procure desenvolver sua subjetividade desperta (Deus verdadeiro e Não Religioso em VOCÊ) e cure-se da amnésia cósmica para entender o percurso da verdade e da existência, diferentemente do caminho das inverdades desta vida relativa, a bolha do cosmos em que vivemos.

      COMENTO:

      1 – Sobre Cristo tenho a dizer:

      Ele não tinha religião, nunca fundou igreja, pregava um Deus Único e Não Religioso em VOCÊ, expresso quando disse: “O Reino de Deus está dentro de TI (VOCÊ)”; basta apenas saber isso, tudo o mais dito na bíblia esgota-se nessa simples frase, não faz mais sentido continua repetindo essa literatura de cordel, onde todos dizem o que quer e não se responsabilizam por nada, não é mesmo?

      Tudo, mas tudo mesmo, a mais que sabemos sobre Cristo foram os outros que puseram palavras em sua boca, pois ele não deixou nada escrito, a responsabilidade é dos seguidores fanáticos; crer apenas não basta!

      Nunca nenhuma divindade desceu do céu e escreveu livros ditos sagrados como exemplo a bíblia, cujas edições foram feitas e traduzidas por espertos com fins comerciais e culturalmente atinge fanáticos religiosos inocentes úteis aos profissionais da fé, famosos milionários cobradores de pedágios.

      Não se enganem o homem mais rico do planeta é o Papa, que comanda um país chamado Vaticano com PIB e tudo; esses pastores, bispos, etc, etc….., donos de igrejas evangélicas, apesar de milionários, são fichinhas se comparados com o dito cujo.

      E assim caminha a humanidade ansiosa por lendas e contos messiânicos.

      2 – Sobre o deus religioso:

      A base de nossa educação foi firmada em três pilares: lar, escola e igreja.

      A Escola e o Lar através de nossos pais e gerações anteriores sempre caminharam a reboque dos ensinamentos religiosos, não conheceram o controverso do outro lado da medalha.

      Na infância nos impuseram e ainda persiste essa máxima a acreditar em várias lendas, apenas esse pretérito para exemplificar, Papai-Noel.

      O tempo urge e deixamos pra trás essas influências.

      Chegamos à fase adulta, mas ainda com o ranço da idade do pensamento religioso, continuamos a acreditar nos contos das crenças dos livros editados pelos homens e ditos como sagrados, do mundo material/espiritual da oração, esperança e fé, anacrônico e retrógrado da experiência de um passado de sofrimento e de dor; basta o quê a humanidade já vivenciou nesse desatino que nos emburrece sem progresso para nossa evolução interior, fazendo perder conhecimento ou inteligência.

      Hoje com o progresso científico e tecnológico para aqueles que atingiram a Idade da Razão o entendimento é de que as crenças filosóficas caminham puxadas pelo saber da ciência.

      Então, você prefere acreditar que deus religioso fez o mundo em seis dias e descansou no sétimo?

      Segundo a Bíblia, qual seria a idade da Terra?

      Adão à Noé: 10 gerações.

      Noé à Abrão: 20 gerações.

      Abraão (antes Abrão) é pai de Isaque, que é pai de Jacó (Israel), que é pai de José: 3 gerações.

      A partir daqui há um hiato.

      Moisés, após morrer, é imediatamente sucedido por Josué

      (a Bíblia não fala da ascendência de Davi, desde a morte de Josué).

      De Davi até Jesus há 14 gerações.

      De Jesus até hoje: 2000 anos.

      Dado o fato de que, de acordo com a Bíblia, Adão foi criado no sexto dia da existência de nosso planeta, podemos, com base na Bíblia, determinar uma idade aproximada para a terra, observando os detalhes cronológicos da raça humana. Isto, é claro, presume que o relato de Gênesis seja preciso, que os seis dias da criação descritos em Gênesis sejam períodos literais de 24 horas, e que não haja nenhum ambíguo vazio cronológico.

      As genealogias listadas em Gênesis capítulos cinco e onze dão a idade em que Adão e seus descendentes geraram a próxima geração em uma sucessiva linha ancestral de Adão a Abraão. Determinando-se onde Abraão se encaixa na história cronológica e adicionando as idades dadas em Gênesis capítulos cinco e onze, fica aparente que a Bíblia ensina que a terra tenha cerca de 6.000 anos de idade, com poucas centenas a mais ou a menos.

      A Terra só tem essa idade? Isso é factível?

      Vem outro e diz que o homem não foi criado ato contínuo ao surgimento da Terra; são tantas as contradições que jogam a fé na lata do lixo, não é possível apenas crer!

      Hoje já é provado cientificamente ou será que os cientistas não estão certos sobre a idade dos fósseis de dinossauros em milhões de anos e da Terra em 4,5 bilhões de anos?

      Parece que a muito esta havendo um engano sobre quando o ser humano
      passou a existir, o que preferes os contos da bíblia ou a ciência?

      Opto como sugestão pela visão científica, é meu entender, salvo melhor
      juízo.

      Grande e forte abraço. Grato.

      Sds/César JBN.
      Energia-Consciente.

      P.S – sobre o tema: Experiência de “Quase Morte” num outro espaço e tempo argumentarei face ter-me alongado bastante sobre o assunto retromensionado.

      Thumb up 1
  31. O dia que precisarem de Deus dai vão se lembrar dele, mas quando nãe se acredita em Deus, Deus tbm não acredita em voce. Dai procura o capeta mesmo.

    Thumb up 1
  32. As religiões são parte da história, e acho que o que serviram de bom ou de ruim já não importa mais.
    As pessoas crentes ainda são a maioria, mas não são as maiorias que moldam o mundo, são os detentores do poder, outrora a Igreja Católica, atualmente, os governos dos países desenvolvidos, E se eles tendem ao Ateísmo, esse será o caminho natural da nossa civilização. Mas o fim das religiões não será a substituição pelo ateísmo e pela ciência – ainda que serão de fato esses a controlar o globo – mas pelas doutrinas, provavelmente as mais antigas filosofias.
    A maior doutrina do mundo, quando se desconsidera as doutrinas teístas, é o Budismo, e o maior país dessa era, provavelmente a China. Embora muito se discuta em torno de espiritismo, ocultismo e budismo serem ciências, não o são, são doutrinas, o que nada mais é que um princípio de pesquisas que usam de algumas ciências, algumas artes e praticas antigas e eficazes como a meditação, e outros métodos mais místicos, para estudo e busca por conhecimentos transcendentais – buscar entender o além daquilo que somos. Não dependem do empirismo científico, pois não dependem de provar que algo é real, apenas estudam tais eventos transcendentes ou princípios existenciais buscando sua realidade ou irrealidade, e esse tipo de pesquisa praticada por doutrinas já matou muitos dogmas do passado, pois nelas também existe um processo de melhorias e descobertas a seu próprio modo e a seu próprio tempo, assim como na ciência.
    Matar o passado seria o maior erro que a humanidade poderia cometer, seria perder séculos de aprendizado, independentes de erros e acertos. Todos nós somos consequência daquilo que nossos antepassados foram e temos o mundo que eles construíram, independente do que eles acreditaram e nós acreditamos, aprendemos daquilo que eles descobriram. A evolução da espécie humana é mais a ciência da história que a da biologia e da antropologia. As religiões podem perder, um dia, todos os seus seguidores, e mesmo assim ainda estarão em nossos registros, foram a nossa primeira linguagem da busca para tentar entender a nós mesmos e ao Universo.

    Thumb up 53
  33. Poderiam incluir uma pesquisa de como a religião iria ajudar com a crise, já que “movimenta mais dinheiro”. Se for no Brasil, é visível que não contribui em nada com a economia. Tá tá já vi a Universal doando cestas básicas!

    Thumb up 4
  34. Li os comentários e a maioria parece consistente e verdadeiro como o do Leandro, que acerta ao associar ateísmo com pensamento, questionamento e conhecimento. O comentário do “aguiarubra” não entendí qual a conclusão quando afirma que ” ateu só olha para o próprio umbigo ” !!!. Uma coisa que aprendí é não discutir com religiosos ! Se tivessem argumentos chegariam às conclusões que os ateus chegaram. E normalmente a falta de argumentos
    levam à mágoa e reações violentas.

    Thumb up 2
    • tadeu77

      Assista “Zeitgeist III”, produzido por ateus, onde se apresenta o “Projeto Vênus” https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=2&cad=rja&ved=0CDsQFjAB&url=http%3A%2F%2Fpt.wikipedia.org%2Fwiki%2FProjeto_Venus&ei=wvkBUY2bM4OS9QSt0oC4Dg&usg=AFQjCNGFLuXueyIF2A7Zj_W4vN0W6LwB5A&bvm=bv.41524429,d.eWU SÓ PARA ATEUS. Um projeto excelente, mas por “suspeitas” de fraude, foi por água abaixo.

