Fungo “Dedo do Diabo”, o xenomorfo da Austrália

Já viu um fungo “Dedo do Diabo” chocando? Agora você tem essa chance. Mas não clique no vídeo abaixo caso seja sensível. Seus olhos verão coisas que não poderão ser desvistas.

Enquanto este organismo bizarro parece mais adequado para a vida em qualquer lugar do que na Terra, o fungo (Clathrus archeri) é nativo da Austrália e da Nova Zelândia.

Geralmente parece uma esfera gelatinosa branca, mas, quando chega a hora da frutificação, o “ovo” se abre, liberando de quatro a oito ramificações com cor vermelho-sangue ao mundo.

Qualquer semelhança deste fungo com isso aqui não é mera coincidência:

Embora pareça extremamente nojento, esses xenomorfos terráqueos possuem um método bastante engenhoso de reprodução.

Os tentáculos são cobertos com um tecido mau cheiroso, especialmente formulado para atrair moscas e outros insetos. Quando estes aparecem para alimentar-se da substância viscosa, ficam revestidos com esporos do fungo, que são espalhados quando eles voam para longe – assim, o ciclo de vida pode começar de novo. Essa tática também é utilizada por outros fungos da ordem Phallales.

Se por um acaso você está se perguntando se o Dedo do Diabo é comestível, a resposta, surpreendentemente, é sim. No entanto, (há rumores de que) sua natureza gelatinosa torna a experiência bastante desagradável.

E, caso você não seja um expert em fungos, é melhor não colocar na boca qualquer coisa que se pareça com um ovo de Alien – uma espécie estreitamente relacionada, Clathrus ruber, é conhecida por causar convulsões e vômitos quando ingerida. [Nerdist]

Por: Natasha RomanzotiEm: 16.11.2015 | Em Bizarro, Meio ambiente, Principal  | Tags: ,  
Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

Uma resposta para “Fungo “Dedo do Diabo”, o xenomorfo da Austrália”

Deixe uma resposta