Adolescente vende aplicativo ao Yahoo por US$ 30 milhões

Por , em 27.03.2013

Enquanto estudava para uma prova de História, Nick D’Aloisio imaginou como seria bom se um aplicativo para celular “quebrasse” textos na internet em “porções” menores, facilitando sua leitura em telas pequenas. Colocou a mão na massa e, dois anos mais tarde, a ideia lhe rendeu uma fortuna – literalmente.

D’Aloisio lançou o aplicativo Trim It, que usa um algoritmo para resumir textos em 400 caracteres – se o usuário quiser ler na íntegra, basta um toque. A ideia recebeu suporte da empresa Horizons Ventures e, em seguida, de outros investidores, como o ator Ashton Kutcher, a artista Yoko Ono e o empresário midiático Rupert Murdoch.

Quatro meses após o lançamento da versão atual do aplicativo (Summly), em novembro de 2012, o suporte financeiro e o sucesso entre usuários (o Summly havia sido baixado quase 1 milhão de vezes) atraíram a atenção do Yahoo, que comprou o aplicativo e chamou o estudante para trabalhar com eles. Os detalhes do acordo não foram divulgados oficialmente, mas, segundo o blog de tecnologia AllThingsD e a Reuters, teria rendido a D’Aloisio em torno de US$ 30 milhões – aproximadamente R$ 60 milhões.

“Se você tem uma boa ideia, ou se acha que há uma lacuna no mercado, apenas vá e lance, porque há investidores espalhados pelo mundo procurando por empresas para investir”, aconselha o rapaz, que começou a estudar programação aos 12 anos e pretende fazer faculdade na área de Ciências Humanas.[Reuters, AllThingsD, Slash Gear]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

4 comentários

  • Rodrigo Batista:

    golaço!!!

  • Alberto H Manuel:

    “Enquanto estudava”… aham… claro que isso não ajudaria em nada nas colas né…

    • Matheus de Moura:

      Eu acho que ele estava lendo um texto grande pra caramba da WIKI,e pensou“cara isso e chato pra caramba,nao seria legal se esistisse um aplicativo que resumisse esses textos gigantes,sem presiszarmos ler?´´

  • Christian Forganes Cote:

    Muitas pessoas imaginam de que não se tem mais o que inventar ou descobrir.
    Em partes estão corretor, mas tudo nessa vida tem de ser aperfeiçoar perante as novas tecnologias.
    Então digo a todos que criei novas ideias para o mercado em geral, pois vale muito apena, se você tem uma ideia patentei e jogue no mercado. Pode ser que sua ideia sege muito importante para alguem.

Deixe seu comentário!