Internet e redes sociais podem estar “mudando” nossos cérebros

Publicado em 19.10.2011

Segundo um novo estudo, os sites de redes sociais podem estar mudando o cérebro das pessoas, bem como sua vida social.

Varreduras do cérebro das pessoas mostram uma ligação direta entre o número de amigos no Facebook e o tamanho de certas partes de seu cérebro.

Os cientistas não sabem dizer se o uso de redes sociais é que aumenta a massa cinzenta, ou se as pessoas com certas estruturas cerebrais são apenas melhores em fazer amigos.

As regiões envolvidas no estudo têm um papel na interação social, memória e autismo.

Os pesquisadores contaram o número de amigos no Facebook que cada voluntário tinha, bem como avaliaram o tamanho de sua rede real de amigos.

Uma forte ligação foi encontrada entre o número de amigos no Facebook que uma pessoa tinha, e a quantidade de matéria cinzenta em certas partes de seu cérebro.

O estudo também mostrou que o número de amigos no Facebook refletia o número de amigos “verdadeiros” que alguém tinha.

“Encontramos algumas regiões do cérebro que parecem se ligar com o número de amigos que temos, tanto ‘reais’ quanto ‘virtuais’”, disse Ryota Kanai, um dos pesquisadores da University College London. “A questão interessante agora é saber se estas estruturas mudam com o tempo. Isto nos ajudará a responder à pergunta de se a internet está mudando nossos cérebros”, explica.

Uma região envolvida é a amígdala, que está associada com a memória e as respostas emocionais.
Pesquisas anteriores já haviam mostrado uma ligação entre o volume de massa cinzenta na amígdala e o tamanho e complexidade das redes sociais do mundo real. Massa cinzenta é o tecido do cérebro onde o processamento mental ocorre.

Três outras áreas do cérebro estavam ligadas com o tamanho da rede online de alguém, mas não com a contagem de amigos do mundo real.

O sulco superior direito temporal tem um papel importante na percepção e pode ser prejudicado no autismo. O giro médio esquerdo temporal é associado a “ler” os sinais sociais, enquanto a terceira área – o complexo direito entorrinal – é pensado para ser importante na memória e navegação.

Geraint Rees, cientista que liderou a pesquisa, disse que pouco se sabe sobre o impacto das redes sociais sobre o cérebro, o que levou a especulações de que a internet é algo ruim para nós.

“Nosso estudo nos ajudará a começar a entender como nossas interações com o mundo são mediadas através de redes sociais”, disse. “Isso deve nos permitir começar a fazer perguntas inteligentes sobre a relação entre a internet e o cérebro – questões científicas, não políticas”.

Embora o estudo tenha encontrado uma ligação entre a estrutura do cérebro humano e o tamanho da rede social online de uma pessoa, não é possível estabelecer causa e efeito.[BBC]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

34 Comentários

  1. E eu que achava que me manter longe de redes sociais melhoraria meus estudos para o vestibular…

    Então eu não devo nem ter cérebro, né. XD

    Thumb up 0
  2. As pessoas estão cada vez mais solitárias e fingidas, socialmente falando, nas redes sociais temos muitos amigos ,mas q na verdade nem conhecemos porque o q sabemos dele é só o lado bom, bonito, gentil e educado, se ñ for assim ñ o ueremos no nosso grupo de amigos virtuais, e na realidade ninguém é assim, ñ existe pessoas perfeitas.

    Thumb up 3
  3. As redes sociais potencializam as relações humanas e interpretam os anseios da sociedade massificada….

    A necessidade de manter-se conectado em várias redes de relacionamento transformou de forma exponencial as relações com o capital humano.

    Assim sendo, as relações humanas ficaram mais efêmeras na pós-modernidade…..

    Anderson Calil é jornalista em Foz do Iguaçu – PR

    Thumb up 3
  4. Este comentário é ridículo
    Tudo isso é pra promover o facebook ?que é uma porcaria.Mas pra quem gosta de saber da vida dos outros é um prato cheio.
    Já fiquei sabendo de gente sendo roubada por dar dicas de viagem para amigos no facebook,aconteceu nos U.S.A
    com amiga de minha irma.Fiquem atentos e nao caiam nessas invençoes chulas.

    Thumb up 6
  5. dizer que o tamanho do cerebro influi na inteligencia é tão absurdo quanto dizer que o ceebro é tão importante quanto uma barra de cebo(me esqueci quem falou isso), a inteligencia esta na interaçao entre o numero de sinapses do cerebro,mielina, simplesmente a sua vontade e dificuldades de aprender e etc.(olha que eu não estou com nenhum livro do meu lado!)

    Thumb up 3
    • desculpem era a velociddade,interação e numeros de sinpses do cerébro

      Thumb up 1

Envie um comentário

Leia o post anterior:
greenland-111017
Vulcões de lama antigos podem ter sido o berço do início da vida na Terra

Antigos vulcões de l...

Fechar