Os 12 felinos mais extraordinários do mundo

Publicado em 3.02.2014

Quem não ama um bom felino? Seja você uma solteira com 50 gatos ou um admirador da ferocidade e beleza dos tigres, a família Felidae é fascinante, não há dúvidas.

Os primeiros felídeos surgiram durante o Eoceno, cerca de 40 milhões de anos atrás. A espécie mais popular hoje, como todos podem adivinhar, é o gato doméstico (Felis silvestris catus), que se associou ao homem milhares de anos atrás. Além dos famosos gato, tigre e leão, existem diversos outros exemplos incríveis de felinos pelo mundo. Confira:

Tigre

1--
Os tigres são os maiores membros da família dos felinos. Conhecidos por sua força e poder, antigamente haviam oito as espécies conhecidas, mas, durante o último século, três acabaram extintas (tigre-de-bali, tigre-de-java e tigre-do-cáspio). As que sobreviveram estão distribuídas pela Ásia, especialmente Rússia, China, Camboja, Laos, Malásia, Myanmar, Tailândia, Índia, Bangladesh e Vietnã.
1---

Tigres são “bonzinhos” quando comparados com leões. Quando dois tigres se encontram durante uma caçada, eles dividem a presa (enquanto os leões lutam entre si até a morte). Além disso, se estiverem em grupo (algo raro), os machos deixam que as fêmeas e os filhotes se alimentem primeiro – os leões fazem justamente o contrário.
1-

1

Leão

2
Ah, o rei dos animais. Essa espécie temerosa de felino é atualmente encontrada na África subsaariana e na Ásia, com uma única população em perigo na Índia. Em tempos históricos, há cerca de 10.000 anos, era o mais difundido grande mamífero terrestre depois dos humanos, sendo encontrado na maior parte da África, em muito da Eurásia e na América. Depois do tigre, é o segundo maior felino.
2-

2--
Esses animais bonitos e imponentes podem sofrer leucismo, uma mutação rara que acomete principalmente animais da subespécie Panthera leo krugeri. A mutação causa uma despigmentação dos pelos e leva os animais a serem chamados popularmente de leões brancos. Estes podem ser encontrados em algumas reservas na África do Sul em estado natural, e em zoológicos ao redor do mundo.
2----

Lince-ibérico

3
O lince-ibérico é atualmente o felino mais ameaçado do mundo. Graças a um conjunto crescente de projetos que visam a sua conservação, parece estar se recuperando. Ele vive apenas na Península Ibérica, onde habita zonas que combinam áreas ricas em arbustos, para abrigo, e áreas mais abertas, que lhe proporcionam alimento.
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Sua cabeça é pequena em proporção com o corpo, e os seus membros robustos terminam em patas com quatro dedos equipados com unhas, as quais ele pode recolher completamente.

Onça-pintada

4
A onça-pintada é um grande felino que vive no continente americano, desde o sul dos Estados Unidos até o norte da Argentina, apesar de estar extinta em várias partes dessa região. No Brasil, é encontrada em maior número na Amazônia e no Pantanal.
4-

Também conhecida como jaguar, a onça-pintada é o terceiro maior felino do mundo, atrás do tigre e do leão. Ela tem mandíbulas tão fortes que suas mordidas podem quebrar até mesmo ossos e cascos de tartaruga – a mordida da onça-pintada é duas vezes mais poderosa do que a de um leão!
4--

Leopardo-das-neves

5
Você talvez se lembre de um dos mais recentes sucessos dos estúdios da DreamWorks, a animação Kung Fu Panda, onde uma das estrelas é o temido leopardo-das-neves (Panthera uncia). A União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês) classifica esse leopardo como uma espécie ameaçada de extinção desde 1986. Esse felino solitário, conhecido por seus pelos cinzas e por suas manchas negras, é nativo da Ásia Central.
5--
Junto com o tigre, o leão e a onça-pintada, o leopardo é considerado um dos quatro grandes gatos.

Guepardo

6
O guepardo é considerado o mais rápido dos felinos. É encontrado em sua maioria na África, em savanas, e pode alcançar velocidades de 100 quilômetros por hora (km/h).
6-

6--
Apesar de serem rápidos, os guepardos, também conhecidos como chitas, não costumam correr grandes distâncias. Além disso, leões e hienas percebem o cheiro de carne fresca das suas presas e podem disputá-las com os animais. Os guepardos muitas vezes abrem mão do seu alimento, pois são mais fracos que estes outros animais.

