Novos motores de ônibus deixam as ruas mais silenciosas

Por , em 10.12.2009

Quem tem o hábito de andar de ônibus sabe que a simples tarefa de manter uma conversa é difícil às vezes: o barulho do motor do ônibus muitas vezes é mais alto que qualquer outro som, e outros barulhos do transporte ajudam a deixar a poluição sonora ainda mais intensa. Pensando nisso, um novo ônibus, chamado de DesignLine, foi colocado nas ruas de Nova York, nos Estados Unidos, e se destaca por não fazer barulho.

Quando o ônibus arranca ou pára bruscamente, faz pouco mais que um som baixo, que é facilmente abafado pelo ar-condicionado de dentro do transporte público. O motorista James Sollecito dirige ônibus da cidade há mais de quinze anos, e afirma que nunca andou em um ônibus tão silencioso e com uma aceleração tão boa.

» Truques para evitar enjôo ao andar de carro

O silêncio, tão em falta nas ruas das grandes cidade, é conseguido jogando fora o elemento mais básico do design de automóveis: a combustão interna. Em vez de um motor barulhento, baseado em pistões, os criadores da DesignLine fizeram o automóvel à base de uma bateria de lítio – uma forma de energia limpa geralmente usada em computadores. Isso faz com que o ônibus tenha menos partes móveis, e muito menos chances de fazer barulho com elas.

Três dos ônibus deste tipo estão fazendo viagens no Brooklyn e em Manhattan, e custaram 559 mil dólares cada – cerca de 965 mil reais. Se o projeto-piloto foi aprovado, 87 novos ônibus começarão a ser usados na cidade a partir do fim de 2010, como parte de um contrato de 60 milhões de dólares (100 milhões de reais) fechado com a DesignLine, empresa criada na Nova Zelândia.

Os ônibus têm 37 assentos, e seu interior é iluminado por painéis de LED, e as baterias são recarregadas toda vez que o motorista aciona os freios. “É o veículo mais avançado que temos na nossa frota”, afirma Charles Seaton, porta-voz da Secretaria de Trânsito de Nova York.

Apesar de todas as suas vantagens, nem todo mundo gostou da novidade. Valeria Murray, que fez uma viagem no ônibus, afirma que não gostou dos assentos elevados do novo ônibus, porque ficam mais próximos do teto do que em ônibus normais. Além disso, ela diz que ele não é tão silencioso: “Talvez até fosse se a estrada fosse menos acidentada, mas do jeito que está, fica praticamente igual”, diz.

Maria Príncipe também utilizou o novo ônibus e afirma gostar da aparência dele: “Parece que o ar é mais lindo, mais leve. Ele ainda é barulhento, mas é mais claro”, diz. Darryl Samuel, que trabalha no departamento de educação da cidade, se mostrou satisfeito com o silêncio do ônibus. “Geralmente os ônibus têm muito barulho dos motores, esse é muito mais quieto, parece que é elétrico”, afirma.

» Ônibus movidos a esgoto

A autoridade por trás da novidade nas ruas de Nova York é Jay Walder, responsável pelas melhorias no sistema de transporte público em Londres, onde os ônibus são usados mais freqüentemente que os metrôs. Em Nova York, a situação é inversa, mas Walder afirma querer mudar isso. O plano é adquirir 2,5 mil novos ônibus entre 2010 e 2013, e substituir quase todos os ônibus que têm mais de 12 anos de uso.

O plano também envolve criar sistemas de pistas exclusivas para os ônibus e o uso de cartões de passagens que ao ativados em sensores, que diminuem o tempo de embarque no transporte. Outro plano é a instalação de um programa que permite que os passageiros comprem as passagens antecipadamente e confiram em quanto tempo o ônibus irá passar naquele ponto. [NY Times]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

  • Wanderson:

    Putz…Esse pessoal tá reclamando de quê?
    Por que eles não vem dar uma voltinha nos nossos “silenciosos busões”aqui no Brasil para eles pensarem que são felizes e não sabem?

    O Brasil precisa de um ônibus assim.Não só ônibus,trens,estradas,enfim um sistema de transporte público descente e totalmente renovado.
    Quem sabe investir quase a metade do PIB em trasporte público com faz o Japão.

Deixe seu comentário!