      Então, veja que há um ou outro comentador postando links do Hypescience que apresenta a “nobreza solidária e compassiva” de ateus, muito mais “sincera” que a dos religiosos: dá pena ver esses sujeitos enrolados pela mídia atéia!!! O “Projeto Vênus” não é confiável pq. quem propôs é um ateu ladrão!!! Talvez, mas e daí? Não há ateus honestos, solidários e compassivos que queiram pôr esse projeto prá frente? Parece que há um “republicano protestante” por trás desses críticos, mas eles se dizem ateus!!!!…rsrsrsrs…Essas coisas me dão nó na cabeça. Engulir isso NÃO DÁ, NÃO!!!

      Aí “…Em um estudo feito em 137 países, o psicólogo evolucionista Nigel Barber aponta que…”

      …aponta que sociólogos ateus contemporâneos (Zygmunt Bauman, Boaventura de Sousa Santos, Milton Santos) e filósofos ateus como Slavoj Zizek são uns babacas pq. NÃO SABEM NADA DAS PESQUISAS DE PSICÓLOGOS EVOLUCIONISTAS QUE ANALISAM E INTERPRETAM ESTATÍSTICAS DE 137 PAISES????????

      Ora, veja só: eu estava interessado em conhecer aquela “turma” de Frankfurt, que desenvolveu uma “Teoria Crítica da Sociedade” (Max Horkheimer, Theodor Adorno, Herbert Marcuse, Erich Fromm, Jürgen Habermas) e agora devo deixar esses caras prá lá pq. a Psicologia Evolutiva (mais a Sociobiologia do “zoólogo” Richard Dawkins) já relegou à obsolescencia os estudos desses “antigos” do século XX, que não sabiam dessas explendidas conclusões DE PSICÓLOGOS EVOLUCIONISTAS QUE ANALISAM E INTERPRETAM ESTATÍSTICAS DE 137 PAISES!!!!!!

      Vou esquecer que existe um Michel Foulcault pq. ele NÃO SABE NADA DAS PESQUISAS DE PSICÓLOGOS EVOLUCIONISTAS QUE ANALISAM E INTERPRETAM ESTATÍSTICAS DE 137 PAISES, já que é um “antigo e obsoleto” filósofo do século XX e estamos, agora, no início da segunda década do Século XXI e PSICÓLOGOS EVOLUCIONISTAS QUE ANALISAM E INTERPRETAM ESTATÍSTICAS DE 137 PAISES são o “ó do bobó” da mais lídima interpretação de “…Por que o ateísmo pode substituir a religião: estudo…” (e olha que estão me sugerindo “estudar mais”…Acho que querem dizer para “desestudar” sociólogos e “estudar” – auto-doutrinar-me??? – psicólogos evolucionistas e ZOÓLOGOS METIDOS A BESTA…).

      Aí vem você com “…Se tivessem argumentos chegariam às conclusões que os ateus chegaram…”. Ateus? Quem “Ateus”? Vc está se referindo aos ateus da Escola de Frankfurt? Ora, as conclusões deles estão bem além dessa pesquisa de Nigel Baber, do antropólogo James Fraser (inacreditável esse antropólogo, principalmente por ser “antropólogo”: será que ele acredita que os paises do 1º mundo, agora, vão vender ao Brasil uma tecnologia nuclear que funcione de verdade? Será que os EUA vão vender know why para que o Brasil construa seus caças de alta tecnologia? Será que, finalmente, o acordo MEC-USAID vai permitir que a USP seja, de verdade, uma Universidade entre as 10 primeiras universidades do mundo?

      De onde ele tirou a ideia ilusória de que “…as previsões científicas e o controle da natureza suplantaria a religião como forma de controlar a incerteza nas nossas vidas…”???? Não haverão mais pobres no mundo, então todos virarão ateus???…KKKKKKKKKKKK…ADMIRÁVEL MUNDO NOVO, nele, isso sim, é o que se pode chamar de “previsão científica” encomendada por multinacionais gananciosas.

      P.: “…E normalmente a falta de argumentos levam à mágoa e reações violentas…”

      Resp.: aceito isso. Não tenho suficiente argumento para rebater todas essas besteiras que li neste artigo, onde “estatísticas científicas” de psicólogos e antropólogos sugerem (???) que o Ateismo substituirá a Religião num mundo onde a estabilidade econômica de toda a população mundial dispensará Deus e as Religiões.

      Sinto ter conhecimentos superficiais nesses caras da Escola de Frankfurt (ou mesmo de Nietzsche!) que analisaram nossa condição hiper-moderna e chegaram à conclusões sobre ela que pouco entendo.

      Então, só me resta reagir com “inguinorânça”, mágoa e violência com essas besteiras todas que li em certos comentários alienados.

      Mas fico contente em ler comentários bem mais “pé-no-chão”, de gente nada ingênua, que sabe colocar os pingos nos “is…” nesse artigo tendencioso do Hypescience “…Por que o ateísmo pode substituir a religião…”!!!!

      Thumb up 0
    • aesirslayer

      Esse artigo no link do Hypescience é muitíssimo suspeito. Há dados particularizados, alí, com a pretensão subreptícia de generalização mundial. Ora, observando “campo de generalização” que existe, de fato, no mundo, vê-se que: “Nações Unidas: apenas 1% da população mundial detém 40% da riqueza do planeta

      Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/nacoes-unidas-apenas-1-da-populacao-mundial-detem-40-da-riqueza-do-planeta-4542153#ixzz2IxbgYoN4
      © 1996 – 2013. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

      PRONTO, TAÍ: SE pessoas religiosas agem por compaixão menos que ateus e agnósticos, o fato de algumas pessoas estarem enriquecendo às custas do resto da Humanidade vai todo por água abaixo.

      O que me irrita é a “puxada de sardinha” que os neo-ateus fazem para seu lado, querendo “vender” uma ideia estapafúrdia de “salvação”, apenas para conquistar mais “mercado” para seus interesses sumamente mesquinhos. Considerando o conjunto de pessoas “ateias e religiosas”, é tudo farinha dos mesmos sacos de dinheiro sujo.

      Alguns são solidários? Ora, há ateus e religiosos sinceramente solidários, independentemente de suas crenças ou descrenças, essa é que é a verdade. Mas, estatísticas que “revelam” haver mais ateus compassivos que religiosos compassivos não tem a menor confiabilidade quando comparadas à distribuição de renda no globo!

      Em grupo, 1 bilhão de ateus tem mais preocupação com seus umbigos individuais (principalmente nesses tempos de crise européia) que com 6 bilhões de religiosos que mal tem como se sustentar no dia a dia e precisam da Religião para manter a fé na sobre-vida miserável a que foram relegados por confiarem demais em políticos venais apátridas.

      Thumb up 0
  35. Veja que interessante, as pessoas escrevem o que quer e diz que foi Cristo; o pior, as menos desavisadas acreditam.
    A fé religiosa cega a Razão!
    A bíblia, também, é assim; agora uma certeza, ELE não deixou nada escrito, foram ou outros que botaram e ainda continuam a por palavras em sua boca. Grato.
    Sds/César JBN
    Energia-Consciente.

    Thumb up 1
  36. Se você acredita que deus fará justiça no final das contas não tem porque lutar contra a desigualdade e a injustiça. “Entrega nas mãos de deus”

    Se você acha que essa vida que temos é única, aprende a valorizá-la muito mais. Aprende que somos responsáveis por instaurar a justiça e a igualdade no mundo.

    Também acho que crente e ateu são definições radicais demais. O próprio conceito do que É deus renderia uma discussão muito mais útil.

    Thumb up 1
  37. Para responder à pergunta feita na matéria abaixo, é necessário ler atentamente este texto:

    E, pondo-se a caminho, correu para ele um homem, o qual se ajoelhou diante dele, e lhe perguntou: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna?
    E Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém há bom senão um, que é Deus.
    Tu sabes os mandamentos: Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; não defraudarás alguém; honra a teu pai e a tua mãe.
    Ele, porém, respondendo, lhe disse: Mestre, tudo isso guardei desde a minha mocidade.
    E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse: Falta-te uma coisa: vai, vende tudo quanto tens, e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, toma a cruz, e segue-me.
    Mas ele, pesaroso desta palavra, retirou-se triste; porque possuía muitas propriedades.
    Então Jesus, olhando em redor, disse aos seus discípulos: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas!
    E os discípulos se admiraram destas suas palavras; mas Jesus, tornando a falar, disse-lhes: Filhos, quão difícil é, para os que confiam nas riquezas, entrar no reino de Deus!
    É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus.
    E eles se admiravam ainda mais, dizendo entre si: Quem poderá, pois, salvar-se?
    Jesus, porém, olhando para eles, disse: Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são possíveis.
    E Pedro começou a dizer-lhe: Eis que nós tudo deixamos, e te seguimos.
    E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho,
    Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna.
    Porém muitos primeiros serão derradeiros, e muitos derradeiros serão primeiros.
    E iam no caminho, subindo para Jerusalém; e Jesus ia adiante deles. E eles maravilhavam-se, e seguiam-no atemorizados. E, tornando a tomar consigo os doze, começou a dizer-lhes as coisas que lhe deviam sobrevir,
    Dizendo: Eis que nós subimos a Jerusalém, e o Filho do homem será entregue aos príncipes dos sacerdotes, e aos escribas, e o condenarão à morte, e o entregarão aos gentios.
    E o escarnecerão, e açoitarão, e cuspirão nele, e o matarão; e, ao terceiro dia, ressuscitará.
    E aproximaram-se dele Tiago e João, filhos de Zebedeu, dizendo: Mestre, queremos que nos faças o que te pedirmos.
    E ele lhes disse: Que quereis que vos faça?
    E eles lhe disseram: Concede-nos que na tua glória nos assentemos, um à tua direita, e outro à tua esquerda.
    Mas Jesus lhes disse: Não sabeis o que pedis; podeis vós beber o cálice que eu bebo, e ser batizados com o batismo com que eu sou batizado?
    E eles lhe disseram: Podemos. Jesus, porém, disse-lhes: Em verdade, vós bebereis o cálice que eu beber, e sereis batizados com o batismo com que eu sou batizado;
    Mas, o assentar-se à minha direita, ou à minha esquerda, não me pertence a mim concedê-lo, mas isso é para aqueles a quem está reservado.
    E os dez, tendo ouvido isto, começaram a indignar-se contra Tiago e João.
    Mas Jesus, chamando-os a si, disse-lhes: Sabeis que os que julgam ser príncipes dos gentios, deles se assenhoreiam, e os seus grandes usam de autoridade sobre elas;
    Mas entre vós não será assim; antes, qualquer que entre vós quiser ser grande, será vosso serviçal;
    E qualquer que dentre vós quiser ser o primeiro, será servo de todos.
    Porque o Filho do homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos.
    Depois, foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto do caminho, mendigando.
    E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim.
    E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi! tem misericórdia de mim.
    E Jesus, parando, disse que o chamassem; e chamaram o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, que ele te chama.
    E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus.
    E Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista.
    E Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E logo viu, e seguiu a Jesus pelo caminho.

    Marcos 10: 17-52

    Thumb up 2
    • Estimado Eliseu.

      Faltou no seu artigo citar as duas maiores decepções de Jesus já pregando como Cristo, a primeira logo após saber da morte de João Batista quando se recolheu e após indo ao encontro dos seguidores relegou, manifestou desprezo ao Deus guerreiro Jeová dos Hebreus e passou a divulgar um Deus pacífico.

      Já a outra foi quando exposto à cruz disse, “Pai, Ó Pai, porque me desprezastes”; aqui demonstra, exprime emoção, surpresa para chamar alguém ou para invocação como que pôr em segundo plano; abandonar alguém ao esquecimento; banir, exilar,relegar inimigos; manifestar desprezo. Grato.

      Sds/César JBN
      Energia-Consciente.

      Thumb up 0
  38. o problema não são as religiões, mas o fanatismo religioso e os espertalhõe$ que as comandam.

    Thumb up 36
  39. Este canal tem apresentado muito proselitismo por esta causa (ateismo). Esta parcialidade demonstra uma convicção que esta longe de ser eliminada nosmmeiosnacademicos.

    Thumb up 1
  40. Aqui no Brasil a religiao nos fez se preocupar muito com o proximo… proximo capitulo da novela proximo jogo de futebol proximo carnaval proximo bbb e por ai vai… pastores ganhando rios de dinheiro emissoras senado e outros cargos politicos a religiao ajuda muito o desenvolvimento do nosso pais… ajuda merda nenhuma esse pais corrupto bando de ladrao assassinos

    Thumb up 2
  41. Na verdade, a grande maioria dos ‘religiosos’, ou melhor, dos que se declaram ‘religiosos’, são mercadores da fé ou vítimas dos mercadores da fé. A principal mercadoria que traficam, chama-se ‘SALVAÇÃO’. Em última análise, são na verdade tão ateus quanto os que se declaram ateus. Os verdadeiros religiosos são poucos. Por outro lado, encontramos tanto ‘ateus’ como ‘religiosos’ com excelente nível cultural o que demonstra claramente que não é o nível cultural que define os ‘ateus’. O que todas as pesquisas demonstram é que paises economicamente desenvolvidos, com distribuição de renda mais justa e onde as pessoas usufruem benefícios como assistência médica de qualidade, apresenta um número crescente de ‘ateus’, o que demonstra claramente que ‘ateus’ são sobretudo oportunistas.

    Thumb up 7
  42. Acho muito triste a posição tendênciosa que este site tem apresentado em artigos recentes. É perfeitamente compatível pensamento cientifíco e crença religiosa. O mal que algumas pessoas que se diziam religiosas causaram no passado, não deve ser confundido com os preceitos destas religiões. Se avaliarmos com cuidado, veremos que o comportamento destas pessoas era totalmente incompatível com as bases desta religião, logo, a despeito do que diziam, estas pessoas não eram crentes nestas religiões. Por outro lado, ao longo da história, muitas pessoas que se diziam e se dizem cientistas portaram-se e portam-se com um pensamento altamente conservador, fechando-se para novos conhecimentos e novas idéias, o que não pode se considerado uma prática científica. Os preceitos da maioria das religiões são uma orientação de conduta moral, o que, em algumas culturas pode ser o divisor de águas entre o comportamento civilizado e a barbárie.

    Thumb up 2
    • Só para complementar. Em muitos dos países ditos desenvolvidos, de primeiro mundo, o índice de suicídios e casos de depressão são altíssimos, o que não se vê no mesmo nível nos países ditos menos desenvolvidos, alia-se aí os casos de assassinatos a grupos específicos. Exemplo, nos últimos cinco anos nos EUA quantos ataques à escolas ocorreram, inclusive por adolescentes, e no Brasil, quantos? Isso parece indicar alguma coisa.

      Thumb up 5
    • Na verdade, se você analisar a base do surgimento dos preceitos morais, verá que todos só precisam de uma premissa: da razão, que é o único fator necessário para “Educar” um indivíduo, deixando-o consciente da realidade, ciente da repercussão de seus atos ante à alteridade, podendo escolher entre agir de maneira prundente via ponderação racional ou não. Então de nada adianta sistematizar preceitos morais, se os indivíduos não tem a mínima ideia de o porquê eles existem.

      As religiões não fizeram nada além de adotar o produto sociocultural vigente da época aculturando-o ao seu seio principiológico. Mas sabendo como e por que surgiram as religiões, sobretudo o cristianismo, assim como você disse, as intenções de quem o criou e disseminou-o não eram nada boas, pois os mesmos não acreditavam em nada daquilo que pregavam, não passava de uma forma de arrebatar o furor da massa através do sensacionalismo fundamentado na moralidade hipócrita.

      Hoje em dia, as religiões mudaram? Analise, estão cada vez pior, são verdadeiras empresas da fé, quando a demanada de adversidades é alta, a busca pelo produto que eles vendem é alta.

      Thumb up 1
  43. Temos que reconhecer a força da religião, ela é tremenda, afinal foram quase 2000 mil anos impedindo o desenvolvimento humano na base da força, violência e tudo o que podiam fazer para manter o poder, mas alguns ateus seguiram lutando… mas em partes do mundo a religião ainda age com violência, aqui só bitolam, mas quando forem minoria como sera que vão agir no desespero… será que vão virar homens bomba etc…

    Thumb up 69
    • leandromaia

      P.: “…Temos que reconhecer a força da religião, ela é tremenda, afinal foram quase 2000 mil anos impedindo o desenvolvimento humano na base da força, violência e tudo o que podiam fazer para manter o poder, mas alguns ateus seguiram lutando…”

      Comentário: ora, então cidades e civilizações impediram o desenvolvimento “nômade” da Humanidade, é? Vc já ouviu falar em alguma civilização criada por ateus?

      A força da Religião ajudou na resistência de povos civilizados que eram assaltados, constantemente, por tribos nômades, geralmente bárbaras.

      A energia para as batalhas, entre nômades, eram inspiradas em deuses sanguinários, que “premiava” seus indivíduos mais cruéis com recompensas no “Valhalla” da violência.

      Mas a energia dos defensores das cidades eram inspiradas em deuses que promoviam a confiança e a solidariedade na “manada informe” que formava seus exércitos (formações romana de soldados recrutados nas “roças” resistiram, conquistaram e dominaram 4 milhões de bárbaros gauleses e germânicos que lutavam com extrema habilidade e força, de modo aberto e cada um por si, pela glória pessoal).

      Não havia espaço para ateus nessas batalhas. Ainda hoje canta-se: Não há ateus em trincheiras https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&ved=0CC4QFjAA&url=http%3A%2F%2Fletras.mus.br%2Fagrotoxico%2F1061539%2F&ei=HRwCUa78K5HG9gSRooCIDw&usg=AFQjCNHgUziBt7JOjuD2G-3FwS1jymz1kA&bvm=bv.41524429,d.eWU rsrsrsrs…Isso de “ateus seguiram lutando” não existiu durante a construção e estabelecimento das cidades. Só apareceram ateus quando as cidades estavam prósperas e tinham relativa segurança para quem vivesse nelas. Como hoje, aliás, há muito poucos ateus em paises pobres, não é mesmo?

