Primeira colisão de partículas do LHC não destruiu o planeta

Por , em 24.11.2009

Depois de passar 14 meses parado devido a sérios problemas técnicos, o Grande Colisor de Hádrons (LHC, na sigla em inglês) voltou a funcionar neste ultimo fim de semana – com sucesso, já que estamos todos vivos. A máquina, que tem como objetivo recriar as condições que resultaram no Big Bang, colidiu dois feixes de partículas com sucesso na tarde da segunda-feira, 23 de novembro.

O teste foi realizado para que os operadores do equipamento pudessem observar a sincronização dos feixes de prótons, além de ser um dos primeiros experimentos com as colisões dos prótons. O LHC tem 27 quilômetros de comprimento e tem vários sensores em toda a sua extensão. Segundo foi divulgado, as colisões foram detectadas em quatro pontos do equipamento, chamados de ATLAS, CMS, ALICE E LHCb.

» 7 Perguntas que tiram o sono dos físicos

Rolf Heuer, diretor geral da Organização Europeia para Pesquisa Nuclear (Cern), afirma que é impressionante que a pesquisa chegou tão longe em tão pouco tempo, mas aponta que ainda é necessária muita pesquisa antes que o programa final do LHC seja colocado em prática. O objetivo final dos cientistas envolvidos no projeto é recriar as condições de energia que levaram à criação do universo há cerca de 13,7 bilhões de anos.

O bom desenvolvimento do equipamento vem em boa hora, já que os problemas técnicos que deixaram o LHC parado durante mais de um ano deixaram especialistas preocupados quanto à sua eficácia. Desde o religamento do sistema, os operadores estão circulando feixes alternadamente nas duas direções, cada um com energia de 450 gigaelétrons-volt. O tempo de vida dos feixes chegou a até 10 horas.

De acordo com a comissão europeia que comanda o funcionamento do equipamento de 10 bilhões de dólares, o próximo passo será aumentar a intensidade dos feixes de prótons e a aceleração dos feixes que passam pelo Colisor. Se tudo correr como o planejado, até o natal o LHC já deverá ter alcançado 1,2 teraelétrons-volts por feixe de prótons, e já terá fornecido informações suficientes para as calibragens do experimento. [Gizmodo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)

53 comentários

  • Campos:

    Temos que considerar que o LHC é um colisor de partículas, não um demonstrador do big bang. Nada tem haver com a criação do universo. Em meu entender o universo não foi criado com um choque entre partículas que não existiam nesta época e muito menos um colisor para fazer este trabalho. Ele realmente foi criado do nada. Veja na internet: “Um universo à partir do nada – Lawrence Krauss”. ‘ ‘

  • cesar:

    Ja que eles falam que vai tem um planeta chamado planeta x ou nibiru
    eles bem que poderia tem ta bota isso numa coisa que podesse
    leva pro espaço e destruir o planeta x
    assim ele nem destruirisse o nosso planeta mas esse cara qui enventou isso e burro então não posso fazer nada^^!!

  • danhebotelho:

    “Só em 2011 é que eles vão fazer a experiência com velocidade máxima até à colisão dos prótons.”

    E o que acontece qndo chegar na velocidade maxima? Cabum?!
    DEPOIS DISSO NUM EXISTIRA MAIS NOTICIARIO PRA CONFIRMAR QUE FOI TUDO UM SUCESSOO…

    MEDOOO…..

  • Marcio Rony:

    Senhores, o dinheiro empregado não desapareu num buraco negro… P.ex., muito dessa grana veio parar aqui no Brasil com a compra de minérios e outros componentes. Impostos que o governo reteve para aplicar no bolsa família e outros programas sociais. Vejam que mesmo “a pedra filosofal’ sustentou o desenvolvimento sério da ciência. Voltaire dizia que o principal legado da religião é a construção de templos que fazem girar a economia e alimentam muitos pais de família. Mesmo os livros absurdos do jesuíta Garasse e a confecção do Jornal de Trévoux promoveram o bem-estar social na indústria de prensas… A principal tese do bolsa família é fazer o dinheiro circular em centros poucos desenvolvidos e desenvolver a capilaridade ecônomica, colhendo assim mais impostos e fomentando mais desenvolvimento, não se trata apenas de alimentar alguns coitados e repara injustiças históricas. Lamento apenas que não tenha sido construído aqui no Brasil. No mais, seria proibir o uso de facas e outros instrumentos pontiagudos porque alguns pivetes fazem escroques nos semáforos. Vocês realmente acham que se trata duma confraria de idiotas dos países mais instruídos do globo, então desejosos de erguer uma quimera de metal, tal como N’inrode fez no Gênesis, isso apenas para não fazer com que esse dinheiro matasse a fome do mundo…? Tenho certeza que o Grande Relojoeiro do Universo está orgulhoso de nós nessa empreitada… Querem fazer algo em benefício da humanidade, queimem os livros do Rousseau… Pois senão serão citadinos queixosos da cidade e internautas queixosos da ciência…

  • franbogado:

    É inegável que todo avanço tecnologico tem servido aos senhores da GUERRA!
    Não vejo aplicação prática nem benéfica nos avanços desse maquina, infelizmente.
    Pior que muita gente acredita que teremos nossas vidas melhoradas com essa maquina: ledo engano, essa máquina não foi feita para melhorar nossas vidas, mas apenas para provar teorias e gerar mais outras centenas delas!

    Sinto muito

  • Ruben Zevallos Jr.:

    Se todo o dinheiro gasto com ações humanitárias fossem suficientes não haveria fome e muito menos miséria… o problema não são as ações e sim o ser humano. Essa máquina de 10 bilhões procura buscar conhecimento que certamente será aplicando no nosso dia-a-dia. O entendimento de coisas simples como as partículas possibilitaram criar coisas como o que temos nos hospitais, com os tomógrafos de ressonãncia magnética por exemplo… então antes de ficarem dizendo onde vai ou não ser gasto… deveriam olhar ao seu redor e ver o quanto a humanidade evoluiu devido a gastos como esses… pense no seu carro, na sua saúde e até na pasta de dentes que você usa.

    Pena que a velocidade máxima será atingida em 2011… estou torcendo que eles consigam provar o Boson de Higgs… isso será uma grande evolução…

  • Ben Hur Nascimento:

    Em primeiro lugar, se não houver curiosidade da humanidade acerca da verdade absoluta das coisas, não existe outra razão para ficarmos aqui na Terra existindo. Todos estão cansados de saber que antes de tentar mudar o mundo, tente ao menos mudar seu bairro. Se cada fizesse pequenos gestos, não seria necessário gastos cavalares em medicina ou trouas coisas. E post scriptum, se nós compreendermos como funciona as partículas elementares, será menos um problema para humanidade lidar: energia. Com energia “infinita” poderíamos nos preocupar com coisas menores como o lado biológico dos seres na Terra. Não comparem a grande Física com Biologia.

  • Pedro Kohle:

    nossa hiqmix você é tão intelectual porque não etá trabalhando em uma revista cientifica, talves porque você é mais um ser insignificante que pensa que sabê de alguma coisa, fala como um entendedor mais no entanto sobrevive com um pouco mais que um salario minimo e concerteza você não evoluiu o mundo

  • André:

    Deus não existe, nunca existiu. Isto é obra do Homem e até hoje engana abobalhados.

    O maior problema da ciência são as pessoas que não tem um pingo de entendimento sobre o assunto e ficam gerando especulações e fazendo outros, sem conhecimento, delirarem.

    Viva a CIÊNCIA! Por ela que atualmente não somos presos em ilusões religiosas…

    Adão e Eva… aff.. me poupe…

  • hiqx:

    Chega a ser comico e triste ver que existem dois tipos de pessoas (agora três) quais comentam uma noticia interessante como essa.
    Os providos de inteligencia, quais discutem a funcionalidade do LHC.
    Os religiosos, que estão no oposto de inteligencia, quais discutem se deveríamos “brincar de deus” (?) [respondo que viver já é brincar de deus], quais se mostram indignados com a possibilidade de evoluirmos (dissonância cognitiva) e começam a praguejar profecias bizonhas.
    E os críticos, que ficam só olhando e quem dera as vezes comenta, sobre a diferença entre os dois…

    Agora vos pergunto:
    Quem evoluiu o mundo?
    Com certeza não foi os medrosos e ignorantes.

