De onde surgiram tantos ateus?

Por , em 5.03.2010

Uma pesquisa na Universidade de Oxford mostrou que cerca de 48% dos estudantes não acreditam em Deus. Talvez isso não seja tão surpreendente – a maioria das pessoas acredita que ateus sejam bem instruídos, principalmente os de Oxford que têm como professor o ícone do ateísmo Richard Dawkins.

Mas há algumas curiosidades sobre isso quando a “população amostral” da pesquisa é o mundo e suas diferentes culturas, não Oxford. Estudos mostraram que há, sim, uma relação entre estudo e a fé em Deus, mas que o ateísmo é mais forte naqueles que têm apenas o ensino médio completo do que naqueles com nível superior completo.

A pesquisa também indicou que as pessoas com mais estudo tendem a acreditarem em coisas mais estranhas. 29% das pessoas com apenas o nível fundamental completo acreditavam em telepatia, contra 51,8% das pessoas com nível superior completo.

Essas pesquisas mostraram, também, que a questão religiosa não depende apenas do nível educacional, mas do sexo, do tipo de cultura e da idade dos entrevistados. Então os não-ateus podem ficar aliviados: já não há mais a crença de que eles sejam menos inteligentes que os ateus. [NewScientist]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votos, média: 2,60 de 5)

96 comentários

  • manrel:

    SINTAXE

    Olhando fixamente as suas equações, um homem disse que o universo teve um começo.
    Houve uma explosão, ele disse. Uma cadeia de estrondos e o universo nasceu. E está se expandindo, ele disse. Até calculou a extensão de sua vida: dez bilhões de voltas da Terra em torno do Sol. E todo o planeta aplaudiu; concluíram que os seus cálculos eram ciência. Ninguém se deu conta de que ao colocar um começo no universo, o homem apenas refletiu a sintaxe de sua língua materna; uma sintaxe que para validar qualquer fato exige começo, como o nascimento, continuação, como a maturidade, e fim, como a morte. O universo começou, e está envelhecendo, garantiu o homem, e morrerá, como tudo morre. Como ele mesmo morreu, depois de confirmar matematicamente a sintaxe de sua língua materna.

    OUTRA SINTAXE

    Terá o universo um começo?
    Será o big-bang uma explicação?
    Essas não são perguntas, embora pareçam ser.
    Começo, meio e fim, como condição para validar qualquer fato, é a única sintaxe possível?
    Eis a verdadeira pergunta.
    Outras sintaxes existem. Há uma, entre outras, que permite tomar como fatos variações de intensidade.
    Nessa sintaxe, nada começa e nada tem fim; assim, nascimento não é um fato claro e bem definido, mas um tipo específico de intensidade, assim como a maturidade e assim como a morte.
    O homem dessa sintaxe, ao olhar suas equações, percebe ter calculado variações de intensidade suficientes para afirmar com autoridade que o universo nunca começou e nunca terá um fim, mas que passou, passa e passará por intermináveis flutuações de intensidade.
    Este homem pode bem concluir que o próprio universo é o veículo de intensidade, no qual se pode embarcar numa viagem de mudanças sem fim. Concluirá isso e muito mais, quem sabe sem nunca perceber que estará simplesmente confirmando a sintaxe de sua língua materna. (Dom Juan Matus)

    Cansei do Blá, blá, blá…..FUIIIIIIII!!!

  • valdemir:

    Gostei muito do que li,das duvidas colocadas sem medo da danação eterna, e fico muito feliz em saber que cada vez mais pessoas resolvem se desprender das amarras impostas por seculos por uma igreja corrupta a nossos antepassados para que atraves deles por meio de ameacas diversas que vão desde o castigo severo para as criancas até a danação eterna para os outros. Essa doutrina não só ancorou o progresso cientifico da humanidade ( veja Galileu e Copernico por exemplo)como tambem o progresso espiritual acredito pois que isso responde a pergunta que origina o debate as pessoas estão finalmente se vendo livres para pensar por si só, sem imposições e estão arrancando de si um Deus que lhes foi imposto acredito que isso teve início sim com as pessoas que são mais livres no pensar e que tem raciocinio mais nitido para perceber o que aconteceu,São pessoas que acordaram primeiro mais acredito tambem que essas pessoas vão pouco a pouco, até por serem mais criticas, a criarem dentro de si uma fé que será incontestavel pois essa terá sido criada por ele mesmo e para si: ele só não devera querer impo-la a outros porque será tambem combatida afinal a sua verdade só é verdade para voçê. E isso ai que eu penso pessoal parabens pelo despreendimento. Ah Dois dos maiores cientistas que o mundo já teve acreditavba em deus Isac Newton e Albert Einsten, Thauuu

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Marcos Sousa, faço minha pesquisa no Google.
    Felicidades e um grande abraço!

  • mauricio:

    Quais físicos? Nomes por favor.

  • lucio:

    MAYCOM VC ESTA EQUIVOCADO! QUANTO MAIS OS FISICOS SE ESPECIALIZAM E ESTUDAM! DIGO SE TORNAM DOUTORES E POS DOUTORES ELES CHEGAM A CONCLUSAO QUE DEUS EXISTE E QUE ESTE MUNDO NAO E OBRA DO ACASO!

  • Marcos Souza:

    Albert Einstein (1879 -1955), físico judeu alemão, criador da Teoria da Relatividade, Prêmio Nobel em 1921:

    “A palavra Deus para mim é nada mais que a expressão e produto da fraqueza humana, a Bíblia é uma coleção de lendas honradas, mas ainda assim primitivas, que são bastante infantis… ”

    Fonte: Site da BBC Brasil

  • Marcos Souza:

    Albert Einstein (1879 -1955), físico judeu alemão, criador da Teoria da Relatividade, Prêmio Nobel em 1921:

    “A palavra Deus para mim é nada mais que a expressão e produto da fraqueza humana, a Bíblia é uma coleção de lendas honradas, mas ainda assim primitivas, que são bastante infantis…

    “Para mim, a religião judaica, como todas as outras, é a encarnação de algumas das superstições mais infantis. E o povo judeu, ao qual tenho o prazer de pertencer e com cuja mentalidade tenho grande afinidade, não tem qualquer diferença de qualidade para mim em relação aos outros povos.”