Gato-de-pallas

7
Aposto que você nunca tinha ouvido falar do gato-de-pallas (Felis manul), um pequeno gato selvagem da Ásia Central, que vive em países como Mongólia e Rússia. O seu nome vulgar é derivado do nome do seu autor, Peter Simon Pallas.
7-
E por que ele é interessante? Porque é a espécie de felino mais antiga vivendo hoje. É um dos dois primeiros felinos modernos a evoluir do Pseudaelurus (gato pré-histórico que deu origem ao tigre-dente-de-sabre).
7--

Puma ou suçuarana

8
Puma concolor, anteriormente Felis concolor, é um felino conhecido pelos nomes populares suçuarana, puma, onça-parda, onça-vermelha, jaguaruna, leão-baio e leão-da-montanha.
8--
Nativo das Américas, esse hábil predador gosta de caçar com emboscadas. A subespécie suçuarana-norte-americana (Puma concolor couguar) engloba diversas populações remanescentes de suçuarana na América do Norte, onde o felino foi quase universalmente conhecido pelo nome de pantera.

Gato-vermelho-de-bornéu

9
Catopuma badia é simplesmente o felino mais raro e esquivo do mundo. Tudo o que se sabe sobre ele foi conhecido com base em apenas 12 espécimes capturados (isso porque a espécie foi descoberta em 1855). Fica claro quão furtivo esse animal é.

O felino habita a Reserva Florestal de Dermakot, na Malásia. Não há subespécie conhecida. É especulado que haja bastante desses gatos, mas ele é considerado em perigo crítico de extinção pelo simples fato de que ninguém consegue avistar um.

Serval

10
Os servais habitam áreas pouco arborizadas em savanas, na proximidade de água, na África subsaariana. Parente próximo do leão e do guepardo, o serval pode saltar até 3 metros e apanhar aves em voo.
10-
Esse felino tem uma cabeça ridiculamente pequena e é estranhamente dócil. Embora não seja domesticado, é tratado como animal de estimação em alguns países. Isso geralmente não faz bem para o gato, que adoece quando recebe comida como ração, em vez de carne crua.
10--

Jaguarundi

11
Puma yagouaroundi é uma espécie conhecida pelos nomes populares jaguarundi, gato-mourisco, eirá, gato-preto e maracajá-preto. Encontrado desde os Estados Unidos até ao norte da Argentina, é uma das espécies de felino que menos se parece com o gato doméstico. Também é chamado de gato-lontra, por causa da sua aparência.
11---
Diferente da maioria dos seus parentes felinos, ele é capaz de tolerar outros da mesma espécie ao seu redor sem tentar assassiná-los. Também tem um vasta coleção de vocalizações, e pode ronronar, assobiar, gritar e até fazer sons de pássaros.
11-

11--

Gato doméstico

1222
122
Felis catus – os queridinhos da internet. Esses animais altamente flexíveis, com unhas retráteis, tato, visão e audição superapurados e extremamente independentes têm ganhado cada vez mais espaço no coração dos amantes de bichos. Não são muito obedientes se comparados aos cachorros, mas dão um show à parte quando mostram o que sabem fazer.
12-------

12222
A alta capacidade de adaptação dos gatos, em conjunto com o fato de que possuem poucos predadores, tornam esses animais uma das 100 espécies exóticas invasoras do mundo. Cientistas alertam para seu potencial de provocar impactos nos ecossistemas, através da competição entre espécies diferentes e introdução de parasitas e doenças.

Mas são fofos, não?
12------

12-----

12----

12---

12--

12-

12
E aí, leitor? Que outras espécies de felinos vocês conhecem e admiram? Compartilhem links com imagens nos comentários! [Naturlink, InfoEscola, Terra, OVersoDoInverso, BrasilEscola]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

7 Comentários

  1. Leopardo das Neves não faz parte do grupo dos grandes gatos (tigre, leão, onça pintada e leopardo). Ele não pertence ao gênero Panthera.

    Thumb up 2
    • na verdade não existe a tal Pantera Negra. As panteras nada mais são que Leopardos e Jaguares (onças-pintadas) com excesso de melanina. Isso tbm pode ocorrer entre tigres e leões, mas é bem mais raro.

      Thumb up 6

Envie um comentário

Leia o post anterior:
0131OPEDjones-master495
Estamos causando câncer em nós mesmos?

O uso de imagens méd...

Fechar