Entenda o que é Biologia Sintética

Publicado em 12.09.2010

Um termo que está sendo cada vez mais usado no mundo da ciência é biologia sintética. Mas se você não sabe, exatamente, do que se trata, nós temos as respostas.

A biologia sintética, ao contrário do que muitos pensam, não criam novas formas de vida “do zero”. Basicamente, os cientistas modificam organismos já existentes, alterando seus códigos genéticos. E mesmo que esses códigos genéticos não sejam encontrados na natureza, eles funcionam para o ser modificado.

Então você pode pensar que a biologia sintética não é muito diferente da engenharia genética, que criou os alimentos transgênicos, por exemplo. Na verdade, as bases usadas para as duas ciências são as mesmas e seus objetivos são muito parecidos. A diferença é que a engenharia genética simplesmente recombina os códigos genéticos já existentes, fazendo com que os organismos se comportem de determinada maneira.

Os benefícios que tiraríamos da biologia sintética iriam para a área da medicina. Os cientistas esperam criar micróbios que possam combater o câncer e outras doenças para as quais ainda não temos cura.

Mas nem tudo é uma maravilha. Por ser um organismo novo, não temos como prever como ele se comportaria se, por acaso, fosse solto na natureza. Ele poderia prejudicar formas de vida já existentes e alterar o equilíbrio ambiental, por exemplo. Além disso, da mesma forma que uma bactéria pode ser criada para o bem, nada impede a criação de armas biológicas, como uma versão “anabolizada” da gripe A.

Alguns críticos ainda acreditam que seja moralmente errado criar novas formas de vida, principalmente os religiosos. Afinal, se podemos criar novas formas de vida, estaríamos adquirindo um poder que não é nosso.

E você, leitor? Fica de que lado do debate? [LifesLittleMysteries]

Autor: Luciana Galastri

é jornalista. Viciada em livros, lê desde publicações sobre física a romances de menininha do estilo "Crepúsculo". Toca piano desde os oito anos de idade e seu estilo de música preferido é o metal.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

17 Comentários

  1. não entendi a parte do ”adquirindo um poder que não e nosso” o único poder que não e nosso e o que não podemos adquirir

    Thumb up 14
  2. Fico imaginando como será daqui 10 , 20 anos ou mais a ciência avança a passos largos ,só precisamos tomar cuidado com o que sai dos laboratórios .

    Thumb up 0
  3. Na minha mais pura simplicidade, digo que seria de grande risco colocar algo ”entrelaçado, enxertado” etc e tal… Sem saber qual será sua reação metabólica.

    Como narra o artigo: ”Por ser um organismo novo, não temos como prever como ele se comportaria se, por acaso, fosse solto na natureza. Ele poderia PREJUDICAR formas de vida já existentes e ALTERAR o equilíbrio ambiental… Além disso, da mesma forma que uma bactéria pode ser criada para o bem, nada impede a criação de ARMAS biológicas, como uma versão “anabolizada” da gripe A”. (e outras).

    *No mundo científico, como em qualquer profissão existem pessoas éticas e não…
    Imagine algum MALUCO contrate um ou mais cientistas (MALUCOS também); dando lhes ferramentas necessária para fazer tais ‘’arranjos’’, digamos… Um vírus que só eles tem o antídoto. (alguém vai dizer que tenho assistido muitos filmes de ficção…). Então veja isso: http://hypescience.com/virus-da-gripe-suina-pode-ter-sido-criado-em-laboratorio/

    http://whataversity.wordpress.com/2009/07/31/a-verdadeira-face-do-virus-h1n1-gripe-suina-parte-i-estado-de-alerta/

    http://fimdostempos.net/porco-voador.html

    Que nada! Quem disse que esse troço (NET/PC) deixa espaço para filmes? rs

    A propósito: Há certos comentários na REDE, insinuando que seja bem possíveis que ‘‘xy’’ estejam proliferando vírus e bactérias…

    Epa! Esse cara pirou de vez!!!

    Para os pessoal que acha que estou delirando, digo que, se tratando de seres humanos não duvido de nada!

    Quantos crimes aconteceram/acontecerão por incentivo de filmes e jogos?
    Está mais que obvio que essas coisas têm contribuído e muito.

    Como sou uma pessoa bem democrática, vou deixar espaço suficiente para os quiserem me criticar.

    Para finalizar, digo que quaisquer experiências nesse nível são de grande risco para a vida na terra.