    “Até onde vai minha experiência, eles não são melhores que nenhum outro grupo de humanos, apesar de estarem protegidos dos piores cânceres por falta de poder. Mas além disso, não consigo ver nada de ‘escolhido’ sobre eles”.

    Fonte: Site da BBC Brasil

  • Marcos Souza:

    Everton,

    Qual a sua fonte?

    Abraço,

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Adolf Betenandt (1903 – 1995), era um bioquímico alemão; Prêmio Nobel de Química em 1939): Com os átomos de um bilhão de estrelas, o acaso cego não conseguiria produzir sequer uma proteína útil para o ser vivo”.

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Arthur Eddington (1882 – 1946), físico e astrônomo britânico: “A Física moderna leva-nos necessariamente a Deus”.

  • Aloisio Vargas:

    “Deus” – é o Bem, o Positivo, o certo, o conciênte..a natureza…
    a essencia da perfeição..Não importa o nome que dás a ele.. o teu Deus é o bem que praticas.
    Independente de religião,filosofias ou qualquer outro rotulo a ser dado.
    .O homen primitivo já acreditava no divino, os indios acreditavam em seus deuses da mata, do vento etc..
    O homem atual tambem necessita acreditar em algo maior.. a essencia do ser humano está aí implícita..explico:
    Do contrário de onde viria o amor que sentes por teus filhos ou sentimento de tristeza quando te deparás com algum mal contra eles.(só um exemplo)..
    Sem essa crença seriamos Seres vazios, sem propósito de existencia..sem sentimentos ,só instintos (animais).
    Ateu.. não crê em Deus..Só em´sí mesmo..tem medo de estudar os seus sentimentos de olhar para dentro de sí mesmo e encontar algo lá.. talvez o amor(de onde viria ?)..
    Desafio!
    Se um Ateu me explicar a origem dos sentimento Humanos ..(amor, amizade,ternura etc..) e provar que eles vem de um pedaço de carne chamado cérebro…veja.. “pedaço de carne”
    Apartir de hoje serei ATEU.

  • Marcos.. Psiquiatria:

    Vejam esse link:

    http://ateus.net/citacoes/

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Max Plank (1858 – 1947) físico alemão, criador da Teoria dos quanta, Prêmio Nobel em l928: “Para onde quer que se dilate o nosso olhar, em parte alguma vemos contradição entre Ciências Naturais e Religião; antes, encontramos plena convergência nos pontos decisivos. Ciências Naturais e Religião não se excluem mutuamente, como hoje em dia muitos pensam e receiam, mas completam-se e apelam uma para outra. Para o crente, Deus está no começo; para o fisico, Deus está no ponto de chegada de toda a sua reflexão”.

  • benq:

    einstein era panteista
    ele foi ate hostilizado nos USA depois que saiu da alemanha quando descobriram que não era um teista

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Pante%C3%ADsmo

    os religiosos sempre distorcem ao seu favor

    hitler ateista, einstein teista etc..

  • Marcos Souza:

    Albert Einstein (1879 -1955), físico judeu alemão, criador da Teoria da Relatividade, Prêmio Nobel em 1921:

    “A palavra Deus para mim é nada mais que a expressão e produto da fraqueza humana, a Bíblia é uma coleção de lendas honradas, mas ainda assim primitivas, que são bastante infantis…”…….

    Fonte:

    http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/05/080513_einsteinreligiao_ba.shtml

    Everton, qual é a sua Fonte mesmo?

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Albert Einstein (1879 -1955), físico judeu alemão, criador da Teoria da Relatividade, Prêmio Nobel em 1921: “Todo profundo pesquisador da Natureza deve conceber uma espécie de sentimento religioso, pois ele não pode admitir que ele seja o primeiro a perceber os extraordinariamente belos conjuntos de seres que contempla. No Universo, incompreensível como é, manisfesta-se uma inteligência superior e ilimitada. A opinião corrente de que eu sou ateu, baseia-se sobre grande equívoco. Quem a quizesse depreender de minhas teorias científicas, não teria compreendido o meu pensamento”.

  • benq:

    @ everton

    está bom everton estamos convencidos que cientistas de mais de 300 anos a tras eram teistas

    porem voce nao levou em consideração as questoes socio-culturais da epoca

    agora pega cientistas do seculo XX para cá
    ai a coisa já começa a mudar de figura

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Voltaire, pseudônimo de François-Marie Arouet (1694 – 1778), poeta, ensaísta, dramaturgo, filósofo e historiador iluminista francês: “A falsa ciência cria os ateus, a verdadeira, faz o homem prostar-se diante da Divindade”.

  • Pablo:

    É preciso lembrar que no Ensino Médio os alunos são adolescentes em sua maioria e que a afirmação de que não acreditam num Deus pode não ser bem pensada. Não considero muito (talvez nada) afirmações do tipo: “se Deus existisse não deixaria minha mãe morrer”. Embora não sei o método empregado na pesquisa, acredito que a porcentagem dos universitários Ateus é mais confiável (são realmente) que dos estudantes de Ensino Médio.

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    William Herschel (1745 – 1822), astrônomo alemão, descobridor do planeta Urano: “Quanto mais o campo das Ciências Naturais se dilata, tanto mais numerosas e irrefutáveis se tornam as provas da eterna existência de uma Sabedoria criadora e todo poderosa”.

