5 enormes navios de guerra e um submarino da 2ª Guerra desapareceram do fundo do mar

Por , em 21.11.2016

Em 1942, ao largo das costas da Indonésia e da Nova Guiné, aconteceu a Batalha do Mar de Java, que terminou em uma derrota para as forças britânicas, holandesas, americanas e australianas na região, e em um enorme ganho territorial para os japoneses.

No fundo do Mar de Java ficaram alguns souvenires desta batalha, incluindo dois navios de guerra holandeses, três britânicos e um submarino americano. Todos esses, no entanto, desapareceram completamente nos últimos meses.

Uma investigação internacional está em andamento para descobrir como este truque notável foi realizado, mas é provável que os navios tenham sido roubados para sucata.

A descoberta

Três navios holandeses – HNLMS De Ruyter, Java e Kortenaer – estavam entre os que afundaram em 1942. Em 2002, mergulhadores amadores encontraram os destroços, e várias expedições profissionais ao local procuraram documentá-los e protegê-los desde então.

A expedição deste ano vasculhou o fundo do mar com sonar e, embora as impressões dos três naufrágios estivessem lá, dois dos navios tinham desaparecido completamente. O Kortenaer está presente, mas um pedaço enorme dele foi removido.

Recuperação de sucata é uma prática comum na região, graças à sua reputação como um cemitério de navio de guerra. Até agora, no entanto, apenas navios menores foram vítimas dos ladrões. Este roubo ocorreu em uma escala muito maior.

Informações adicionais publicadas pelo jornal britânico The Guardian revelaram que três navios britânicos também desapareceram, juntamente com um submarino americano. Os HMS Exeter, Encounter e Electra também afundaram em 1942 e foram encontrados em meados dos anos 2000.

HMS Exeter

HMS Exeter

Operação sem precedentes

O roubo dos navios de guerra não é trabalho de amador. A fim de remover estas massas de metal enormes, uma operação sem precedentes teria que ter ocorrido.

Houve relatos de pessoas posando como pescadores e usando dinamite para fragmentar os destroços em peças mais facilmente gerenciáveis. Além de ser péssima para a história, uma atitude como essa também ameaça o bem-estar da vida marinha local.

Especialistas ainda disseram à BBC News que grandes guindastes teriam sido necessários por um longo período de tempo para retirar os navios do fundo do mar, de forma que é improvável que o roubo tenha passado despercebido.

Por enquanto, os culpados pelo desaparecimento dos navios ainda permanecem desconhecidos. [IFLS]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (11 votos, média: 4,73 de 5)

1 comentário

  • Carlos Filho:

    Deve ser tecnologia brasileira, aqui no Rio roubaram vigas de 40 T sem que ninguém até hoje, nem mesmo a polícia descobrisse os autores.

Deixe seu comentário!