    Devem criar leis rigorosas para quem fizer tais manipulações.
    Atm.

    Thumb up 1
  4. Bovidino, meu “caro” , como podes ver ninguém ,eu repito, NINGUÉM aprovou seu comentário ,e volto a citá-lo com opinião contrária : Pelo fato de a ciência se opor cada vez mais á igreja, eu estou cada vez mais me aproximando do mundo científico e aposto que é a opinião dos racionais como eu que param para analisar o mundo à sua volta.
    16 anos de vivência científica contra 0 seus.
    Passar bem com seu “deus” todo poderoso …

    Thumb up 5
  5. Concordo. Não há limite para a Ciência. E a cada descoberta é mais um passo para melhorar a vida do ser humano na Terra.

    Thumb up 7
  6. Eu penso q como bactérias modificadas, já tivemos seres modificados como os centauros, sereias, minotauros etc…
    Além da mitologia, acredito q num passado distante houve um “gênio” q manipulou genéticamente a raça humana e os vestigios q apareceram foram encobertos por pseudo cientistas e pela igreja q não divulgam a verdade para não chocar e abalar os pilares de nossa sociedade controlada. Creio q esses estudos voltaram a tomar notoriedade e q em algum lugar do planeta, nesse exato momento estão construindo o soldado universal e o novo capitão América.
    O q é importante nisso tudo??? Manter a mente aberta!!! pois muita coisa ainda vai aparecer…
    Sem mais, um abraço a todos!!!!

    Thumb up 3
  7. No alto da minha ignorância o, homem não cria nada. Apenas tira daqui e bota lá. Porque ainda que ele tire do AR é gás.
    É materia. Como ele também é . Se for usado com resposabilidade, para o nosso bem é válido… Fuiii.

    Thumb up 2
  8. Criando uma nova forma de vida pelo homem ou nao, novas doencas,epidemia irá acontecer! eu acredito no poder da tecnologia e na ciencia para uma nova chance de cura de doencas q a decadas nao tem saida de cura so pra quem sofre é quem sabe o tanto q pertuba a vida!

    Thumb up 0
  9. Por mais besteiras que a ‘ciência’ faça, jamais conseguirá alterar a programação divina, mesmo porque a ‘ciência’ sempre esteve correndo na contramão da evolução.
    O exemplo mais triste é o da ‘medicina’, cuja preocupação sempre ficou focada no tratamento das doenças, quando deveria se preocupar em evitar que as pessoas ficassem doentes.
    Todavia, o mercantilismo impera e o lucro só é possível com a criação e venda das drogas que se proliferam aos milhares com todos os efeitos colaterais possíveis.

    Thumb up 0
  10. É preciso mudar essa mentalidade de que a natureza é uma mamâezinha que nos protege e devemos obedecer cegamente suas leis naturais. Devemos sim respeitá-la, mas por questão de autosobrevivência. Mas tudo da natureza que pudermos manipular para nosso proveito é bem vindo.

    Thumb up 4
  11. Estou do lado que a ciencia tem que se ovoluir sempre;
    mas com cautela triplicada para tudo que mesmo que seja
    hipoteticamente venha por em risco a vida humana, ou ou qualquer outra criação da natureza.

    Thumb up 5
  12. o perigo é perder o controle sobre o que está sendo criado, como uma nova forma de vida vai agir num habitat onde tudo já está em ciclo completo, quebraria cadeias e instalarias outras,
    desencadearia desequilíbrio.Sendo um organismo novo, pode combater um câncer, mas também pode combater células sadias.

    Thumb up 1
  13. Sabia que a questão religiosa que iria ter força aqui. xD

    Como cristão, parafraseio Galileu Galilei: “Não acredito que o mesmo deus que tenha nos dado inteligência não nos permita utilizá-la”.

    Thumb up 6
  14. “Poder que não é nosso”? Besteira. Isso não existe. Temos mais é que estudar o que for novo e deixar essas lorotas ecoarem sozinhas. Não podemos deixar de avançar por questões tradicionais.

    Thumb up 28
  15. Para mim está tudo liberado,a ciência não pode e não terá limites,alguém sempre tentará ultrapassar o limite do conhecimento.

    Thumb up 24

Envie um comentário

Leia o post anterior:
biagini
Pode um peixinho dourado chegar a 15 quilos?

Você já ouviu o mito...

Fechar