  • pedro gomes:

    esta disucssão é um pouco ridicula, pois o artigo nem fala se deus existe ou não; eu sou ateu, e tenho uma opinião, como é que Deus pode existir e deixar que aconteçam tantas coisas más? ‘é por culpa do homem’ dizem os crentes, mas nao são vocês que afirmam que Deus criou o homem á Sua imagem? e quantas pessoas já ‘sentiram ‘ o poder do Senhor, quantas coisas boas (confirmadas(plausiveis ao menos)) sabemos que Ele já fez? e só por alguém ser ateu e só por alguém pensar nesta discussão significa que têem duvidas quanto á sua existência-.-

  • Marcos Souza:

    [ironia mode ON]

    Deus é uma entidade onipotente, oniscente e onipresente que fica vigiando e julgando todos os seus atos, durante as 24 hs do dia… para que caso você cometa algum deslize ele te mande para um lugar onde vc vai ser torturado, ter sofrimento e angustias infinitas por toda a eternidade… Mas nunca se esqueçam ELE AMA VOCÊS !!!

    [ironia mode OFF]

  • Marcos Souza:

    “Quem estuda sabe, quem não estuda acredita!”

    Perfeita a frase….

    E eu diria mais: Se não fosse o estudo das ciências, estariamos até hoje apenas acreditando…….. acreditando que o sol é um Deus.. acreditando que a terra é o centro do universo…

    Depois de todos os exemplos historicos é incrivel ainda existirem pessoas que afirmam que a resposta para as coisas está na religião.. e não na ciencia…

    A religião não explica nada… muito pelo contrário… ela apenas torna as pessoas ainda mais ignorantes ao responder todas as questões do universo apenas com um “Ele pode/sabe tudo e está em todos os lugares”…. fácil não? pobre das pessoas que se contentam com uma resposta vaga destas… tenho sorte de não ser tão ignorante….

  • Robson:

    “Quem estuda sabe, quem não estuda acredita!”

  • Alexandre:

    @Juiz

    Eu como sempre não posso dizer nada, ainda mais que pra mim não faz diferença, já que nem posso provar que existem… Imagina provar alguma característica específica O.o

    Acho que estas idéias já estão tomando um rumo meio surreal hehehe

  • Juiz:

    Mais uma vês essa conversa não vai levar a lado nenhum!!
    Alguém pode dizer-me se anjo tem sexo?

  • Elyson:

    Existem muitas diferenças…e as pessoas deveriam pensar em como acreditar em Deus, muitos acreditam porque a religião lhes dizem que assim tem que ser, outros não acreditam porque se aprofundaram um pouco mais nas teorias físicas. Acredito em Deus, sem ter religião, tenho fé, e como muitos, conheço muitas teorias físicas e químicas, e de tantos porquês e porques dos porqueres vindos da ciência chega-se a um denominador comum, a de que Deus está acima teoria ou resposta, religião ou a falta dela. Também conheço religiões e doutrinas, e muitos a usam para apenas para pedir perdão dos erros (humanos e desumanos) cometidos dia a dia, para logo após cometerem novamente esses mesmos erros. Ateus e crentes, acreditando ou não em Deus, saibam que ele acredita em vocês e somente quer que tenhamos uma conduta mais cordial com nós mesmos e nosso planeta.

  • ricardo:

    Hamilton Skromov em 8.03.2010:

    Claudia:
    O governo de Hitler não era ateu…Vc está equivocada! Era catolico e tinha apoio do vaticano!

    ahhh
    na verdade era uma religião misturada ao ocultismo…

  • ricardo:

    Esse ai de cima viajo legal….

    Mas já vo dizendo
    Deus é uma invenção do ser humano, pois quando não consegue dar respostas aos fenomenos naturais, inventa uma explicação qualquer. a história é prova disso.

    se não tem resposta, é deus…
    ..ate que alguem ache a resposta
    ai é ciência…

    mas o oposto da lógica é o caos, não os mitos!

    parem com essa discução…
    é muito mais interessante se deter ao fato de que o conhecimento está aos poucos tirando lugar do misticismo.
    em quanto tempo ate os cristos se juntarem a zeus??

  • Marcos Souza:

    Na verdade não é só sobre Deus que ninguem pode ter certeza que existe ou não…

    Ninguem pode ter certeza 100% absoluta sobre NADA…

    Como eu ja disse em outro topico… não posso sequer ter certeza que eu existo a mais de 5 segundos… posso ter sido criado a 5 segundos atrás já com todas as minhas memórias da maneira que estão…. e achar que sempre existi…

  • marcus:

    Ninguem “sabe” ou não se Deus Existe. Acho que deveria ser proibido negar ou afirmar saber que Deus existe ou Não. Você póde até achar ou não, mas saber com certeza, não existe fé ou ciência suficiente para prova-lo.

  • Marcos.. Psiquiatria:

    Quem conhece algo deve mostrar as evidências que teve desse algo para demonstrar sua existência.
    .
    Pedir para alguem provar a “não existência” de algo não faz sentido algum. Pois fosse assim, eu poderia dizer q quem criou o universo foi um “super unicornio rosa de outra galaxia”, e dizer que se não provarem q ele “não existe”, ele foi o criador de tudo.
    .
    Nesse exemplo fica evidente que sobre a existência ou a não existência de um deus, depende da crença de cada um, dar credito ou não a essa hipotese, e que ainda NÃO sabemos a resposta para essa questão. Como havia dito no ultimo post.
    .
    Na ansia por não aceitar a não crença de outros, muitos religiosos ainda apelam para uma segunda saida: “Deus não pode ser demonstrado pois ele está além da compreensão humana/percepção/entendimento, ele esta além…” Ai fica evidente a contradição, pois, se deus esta além, ninguem tem ou terá acesso a evidências para afirmar q algo existe ou não. Pois ele está além.
    .

  • hiqx:

    Isso é questão cultural, vai dos valores familiares e sociais.

    Mas que, os menos dotados de inteligências são mais facilmente enganados, isso sem sombra de duvida, e a religião é a maior engação do mundo.

    “A religião é vista pelas pessoas comuns como verdadeira, pelos inteligentes como falsa, e pelos governantes como útil.” – Sêneca

  • Marcos Souza:

    Prezada Leila Maria Rinaldi Vieira,

    Eu acredito no Deus do espaguete voador, o supremo macarrão do universo… e eu tenho certeza que ele é muito mais poderoso do que o seu Deus… sabe porquê? porque vc nao pode provar o contrário…. logo estou certo.

    Abraço.

