As 8 tropas militares mais assustadoras do mundo

Por , em 8.11.2013

Convenhamos que a própria definição de exército já é algo bem assustador: um bando de homens armados e camuflados cujo objetivo maior é destruir o maior número de indivíduos inimigos possíveis.

No entanto, alguns grupos de soldados se destacam. Nós já os vimos em filmes, seriados e jogos de videogame, mas fotografias desses guerreiros reais prometem aterrorizar-nos por algum tempo.

No Twitter, muitos internautas japoneses têm postado fotos de diversas forças especiais assustadoras daquele país. Na sequência, você pode conferir algumas das tropas mais intimidantes de todo o mundo – nós selecionamos 8 delas. Você já pode ter visto alguns desses soldados antes, como a imagem do homem-rã de chumbo, que se tornou viral em alguns países do mundo. Outras fotografias, porém, podem ser novas. Prepare-se:

8. Os homens-rãs dinamarqueses

8

S¯vÊrnets Fr¯mandskorps
Trata-se de uma elite de forças especiais da Marinha Real da Dinamarca, constituída em 1957, e composta por equipe de mergulhadores profissionais e por soldados. O principal dever dos homens-rãs é reconhecimento de terreno, mas eles também podem ser encarregados de invadir navios inimigos, sabotar instalações fixas e combater. Além disso, ainda podem executar serviços de forças especiais em terra, incluindo ações anti-terrorismo e trabalho anti-criminal.

7. A Divisão de Cavalaria do exército chinês

7
Considerada uma força em decadência, porém com uma rica e intensa história, os soldados da Divisão de Cavalaria do exército chinês costumavam dominar as extensões territoriais do terceiro maior país do mundo. Basta dar uma olhada na imagem que ilustra este tópico, com guerreiros mal encarados, cavalos grandes e espadas!

6. Exército iraniano vestido de branco

APTOPIX Mideast Iran National Army Day

6
Esqueça o modelo padrão de soldados vestidos de uniforme camuflado – que já é meio estranho, mas pelo menos já estamos acostumados. Agora preste atenção nas vestes inteiramente brancas (incluindo máscaras!) do exército do Irã. O “toque” de Ku Klux Klan é bem aterrorizante, certo?

5. As tropas sul-coreanas que quebram tijolos como parte de uma demonstração militar

South Korea Childrens Day
Não se trata de uma locação de filme do Jackie Chan nem de um truque de cinema. Os soldados desta imagem estão realmente quebrando tijolos com a força do corpo. As faixas ninjas na cabeça e o rosto inteiro pintado dão um toque ainda mais sinistro à cena.

4. Agentes do sexo feminino da Coreia do Sul

4
O 707° Batalhão de Missão Especial representa a força especial do Comando de Guerra do Exército da Coreia do Sul. A unidade tem como objetivo principal ser a reação contra-terrorista primária do país. O apelido do batalhão é “Tigre Branco”. A unidade também possui um pequeno número de mulheres agentes das forças especiais, como se pode observar na fotografia. Elas são usadas ​​em operações antiterrorismo, onde a presença de uma mulher não é vista como uma ameaça para um terrorista. Nós, por outro lado, achamos essas moças bem ameaçadoras.

3. Forças Especiais do exército francês

3
Outro caso de uniforme que parece saído de um filme de ficção científica de Hollywood. Novamente, não é o caso. Desta vez, a imagem ilustra soldados pertencentes às Forças Especiais do exército da França, mais especificamente à Seção de Intervenção da Ofensiva Náutica francesa. Mas poderiam muito bem pertencer aos estúdios da Universal.

2. Forças Especiais mexicanas

2
Os soldados que fazem parte das Forças Especiais do México estão divididos entre o Exército e a Marinha do país. Na foto, os militares exibem metralhadoras quase tão compridas quanto a altura dos próprios soldados – além da pintura facial, moda já tradicional nesta lista. Encontrar com um sujeito desses no campo de batalha seria aterrorizante.

1. Forças Especiais da Bielorrússia quebrando tijolos que estão pegando fogo

BELARUS ARMY APTOPIX BELARUS ARMS EXHIBITION

APTOPIX BELARUS ARMS EXHIBITION
O que pode ser ainda mais másculo e ninja do que quebrar tijolos com a cabeça? Bem, vamos começar prestando atenção no detalhe que alguns soldados estão sem camisa, mesmo que a temperatura na hora das fotografias estivesse congelante (repare no pessoal todo encasacado observando a demonstração militar). Agora vamos ao ponto principal: esses integrantes das Forças Armadas Bielorrussas estão rachando blocos de concreto usando apenas simplesmente sua cabeça. Ah, e os objetos – claro! – estão pegando fogo. Por favor não tente reproduzir isso em casa. [Kotaku]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (8 votos, média: 3,00 de 5)

71 comentários

  • Osny Tadeu Padilha:

    Para ser GRUMEC, tem que ser paraquedista, mergulhador de combate (escafandro, homem-rã) e combatente em qualquer situação.

