Não adianta orar por saúde

Por , em 20.02.2010

Se você reza para sempre ter muita saúde, pode parar. Um novo estudo mostrou que, quando se trata de problemas no coração, ir à missa todos os domingos ou rezar para sua divindade não vai te proteger de um infarto.

Em um estudo que analisou 5500 pessoas, os cientistas esperavam que a taxa de problemas cardíacos entre os religiosos fosse menor (religiosidade, para eles era ir a cultos ou orar, ou seja, praticar a religião escolhida, independente de qual fosse). Durante quatro anos, eles presenciaram 152 ataques cardíacos ou problemas nas artérias em seu grupo de estudo. Esse número é de menos de 1% por ano.

» O poder de cura da oração

Mas nenhuma das situações que influiu nos ataques cardíacos, ou sintomas de outras doenças (como diabetes) teve maior presença em pessoas não-religiosas do que nas religiosas. A explicação que eles têm para o resultado de estudos anteriores é que muitas religiões aconselham a moderação na hora de comer e desaconselham o uso do álcool e do tabaco. Sendo assim, pessoas dessas religiões seriam, com certeza, mais saudáveis. [Reuters]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

46 comentários

  • Campos:

    A oração é um artifício psicológico. Rezar ou falar para o vento, é a mesma coisa. É jogar palavra fora. Quem está escutando? Ninguem. Um maluco falando sozinho, pode-se dizer que está rezando. Este santo entende todos os idiomas falados? Idomas extintos e não extintos, esta existencia não acaba nunca, sem comida, sem necessidades fisiológicas, sem cérebro para pensar, sem instrução a vida toda. Dizer que é um espirito, é pior ainda. Espírito e alma não existem, é como magia. Sejamos práticos, deixemos de crendisses. É como um esquisofrenico que ve coisas, ouve vozes, etc. De musico, poeta e louco todos nós temos um pouco, potanto todos nós temos uma dose de esquisofrenia.Uns mais outros menos. Hoje em dia não mais endeusamos os videntes, como antigamente. O mundo está mudando.

    • Angel:

      No mundo de hoje podemos ser livres para acreditar no que quiser. Numa filosofia, numa religião, na neurolinguistica ou na oração. Ter tolerância para aquele que não crê é tão importante quanto para aquele que crê. A fé é uma experiência intransferível. Portanto, não importa se você acha que aquela pessoa está rezando para os ventos. Para esta pessoa os ventos tem um nome e personifica sua esperança.
      Então, felizes aqueles que creem, pois estão orando e se confortando em sua fé. E para aqueles que não têm fé, pouco importa, não é mesmo.
      A verdadeira liberdade é não se importar se o outro é diferente de si, nem tentar convencê-lo de suas verdades.
      Fiquem com Deus, com sua filosofia ou com o Nada. O Reino de Deus tem muitas moradas,rsrs

    • Leandro Rocha:

      O que não muda o fato de que ele pode expor sua opinião invariavelmente do que os outros acreditam.

  • Joel:

    Os homens recusam o conhecimento da vontade do Eterno e O Eterno Pai Criador disse; Os que recusasm conhecer-Me serão transtornados, ainda, O Meu povo foi destruido porque lhes faltou conhecimento. O Criador não leva em conta o nosso tempo de ignorancia, entretanto quando vemos a Luz, não podemos permanecer nas trevas, se o Criador deixou o ensino de leviticos 11; para saúde da humanidade, porque ignora-la?
    O Homem não deveria nem comer carne de especie alguma, mais pela duresa dos corações, O Eterno permitiu e classificou o que pode e o que não pode, porque certas especies podem transmitir enfermidades como o porco, a lebre que apodrecem em algumas horas etc. sejamos sábios e obedientes.