      P.: “…mas em partes do mundo a religião ainda age com violência, aqui só bitolam…”

      Comentário: as guerras na África são consequencia do desmantelamento das culturas e das religiões tribais durante o período imperialista da Europa. As guerras no Islã também são consequencia da globalização neo-liberal, que subverte violentamente a cultura teocrática nos paises muçulmanos, pois era muito interessante para os governos despóticos daqueles paises, aliados das multinacionais ocidentais, manter as populações “presas” no tempo em que eles estavam entre as grandes potencias mundiais, até a sua queda depois da 1ª guerra mundial (de 1299 e 1922 – vide Império Otomano: https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&ved=0CDEQFjAA&url=http%3A%2F%2Fpt.wikipedia.org%2Fwiki%2FImp%25C3%25A9rio_Otomano&ei=FR4CUdXnFoGm8gTg6oGYCQ&usg=AFQjCNF8Ph7sCSsDuvJCi9wRSxx7mQcGgA&bvm=bv.41524429,d.eWU ). Os muçulmanos ainda lutam para reconquistar o que perderam. Ou seja, o evento do 11 de setembro só teve a “Religião” como pano de fundo para enganar ocidentais ignorantes. Acredita-se que, onde o EUA invadem, estabelece-se um “Plano Marshall” que os desenvolverá econômicamente…rsrsrsrsrs…Mas o que aconteceu, de verdade, é que tudo isso não passa de mais uma investida americana no petróleo existente naquela região, que motivou “assaltos” dos americanos desde 1990!!! https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&ved=0CDEQFjAA&url=http%3A%2F%2Fwww.coladaweb.com%2Fhistoria%2Fguerras%2Fguerra-no-iraque&ei=dB8CUf-aBYqS9QTp4IGQCQ&usg=AFQjCNEP6_oNYi_HTV9Ga6xGouqQnBhgUg&bvm=bv.41524429,d.eWU Há até teorias de conspiração que especulam se, de fato, os atos terroristas da Al Qaeda (antigos aliados dos EUA, treinados pela C.I.A. quando a ex-URSS invadiu o Afeganistão) foram motivadas por fanatismo islãmico ou foram um truque da C.I.A. para que se justificassem as interferência dos EUA naqueles paises. Cuidado com explicações simplistas que antepõem “fanatismo islâmico” x “Iluminismo Ocidental”. Não se deixe enganar por “Deus, um delírio”, mas leia “O Delírio de Dawkins” para ligar seu desconfiômetro com esse pensamento “…mas em partes do mundo a religião ainda age com violência, aqui só bitolam…”.

      P.: “…mas quando forem minoria como sera que vão agir no desespero… será que vão virar homens bomba etc…”

      Comentário: talvez seja assim, já nesse século XXI. O pouco interesse na sustentação da biosfera, por causa do desejo insaciável por lucros que estão modificando o clima global, trará guerras por água potável (vide o documentário de Milton Santos “Por uma Outra Globalização”), por alimentos (esgotamento dos solos), e consequencias econômicas advindas de inúmeros furacões assolando várias regiões do planeta. É o neo-malthusianismo renovado por grandes impactos ambientais.

      Não vejo chances para existirem muitos ateus, quando a civilização entrar no seu período de caos geral. Haverão ateus entre uns poucos multi-trilionários, nessa época, isso sim.

      Thumb up 2
    • Não concordo, e no final do teu comentária ficou pior, vocês crentes só veem desgraça para futuro(para justifircar e dar força a religião),Na igreja fala que o “mundão” é isso é aquilo etc… mas usam tudo que o mundão produz, não seria melhor usar todo esse “aparato” toda essa “estrutura” apara produzir resultados na sociedade.

      Thumb up 6
    • leandromaia

      Vc tem todo o direito de discordar! Também estou dando opiniões e jamais “pregando” verdades! E não sou “crente” (sou agnóstico). Apenas como colaboração informativa, postarei abaixo as fontes de onde tirei meu pessimismo sobre o futuro nas últimas linhas do meu comentário anterior:

      ISTVÁN MÉSZÁROS (um ateu marxista) http://pt.wikipedia.org/wiki/Istv%C3%A1n_M%C3%A9sz%C3%A1ros

      1) RODA VIVA em 12.06.2002 http://www.youtube.com/watch?v=6Lh5ZSNo1Hc

      [17:50 min] “…Estou convencido de que os problemas voltarão no futuro e se não aprendermos com o passado, o futuro será sombrio, por causa do perigo da autodestruição da sociedade por causa do poder do capital, da lógica do capital, das imposições objetivas do capital. A irracionalidade do sistema é tão grande que, se não tivermos cuidado, se não tivermos uma alternativa para controlar todos os aspectos da vida moderna, NUM FUTURO MUITO PRÓXIMO ESTAREMOS TODOS MORTOS…” [18:34 min]

      CARTA CAPITAL 24.06.2011: István Mészáros: as contradições dos nossos tempos https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=5&cad=rja&ved=0CFEQFjAE&url=http%3A%2F%2Fwww.cartacapital.com.br%2Fpolitica%2Fistvan-meszaros-as-contradicoes-dos-nossos-tempos%2F&ei=7aIEUc63M5HM9ASmkYHADg&usg=AFQjCNEVoPPZCKnTaiTSwbpw_LxMZznWAw

      (de acordo com os temas abordados):

      —> As contradições do capitalismo

      “O sistema capitalista, no auge da sua produtividade, é incapaz de satisfazer plenamente as necessidades da população mundial por comida” http://www.cartacapital.com.br/politica/as-contradicoes-do-capitalismo

      —> A crise econômica mundial

      “Engana-se quem acha que esse excedente chinês salvará o sistema, porque são três trilhões de dólares em comparação a 30 trilhões do restante do mundo. Não significa nada” http://www.cartacapital.com.br/politica/a-crise-economica-mundial

      —> Programas de distribuição de renda e classe média ressentida

      “Talvez os críticos não sejam conscientes o suficiente sobre como a estrutura social é dolorosa para os mais pobres. O sofrimento é geralmente parte de um sistema imposto. A conscientização leva as pessoas a se perguntarem como resolver problemas como a fome. É com repressão?” http://www.cartacapital.com.br/politica/programas-de-distribuicao-de-renda-e-classe-media-ressentida

      —> A onda conservadora europeia

      “O que são esses partidos da social-democracia hoje na Europa? São herdeiros de anos de reformas que os trouxeram cada vez mais para a direita” http://www.cartacapital.com.br/politica/a-onda-conservadora-europeia

      —> As revoltas do mundo árabe

      “Há pouco tempo as reuniões políticas estavam repletas de pessoas mais velhas, e agora esses encontros estão repletos de pessoas mais novas”
      http://www.cartacapital.com.br/politica/as-revoltas-do-mundo-arabe

      —> As manifestações pela Europa

      “Nós criamos o hábito de varrer nossos problemas para debaixo do carpete. Só que o nosso carpete histórico se parece cada vez mais a uma montanha, está cada vez mais difícil de caminhar sobre ele. Não há solução imediata” http://www.cartacapital.com.br/politica/manifestacoes-pela-europa

      —> América Latina, terra de esperança

      “Os países capitalistas avançados são os mais destrutivos. Você chamaria isso de avançado? Não é avançado e em muitos aspectos nos traz de volta à condição da barbárie” http://www.cartacapital.com.br/politica/america-latina-terra-de-esperanca

      3) RODA VIVA – 21.01.2013: DOMENICO DE MASI http://www.youtube.com/watch?v=CLOjkmil2UI

      Thumb up 0
    • ta, mas falando de resultados, não vou citar dados de fontes etc, falando do presente, do dia a dia, da realidade palpável, para cada uma pessoa que a religião( crenças, bíblia, etc) retirou das drogas… ou salvou a vida… quando esta estava no fundo do posso, existe outras 9 que a religião bitolou, sequelou, impediu que saísse da profunda ignorância, essa pessoas ficam vegetando a espera do “milagre”,é claro nem todas terminam assim como zumbis, mas as pessoas que mais tem necessidade com menos instrução são as mais atingidas …

      Thumb up 2
    • leandromaia

      P.: “…falando do presente, do dia a dia, da realidade palpável…”

      Comentário: assista na web “A HISTÓRIA DAS COISAS” (20 min) e “DA SERVIDÃO MODERNA” (50 min).

      P.: “…existe outras 9 que a religião bitolou, sequelou, impediu que saísse da profunda ignorância, essa pessoas ficam vegetando a espera do “milagre”,é claro nem todas terminam assim como zumbis, mas as pessoas que mais tem necessidade com menos instrução são as mais atingidas…”

      Comentário: mas esses religiosos que se bitolaram, não se bitolaram por causa da Religião, não, meu caro! Vide: “A HISTÓRIA DAS COISAS” e vc verá o que o NEOLIBERALISMO fez com todos os trabalhadores, transformando-os, SIM, EM ZUMBIS…

      Muitas não aguentam esse tranco e, com “missa” e “culto” não ajudam, caem direto nas drogas das máfias de traficantes (que controlam 40% de toda riqueza mundial, concorrendo diretamente com as multinacionais do petróleo!!!).