  • Pedro Santana:

    Fatimix não vou refutar o comentario de alguem com o nome tão intrigante , pode ser uma falacia minha mais seu nome deve ser esse por alguma ligação com matrix nitnitnit malditos fanaticos, acho que fosse deve se atualizar um pouco e saber que sim o lhc pode interfirir nas igrejas sim (e tomará ) ou você acredita na cobra falante ao inves do big bang 😉

  • Whidykennedy:

    O homem deve primeiro se preocupar com o que acontece no mundo, tipo a fome, corrupção e talz. Depois disso pó fazer o que quiserem com 10 bilhões. ( se me deixarem vivo é claro )

  • Fernando Sávio:

    É…
    Pelo visto vai ser adiado para 2012..
    Assim a profecia maia será cumprida!

  • Wanderson:

    As pequisas envolvendo “a máquina do fim do mundo” são oportunas e muito bem vindas,com certeza,mas a quantia empregada nesse tipo de coisa leva a uma polêmica,digamos assim.
    Como o ser humano gasta milhões de dólares para um pessoa chutar uma bola,fazer um filme “arrasa quartierão”totalmente desnecessário,gastar quantias absurdas de dinheiro com uma pesquisa com a desculpa que é em prol da ciência enquanto milhões morrem de fome praticamente no quintal de suas casas todos os dias enquanto se assiste tudo isso com a maior tranquilidade por todos os meios de comunicação possíveis e continuamos totalmente indiferentes como se isso não existisse?

    Essa é a meu ver,a questão tratada aqui.

  • Marcio:

    Bom… nada aconteceu até agora mas a máquina só chegará aos seu desempenho máximo, ou seja, o que os cientistas querem, em 3 anos.

    E se vale a pena gastar dinheiro com isso? Lógico!!! Isso é, de certa forma, para o bem da humanidade. Qualquer pesquisa e busca por conhecimento, é sempre benéfico.

  • Héstia:

    Interessante, quando surgiu a história do LHC a bendita inclusão digital fez com que a grande massa pensasse em buraco negro, crianção de um novo mundo, anti matéria e blá blá blá, puro papo furado.
    Criam um buraco negro, pá! resolvemos o problema de transporte, vou entrar num buraco negro aqui no Brasil e sair no Japão. Ou vão acabar com as injeções letais das penas de morte, enfiam o criminoso sem vergonha no buraco negro e pow! o cabra some.
    Um novo mundo? legal, reserva uma passagem pra mim no próximo foguete.
    Anti matéria? irmãos, magina tu pingar uma gota de anti matéria de pow! some toneladas de lixo!!! magnifíco!

    Gastaram dinheiro sim, antes grana numa coisa que pode destruir tudo do que na mão dos corruptos e traficantes mundiais.

    Atingem a velocidade máxima em 2011 e em 2012 tudo acaba! URRUUULLL!!!!

  • André:

    Hum… acho que esses caras do CERN com esse experimento não vão descobrir nada de bom… até agora a única coisinha que conseguiram descobrir foi a INTERNET para o pessoal ficar falando mal deles.

  • Rafael:

    Assistam o documentário The Big Bang Machine da BBC, tirem suas dúvidas a respeito do LHC e por favor, não blasfemem a respeito de ser um experimento sem fins para humanidade e pelo amor de Deus, o LHC não vai destruir o mundo, possuímos tecnologia suficiente para conter algumas micro explosões… Paciência.

  • AC/DC:

    Custo elevado?pra descobrir os mistérios da matéria isso é uma ninharia,no Brasil gasta-se muito mais com a corrupção que realmente não traz qualquer benefício,aliás se fosse FHC aí destruiria o mundo com certeza…

  • Paulo:

    Poderiam ter investido essa grana pra acabar com a fome do norteste que Deus teria ficado muito mais satisfeito do que tentar fazer algo que só é possível ao Ser Supremo.

