10 produtos derivados do petróleo que você usa no dia a dia

Publicado em 9.01.2013

Se você só se preocupa com o preço do petróleo na hora de ir a um posto de gasolina, saiba que a presença dessa substância (ou de seus derivados) em nosso dia-a-dia vai muito além do tanque de combustível – inclusive na sua mesa. Confira:

Produtos derivados do petróleo que fazem parte da sua vida

10 – Cosméticos

produtos derivados do petróleo cosméticos

Se não fosse a indústria do petróleo, aquele creme perfumado que você comprou recentemente provavelmente não existiria – derivados de petróleo (como óleos, perfumes e ceras) compõem cerca de 80% de um cosmético. Xampus, condicionadores e tinturas para cabelo também devem sua existência àquele óleo negro resultante de milhares de anos de decomposição de organismos.

9 – Borracha sintética

Mais forte e resistente a mudanças intensas de temperatura, a borracha sintética normalmente substitui o látex em diversos produtos, como artigos esportivos, tênis e pneus – em geral, um pneu demanda o equivalente a 8 galões de petróleo. A borracha sintética também é usada em fiações e isolamento de cabos, mas seu custo elevado impede que seja usada com mais frequência.

8 – Lubrificantes

Em carros, o óleo lubrificante reduz o atrito entre peças do motor, evitando que se desgastem muito depressa. Vela de parafina também contém lubrificante – um produto que, dependendo do caso, leva 90% de petróleo em sua composição.

7 – Remédios

Parece estranho usar em medicamentos uma substância altamente poluente, mas não há como negar: muitos remédios (em especial os analgésicos e, curiosamente, até mesmo os homeopáticos) contêm benzeno, um derivado do petróleo.

6 – Produtos de limpeza

Quem imaginaria que um óleo que deixa manchas praticamente irremovíveis serviria de base para produtos de limpeza? Quase todos são compostos por uma série de ingredientes artificiais que podem matar uma pessoa ou deixar a louça brilhando como nova.

5 – Asfalto

Quem é engenheiro civil sabe que o que a maioria das pessoas chama de “asfalto” é, na verdade, “concreto asfáltico” – uma mistura especial de diversos minerais que é mantida unida graças (aí sim) ao asfalto propriamente dito, um derivado semi-sólido de petróleo. Estima-se que existam cerca de 18 milhões de quilômetros de ruas pavimentadas no mundo todo, o que corresponde a uma quantidade respeitável de asfalto (e de petróleo).

4 – Tecidos sintéticos

Em geral mais baratos que os naturais, os tecidos sintéticos (como náilon, acrílico, spandex e poliéster) são largamente usados tanto em roupas quanto em produtos “de casa”, como cortinas e carpetes. Se não fosse o petróleo, sua gaveta de meias provavelmente estaria menos cheia.

3 – Comida

Se você achou estranho que derivados de petróleo estivessem presentes em remédios, provavelmente vai ficar chocado ao saber que eles também são usados direta (em corantes, flavorizantes e conservantes) ou indiretamente (em fertilizantes artificiais e pesticidas) na produção de alimentos.

2 – Plástico

Um dos usos mais conhecidos de derivados de petróleo é a produção de plástico, um composto sintético extremamente presente no dia-a-dia da maioria das pessoas – encontrado em garrafas d’água, caixas de DVD e naqueles copos descartáveis que muita gente usa em festas e até no trabalho.

1 – Combustível

Por fim, o uso mais previsível do petróleo é na produção de combustíveis: gasolina, diesel e combustível de avião respondem por cerca de 72% do consumo total de petróleo no mundo. Agora que você já conhece a grande versatilidade do petróleo, provavelmente não vai estranhar que os combustíveis sejam tão diferentes, mesmo vindo da mesma fonte.[Listverse]

Autor: Guilherme de Souza

É jornalista empenhado e ilustrador em treinamento. Curte ciência, cultura japonesa, literatura, seriados, jogos de videogame e outras nerdices. Tem alergia a música sertaneja e acha uma pena que a Disco Music tenha caído no esquecimento.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

4 Comentários

  1. Infelizmente as gerações futuras sofrerão amargamente pela ganância, dessa e das gerações anteriores que não tiveram consciência de se preocupar com o próximo.

    É como se pensassem assim: “daqui a 20, 30, ou sei lá quantos anos eu não estarei mais aqui mesmo…porque me preocupar com isso!!!!”

    Thumb up 12
    • Concordo. Mas se pudessem retirar dessa lista os carros, usando combustivel alternativo, talvez a “vida útil” do petróleo aumentasse, e não precisaria de tanta perfuração, o que agride muito o meio ambiente.

      Thumb up 56
    • Infelizmente estamos queimando, literalmente, petróleo.

      Thumb up 27

Envie um comentário