  • Célia Regina:

    Sem comentario para esse tema.Não adianta orar por saúde
    .DEUS é maravilhoso temos que ter sim humildade. Que absurdo eu sou prova que a oração adianta sim para saude

    • Leandro Rocha:

      Vc é prova de que foi no médico. A maior prova que orar adiantaria sim para a saúde seriam as pernas de um amputado crescerem novamente – o que nunca aconteceu.

  • joao Paulo:

    _HS agora boia na colocação deste tema, na realidade o que acredita encontrar cura por meio da fé acredita em milágres baseado na propria história das curas do passado cristão,que apesar de não ter dúvida que de fato ocorreram, mas a vida corre seu curso normal ate o estabelecimento da ordem mundial com o reinado messianico ou reinado de Cristo, que resultará no fim das doenças e da morte enfim vida eterna que muito não dão créditos, amostra do que ocorrerá no futuro foi deixado por jesus e seus apóstolos quando curou enfermos e resuscitou, mas ele mesmo disse que era um amostra, os que ele curou não adoeceram novamente, mas os resuscitados morreram, para que estabeleça a nova ordem é preciso o processo em que esta submetido a humanidade,filtrar o povo das impurezas da terra para fins de servir a Deus, e mesmo os que em cristo morreram seram chamados de volta pra vida no dia do juizo final, assim esperamos que aquele que foi resulcitado por jesus o seu amigo Lásaro possa vir de volta para vida entre nós, mas é preciso entender que as curas de hoje não são ministradas por Deus verdadeiro, porque além de curar, os dicípulos de Cristo assim tambem o próprio Cristo resucitava os morto, porque o Espirito Santo de Deus se manifesta na sua plenitude e não em partes, assim que terminou a escrita da biblia os dons de cura cessaram juntos o que era parcial e não em escala global e nem vida eterna, e isso esta escrito lá na biblia. 1CO 13:8-11/ MT 7:22e23 MT 24:24

    • Leandro Rocha:

      Isso está na Bíblia, não em um livro científico com dados e fatos comprovados e estudados.
      Ou seja, isso só faz parte de um apunhado de contos.

  • Jorginho:

    Que tipo de religiosos estudaram?
    Foi daqueles que vão ao templo com as barrigas cheia de carnes e alimentação industrializadas?
    Fui da Reforma por mais de 2 anos e são vegetarianos…

    Uma pessoa consagrada não andam comendo porcarias.
    O que, pelo seu regime alimentar(abstinência)já por si, reduz grandemente certas propobilidade de infermidade.(Daniel 1:12-13)
    Isso, independente de serem religiosas.
    Suas alimentações são sadias(apesar que eu mesmo não apreciava… mas, vivia como eles em suas bases de alimentáção.
    Quem duvida,faça uma pesquisa sobre regime alimentar da igreja Adv.Reformista do 7°dia e vejam o índice de doenças desse povo.

  • Jefferson:

    “E estes sinais acompanharão aos que crerem: em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas;
    pegarão em serpentes; e se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e estes serão curados”

    Ora, o Senhor, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu, e assentou-se à direita de Deus.

  • Renne:

    Cara,como vcs sãos hipócritas,
    Como alguém que enche a pança de gordura e açucares quer que DEUS a cure de taques cardíacos, ou sintomas de outras doenças (como diabetes
    è obvio,eles pegaram os cristãos churraqueiros,sai da missa ou do cultoe vai pro churrasco

    Meus queridos Deus Deixou a dieta recomendada para nós em leviticos 11

    Agora, diga para esses pesquisadores fazerem seus testes com pessoas fies a Deus, ex adventistas que obedecem as leis de saúde,ninguém aqui fala que eles vivem mais em todo mundo por causa de sua alimentação bíblica,querem fazer

    Brigadinho

    • Leandro Rocha:

      Seu deus também deixou em Deuteronômio o que fazer com mulheres quando se descobre que elas casaram não virgens:
      “Se uma jovem é dada por esposa a um homem e este descobre que ela não é virgem, então será levada para a entrada da casa de seu pai e a apedrejarão até a morte.”
      – Deuteronômio 22:20-21
      Então, pedras na mão?