  • Alex:

    Sou ATEU convicto, e odeio padres, bispos e afins.

    E ficam algumas perguntas:

    Porque o vaticano se tornou um estado independente com banco próprio e riquíssimo ?

    Porque os evangélicos só falam em dinheiro e não ajudam ninguém.

    Odeio ver frases em automóveis que dizem…” Foi DEUS que me deu “.
    Será que deus é um cara rico ? pois carro se compra, com muito $$.
    Ou então essa: “Este carro pertence a JESUS”. Ou seja qualquer pessoa que se chame jesus tem direito ao carro.

    Mas acredito na frase…A FÉ REMOVE MONTANHAS, mas não fé em algo e sim em nós mesmos.

    Nossa mente é capaz de curar doenças, de criar coisas incríveis, de prover teu sucesso e sem cobrar 10% do que você ganha.

  • Alexandre:

    @Leila Maria Rinaldi Vieira

    Desculpa… Como eu já disse acima eu não posso afirmar que Deus existe nem que não existe, pois não posso provar nenhuma das duas situações. Agora dizer que existe por não poder provar que “não existe” não faz o menor sentido.

    Se for assim acredito que podemos parar com toda a ciência, pois tudo está automaticamente provado. Seguindo a sua linha de raciocínio, a partir de agora todos podemos ter certeza absoluta que os fantasmas existem e os extra-terrestres também, pois ninguém ainda conseguiu provar que eles sejam mera invenção.

    @Juiz
    Prefiro concordar com o Douglas Cardoso e com Benq

  • Douglas Cardoso:

    Juiz, deixa eu advinhar: vc é cristão! porque se fosse de outra religião o teu “Deus” seria outro (Alah,Olorum, Odin, Zeus, Brahma, etc…)
    hehehehehe
    O que eu acho mais engraçado é isso, discutir a divindade sem considerar que as religiões são múltiplas, espalhadas pelos continentes…

  • mauricio:

    O processo cognitivo independe do espiritual.

  • Hamilton Skromov:

    Claudia:
    O governo de Hitler não era ateu…Vc está equivocada! Era catolico e tinha apoio do vaticano!
    Governos ateus eram de Stalin e Mao, eles não matavam em nome do ateismo..mas por uma ideologia politica!

  • mauricio:

    Ligar inteligência a crença em Deus é no mínimo burrice.
    A capacidade de entender, processar , de intuir, é um dos parâmetros humanos. Trabalhar o ser pensante que somos, é um dever e direito de todos. Albert Sabin não era cristão, passou mais de 25 anos de sua vida pesquisando a cura para a poliomielite, renunciou o direito de patente da vacina que criou, como forma de estancar a propagação da doença no mais curto espaço de tempo.
    Foi o primeiro cientista a isolar o vírus da dengue tipo 1 no mediterrâneo etc.
    Pergunta-se: O mesmo será condenado por Deus, por não ser cristão?
    A sua acuidade intelectual pode ser considerada mediana?
    Fé é algo individual, que precisa do coletivo (religião) para manter a brasa da fé acesa.

  • Marcos Souza:

    Crítica aos autores da matéria:

    A conclusão da matéria foi extremamente infeliz…. ela termina da seguinte maneira:

    “Os não-ateus podem ficar aliviados: já não há mais a crença de que eles sejam menos inteligentes que os ateus.”

    Ora, mas os dados da reportagem em momento algum dizem isso.. o máximo que diz é que existem mais ateus entre as pessoas com ensino médio do que entre os universitários…

    Mas esquecem que em nenhum momento foram comparados com as pessoas com escolaridade inferior?

    Se irmos em um culto evangélico e medirmos a escolaridade média das pessoas, e fazermos a mesma medição entre os ateus, definitivamente a escolaridade dos ateus será muito superior…

    A impressão que tive é que os autores da matéria só finalizaram daquela maneira para não se “queimarem” com os não ateus… mas como estátístico achei extremamente infeliz….

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Alessandro Volta (1745 – 1827), físico italiano, descobridor da pilha elétrica e inventor, cujo nome deu origem ao termo voltagem: “Submeti a um estudo profundo as verdades fundamentais da fé, e deste modo encontrei eloquentes testemunhos que tornam a religião acreditável a quem use apenas a sua razão”.

  • Leila Maria Rinaldi Vieira:

    Para mim, a maior prova da existência de Deus é a incapacidade de provar que Ele não existe.
    Se alguém conseguir provar que Ele não existe, voltarei a pensar no assunto.
    Se existe uma vida depois desta ou não, prefiro acreditar na primeira opção, pois não acreditar, e quando morrer descobrir que estava errada, poderá ser terrível.

    A fé em Deus é a fé na própria humanidade.
    E o ser humano está sempre em busca da felicidade que é se sentir bem.

  • benq:

    @ Juiz

    hhahaahah
    bom é o seu né ? o resto é tudo invenção

    cada coisa que vejo

    de qualquer forma aqueles que seguem os outros “d” deuses dizem a mesma coisa que voce…que o deles são os verdadeiros e o resto é invenção

  • Juiz:

    Amigo Douglas Cardoso, Deus com “D” grande só existe um que é Jeová, agora os outros deuses “d” são invenções dos seres humanos.

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    André Marie Ampère (1755 – 1833), físico e matemático francês, descobridor da Lei Fundamental da Eletrodinâmica, cujo nome deu origem ao termo amperagem: “A mais persuasiva demonstração da existência de Deus depreende-se da evidente harmonia daqueles meios que asseguram a ordem do Universo e pelos quais os seres vivos encontram no seu organismo tudo aquilo de que precisam para a sua subsistência, a sua reprodução e o densenvolvimento das suas virtualidades físicas e espirituais”.

  • Douglas Cardoso:

    é tanta gente falando em “Deus” mas qual: Jeová, Brahma, Olorum, etc…?

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Thomas Alva Edison (1847 – 1931), inventor no campo da Física, com mais de 2.000 patentes: “Tenho enorme respeito e a mais elevada admiração por todos os engenheiros, especialmente pelo maior deles: DEUS”.

