Alessandro Volta: quem foi, o que fez?

Por , em 18.02.2015

Por ocasião dos 270 anos do nascimento do Conde Alessandro Volta (18 de fevereiro de 1745 – 5 de março de 1827), o Google criou um doodle iluminado (e um retrato).

Alessandro Volta era um físico, químico e um pioneiro do estudo da eletricidade. Ele é mais conhecido pela criação da bateria de Volta ou pilha voltaica, antecessora das nossas pilhas e baterias, mas não é esta a única descoberta ou invenção deste prolífico cientista.

O Conde Volta também foi a primeira pessoa a isolar o metano, e descobriu também que uma mistura de metano com ar pode explodir com uma fagulha elétrica – o princípio de funcionamento dos nossos motores à explosão. Ele também descobriu a eletricidade de contato, ou triboeletricidade, resultante do contato de metais diferentes e reconheceu que haviam dois tipos de condução elétrica.

alessandro-volta-e-homenageado-pelo-google-doodle-2

Também é autor da primeira “série eletromotiva”, ou seja, uma série de metais por ordem da tensão elétrica que produzem em uma pilha voltaica. Ele também descobriu que o potencial elétrico de um capacitor é diretamente proporcional à carga elétrica.

Sobre a invenção da pilha elétrica, foi o resultado de uma descoberta acidental. Volta e seu amigo Galvani estavam dissecando um sapo quando uma das pernas se moveu. Galvani achou que isto era evidência de que o sapo gerava sua própria eletricidade (o que inspirou mais tarde o romance Frankenstein), mas Volta era de opinião que a eletricidade era resultado de dois metais diferentes tocando o sapo, e começou suas experiências, que acabaram resultando na pilha voltaica.

São tantas descobertas no campo da eletricidade que acabou sendo homenageado, a unidade de potencial elétrico é chamada de volt. A história não menos interessante de como este doodle foi criado pode ser encontrada em Google Doodle – Alessandro Volta. [Famous Scientists, Time.com, Google Doodle, Wikipedia]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

Deixe seu comentário!