  • Renato:

    Putzzz cada coisa !

  • Wanderson:

    Esse artigo me lembrou de uma pequena estória…

    Havia um homem muito religioso,ilhado por causa de uma enchente que estava aumentando de nível até que chegou um homem em uma canoa e o ofereceu ajuda,ele porém disse serenamente,”Deus irá me salvar”.
    Algum tempo depois uma lancha se aproximou oferecendo ajuda e obteve a mesma resposta “Deus irá me salvar”.
    Horas depois um navio se aproximou e nada do homem querer ajuda,sempre dizendo que Deus iria salvá-lo.

    Até que finalmente,a enchente se tornou mais forte e afogou o crédulo homem.
    Ao chegra no céu,o homem tem um encontro com Deus e pergunta a Ele por quê ele não o salvou,Deus serenamente respondeu,”Meu filho,eu te enviei três embarcações e em nenhuma delas tu entrou.”

    Moral da estória e do artigo:A pesquisa está certíssima e não vai de encontro a religião,só se equivoca quanto da eficácia da prece.
    Como diz na Bíblia,Ajuda-te que o céu te ajudará pois a fé somente sem as obras é morta.

    Não adianta ficar sentado em um banco de uma igreja,com a boca escancarada(parafraseando Raul),cheia de dentes,esperando algo cair do céu em nosso colo,façamos a nossa parte que o céu nos auxiliará na medida dos nossos merecimentos,pois se ora para perdir “auxílio” na vida e não presentes gratuitos do céu.

    Quem pensa assim está equivocado.Ter fé não significa ter preguisa e sim ação,coragem.

    Abraços.

  • Daniel:

    Ué não depedende de só orar, ou seja, significa especialmente da vontade de Deus.
    No Pai Nosso, oramos ”…que seja feita a sua vontade…”

  • João:

    Deus como pai amoroso,perdoa quem escreve e fala bobagens![2]

  • JUMENTO:

    PARA O EZIO:

    Verdade…rs. concordo e até gostei da citação da Dercy.
    Viveu mais tempo que o Papa.

    Faz jus ao artigo.

  • Valter:

    Não adianta orar por saúde, o que adianta é nos movermos, gerando nossa própria saúde. A força da Vida(Deus) está em nós, sempre esteve, desde o início. A responsabilidade agora é nossa. Nós somos os nossos próprios criadores de vida, com saúde ou sem saúde. Nós, os que destruímos, com tanta poluição e devastação, agora precisamos construir um Novo mundo limpo e saudável. Busquemos então a espiritualidade, pois ela é mais efetiva do que a religiosidade. Nada muda se eu não………..

  • João Paulo Silveira:

    Tati…

    Esse sentimento que chamas de humildade, talvez seja o mesmo que sentiu o primeiro homem a perceber o fogo. Para ele o fogo seria um “milagre”, mas sabemos que é apenas uma reação físico/química sem nenhuma magia envolvida nisso.

    A humildade, esse sentimento bem platônico construído por todas as religiões que tiveram a sua influência (as judaico/cristãs todas) é apenas um modo de ver o mundo…

    Sentir-se “pequeno” frente ao universo desconhecido pode ser bem humano mas não é mais que fruto de nossa ignorância.

    É por sobre esse sentimento tão humano que trabalham todas as religiões… e nós, em nossa ignorância, nem percebemos.

    Se existisse um Deus criador, por certo ele se orgulharia muito mais de sua criação se ela procurasse o esclarecimento e não o dogma e a mistificação que só aprofundam as trevas denossa cegueira.

    Abraço.

  • tati:

    eu acho que ter fé em Deus é um gesto de humildade e simplicidade. Vem de reconhecer que a força que existe na natureza nao vem do nada, mas que a vida existe, e isto em si ja é um milagre. O milagre da vida nos mostra que existe algo maior do que nos, algo perfeito e sublime, algo muito alem de nossa compreensao. Então, agradeçamos por isto, e este bem querer já é uma prece que chega a todos, desejando a vida e felicidade .