  • Erick:

    Se Deus existe, ele não se importa com os seres humanos e sua rotina, do contrário simplesmente não haveria pessoas sofrendo.

  • manrel:

    Bem, como ninguém respondeu de onde surgiram tantos ateus, pergunto aos crentes se os ateus são também filhos de Deus. Em caso afirmativo, considero elucidada a questão e vou assistir o BBB. ‘risum teneatis’

  • lucas:

    pra mim pra uma prova que Deus existe e so olhar ao seu redor,o sol,as estrelas,as pessoas,nos nao podemos estar aqui por coincidencia.

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Isaac Newton (1642 – 1727), fundador da Física clássica e descobridor da lei da gravidade: “A maravilhosa harmonia e disposição do Universo só pode ter tido origem segundo o plano de um Ser que tudo sabe e tudo pode. Isto fica sendo a minha última e mais elevada descoberta”.

  • rafael:

    Pq não os deusES?

  • Marcos.. Psiquiatria:

    Se deus existe ou não ninguem sabe. É um assunto em aberto.
    .
    Quem disser q existe ou que não existe esta se excedendo.

    Vc pode acreditar ou não acreditar.

    Eu estou no grupo que não da crédito nessa hipotese divina, prefiro admitir que não sei essa resposta,, se foi zeus, alá, unicornio rosa, bhrama, varios deuses, ninguem sabe…
    .
    E essa opção de não crer, não me impossibilita de ter uma vida boa, fundamentada nos meus valores pessoais, como altruismo, erudição, autoconhecimento, ecologia, amor, etc…
    .
    Deve haver tolerancia a crença e a não crença, as diferenças, as opções,,,
    .
    (Obs: esses tópicos religiosos dão “ibope” pq é cada um querendo empurrar sua opção/paixão goela abaixo do outro “flamengo x palmeiras”, “loira ou morena”, etc… Não faz sentido…
    .
    .

  • Juiz:

    Conheço ateus que dizem que só vão acreditar em Deus quando encontrarem a arca da aliança!

  • Gustavo:

    O titulo é de onde surgiram tantos ateus e o texto fala da inteligência de ambos.

  • Rodrigo Marin:

    “Tu crestes, Tomé porque me vistes; bem aventurados os que não viram e creram”. (João 20.26-28)

    “Se alguém se envergonha de mim e das minhas palavras, o filho do homem se envergonhará também dele, quando vier em sua glória e na de seu Pai e dos santos anjos .(são Lucas, 9.26)”

    Como pode a raça humana dizer que Deus não existe se ela não conhece o seu próprio planeta?. A própria ciência não consegue resolver os males do dito progresso e hoje pagamos o preço do materialismo desenfreado, vemos pessoas profundamente intelectualizadas mas sem sensibilidade nenhuma . Ainda vai demorar muito para que a humanidade entenda a mensagem do Cristo.

    Fiquem na paz!

  • Israel:

    Que saco, nem vou ler todas as postagens porque eu acho que o João Paulo já fechou. Inclusive, foi uma opinião do caalho (em minha opinião. hehehe), porque me fez confirmar minha tese de analogias para saber comum e nem tanto. Hahahaha Vê-se que o cara chegou a uma mesma conclusão por um processo inteiramente diferente do meu. Bem inteligente. 🙂

    Enfim, besteira discutir religião.

    Agora essa questão de inteligência e esperteza é complicada… Se ninguém consegue arranjar uma razão forte para viver (tirando os religiosos, que inventam, então a solução é suicídio ou vida plena. Oras, ser feliz durante a vida, esse é meu objetivo e deveria ser o de todos. Não interessa em quê eu acredito ou não. Vivo bem, sou feliz e pronto. Cada um com seu cada qual e cada qual com seu qual cada. 🙂

    Não acredito em Deus porque toda a história me soa ridícula (entre outras razões, ok) , mas cada um vive como pode. O problema mesmo é a infelicidade, mas as pessoas têm dificuldades em aceitar as peculiaridades da raça.
    PS: JP, deu vontade de tomar umas cervas com vc. hehehe

    Um abraço a todos. 😀

  • manrel:

    “A Religião convence as pessoas de que existe um Ser invisível…morando no céu, de onde ele vigia tudo o que você faz em cada minuto de todos os seus dias. E este Ser invisível tem uma lista de 10 coisas específicas que ele não quer que você faça. E se você fizer qualquer dessas coisas, ele vai te enviar para um lugar muito especial, de fogo, calor, fumaça, tortura e sofrimento, onde você vai viver para sempre, e sofrer, arder e gritar para todo o sempre. Mas ele te ama. Ele te ama e precisa do seu dinheiro.”
    George Carlin

    “Há duas maneiras de passar pela vida tranquilamente, acreditar em tudo ou duvidar de tudo. Ambas as maneiras nos poupam de pensar.”

    Alfred Korzybski

    “Não existem atalhos para nenhum lugar onde valha a pena ir”
    Beverley Sills

  • Leco:

    Surgiram das igrejas.

  • mauricio:

    Fé é uma verdade pessoal,e não universal, Deus é uma necessidade humana.
    Se ele existe ou não, é por enquanto uma verdade relativa.
    O que devemos ter é dignidade, para não barganharmos com Deus, as nossas atitudes. Devemos ser adultos e não ficarmos enchendo a paciência do criador, com balelas e pedidos.
    Ser ateu é tentar andar com as suas próprias forças, e só buscar a Deus nos extremos. Criamos um Deus conforme a nosso perfil humano. Um Deus que precisa ser idolatrado, puxado o saco, que pune, que não aceita ser questionado. Coisa puramente humana.
    Para os que acreditam, revejam o perfil deste Deus