  • Michel:

    O problema não está na quantia investida nas pesquisas, surge problema quando temos nas mãos os resultados, e estes não são voltados para o bem da humanidade e a manutenção da vida. Ai sim, temos um problema. O enriquecimento de Uranio há algum tempo atrás tb causou espanto, as pesquisas avançaram, muito dinheiro foi gasto com elas, e ai, veio uma outra mente brilhante e usou o uranio enriquecido em bombas nucleares. Portanto, esqueçam o dinheiro gasto, observe o que será feito com o resultado obtido nas pesquisas.

  • JRFernandes:

    Esta é umas das mais importantes pesquisas do seculo e 8 bilhoes ou 80 bilhoes, nao faz diferença, e um emprego que não poederia ser mais nobre. É na Europa que sempre nasceu pessoas geniais iniciativas geniais que hoje nos permite viver com conforto, que aumentou em muito nossa expectativa e qualidade de vida. Depois sobram os mediocres que copiam as ideias e batem no peito dizendo que fazem isso, fazem aquilo, que inventaram isso, ou aquilo. Nao inventaram nada, não investiram em nada, apenas copiaram saindo de suas universidadeszinhas de merd… para estudarem em centros de pesquisa na europa que os recebe de braços abertos para voltarem a seus paises batendo no peito como ja disse.
    Sem o pontapé inicial em qualquer area da ciencia não existe nada.
    Esse papo furado de “alimentar os famintos” toda vez que pessoas sérias investem suas vidas na ciencia para evoluir nosso planeta me dá nojo!

  • sergio:

    vejam este video, no tempo 1:50 minutos
    http://pt.euronews.net/2009/11/25/um-grande-feito-num-curto-espaco-de-tempo/

    somente em 2011 o CERN atinge velocidade maxima

  • sergio:

    Deixem-me explicar-vos porque é que ainda não destruiu o Mundo.

    de acordo com as notícias do Euronews, que vi hoje na televisão às 07h00 da manhã (em Portugal), o CERN fez colidir dois feixes de protões mas ainda não foi à velocidade máxima, foi um pequeno teste a uma velocidade reduzida.
    Só em 2011 é que eles vão fazer a experiência com velocidade máxima até à colisão dos protões.
    SÓ EM 2011 ..!!

    fonte: Euronews

  • Mário W.:

    Tem gente que não sabe nem fazer conta de multiplicar e dividir!
    Dizendo que se gastou MUITO com algo inútil (sic) e que poderia ter gasto esta quantia para salvar vidas.

    10 bilhões de dólares/15 anos para produzir = 667 milhões de dólares por ano gastos.

    667 milhões de dólares/6,6 bilhões de pessoas = 10 centavos de dólar por pessoa ANO!!!

    Ou seja, com sorte dava pra comprar um BAND-AID para cada pessoa por ANO!!! O que certamente é MUITO mais importante do que o LHC pode nos oferecer…

    ¬¬

  • Tiago:

    A questão do buraco negro não devia preocupar ninguém, a probabilidade de acontecer é praticamente nula. E se vier a ocorrer, será um buraco negro inofensivo, por que ele terá massa extremamente pequena, o que o fará durar uma fração minusculo de um segundo.
    E esses buracos normalmente não ocorrem, pois eles são do mesmo tipo que podem aparecer, teoricamente, em estrelas de neutros, e sabemos que esses astros são muito “calmos”, são os corpos de mais tempo de existência no Universo.
    Resumindo, a chance de um BN surgir e “sobreviver” no LHC é a mesma de um cubo de gelo sair intacto de dentro de uma fogueira.

  • jose s.francisco filho:

    gostaria de saber se surgirem buracos negros no teste do lhc, terá como reverter, se não, o que aconteceria?

  • Sam Fisher:

    Também, isso vai ajudar a mostrar q num foi um Deus q fez o universo… vai ser bom pra mostrar melhor a realidade das coisas, de onde vimos primeiramente.

    Apóio 100% essa pesquisa.