  • Bruno:

    Há mesmo pessoas que, como na parábola de Platão, têm medo da luz de fora da caverna. Preferem ficar com suas vidas medíocres mas enganosamente estáveis lá dentro…

  • Sam Fisher:

    [quote]Murilo
    Quando se ora pelo pão de cada dia não significa que Deus vai te entregar o pão na mesa. Significa que vai haver a colheita do trigo, que vai virar massa, que vai virar pão, e vai ser comprado com o dinheiro do seu trabalho.
    O mesmo vale para quando se ora por saúde.
    Como diria o versículo: Vigiar e Orar.[/quote]

    Falou e disse, tenho saúde, sou feliz e tenho a vida boa, tudo, absolutamente tudo, sem precisar orar ou ficar pregando sobre algum “ser” espiritual.

  • Ezio:

    PARA O JUMENTO.
    O que o Papa teria em competir com a Dercy Gonçalves?
    Passou dos oitenta, meu caro, é lucro.
    Nos tempos da idade média pra trás, a espectativa de vida não ultrapassava 60 anos; hoje a média chega aos 75 anos.
    Só Matusalém que viveu numa época em que o calendário era conta um ano para cada lunação.
    Basta estudar muito, pesquisar bastante com imparcialidade e um pouco de compreensão.

  • Maria Candida Silva:

    Os comentários contrários são todos indicativos de sede por provas.
    O comentário mais inteligente é o do Danilo Moraes.
    As pessoas querem conhecer a Deus sem buscá-lo, sem se humilharem e sem se arrependerem dos seus pecados. Deus é Deus e não vai se moldar a alguém, nós é que temos que nos moldar a ele.
    Ir à igreja é uma forma de ir até Deus. As outras formas são a oração e o louvor (adoração em forma de cânticos ou palavras) e ambas são praticadas não só na igreja, mas em qualquer lugar.
    Sem um coração rendido, nunca se terá uma experiência com Deus!

  • Danilo Moraes:

    Sabem, se formos pensar se Deus existe ou não, primeiro vamos pensar la no início, desde quando o homem começou a acreditar na idéia de um ser superior?? Alguma coisa deve ter acontecido para que se dispertace essa idéia…
    Eu ja acredito naquilo que um filósofo disse: “penso, logo existo”. Se existo, existo além da morte e se existo além da morte, alguem me criou entao existe um Deus, um ser superior, nosso pai.
    Na física, algo so pode entrar em movimento ou ser carregado de energia (sinética por exemplo) se um outro corpo tmb carregado, compartilhar essa energia… Porque seria diferente comparando a nossa existência??
    Eu acredito em Deus, e nada pode provar isso, apenas podem acreditar nisso. Se voce quer saber de algo, vc tem que ir atras. Para saber sobre matematica por exemplo, vc precisa estudá-la, pensar nela e realmente estar “mexendo” com ela para aprender alguma coisa. Mesma coisa e com a “religiao”, para aprender sobre a existencia de um deus, é necessario tmb ir a uma igreja, estudar, orar e fazer tudo que va te deixar perto dele. Para se saber de algo é necessario praticala e estudala…
    Abraço

  • benq:

    a reza pode ajudar no sentido do pensamento positivo… na esperança e tal

    porem achar que um ser divino qualquer vai te curar é um piada

  • João Paulo Silveira:

    O máximo que a reza ou a fé podem proporcionar é catalizar um estado de espírito positivo e esperançoso, que talvez desencadeie algum processo ainda desconhecido.

    Rezar e ter fé é inerente ao nosso ancestral sentimento de solidão frente ao universo, ao “mistério da morte”, o que na verdade é incapacidade de aceitar o inevitável fim.

    Alem disso sobram apenas as especulações e as opiniões contaminadas pelo ambiente religioso que doutrina e faz crer naquilo que, iludindo, nos dá algum lenitivo frente ao inevitável fim.