  • Jorge Galvão:

    Faltou o pessoal do “CIGS” de Manaus, a tropa de selva mais adestrada e equipada do mundo para combates nas densas florestas tropicais!

  • Armagedom Ninrode:

    Eu só queria fazer minha pesquisa de matemática e vim parar aqui.

  • Rafael Cardoso:

    BieloRÚSSIA. Isso explica tudo.

  • Anderson Colares:

    assustador é as forças especiais do exército mexicano com esses fuzis de grosso calibre aí na mão

  • Anderson Almeida:

    Por que os Homens-rãs dinamarqueses usam esse “tecido” sobre o capacete?

    • Netto Dimitri:

      Para evitar que pequenas algas, insetos ou quaisquer pequenos detritos ou sujeiras se prendam à eles ao emergirem da água, para o caso de locais pantanosos é bem util.

    • SwiperUser:

      porque , são ”camuflagens” , Para fazer uma camuflagem, principalmente em pantanos, Dificulta visualmente ,conforme o ambiente!

  • Gerson Voigt:

    O que os soldados mexicanos estão segurando são rifles de precisão – snipers – e não metralhadoras.

    • Eric Lopes de Sousa:

      Exatamente. Mais precisamente tao usando rifles M-28, uma ponto 50 com alcance de quase 3 km o que sujere que eles apenas sao apoio em missoes e nao linha de frente.

    • Alexandre Marques:

      Eric, aquilo é um M-82 A1 e não um M-28 que é um rifle, mas não se equipara à esse monstro.

  • pmahrs:

    Mas deixando bairrismos de lado, sabemos que é difícil de superar tecnologia, satélites ou aeronaves a grande altitudes monitorando de tropas e até movimento individual a noite e dentro de abrigos de alvenaria, casamata e buracos; além de dias de bombardeios maciços as vezes lançados de alto-mar fundo, submarinos e até de outro continente; e se o bicho pegar mesmo até armas nucleares. E deixando bordões de complexo de vira-latas também de lado, para termos tudo isto teríamos que pagar em valor de dinheiro, impostos ao menos iguais aos países que têm estes avanços bélicos; ou seja, em valor de dinheiro mais do que ganhamos de salário em média.

  • Gilson Alves:

    e as trópas brasileiras??? ñ tem foto de nenhuma poderia coloca a foto da seleção brasileira kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Felipe Bezerra:

    Cês tão de sacanagem né, porra o exercito chinês de cavalo e espada é assustador, puta merda, os Comandos do brasil são que deveriam entrar nessa lista!

    • pmahrs:

      A matéria é sobre tropas assustadoras (efeito psicológico) e não sobreas as mais eficazes e bem treinada cujo ação nem dá tempo de o inimigo se assustar.

    • Paulo Ramos:

      Na minha opinião a cavalaria não seria assustadora, soldados montados num cavalo levantando uma espada é motivo de piada pro inimigo.

  • AlexHit Xano:

    esqueceram-se da Tropa Elite: Forças Especiais Policia Portuguesa GOE COE… O Grupo de Operações Especiais (GOE) é uma unidade antiterrorista da Polícia de Segurança Pública de Portugal. Fundado em 1979, com o auxilio de instrutores do SAS do Exército Britânico, o GOE foi uma das primeiras forças antiterroristas do mundo e uma das poucas de estatuto inteiramente civil.

    Esta força especial é destinada a combater situações de violência declarada, cuja resolução ultrapasse os meios normais de actuação, como o caso de acções terroristas, sequestros e alterações da ordem pública. É também empregue na protecção de instalações e na segurança de altas entidades e em outras situações que coloquem a segurança nacional em perigo. Para se entrar nesta força de elite, além de se ter que ser já agente da Polícia de Segurança Pública (PSP), é preciso estar em excelente forma física e psicológica, sendo apenas os melhores recrutas escolhidos. Devido à selectividade do recrutamento, o GOE possui apenas cerca de 200 efectivos.

    só é pena mesmo é que em portugal um agente da autoridade mata um ladrão em fuga é condenado em 9 anos de prisão… os criminosos de todo o mundo estão a fazer as malas para vir para portugal …

    • Ricardo Noface:

      Nem mais Alex sou português e subscrevo o que escreveste
      vale relembrar que os GOE estão na lista dos melhores do melhores assim como os brasileiros num cenário urbano.
      Mas indo no aspecto militar como o titulo fala mesmo no texto misturando antiterrorismo.
      temos os Rangers a melhor força especial militar de toda a Europa assim como os Comandos penso estarem entre os 3 primeiros de toda a Europa..-
      e temos os americanos Navy Seals, Delta Force
      Special Air Service do reino unido
      KSK alemã
      legião francesa
      esses sim mais assustadores e eficazes
      agora chineses com espada lol só pode ser brincadeira da-me um g3 carregada e podem vir 10 na minha direcção ao mesmo tempo..