  • benq:

    uma coisa que temos que levar em consideração é que ter uma religião ou acreditar em algum ser divino é puramente cultural

    tenho certeza que todos os religiosos aqui são religiosos porque seus pais\familia … ensinaram a acreditar naquilo, ou seja, um modelo padrão passado de geração a geração
    e não porque escolheram por vontade propria como muitos pensam

    então não vou dizer se voce tem ou não que acreditar em um ou mais deuses
    mas o mais importante é QUESTIONAR sobre aquilo que é tido
    questione, reflita, pense tudo aquilo que o amigo, vizinho, pais, familia, padre, pastor, rabino, guru, monge falar

    não deixe voce ser adestrado
    porque muitas dessas pessoas querem te adestrar e não que voce pense

  • José Luis Stegel:

    Todas as questôes discutidas são convictas!!!
    No meu ponto de vista é inútil discutir a existência ou não de um Deus. A palavra “Deus” já quer dizer que é algo supremo e desconhecido e não um nome próprio (ó meu Deus).
    Respeito todas as religiões, crenças, costumes, etc.
    Dentro da Crença digo: “Sou religioso até que Deus me prove o contrário” e dentro da ciência digo: “Sou ateu até que me provem o contrário”. E vai ser assim para sempre…
    Diante deste tipo de discussão que provém as guerras como exemplo…
    Voltamos uns 5 mil anos atrás como exemplo com um isqueiro em mãos: Seremos tratados como Deuses perante a tribo encontrada e descrente de quaisquer fé. Nasce aí um certo tipo de religião. Isso prova que nunca estamos preparados para um tipo de conhecimento extremamente alto em relação ao nosso atual. A questão é de que agora sim que temos um pouco de conhecimento ao ponto de distinguir o que é sobrenatural e concreto que podemos discutir tais assuntos.
    Se tivéssemos este tipo de conhecimento à uns 3 mil anos, com certeza jamais teríamos nenhuma crença ou fé em Deus (Buda, Alá, etc.) e não estaríamos discutindo isso agora, pois estaríamos convictos de que talvez fossemos visitados por seres extraterrestres, ou algo semelhante.
    O certo é, cresça, ajude ao próximo, ame a todos, principalmente a nossa natureza independente de quaisquer crença.
    “Sou ateu até que me próvem o contrário…”
    Abraços à todos!!!

  • SuperK:

    Somos parte de um todo. E parte não pode ver e nem sentir o todo. Isto enquanto formos vivos. Portanto é impossível, enquanto em vida, responder a existência de Deus. Precisamos morrer antes. Porém a morte não tem volta! Não venha com espiritismo ou coisa que valha! Então não há resposta para isso! Assim, que cada pessoa viva a sua crença ou não crença. Nihilista ? Talvez

  • Claudia:

    Neto, isso acontece com os ateus também. Há ateus que parecem muito com os crentes mais fanáticos, se acham os donos da verdade. Não há uma verdade só, mas muitas e cada um acredita naquilo que acha bom.

    Lembre-se que as Cruzadas aconteceram em nome de Deus.
    Lembre-se que o Nazismo aconteceu num governo ateu, dirigido por homens que se julgavam superiores, acima do bem e do mal, apoiados na ciência racista, que na época vigorava forte.

    Nem a fé surda, nem a ciência absolutista, desprovida de bom senso, é o caminho do bem, da paz e da prosperidade humana.

  • Edemilson Lima:

    Pode até existir um deus natural, mas certamente não é o deus de nenhuma religião. As muitas características humanas que esses deuses apresentam mostram claramente de onde eles vieram. Mas podemos entender a necessidade das pessoas que não conseguem entender como o mecanismo da evolução funciona. Elas precisam de uma explicação mágica para ajudá-las a ignorar o fato de que nem tudo tem um porquê.

  • manrel:

    Continuo sem saber “de onde surgiram tantos ateus”?!! Achei que o artigo traria alguma nova revelação… Esse negócio de Fé em Deus não passa de um dejeto humano que para uns, féde mais para outros, féde menos… E enquanto a caravana passa, segue a queda de braço entre Alá e Jeová! Duvido que vá sobrar alguma coisa para o Deus de Abraão.

  • Neto:

    Só pra terminar “Bill Gates” pare de acreditar em deus, porque o windows já tem muitas falhas e bugs.

  • Neto:

    A fé é baseada em uma história que posteriormente foi escrita em um livro, sendo assim, “Se a Biblia prova a existencia de Deus, as históriasem quadrinhos provam a existemcia do Super-Man!”. Esse tal de jesus num passava de um pastor igual a todos os outros. Espero que menos corrupto, caso contrário mancharia demais a imagem da igreja, que já não é muito boa. xD

  • Neto:

    Vejam, os crentes quando são questionados e postos contra a parede ficam nervosos e simplesmente falam “tem coisas que só Deus explica….”. Por isso que sou ateu, não dependerei de uma ilusão pra dar sentido a minha vida e para responder as perguntas mais angustiantes. De onde viemos? Só num foi de Adão e Eva…

  • Bill Gates:

    Nada a ver. Eu acredito e sou feliz

  • Meldelz:

    Deus Triúno?
    Isso é só pro cristianismo cara
    tem VARIAS religiões monoteistas por ai
    Até mesmo o judaismo, que seria o velho testamento, onde não há essa tríade

    Quem leva a bíblia a sério tem que ter problemas..
    Foi passada de boca em boca por décadas, até ser escrita. Foi-se provavelmente modificada, aumentada (em termos de ficção) e etc durante anos.
    Ou alguém acredita em mares se abrindo e etc?

    É como se Harry Potter fosse escrito faz milênios e houvesse gente que realmente acreditou nessa história e que um dia existiu magia e dragões.

    Francamente, será que vocês, teístas, ao menos refletem sobre o que acreditam? Ou falam apenas que acreditam em Deus de reflexo?