    A razão é um peso, um fardo as vezes bem pesado de carregar. Afinal a ilusão de um pai celestial nos protegendo e fazendo a justiça que nos contemple é sempre melhor do que nossa inexorável finitude. Aliás, a alegoria bíblica (esse amontoado de lendas e contos) da “queda” do paraíso ilustra muito bem isso, onde o homem, utilizando-se de sua razão – escolhendo comer do fruto “proibido” – escolhe também arcar com as consequências de suas escolhas.

  • Murilo:

    Quando se ora pelo pão de cada dia não significa que Deus vai te entregar o pão na mesa. Significa que vai haver a colheita do trigo, que vai virar massa, que vai virar pão, e vai ser comprado com o dinheiro do seu trabalho.
    O mesmo vale para quando se ora por saúde.
    Como diria o versículo: Vigiar e Orar.

    Aliás, muito bom seu blog. Amei ele.

  • Daniel:

    Cade a novidade?

  • miguel:

    me desculpe mais tem opnioes totalmen

    te erradas pois a fe esta dentro de cada um de onde vem tantos milagres que aconteceram eu conheco uma moca que foi fazer um exame das mamas e foi detectado um tumor no seio toda a igreja comecou a orar por ela quando ela voltou para marcar a cirurgia o tumor tinha sumido a esposa do meu irmao tambem tinha uns nodulos na garganta e atraves da oracao tambem sumiram eu poderia falar de muito casos de libertacao pois foi deus que fez o homem ele nos conhece por dentro e por fora e faz milagres sim precisa ter fe para acreditar

  • Mila:

    A questão não é simplesmente orar para obter uma graça ou uma cura, hoje muitas coisas então se tornando apenas palavras e atos sem reflexão e nem mesmo ação… contraditório não?!

    A questão é que apenas ir a uma igreja ou instituição religiosa, ir por ir é a mesma coisa que nada, vejamos bem, ir para igreja que tem tantas regras de conduta e não praticar estas regras não o faz religioso, ou sendo mais ácida, se dizer cristão, budista, espírita, evangélico, e não entender e nem reflexionar sobre suas regras, sua participação é algo meramente teatral, ou para dizer que tem uma religião, fácil assim não é.

    Várias religiões já trabalham a questão de que não adianta orar se você não respeitar as regras sociais, as regras da natureza entre outras. Não ter responsabilidade sobre sua saúde, sobre suas ações de modo geral não mudam as reações das leis da natureza, como a lei de causa e efeito que já são conhecidas, e uma oração não vai ser suficiente para mudar o curso das coisas. A oração no ponto de vista religioso (de algumas religiões) depende da sua ação em primeira instância, balbuciar palavras apenas por repetição não é oração.
    Orar é para que você possa fazer auto-análise auto-reflexão, permitir um momento de intimidade com você para que você se olhe e se conheça. Assim por exemplo permite que você avalie com mais facilidade, seus erros, acertos, etc.

    Outra questão é esta é uma pesquisa por amostragem de um grupo social, limitado e localizado, são necessárias mais pesquisas para q uma afirmação sustente uma probabilidade de verdade, não digo que a pesquisa está errada ou falha, mas dentro do saber cientifico sabemos que uma premissa não pode ser colocada como verdade universal, ainda mais hoje com tanta diversidade dos grupos sociais. Americanos do norte possuem hábitos de sociais diferentes do restante da população mundial, sendo assim seria uma falácia afirmar como verdade uma pesquisa com uma amostragem com um número tão baixo e com esta limitação do grupo social.

  • Bovidino:

    Na realidade não adianta rezar nem orar para obter qualquer coisa. As pessoas que dizem que receberam uma graça após muita reza ou oração, teriam recebido a mesma graça sem nenhuma reza ou oração. As graças são concedidas por merecimento e não por reza ou oração. Ser religioso é praticar o bem, ser correto e honesto em qualquer circunstância e aceitar tudo que nos acontece sem lamentações, pois tudo que nos ocorre só pode ocorrer com a permissão do Criador. E isso é que é a verdadeira fé.