      RELIGIÃO ou ATEISMO, no fundo, no fundo, NÃO CONTAM PRÁ NADA em termos de consciência e melhoria de qualidade de vida.

      Thumb up 1
    • O ateismo matou centenas de milhoes para impor suas doutrinas pela forca em paises como a China, Russia, Cuba, COreia do norte e ainda continuam.

      Thumb up 2
    • E os governos comunistas com base ateísta (Uniao Sovietica, China, etc) que mataram mais de 150 milhões de pessoas? (mais do que a inquisição, Hitler, Malária, Aids, Peste Negra, Gripe espanhola…)

      Thumb up 0
  44. A verdade é que cada dia mais as pessoas estão se desgarrando da religiosidade. Deuses estão sendo esquecidos, como já deveriam ser a muito tempo. Quanto mais “curioso” for o sujeito mais ele percebe que deuses foram inventados e nada mais. Ainda bem que existe essas pessoas que questionam os “porques”. Imagina como seria o mundo, sem cura para doenças, sem tratamento e dariam a velha desculpa de que “deus quis assim”

    Thumb up 73
  45. Tá.
    Quero ver quanto o ateismo vai contribuir para a Europa sair da crise em que está.

    Pelo que se vê, ateu tem o próprio umbigo prá se preocupar e tá pouco se lixando com o que acontece com outro ateu.

    Thumb up 36
    • É, meu amigo, mas me diga você… Alguma divindade vai jogar um saco de dinheiro para suprir as necessidades dos bancos?

      O ateísmo nada mais é que a descrença em deuses. Se tu acha que ser ateu resulta em algum tipo de recompensa, então não existe ateísmo e sim uma nova religião.

      Você é na real um cara que despeja puro preconceito e falta de conhecimento da natureza humana. Deve sim existir ateus arrogantes, uma vez que ateísmo não modele a natureza de ninguém, mas todos os cristãos são bondosos? Todos os cristãos fazem o bem? Amigo, a proporção que um cristão faz o bem e faz o mal, isso cabe ao ateu, a mesma proporção de arrogância ou solidariedade de um cristão, também cabe a um ateu. Chega a ser uma vergonha ver você em palavras disfarçadas, insinuando que um ateu esteja propício apenas à arrogância. Descrença ou crença não define caráter nem natureza.

      Deixe seu preconceito religioso de lado, meu bom, saiba que o ser humano está apito a fazer o bem ou o mal, independente de suas crenças.

      Thumb up 3
    • Edson Crítico

      P.: “…O Ateismo não é nada mais que a descrença em deuses…”

      Comentário: por isso mesmo, não tem nada a ver com “…Países com melhor distribuição de renda também têm mais ateus…” ISSO NÃO SE DEVE A ATEISMO!!!

      “…Em contraste, países onde as doenças infecciosas são mais comuns também há a crença em Deus maior. E em países mais religiosos, a fertilidade também é maior, pela promoção do casamento pela religião. Por fim, a religiosidade também é maior em países onde a população rural é maior…”
      ISSO OCORRE, MAS NÃO TEM NADA A VER COM EXISTIR MAIS RELIGIOSOS QUE ATEUS NESSES PAISES OU QUE SE HOUVEREM MAIS ATEUS, ESSES PAISES RESOLVEM SEUS PROBLEMAS ECONÔMICOS.

      A Rússia ATEIA acabou se implodindo economicamente. A CHINA ATÉIA prospera, então? E prospera por causa de “ateismo”? Ou prospera por estar repetindo o Capitalismo selvagem de uma Inglaterra “protestante” de 1750? Ora, tentaram seguir Marx e “copiaram” de O CAPITAL os “costumes” liberais criticados lá?

      A Russia e a China são exemplos de que a prosperidade econõmica NÃO TEM NADA A VER COM ATEISMO OU REPRESSÃO À RELIGIÃO.

      Esse artigo do Hypescience está longe da ‘neutralidade’ que aparenta ter numa leitura leviana. Se vc ler de qualquer jeito, vai imaginar que o problema de todo mal ou bem no mundo tem solução na resolução do conflito Ateismo x Teismo, sendo que os ateus são mais “bondosos”, “solidários” e ricos que os “interesseiros” religiosos, malvados, falsamente compassivos e pobres de marré-marré…(pensamento infantil mesmo).

      Thumb up 1
    • Religião, ou a falta dela, não é determinante de caráter. Essa relação feita por quem possui alguma crença já virou clichê, porém existe ateu safado e egoísta, assim como existem religiosos na mesma condição, vide Vaticano (sim, também é um clichê fazer essa citação, mas creio que seja algo válido).

      Quanto ao “contribuir para a saída da crise na Europa”, faz-me questionar sua capacidade de discernimento. Afinal, o que tem a crença de determinado grupo com a situação econômica/social de um país? E, ainda que tivesse, o que a religião pode fazer por um país? Talvez pudéssemos pegar alguns exemplos no Oriente Médio, onde a religião, de fato, assume um papel significativo em diversos âmbitos (isso foi ironia, caso não tenha entendido).

      Por fim, cabe dizer que esse tipo de generalização ao se tratar de um ateu, é pobre e digna de gente como o Datena. Julgar alguém pelo que se acredita é ridículo, seja esse julgamento feito por um ateu em relação a um religioso ou vice-versa. No final das contas, isso não torna ninguém superior a outrem, somos pessoas com, pelo menos, uma visão diferente do mundo que nos cerca.

      Desculpe se me excedi em algum momento, mas é que esses ataques entre ateus e religiosos é, simplesmente, absurdo.

      Abraço.

      Thumb up 3
    • Correção:

      Desculpe se me excedi em algum momento, mas é que esses ataques entre ateus e religiosos SÃO, simplesmente, absurdoS.

      Thumb up 1
    • Igo Costas

      Não compreendo bem o porquê os neo-ateus iniciaram sua “cruzada” contra as religiões. Se vc assistir o documentário “A HISTÓRIA DAS COISAS” perceberá as amarras psicossociais propiciadas pelo consumismo irrefreado.

      Mas essa é a vida de ateus e de cristãos no Ocidente!

      No Oriente (India, China, o Islã), o “problema” do consumismo é bem menos atroz. Há proteções entre o povo pobre com relação aos excessos ocidentais, regulados pela religião islãmica. Se os ateus derruissem o Islã, imporiam a eles a mesma cobiça verificada entre nós, ocidentais. O mesmo com relação ao Hinduismo e ao Budismo: sem religião, as pessoas são facilmente induzidas ao consumismo.

      Então, a questão é econômica. O consumismo é concentrador de renda, mas só ganham alguns capetalistas. Os consumidores ganham stress, ataque cardíaco, AVC, sindrome metabólica, coisa “boa” para clínicas particulares e para as multinacionais farmacêuticas.

      Thumb up 1
    • P.: “…Religião, ou a falta dela, não é determinante de caráter…”

      Resp.: nem de pobreza (Marx já analisou isso em sua “Para uma Crítica da Economia Política”. Vide: a origem da mais-valia http://pt.wikipedia.org/wiki/For%C3%A7a_de_trabalho , ou seja, se não houverem pobres, não há ricos!!!), nem de educação (a ICAR e o ISLÃ forneceram as bases físicas e intelectuais em que nasceu a Ciência!), nem de compaixão, solidariedade, ou seja, Religião e Ateismo não promovem “IGUALDADE, LIBERDADE E FRATERNIDADE”. Esses ideais são comuns a todos os humanos e independe de Religião ou falta dela!

      Thumb up 2
    • Cleson

      Se esse artigo pretende convencer os W.A.S.P. https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=3&cad=rja&ved=0CEcQFjAC&url=http%3A%2F%2Fpt.wikipedia.org%2Fwiki%2FWASP&ei=nysCUae0DoXo8gS9m4D4CA&usg=AFQjCNHA2jXhKOpVq9Kic8QB1c_kzmFXfg&bvm=bv.41524429,d.eWU DE QUE ATEISMO é “coisa boa”, é puro tempo perdido. Os ateus, nos EUA, não elegem nem vereador de cidadezinha do interior! Ateu é gente “atoa” nos EUA, e contam-se apenas 4% http://pt.wikipedia.org/wiki/Ate%C3%ADsmo#Demografia de uma população pouco maior que 300.000.000 de pessoas.

      Um artigo assim é, sumamente, inútil para os americanos!!!!

      Thumb up 1
    • Tenho mente aberta, tenho minha minhas crenças, mas me diga, o que tem a ver o cara acreditar ou não em Deus com a crise? O mesmo que eu falar que 60% da Europa é ateu, e 40% acreditam em uma religião… posso dizer então que a culpa da crise é dos 40% que são ignorantes em continuar acreditando em um Deus para salvação. Estuda mais um pouco e vai ver os erros da contabilidade da Europa, não tem relação com ateísmo.

      Thumb up 3
    • O que você ta falando não tem nada a ver… Ou quer dizer que se os Europeus acreditassem em deus, eles teriam o milagre da salvação…

      Acorda ae irmão, o mundo capitalista, porco e real em que vivemos, não tem deus não, pra trazer milagres. O que manda na vida, é sim o acaso.