  • Douglas Cardoso:

    muitos falam de “Deus” como sendo único e claro sempre o da sua própria religião negando os deuses alheios…
    Além disso existem religiões que não consideram o conceito de “Deus” em sua cosmogonia, vide budismo, monismo , etc…

  • Anderson:

    eu gosto de uma frase da qual não me lembro o autor, ela diz:

    “Quanto maior o conhecimento, maior o livre arbítrio.”

    a maioria das pessoas que conheço que afirmam-se ateias ou que não acreditam em tudo que as religiões falam possuem um nível educacional muito maior do que quem crê cegamente no deus das religiões, eu acho que quanto maior o conhecimento geral de uma pessoa mais ela estará livre para pensar e mais facilmente se livrará das amarras das religiões e poderá viver sua vida plenamente sem culpa por qualquer ato por mais banal que seja.

    obs:
    Não sou ateu, mas não dou nem 5% de credibilidade para qualquer religião que seja, TODAS só querem defender seus interesses ($).
    Acredito em uma força (que não é um velhinho de tunica e barba branca, aliás, acho que nem forma tem) que matem o universo em seu lugar de uma forma “macro”, e não cuidando de cada individuo separadamente, e punindo-o pelos seus atos, é mais ou menos o conceito de “mãe natureza”.

  • Juiz:

    Teologia vive do testemunho que tem a obra do Triúno Deus como Conteúdo. Fé é a resposta a esse testemunho. Por isso, a rigor bastaria que em prol da fé proclamássemos a palavra libertadora do Deus Triúno vivo. Fé promove vida atual a abundante. Busca vida plena na vida que vivemos.
    E a história? Seria necessário?
    Poderia parecer que fosse dispensável. Afinal, o que importa é que Deus em nós, dia a dia, promova fé viva. A dedicação que a palavra de Deus tem às pessoas e à criação inteira é que faz com que devemos incorporar a própria historia à teologia. E é justamente a observação historica a que aprimora nossos olhos e nossa atenção para a trajetória da encarnação.

  • Silas:

    “A fé começou quando o primeiro esperto encontrou o primeiro otário”

  • Valdomiro:

    Sou ateu, graças a Deus!!

  • Alexandre:

    Ah… e isso não é nada sobre “abrir o olhos” de ninguém. Como qualquer outra pessoa que comente aqui (ao menos os não “radicais ateus” e não “radicais religiosos”), estou apenas expondo minhas opiniões pessoais que adquiri ao longo de anos de observação e, de maneira alguma, pretendo “pender” alguém pra um lado ou para outro, já que parto do pressuposto que todas as pessoas são autônomas e inteligentes o suficiente para acreditarem e seguirem o que acharem melhor.

  • Meldelz:

    Acreditar em algo que não foi comprovado pra mim é burrice.
    Agora, se algo não foi provado, a pessoa pode decidir se não acredita, ou se não liga.

    É assim que vejo as coisas.

    E a coisa mais ridícula é a fala dos religiosos “então prove que Deus não existe”. É sabido que é IMPOSSÍVEL provar que não existe algo. E quem tem o ônus da prova é quem postula a idéia, no caso os religiosos. Note que experiências pessoais não são provas.

    E quem vem dizer: “mas tu ta dizendo que 99% da população acredita em algo inexistente?”. Pra esses digo só uma coisa: argumentum ad populum. Google it.

    Para mim, Deus é o Deus das lacunas. Enquanto formos ignorantes (o que sempre seremos, pois é impossível saber de tudo), esse ser preencherá as lacunas do nosso conhecimento com essas besteiras de religião.

    A religião ja deu tudo o que tinha pra dar: Ética e comportamento social. Ja está na hora da sociedade passar dessa fase e, acredito eu, que será como o que acontece com crianças em relação a não existência papai noel: No começo vem a negação. Depois vem a aceitação. E por fim, um olhar para o passado e o pensamento “como pude acreditar nessa besteira”.

  • Alexandre:

    Estou com João Paulo e com Sam.
    Na verdade não consigo estar do lado que afirma e nem do lado que nega, pois nenhum dos dois conseguem ao menos provar o que dizem. Quando você começar (inutilmente) a discutir qualquer coisa relativa a isso com um crente (leia-se “o que crê” e não apenas “protestante”), sempre obtém respostas subjetivas baseadas em uma bíblia ou algo assim.
    Problema: A bíblia em si foi escrita por seres humanos (imperfeitos e afetados por suas convicções, cultura e por fatores externos… isso tudo excluindo-se a possibilidade de má fé e manipulação de massa ¬¬). Depois de pôr essa consideração que já me tira boa parte da credibilidade de “bíblias” ainda existe o fato de que elas foram traduzidas inúmeras vezes, e por outras pessoas (também sujeitas a ambiguidades textuais, interpretações equivocadas… mais uma vez desconsiderando a má fé ou “seleção das partes importantes”).
    Ou seja, dentre os infindáveis motivos para me questionar, este já deu uma bela de uma balançada, pois são alguns dos argumentos mais utilizados pelos “crentes”.
    Infelizmente, toda e qualquer pessoa que expor este tipo de opinião será impiedosamente apedrejada pelos que não concordam, já que a maioria (não todos é óbvio) é guiada por uma espécie de frenesi que impede que raciocinem e aceitem idéias diferentes, mesmo que não acreditem nelas.
    Obrigado

  • Sam:

    Como exatamente foi medida a ‘força’ do ateísmo? Se os pesquisadores estiverem se referindo ao que eu chamo de ateísta de orkut que é aquela pessoa que se explode de raiva sempre que ouve alguem dizendo que acredita em deus, esse tipo de pessoa não é independente da idéia de deus. Eu não gosto da palavra ateísmo é uma negação do teismo não é uma idéia independente, pra se negar alguma coisa tem que sempre se referir ao que esta sendo negado, não existe uma não-coisa que pode ser referida diretamente, é como se o ateísmo fosse um buraco que fica aonde foi tirado o teismo.
    As pessoas me perguntam, vc acredita em deus?. Eu digo, não. Elas então afirmam, então vc é ateu. Eu digo, não. Elas, mais vc não acredida em deus. Eu, é eu não acredito em deus mais eu acredito em outra coisa equivalente, eu acredito em mim mesmo, eu acredito na minha capacidade de compreender como as coisas funcionam e na minha capacidade de usar esse conhecimento para melhorar a minha vida e da minha sociedade, eu não sou ateu eu sou livre. Talves é essa a conclusão que chegaram essas pessoas que passaram pelo ensino superior.