  • Leandro:

    A religião é muito mais psicológica do que qualquer outra coisa.
    Eu não sou um religioso praticante, mas com certeza manter a fé vai evitar do individuo fazer coisa consideradas erradas como comer coisas pela gula, usar drogas, licitas ou ilícitas e cometer o mal para com o próximo.
    Tudo isso numa média vai prolongar a vida do religioso.
    Mas com toda certeza participar de manifestação religiosa não vai tornar ninguém imortal.

  • JUMENTO:

    Se rezar curasse alguém, o nosso falecido PAPA JOÃO PAULO estaria vivo ainda, mesmo que cambaleando pois, o mundo inteiro (cristão) rezou por ele para que melhorasse. E, como era uma pessoa e/ou celebridade bem relacionada com demais religiões, to para arriscar que até quem não era cristão chegou a fazer algum tipo de oração por ele.

    Não questiono a força que cada um de nós seres humanos temos dentro e que, a manifestação dela chama-se de FÉ.
    Meu conceito de “REZA” é uma forma para cada um de nós quando a realizamos, de nos desligarmos dos pensamentos e influencias cotidianas e estarmos concentrados o melhor possivel num unico foco… a entidade DEUS.

  • Flávio:

    Quero ver deus curando amputado.

  • Aldo:

    Por favor !!! Isto é uma questão de Fé !!! não tem cogitação em que a ciência se meta nisto !!!

  • Carlos:

    Falar que nao adianta nada orar por saude e facil, mas entao porque as pessoas doentes querem que alguem ore por elas?

  • Manu:

    Isso mostra que os religiosos estão cometendo o pecado da gula. Ai eles rezam pra divindade deles perdoar.

  • Vagner:

    Um pouco embaraçante o artigo, afinal não está demonstrado a vida anterir da pessoa, pode ser que tal pessoa não tenha sido religiosa anteriromente. O que pressupõe algo vazio e pouco razoável e tendencioso…

  • Campos:

    Está claro que não adianta rezar para nada. A reza é um sinal de timidez, de se sentir impotente, enfim é sinal de inferioridade, ignorancia, etc. Se reza resolvesse alguma coisa os padres teriam uma saúde de ferro.

  • Elman Lux:

    Quem vai por essa linha de pensamento acaba por dar murros na ponta de faca.
    O que ocorre nas curas é a ativação das energias de restauração que temos.
    Também quem pensa em ficar de boca aberta esperando cair “maná” dos céus, vai morrer de inanição.
    Para que tudo venha a se tornar realidade é preciso caminhar na direção da cura e querer que ela ocorra.
    Com isso não quero eliminar ajuda da medicina, ela é benvinda e funciona sem dúvida.
    Mas entre ficar do lado da estatística onde tratamentos medicos não deram bom resultados, é preferível ficar na outra coluna onde tudo deu certo.
    Acreditando com fé que tudo pode ser bem resolvido.

  • Andrew:

    Ufa, ainda bem que descobriram isso, não preciso mais ter que ficar rezando toda noite antes de dormir. É muito chato.

  • Jr:

    Deus como pai amoroso,perdoa quem escreve e fala bobagens!

  • Roodney:

    Não me importa em nada os estudos , vou continuar rezando a Deus do mesmo modo pois alcancei uma grande benção dele ,a cura de minha mãe.

  • jr:

    Altair,
    Se o cara afirma que que não existe, também tem que provar.
    A prova deve vir daquele que afirma alguma coisa, mesmo que seja afirmar que algo não ocorre ou não existe.

  • Altair:

    Isso é só o óbvio comprovado por pesquisas,aliás quem afirma que existe uma “cura espriritual” é que tem que prová-la!

Deixe seu comentário!