      Hoje vc agradece a deus por acordar saudável, amanhã, você é atropelado (não desejo isso) e foi por que deus quis?

      Bem vindo ao mundo da individualidade, onde o Satanismo LaVey, “prega” exatamente o que você disse, “pouco se lixando com qualquer um”.

      Thumb up 2
    • P.: “…O que você ta falando não tem nada a ver… Ou quer dizer que se os Europeus acreditassem em deus, eles teriam o milagre da salvação…”

      Comentário: caraca, estou dizendo que o Ateismo não sustenta aquela prosperidade mostrada em paises de maioria ateia, meu chapa! Nem Cristianismo!!! Todas as partes discutidas neste artigo do Hipescience está desmentida pela presente crise européia!

      O ATEISMO NÃO GARANTE PROSPERIDADE DE NENHUM POVO NESTE PLANETA. Mas em países prósperos (com excessão dos EUA, do Canadá e da SUIÇA), há um expressivo número de ateus, e daí?

      P.: “…Acorda ae irmão, o mundo capitalista, porco e real em que vivemos, não tem deus não, pra trazer milagres. O que manda na vida, é sim o acaso…”

      Comentário: concordo plenamente. Mas vc notou que há uns artigos, aqui no Hipescience, afirmando que os ateus são “gente legal”? São mais “bonzinhos” que os cristãos? Parecem que vivem num mundo capitalista “água com açucar”, sem deus, é claro, mas que, por acaso, é o paraiso na Terra…rsrsrsrsrs…

      Mas acho que vc é um cara bastante lúcido prá cair nessas ‘conversinhas’ desse site, não é?

      P.: “…Hoje vc agradece a deus por acordar saudável, amanhã, você é atropelado (não desejo isso) e foi por que deus quis?…”

      Comentário: nunca agradeci a deus por acordar saudável (ou doente) pela manhã. Eu mesmo sou um tipo de “ateu fraco” (sou agnóstico) e não vejo sentido em “falar com Deus” pela manhã. Mas não critico quem faz isso, nem faço “cruzadas” contra a fé dos religiosos.

      P.: “…em vindo ao mundo da individualidade, onde o Satanismo LaVey, “prega” exatamente o que você disse, “pouco se lixando com qualquer um”…”

      Comentário: hummm…Satanismo LaVey! Eu não sabia que existia tal satanismo. Então, eles aproveitam as ideias do ATEU NIETZSCHE e da ATEIA AYN RAND… https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&ved=0CDEQFjAA&url=http%3A%2F%2Fpt.wikipedia.org%2Fwiki%2FSatanismo_LaVey&ei=nzACUdW1EYL88QSbxYCwCw&usg=AFQjCNFXbVbZZgpVQOwgCBxzarK8TA7iJg&bvm=bv.41524429,d.eWU

      Será que é por isso que muitos cristãos associam ATEISMO com SATANISMO? É por causa do SATANISMO LaVEY??????

      Thumb up 0
    • Tem razao! A religião movimenta mais dinheiro, e pode contribuir com o fim da crise…

      Thumb up 27
    • Engano, camarada, os religiosos são bem menos poderosos que a Monsanto, Apple, Boeing, General Motors, Microsoft, Coca-Cola, Mc Donald’s…e as multinacionais do petróleo.

      Comparados com eles, as instituições religiosas movimenta muito pouco dinheiro. Quem ganha, mesmo, nesse negócio, são lideres religiosos individuais como RR.Soares, a bispa Sônia, o bispo “Pedir mais cedo”…e outros.

      Thumb up 1
    • Sr. Aguiarubra, vc pode relacionar todos os problemas sociais e econômicos dos países europeus ateístas. Jamais estes problemas serão piores do que os 80 países mais religiosos do planeta.

      O Brasil, país entre os 4 mais católicos do mundo, entre os 40 mais religiosos, é um país que sempre vive crises e eu ainda consigo viver bem nele. Imagine que a crise européia não mude radicalmente a qualidade de vida dos que vivem lá.

      Não há comparação que te ajude entre os IDHs destes paises e dos paises religiosos. Uma crise economica em troco de toda a corrupção, violência, analfabetismo, descaso do governo, concetração de renda, polícia truculente… é uma excelente troca.

      Thumb up 2
    • Ricardo Araujo

      Fica difícil argumentar quando se ignora parte da História que caracterizou a economia européia no século XX. Dificil, também ficar relembrando aspectos do Mercantilismo ibérico que explica e demonstra pq. o Brasil é o que é há 500 anos. Nós ainda nem estamos no nível de um país capitalista, nem ao menos selvagem!

      A situação do Brasil é sui generis no mundo, tanto que Alvin Toffler http://pt.wikipedia.org/wiki/Alvin_Toffler escritor da “A Terceira Onda” https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&sqi=2&ved=0CC4QFjAA&url=http%3A%2F%2Fpt.wikipedia.org%2Fwiki%2FA_Terceira_Onda&ei=ITcCUdK8FPG90QGw8oGwAQ&usg=AFQjCNEhASEVqSBkb0oLpoFQXKVoiB0fWQ veio ao Brasil em 2002 para “compreender” os 3 brasis que coexistem aqui https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=2&cad=rja&ved=0CDYQFjAB&url=http%3A%2F%2Fwww.bbc.co.uk%2Fportuguese%2Fnoticias%2F020815_eleicaoct8ro.shtml&ei=8DcCUYrgFY6e9QSrzoGYCQ&usg=AFQjCNHFSuMiBXjy4hZxw-V3fqdP7S2y9Q

      Agora, Domenico de Masi se reunirá com empresários e intelectuais brasileiros, em março deste ano, para propor a formação de um grupo de “neo-iluministas” brasileiros, que ajudem o mundo a encontrar soluções para a crise financeira que ameaça a estabilidade econômica global (vide no youtube “Roda Viva com Domenico de Masi”, entrevistado em 21/01/2013 https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=9&cad=rja&ved=0CF0QtwIwCA&url=http%3A%2F%2Fwww.youtube.com%2Fwatch%3Fv%3DCLOjkmil2UI&ei=GTkCUZDNN4-i8ATetIDwBA&usg=AFQjCNGSZrz_qBieNNOO1kWLpAipCrttrw&bvm=bv.41524429,d.eWU

      Ele acredita e defende que o Brasil tem todas as condições para desenvolver um capitalismo moderno e mais humano que o dos EUA e Europa.

      Se quer discutir com um sociólogo, vá se vira com ele, então. Eu tô fora dessa perda de tempo e latim.

      Thumb up 0
    • vish vish vish
      aguiarubra, podia ter dormido sem essa kkkkk

      Thumb up 1
    • Elton Germano

      E vc ainda não acordou prá vida, camarada?

      Thumb up 0
    • A Europa em Crise ainda é melhor que o Brasil crescendo – existe uma grande diferença entre Economia e IDH. Me surpreendeu pois já vi comentários seus mais inteligentes e menos preconceituosos, tanto ateu quanto religioso são pessoas, tanto existem pessoas mesquinhas quanto pessoas prestativas, a crença ou a descrença não implica qual a personalidade da pessoa, qual o caminho de uma sociedade, qual o nível de intelecto ou de altruísmo.

      Thumb up 48
    • Mas tentar deslocar os problemas econômicos e sociais para a esfera religiosa (que tb. envolvem ateus) é distração ideológica.
      O conflito ateu/religioso é tão somente cultural. No fundo, é “conversinha de comadres”. Líderes religiosos e líderes ateus competem entre si para levar grana dos otários que botam “fé” na receita de salvação que prometem a cada adepto!
      Fico imaginando o FMI e Banco Mundial dizendo aos paises do 3º mundo: sejam ateus que vcs resolverão todos os seus “pobre-mas”…rsrsrsrsrs…
      Com relação ao meu preconceito contra ateus, digo que o preconceito é só seu! Baseio-me numa série que assisto no Café Filosófico e no Invenção do Contemporâneo que divulga as ideias do ATEU ZYGMUNT BAUMAN. Além disso, há o artigo do ATEU BOAVENTURA DE SOUSA SANTOS na internet chamado “OS PROCESSOS DA GLOBALIZAÇÃO”. SLAVOJ ZIZEK é outro ateu do qual pretendo me aproximar mais. Só tenho um roda-viva que gravei para mim próprio e sempre assisto quando posso! Mas é o ATEU DOMENICO DE MASI que me inspira as melhores esperanças de um porvir da Humanidade que suplante todas as mazelas que sofremos nessa contemporaneiada pós-moderna (esperança, sim; certeza, não!). Outros ateus produziram documentários como:

      —> VOZES CONTRA A GLOBALIZAÇÃO
      —> ZEITGEIST I (antirreligioso, mas bastante instrutivo e muito melhor que Richard Dawkins), II e III (que vão direto no cerne da questão e o documentário III traz uma solução QUE ATEUS NÃO ACEITARAM PQ. DESCONFIARAM DAS INTENÇÕES DA PROPOSTA: por isso é que eu escrevi que ateus estão preocupados com os próprios umbigos. E o fato de religiosos não apoiarem o PROJETO VÊNUS é que esse projeto ELIMINA A RELIGIÃO do contexto).
      —> vídeos com MILTON SANTOS, um ATEU BRASILEIRO!