  • Carlos:

    Tá muito filosófico isso aqui. Basta estudar dois semestres de física e Deus tá ferrado! Eu antes de estudar já era ateu, hj sou convicto!

  • wilson:

    Conhecí um ateu que ao final da vida disse: “Meu Deus,quanto tempo eu perdí” ! Voce pode não acreditar em Deus;mas Ele
    acredita e conta com voce !

  • pedro:

    ser ateu e ser feliz. nao tem q pensa em oferendas

  • ricardo schirmer:

    Deus existe como um mito.
    E é sempre reforçado por questões como essa.

  • j c:

    “” DEUS “” existe no crente e no ateu, no ateu e no crente !!!

  • João Paulo:

    Ah… uma brincadeirinha.

    Avise ao peixe que ele pode se afogar!… rs… e ele vai lhe responder que estás completamente louco.

    Afirmar para o peixe que seu ambiente, que o seu locus lhe é impróprio, é completamente inútil e estúpido. Da mesma forma negar a existência de Deus para quem se habitou com a idéia é absolutamente inútil.

  • João Paulo:

    Não há o menor sentido discutir questões de fé. Ora, se alguém é capaz de basear todo o seu projeto de vida em um ser mágico capaz de determinar o que lhe é bom ou não, se alguém se sente recompensado em suas dificuldades porque crê num pai que lhe cuida e protege, se um adulto ainda não tomou para si as rédeas e o protagonismo de sua vida, que sentido ou poder pode existir na razão?

    Devemos respeitar as crianças em seu processo de descobrimento das realidades da vida, não devemos violentá-las antecipadamente nas descobertas, pois o seu amadurecimento depende exatamente deste processo de conhecimento que permite assumir gradativamente as suas responsabilidades existenciais a ponto de não depender mais da mão do pai a lhe guiar.

    Crer ou não crer não é uma questão de lógica ou instrução intelectual, mas talvez a coragem e a humildade de aceitar que nem tudo tem um sentido que contemple as nossas espectativas e interesses, e que aquilo que para nós parece injusto e mau, na “sorte” que nos coube em nosso existir, é apenas a “má sorte” mesmo que existe no imponderável que faz uma semente levada pelo vento cair sobre a rocha enquanto outra encontra terreno fértil para se desenvolver e tornar-se árvore frondosa e frutífera.

    Deus me parece a mais humana e compreensível das invenções do Homem. Procurar discutir a sua existência é uma inutilidade totalmente pueril.

  • Orlando Rios:

    Tem ateus burros e religiosos inteligentes e o contrario tambem é aplicavel

  • Campos:

    Deus é uma questão de cabeça. Não depende de criação, influencias externas, meio ambiente, etc. Uma pessoa pode acreditar em Deus, por infuencias dos pais, mas com o tempo e se ela tiver um senso maior de criatividade, ela vai raciocinar e perceber que deus é um mito. Para isto tambem é preciso que ela não seja extremamente dependente, temerosa, seja devidamente instruída, não seja portadora de problemas mentais, etc. Todos nós nos sentimos inferiorizados perante a natureza e passamos a acreditar em divindades. Pode ser deus, Buda, Allá, o Sol, a Lua etc. Na verdade somos fruto de uma energia: a energia eletromagnética, criadora de todas as coisas (E=MC²).

  • Rios:

    Para mim, Deus é uma questão de experiencia. Eu acredito em Deus pelas coisas que ele fez em minha vida e pelas respostas que obtive. Deus não se submete a “inteligencia” humana. Ele se mostra e se manifesta e prova o seu amor, as pessoas simples e humildes que o procuram de coração puro e aberto. Ele NUNCA se nega a quem o procura, sem exageros e com a pureza de alma. Como disse o divino Mestre: Quem pede ao Pai um pão, nunca receberá uma pedra.

    A condição humana de ateu é necessaria no plano evolutivo espiritual do individuo. O espirito humano passa por diversas fases em seu progresso espiritual rumo ao infinito, entre eles o de repensar tudo, analizar e usar o raciocinio logico puro. Um espirito realmente superior, é igual a um diamante: Tem todas as suas facetas e arestas bem trabalhadas, perfeitas e equilibradas e a experiencia humana nos conduz a isto, como o uso integral de TODAS as nossas faculdades, entre elas a de acreditar e de tambem a de raciocinar. Ninguem veio ao mundo para fazer turismo. O ateismo é tambem necessario para contrabalançar o fanatismo religioso, crendices exageradas ou a crença exagerada e sem nenhum nexo.

  • Juiz:

    Eu nem vou discutir com os ateus se Deus existe ou não existe!
    Eu sei, e quem é crente sabe, QUE NOSSO DEUS GRANDE EXISTE!.
    Não vale a pena está gastando meu latim discutindo com um ateu, porque eles ainda não sentiram o poder maravilhoso do nosso Pai!

  • Salvio Pessoa:

    Acreditar ou descrer de algo que não se sabe exatamente o que é não passa de estupidez espiritual. A crença é algo tão irrelevante quanto a descrença. Não se deve crer nem descrer de Deus. É preciso conhecê-Lo. Para isso é necessária uma inteligência muito mais refinada do que a dos ateus ou a dos crentes.

  • Natal Antonini:

    O problema dos ateus é que eles devem ter tanta fé quanto os crentes, pois devem acreditar, mesmo que sem provas definitivas, que deus não existe. Nessa história de religião prefiro se agnóstico e simplesmente não tentar explicar o que não entendo…

    Abraços,
    Natal.

  • Maycon:

    Isso depende muito da área em que a pessoa é graduada, por exemplo, entre um Físico e um Advogado, obviamente a opinião de um físico seria muito mais relevante. ( e não tenho nada contra os advogados).

    Acho que a maioria das pessoas que trabalham/estudam em ramos científicos são atéias.

  • Deep:

    UFA!!!
    Isso – e outras tantas outras coisas – são sinais das respostas de Deus ás nossas preces pedindo por sabedoria!!!

Comentários fechados

Os comentários deste post foram encerrados.