  • Tiago:

    É engraçado, falam como se o CERN tivesse rasgado o dinheiro. Não, esse dinheiro foi posto em circulação, o LHC levou anos para ser construido, criou muitos empregos. E o CERN pertence a União Européia, não tem nada a ver com o nosso dinheiro. Se entrarem no site da instituição, verão a contribuição de cada país.
    E como o colega acima disse: dizer que tem coisas melhores para fazer com o dinheiro é hipocrisia, venda seu computador e doe o dinheiro para o mendigo da esquina.

  • Bruno:

    é sempre bom avançar com o conhecimento do que existe, so pq custa 8 bilhoes nao quer dizer que seja inutil. Voces realmente acham que gastariam esse dinheiro todo pra ficar brincando? nao po, os caras tao avançando na ciencia!

  • Fernando Ferreira Passe:

    Na minha opinião temos que descobrir mais sobre o passado para vivermos no futuro pois o universo é incerto. Não conhecemos quase nada de nossa origem, este experimento veio para mostrar que temos condições de descobrir e acabar até com grandes crenças de hoje e também do passado

  • J. César:

    Boa reportagem, simples e concisa.
    Mas reitero que o mundo não vai acabar e ninguém esta brincando de Deus lá, é apenas experimentos para recriar as condições iniciais do Universo e não criar um próprio em laboratório.
    Com toda certeza muitas descobertas que trarão grande evolução para humanidade sairão de lá, afinal se trata do CERN (basta lembrar que foram eles que inventaram a internet numa época que computadores eram coisas raras).

  • Roberto:

    Desenvolver a ciência é importante, mas somente quando a qualidade de vida das pessoas são levadas em consideração. Gastar milhões e bilhões com foguetes e LHC e dizer para o povo que não tem verba para melhorar o atendimento nos postos de saúde, é chamar todos nós de “Burros” e dizer:”Fazemos com o dinheiro que obrigamos vocês pagarem com impostos, o que quisermos, seus idiotas”. É lastimável.

  • Fatimix:

    Mãos de curiosos???
    LHC acabar com as igrejas…
    Credooo! Qdo não se tem domínio sobre o assunto é melhor estudar ou calar-se para não falar bobagem.
    Maldita inclusão digital!

  • Fatimix:

    E obrigado Tiago! Acho que foi o único comentário inteligente.

  • Fatimix:

    Vao estudar um pouco a história da física para entender sobre avanços tecnológicos e suas contribuições para a humanidade.
    Nunca vi tanta asneira escrita em um mesmo site. DEUS??? Bizarro!
    Não vão me dizer que acreditavam que o mundo iria acabar sendo sugado por um micro buraco negro desenvolvido pela colisão???
    Mas… Vá!

  • Tiago:

    Ledo engano. Pessoas que criticam esse experimento (por causa dos custos financeiros) têm muito pouco conhecimento sobre como esse ramo da ciência funciona.
    O CERN já faz experimentos parecidos com esse há um bom tempo, e graças à um deles, para citar apenas um, estamos aqui lendo essa noticia, foi lá que nasceu a World Wide Web. E o desenvolvimento economico trazido por essa invenção é suficiente para bancar vários LHCs. Os avanços na area da Física de Particulas trazem muitos beneficios sim, principalmente no ramo tecnologico. E não vai demorar muito para que novas avanços tecnologicos surgam graças ao LHC.

  • ze:

    Otimo artigo…o dinheiro usado na ciencia NUNCA eh jogado fora como mtos pensam,se hoje existe computadores e td mais é pq houve um envestimento pesado nessa area.Para nós, leigos ,parace nao ter sentido algum o experimento mas no futuro iremos ver seu valor.

  • Pedro Santana:

    em primeiro lugar em não acho um desperdicio de dinheiro pois só na gerra dos EUA com o iraque os gastos pasaram de um trilhão,e essa pesquisa vai responder muitas perguntas, alias quem sabê assim eles consigam acabar com as igrejas essas sim roubam dinheiro de muita gente 😉

  • Pedro Santana:

    em primeiro lugar em não acho um desperdicio de dinheiro pois só na gerra dos EUA com o iraque os gastos pasaram de um trilhão,e alias quem sabê assim eles consigam acabar com as igrejas essas sim roubam dinheiro de muita gente 😉

  • SubHeaven:

    Quais os benefícios das experiencias de Pasteur, ao fazer experiencias para saber se os vermes surgiam do nada em carne podre trouxeram pra nós?