      Há outros ateus brasileiros que admiro pelo trabalho intelectual e artístico, acima de quaisquer preconceitos, com vc “acha da tua cabecinha” que tenho contra ateus: Miguel Nicolelis, Ricardo Boechat, Juca Kfouri, Antônio Fagundes, Chico Buarque, Drauzio Varella, Caetano Veloso, Vinícius de Moraes, Paulo César Pereio, Arnaldo Jabor, Luiz Fernando Veríssimo, Ivan Lessa, Betinho, Ziraldo, Chico Anysio, Lima Duarte, Paulo Francis, Darcy Ribeiro, Paulo Autran, Dias Gomes, Paulo Freire, Dercy Gonçalves, Jorge Amado, Oscar Niemeyer, Cândido Portinari, Carlos Drummond de Andrade, Graciliano Ramos, Oswald de Andrade, Luis Carlos Prestes (meu herói pessoal!), Álvares de Azevedo, Monteiro Lobato…
      Agora, tenho preconceitos com ateus como Richard Dawkins, Sam Harris e Daniel C. “DEMMENTT”, embora admire (desconfiado!) Craig Venter e James Randi. Já Stephen Hawking e Carl Sagan constituem, para mim, grandes exemplos de divulgação científica que desmascara essa “corja” de neo-ateus representado por Dawkins & quejandos.

      Thumb up 1
    • Como a própria reportagem diz, o ateísmo não é uma causa do desenvolvimento das nações, é uma conseqüência desse desenvolvimento, apenas – a conclusão a que tenda depende de interpretação, de pessoas que saibam interpretar as coisas, e quem se sentir ideologicamente perseguido é por sua própria conta.
      Sua revolta nessa enorme e desnecessariamente sátira e agressiva resposta não merecia resposta, mas falo: disse claramente, são de minha “cabecinha”, que teu comentário foi mais preconceituoso do que o esperado (teu comentário, não tu, nem te conheço pra julgar isso), e o comentário foi mesmo, você simplesmente generaliza todos os ateus, um evidente erro que você, talvez orgulhoso demais, não reconheceu. Se tivesse a humildade de reconhecer que não se expressou bem, que generalizou, teria meu respeito muito mais do que ao dar uma resposta enorme dessas, citando um monte de coisas que nem estavam na pauta original. Por sinal nem acompanho o trabalho do Dawkins, mal sei qual a formação dele. Pra mim é mais um militante pregador de ateísmo do que um cientista.
      Nao creio ser típico do Aguiarubra essa manifestação, algo despertou isso e é natural, somos pessoas e nem sempre estamos num bom dia. Ao comentar temos o recurso de expressar o que pensamos com a opção do anonimato, o curioso é que até mesmo os “avatares” por vezes são tão imprevisíveis quanto o próprio ser humano, como se ganhassem vida própria. Com o tempo, o avatar aguiarubra revela partes da pessoa que esta comentando, e é quando o conhecemos mesmo sem fazer ideia de quem é a pessoa. Foi por isso que aquelas tuas poucas linhas iniciais me surpreenderam, e essa ultima replica mais ainda.
      Por fim, tenho certeza que é melhor que isso, tenhas um bom dia.

      Thumb up 0
    • Jonatas

      P.: “…Como a própria reportagem diz, o ateísmo não é uma causa do desenvolvimento das nações, é uma conseqüência desse desenvolvimento, apenas…”
      Comentário: é isso aí. Mas essa conclusão não está bem estabelecida, não!

      P.: “…você simplesmente generaliza todos os ateus, um evidente erro que você…”

      Comentário: nós estamos lendo dois textos diferentes. No seu texto, o título “…Por que o ateísmo pode substituir a religião: estudo…” é um título-fantasia, que nada tem a ver com o resto do texto. Então, uma frase como “…Em um estudo feito em 137 países…” apenas remete a dados “curiosos”, “informativos”, “neutros” a respeito de estatísticas que envolvem uma população atéia em comparação com uma população religiosa presente nestes paises.

      Vc lê um ALMANAQUE…

      Para mim, o artigo já começa generalizando, desde o título! E não é uma “fantasia”, mas um “estudo”. Nesses estudos, mostra-se porque o ateismo vai substituir a Religião.

      Uma barbaridade (talvez eu devesse escrever: BARBERidade!!!!)

      Esse psicólogo evolucionista Nigel Barber e esse antropólogo James Fraser deveriam entrar na wikipédia e ATUALIZAR/MODIFICAR essa frase aqui, ó: “…Embora existam mais ateus do que nunca, as pesquisas mostram que as percentagens do ateísmo parecem estar em declínio. Isso pode ser porque as taxas de natalidade nas sociedades religiosas são muito maiores…” baseada numas tabelas em Worldwide Adherents of All Religions by Six Continental Areas, Mid-1995. Encyclopedia Britannica. http://www.zpub.com/un/pope/relig.html Vide: DEMOGRAFIA DO ATEISMO http://pt.wikipedia.org/wiki/Demografia_do_ate%C3%ADsmo

      P.: “…Se tivesse a humildade de reconhecer que não se expressou bem, que generalizou…”

      Comentário: aqui não cabe humildade, não. Generalizei “ateus” pq. o artigo é tendenciosamente “geral”, insuflando rancores entre religiosos x ateus.

      Mas eu admiro alguns ateus, como vc, por exemplo. A ateus como vc, eu respeito e não coloco na mesma sacola dos 5ª colunas neo-ateistas que estão sabotando o Ateismo, principalmente sabendo que há um ATEISMO 3.0 http://pt.wikipedia.org/wiki/Ate%C3%ADsmo_3.0 MUITO MAIS LÚCIDO que a ‘cruzada neo-ateista contra a religião’…(na verdade, contra religiosos também, fanáticos ou não!!!).

      Thumb up 0
    • E adivinha quais os países europeus são o centro de gravidade dessa tal crise ? Os mais religiosos. E agora José ?

      Thumb up 0
    • como se os donos das religiões se preocupassem com alguém além do seus próprios bolsos!

      Thumb up 31
    • Perfeito, Jonatas, nem parece ser o tão eloquente e articulador Águia Rubra, este comentário foi completamente bitolado, sem nenhuma base racional ou lógica, nada mais do que o preconceito advindo do dogmatismo religioso disseminado por tais movimentos culturais.

      Depois quando eu falo que pessoas que desenvolvem suas mentalidades no seio do dogmatismo de alguma religião, se tornam mais propensas à intolerância e a estagnar a indagação filósofica ante seus próprios umbigos, ante à religião… Quase sou apedrejado.

      Thumb up 0
    • É bom rever seus conceitos, camarada: há 1 bilhão de ateus pelo mundo, contra 6 bilhões de religiosos.

      Desses 1 bilhão, cerca de 37 milhões concentra 40% da riqueza mundial, na faixa norte do mundo em que está a Europa, predominantemente ateia (1% da população adulta detém 40% da riqueza mundial, indica estudo http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2009/03/090324_desigualdadeestudo_rw.shtml ).

      Ora, a cota de riqueza detida por 10% dos paises ricos é de 85,2%…!!!

      Então, vc acredita mesmo que os ateus mais ricos estão preocupados em diminuir essa proporção, pelo bem da Humanidade?????

      Thumb up 3
    • Você se engana ao afirmar que os ateus estão pouco se lixando pra outro ateu. Aqui no hype mesmo tem um estudo mostrando que os ateus agem com mais compaixão que pessoas religiosas.

      Conheço sim pessoas que estão pouco se lixando pra outras, mas isso independe de acreditar num deus ou não. Deus não define caráter.

      Pessoas religiosas agem por compaixão menos que ateus e agnósticos http://hypescience.com/pessoas-religiosas-agem-por-compaixao-menos-que-ateus-e-agnosticos/

      Thumb up 2
    • aguiarubra… os ateus são mais solidários que os religiosos. Pois quando um ateu ajuda uma pessoa ele o faz porque sabe que ninguem mais se importa e o religioso faz achando que vai ganhar “créditos” com seu deus. Veja exemplos de ateus solidários como Oscar Niemeyer, Angelina Jolie, Bill Gates, entre outros. Eu posso dizer que sou voluntário em uma casa de passagem de crianças vitimas de maus tratos e quando peço ajuda aos meus amigos, sendo a maioria religiosos, grande parte diz que não pode ou que o governo deveria ajudar, etc, etc. Mas estes que não ajudam vivem compartilhando historinhas tristes no Facebook e na prática nada fazem e o pior: se omitem! Portando, não generalize.

      Thumb up 2
    • Em propaganda neoliberal, camarada, só cai em mente preguiçosa que lê tudo rapidamente e não se aprofunda além de certo ponto “de controle”…

      Ateu e cristão são, antes de tudo, seres humanos. Se há gente mais compassiva hoje do que houve no século XX (com centenas de milhões de mortos em guerras pela hegemonia do poder político-econômico sobre o mundo), não se deve à falta ou não de religião.

