Artigo científico sobre episódio de Star Trek é publicado em revista científica

Por , em 16.02.2018

Em uma tentativa de desmascarar revistas científicas que publicam qualquer estudo sem sequer conferir o conteúdo, um biólogo anônimo com pseudônimo de Dr. Lewis Zimmerman enviou um artigo sem pé nem cabeça para várias revistas, e conseguiu ser publicado em uma delas. O título era “Rapid Genetic and Developmental Morphological Change Following Extreme Celerity”, ou “Rápida mudança genética e de desenvolvimento morfológico que segue a velocidade extrema”.

O artigo trata de uma doença que nem existe no mundo real. Ela é produto da ficção e aparece no episódio Threshold, da segunda temporada de Star Trek, Voyager. Nele, Tom Paris tenta quebrar a barreira de velocidade chamada de Warp 10, mas descobre que quando tamanha velocidade é atingida, o viajante se transforma em uma pessoa-anfíbio, captura seu capitão, também o transforma em anfíbio e vira um tipo de salamandra espacial que passa o tempo todo acasalando.

O artigo não passou de uma transcrição do episódio com uma linguagem rebuscada. Até o nome do suposto autor, Zimmerman, é um dos personagens da série. Na conclusão, há um agradecimento à Federação dos Planetas Unidos e ao produtor de Voyager, Brannon Braga.

O artigo foi aceito por quatro revistas e publicada em uma delas, a American Research Journal of Biosciences, pela taxa de US$50 (R$160). Assim que o fato tornou-se famoso, a revista retirou o artigo do ar. O biólogo anônimo inspirou-se em uma ação semelhante de outro pesquisador, que conseguiu publicar um artigo inspirado em Star Wars em três revistas científicas diferentes.

Isso foi feito para trazer revistas científicas predatórias ao centro da discussão. Esse tipo de revista cobra a taxa de publicação para ter o artigo revisado por outros pesquisadores, e o material só deveria ser publicado se for minimamente aceitável. Mas muitas revistas cobram as taxas e publicam o material às cegas, levando aos outros pesquisadores e ao público em geral um material de baixa qualidade, que pode atrapalhar outras pesquisas. [Gizmodo, American Research Journals]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (44 votos, média: 4,61 de 5)

Deixe seu comentário!