    Quais os benefícios do experimento de Benjamin Flanklin em soltar uma pipa no meio de uma tempestade para saber se os raios eram realmente eletricidade ou não?

    Não sei todos os objetivos do projeto, mas sei que um deles é conhecer mais sobre o comportamento da matéria e de quê ela é formada. Os resultados dessa pesquisa poderão servir de base para o desenvolvimento de computadores mais rápidos, melhorar as telecomunicações, desenvolvimento de novos materiais, geração de energia, transporte, equipamentos médicos e muito mais.

    Não é brincar de deus, é conhecer mais sobre o mundo que nos cerca.

  • Jonas:

    Desperdicio de dinheiro? vcs realmente acham que fariam tal coisa sem que haja beneficios?
    A questão maior eh de entender as energias e particulas, com isso pode-se desenvolver inclusive formas de geração de energia, ou qm sabe possiveis viagens espaciais, eh um universo a ser descoberto e estudado, entender o nosso universo pode gerar problemas assim como pode solucionar problemas.
    Mas criticar eles pelo gasto justificando que ha outros problemas eh hipocrisia, vendam os seus PCs e alimentem os pobres!

  • lucas:

    É um grande avanço no campo da ciência, porém concordo que no mundo existem coisas mais importantes a serem realizadas. Por exemplo a fome, a miséria, a pobreza e entre outras mais…

  • Marcos:

    Desculpem – escreví errado ‘humanidade’ …
    Abraços

  • Marcos:

    Num primeiro momento, pode parecer elevado o custo do LHC mas estes experimentos resultarão em beneficio para a humanindade, uma vez que compreenderemos muito melhor a matéria que nos cerca, trazendo, consequentemente, domínio em diversas áreas, inclusive na Medicina.
    Abraços

  • Ana Carolina Batista:

    E se der errado?
    Estamos nas mãos de alguns curiosos?

  • Silvio José de Castro Pinto:

    Vejo pessoas depreciando o valor do LHC criticando seu elevado custo. Não concordo, a humanidade precisa avançar sempre, esta é uma das razões da nossa existência sem o que a vida estagnará e estaremos condenados a extinção. Acredito que uma melhor compreensão da matéria nos permitirá um maior domínio sobre a mesma o que certamente melhorará a vida de todos.

  • Lucas:

    Eu sempre acho super interessante esse tipo de matéria. E dou o maior apoio para estudos do assunto.

  • Victor Carlos:

    Discordo dos q dizem q eles brincam de Deus,acho q tao fazendo um avanço importante para a ciencia,e para qm diz q sao 8 ou 10 bilhoes jogados fora,se vc tiver q reverter toda verba para resvoler problemas do mundo,como fica o desenvolvimento da ciencia?

  • leandro:

    8 bilhoes jogados fora, existem 8 bilhoes de coisas a resolver no mundo, e gastam essa quantia ”divulgada” nisso, pra que? Vocês acreditam mesmo que isso vai dar a explicação da criação do universo? Essas ”PESSOAS” – elite – estão preocupadas é com outra coisa!!

  • Willians Serodio:

    Estão brincando de Deus…

    Será que vale apena?

  • Márcio de Albuquerque Guimarães:

    Achei o artigo super interessante, mas gostaria de mais informações, com relação ao real benefício que este esperimento trará para a humanidade, uma vez que agrupa vários cientistas renomados. Será que seria mais proveitoso se trabalhassem para desenvolver equipamentos para medicina com um custo menor de aquisilção e manutenção? Será que é um disperdício de dinheiro?

  • Magno Rocha:

    Por que investir tamanhas cifras em máquinas como estas, enquanto se poderia investir no bem-comum da humanidade?
    Dez bilhões em nome de quê realmente?
    Vale mesmo a pena tal esforço científico…? Olha-se demais para os limites do intengível… Esquece-se o que está ao toque… humano… Vivo.

Deixe seu comentário!