      Digo “compassivo” pq. há 7 bilhões de pessoas pelo mundo! O século XX mal se aguentou com menos da metade disso! E olha que 3 bilhões de pessoas ainda vivem como se vivia na Idade Média (India e China, por exemplo, ainda é predominantemente rural). E mesmo a Russia, onde várias “máfias” entravam o pleno sucesso econômico, não promove mais “guerras frias” com o mundo “capetalista” em que vivemos (parece que capetistas e comunistas ficaram “amiguinhos” e estão trocando “know how” de como manter a populações embasbacadas como vc – e eu!

      Vide: “DA SERVIDÃO MODERNA”, documentário feito por ateus, onde se mostra que ateus e religiosos estão fritos na mesma panela de enriquecer alguns às custas da burrice (literal!) do resto da Humanidade.

      Thumb up 0
    • A crise da Europa não tem nada a ver com religião. É uma questão de política econômica. Ou você acha que se o povo da Europa começar a rezar vai soulcionar a crise?

      Thumb up 2
  46. Acredito eu que conforme mais conhecimento a pessoa adquire, mais ideias ela assimila, e entra em contato com diferentes opiniões, passando a jugar ela o que ela toma como mais certo ou não !
    Nos países menos desenvolvidos a população é alienada por não possuir contato com diferentes formas de pensar e opiniões o que faz elas aceitarem sem contestar tudo aquilo que a religião as impulsiona a acreditar.
    Nos países mais desenvolvidos as pessoas tem várias formas de entrar em contato diariamente com diferentes formas de pensamento e ideias. O que as leva a contestar mais as coisas e não aceitar de impulso uma coisa imposta a elas !
    O conhecimento e o contato com novas idéias muda a forma de pensar das pessoas =)!

    Thumb up 3
  47. Esse tipo de assunto, não é de competência de engenheiros ou pessoas de ciências exatas, e resulta em conclusões tendenciosas e constrangedoras quando tal empreitada é feita. Em vez de “ateísmo pode substituir religiões”, por que não se foca na autonomia das pessoas decidirem por si próprias sobre esse assunto existencial? Os “ismos” são perigosos, prefiro a noção de dignidade, em vez de “ondas” sobre a individualidade de cada um (proposta do Hypescience, que impossibilita meus comentários na página do facebook, me “bloquearam” por questionar de forma coerente essa militância ridícula, e até mesmo deletaram todos os meus comentários).

    Thumb up 4
    • Olívio Pessoa

      P.: “…Esse tipo de assunto, não é de competência de engenheiros ou pessoas de ciências exatas, e resulta em conclusões tendenciosas e constrangedoras quando tal empreitada é feita…”

      Comentário: os ateus recorrem a esse tipo de estatística por desprezar os trabalhos de sociólogos ateus como Zygmunt Bauman, Boaventura de Sousa Santos, Milton Santos e de filósofos ateus como Domenico de Masi e Slajov Zizek.

      Acreditam, piamente, nos “neo-ateus” da sociobiologia do zoólogo Richard Dawkins (vide: “O Gene Egoista” e compare com essas alegações de “bondozidade superior” de neo-ateus!) e na filosofia da mente de Daniel C. Dennett (que nega existir “consciência”!!!), como “extensões” da metafísica fisicalista, ao qual julgam serem melhores (por mais “cientificas”) que as laboriosas pesquisas de especialistas da Sociologia contemporânea ou de estudiosos da Escola de Frankfurt.

      Ainda por cima, jogam no lixo os longos trabalhos do ateu Mircea Eliade sobre Religião Comparada (sem falar a do católico mitologista Joseph Campbell, por ser “católico”), acreditando (“piamente” também) que as pesquisas no cérebro realizada sob a ótica das neurociências, resolverá tudo á favor das Ciências Exatas…

      A última vez que ouvi falar em ‘exatas’ aplicadas dessa maneira no controle das sociedades, foi durante a República de Weimar retratadas no filme “O Ovo da Serpente”. Desses estudos, se apropriaram os nazistas para erigir uma doutrina calcada no Darwinismo Social (“mãe” dos “Genes Egoistas”) e na consequente “Eugenia” (ou Higiene Étnica) dos povos considerados inferiores…

      Expulsados os elementos místicos do nazismo, temos hoje em dia o grupo de Dawkins & C.I.A. (C.I.A. – Central de Inteligência Americana apoiando o Neoliberalismo republicano WASP + Ku Klux Klan protestantes, aliados ao stalinismo-maoismo pós-queda do muro de Berlin???) implantando a “meme” de um Neoliberalismo ateu e nazi-fascista.

      Tirando os exageros de minha parte, leia o artigo de Octávio Ianni, professor do departamento de Sociologia da UNICAMP intitulado: “NEOLIBERALISMO E NAZIFASCISMO”, acessível em pdf aqui: http://www.unicamp.br/cemarx/criticamarxista/critica7parte6dossie.pdf

      Thumb up 0
  48. De onde surgiram tanto ateus? Dos armários.
    Na verdade o medo de repressão fazia com esses ficassem no anonimato, mas com o boom da internet ficou muito mais fácil expressar.

    Thumb up 3
  49. Os niveis de suicidio e depressao sao maiores nos paises com mais ou entre grupos de ateus. Religiosos sao mais otimistas e mais felizes. Vou em cultos religiosos e vejo pessoas felizes e confiantes e em reunioes ateias vejo pobrrs almas tristes, depressivas e com fortes tendencias suicidas. Nao troco meu Deus po nada. Sou feliz assim e isto e o que importa.

    Thumb up 3
  50. Não é que o ateísmo possa/nem vá substituir a religião. Mas uma vez isso trata de um estudo e opinião tendenciosos. Tudo bem que ser ateu é só mais uma maneira diferente de ver o mundo. Na verdade as crianças que vivem nesses países bem desenvolvidos recebem uma educação que preza pelo respeito, e igualdade de direitos humanos, isso, claro, sem mencionar qualquer tipo de vontade divina. Eles aprendem que isso é o fundamental para uma sociedade prosperar. Muitos acreditam em Deus, mas cada um tem sua maneira singular de acreditar, não permitindo que instituições religiosas possam definir a sua crença, impondo dogmas e comportamentos a serem seguidos. Nem o ateísmo nem as religiões são soluções para a evolução da sociedade. Mas sim, a fé na ciência, no lado espiritual do homem e da natureza e principalmente a união dos que tem bons propósitos.

    Thumb up 3
  51. Há exceções também, como Itália e Estados Unidos.

    Penso que isso também se deve à ‘doutrinação’ socialista nas escolas feitas por professores ateus, inclusive no Brasil; atacam muito a Igreja como sendo retrógrada, ensinado calúnias ou meia-verdades sobre a Inquisição e sobre o caso Galileu, escarnecendo os milagres da Igreja, etc.

    No entanto, essa tese não se sustentará à longo prazo; pois, do jeito que o número de muçulmanos está crescendo exponencialmente em todo mundo (em média, sete filhos por família) e os países majoritariamente ateus ou mesmo cristãos (que estão se recusando a ouvir a voz da Igreja) partindo para um abismo populacional sem precedentes e quase sem volta, a médio longo prazo, não só ateus como cristão estarão quase extintos e o mundo será dominado pelo Islã (aí sim, terão saudades do cristianismo que tanto atacaram e ajudaram a destruir). Como já disse, num cenário pessimista, se nada for feito e daqui uns 50 ou 100 anos o Islã (através da jihad ou guerra santa) resolver invadir a Europa, só encontrarão velhinhos tremulentos de bengala tentando defender inutilmente seus pobres países.

    Mesmo porque, a Bíblia profetiza que, antes da volta de Cristo, haverá uma GRANDE APOSTASIA e uma grande perseguição à Igreja de Cristo. Mas, Nossa Senhora de Fátima prometeu que, no fim, seu Imaculado Coração triunfará!

    Eis um sábio conselho bíblico para os nossos conflituados dias, onde há tantos ‘mestres da verdade':

    “… Porque virá tempo em que os homens já NÃO SUPORTARÃO a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajuntarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da VERDADE e se atirarão às FÁBULAS. …” (II Timóteo 4,3-4)

    QUEM PROCURA, ACHA:

    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=mZQQpXzWPdY#!

    Thumb up 1
  52. Isso na cabeça de quem acha que a religião não tem nenhuma finalidade, concordo que em alguns aspectos ela realmente só atrapalha, mas isso é produto da negatividade humana, as religiões têm sim muitos aspectos importantes, inclusive suprem algumas forçar das psique humana, isso se ve claramente nos estudos sobre mitologia do Joseph Campbell e do Carl Jung, esse tipo de pensamento que procurar negar TUDO que tenha a ver com religião e as vezes até mesmo filosofia antiga é algo ridículo, no fim das contas hoje em dia o ateísmo ta parecendo uma religião também, um bando de membros do ATEA saem por aí discutindo(evangelizando?) promovendo textos como esse, afinal, não crer também é uma crença, certo?

    Thumb up 2

Envie um comentário