  • pmahrs:

    Embora eu suponho que o autor gostou e considera as críticas para ser cada vez melhor, mas vamos para de frescura? Onde estiver metralhadora leia-se arma.

    • pmahrs:

      Não é todo mundo que joga videogame.

    • Lucas L.:

      Quando se faz uma matéria, é de se esperar que se pesquise a respeito antes, para que não aconteçam equívocos como este!
      Ainda mais no caso dos soldados do México, que só estão ai graças a “arma” que estão portando, aliás, arma bem comum diga-se de passagem, vários países utilizam Barretts!

      E só para constar, nem todo mundo entende de arma graças a vídeo-games, muitos que jogam em vídeo-games os jogos de tiro, jogam pois são entusiastas justamente em relação a armas! Assim como não se pode dizer que alguém só entende de carros porque jogam vídeo-game, aliás, muitos jogam porque amam carros na vida real, e isso os leva a jogar estes jogos!

    • pmahrs:

      Qualquer um que entende de arma sane que é uma M 107.

  • pmahrs:

    Antigos guerreiros samurais usavam máscaras assustadoras para intimidar seus inimigos ou vítimas, mas o conceito guerra mudou muito depois da surra que americanos tomaram no Vietnã, a melhor coisa é procurar meios pacíficos e qualquer acordo sai mais barato que guerra tanto em dinheiro como humanamente. Em guerra soldados e povos sofrem, principalmente, mulheres, crianças e mais velhos, mas soldados ao menos são treinados, relativamente jovens e toda logística vai para eles primeiro. Soldado altamente treinado como de forças de elite, pilotos e especialistas são muito caros para formar, de qualidades biológicas e intelectuais especiais e valiosos, só devem ser usados em situações extremas se a diplomacia não surtir efeito, não podemos fantasiar.

    Tem gente que fantasia, imaginando como filme ou videogame, mas experimenta subir correndo uma escadaria ou ribanceira imaginando como se tivesse um cão raivoso atrás e que você sabe que está determinado a te pegar a qualquer custo. Podemos não conhecer tudo que temos, mas governos estrangeiros não são bobos, eles vivem mandando soldados deles para serem treinados nas tropas especiais brasileiras, como nossos soldados também vão para lá. O nosso povo em si é patriota, admira soldados e a maioria trabalha quase a vida toda enquanto pode ficar de pé, mesmo aposentado ou recebendo, ajuda social e não há povo melhor que o nosso, a única coisa que nos difere e faz toda a diferença em quase tudo é o poder de compra e distribuição de renda coisas que a mídia dificilmente fala.

    • pmahrs:

      Por motivos políticos eleitoreiros, somos adestrados por mídias patrocinadas a ter complexo de vira-latas e mui-tos até adoram cuspir para cima. Tudo de ruim, criminosos, estupradores, pedófilos e corruptos do Brasil inteiro vemos concentrados e reprisados várias vezes em meio metro quadrado de TV.

      Eu caipira, a poucos dias fui à cidade de São Paulo que ainda não tinha tido tempo de ver o AP de meu filho, eu andava nas calçadas igual um ninja entrando numa fortaleza pronto a desferir um golpe mortal enquanto crianças brincavam com triciclos robozinhos transformes. Sabemos todas mazelas e quase nada de bom que temos; de outros países sabemos tudo de bom e quase nada de seus problemas.

      Poucos sabem que na maioria dos países com boa educação, saúde, segurança, infraestrutura, soldados e policiais bem remunerados a carga tributária é semelhante ou maior que a nossa e a alíquota máxima de IR e tributos em valor absoluto de dinheiro por habitante é muito maior que aqui.

  • Jelson Dias:

    Ótima matéria mas algo a corrigir… As forças especiais Mexicanas não estão empunhando metralhadoras e sim Fuzis de Precisão ou de longo alcance calibre .50.

    • Tiago Oliveira de Assis:

      Parece o modelo AW50.

  • Hetman:

    Por que certas pessoas insistem em confundir militarismo com patriotismo?

  • Guilherme Tessaro:

    2. Forças Especiais mexicanas
    as armas que eles estão utilizam não são metralhadoras, são m-95 um tipo de sniper que utiliza munição .50, favor se informarem mais. O site de vocês está decaindo.

    • Fábio Rech:

      M 107

    • Lucas L.:

      Não é uma M-95, as M-95 são de ação Bullpup, ou seja, tem carregador atras do gatilho, e o cano externo é mais curto! essa é uma M-107, configuração padrão!

      M107 – Semi-automatica, carregador a frente do gatilho, cano mais longo!
      M95 – Ação por ferrolho, Bullpup (carregador atrás do gatilho), cano mais curto!

  • Mario Antonio:

    3º Forças Especiais do exército francês:
    Inspirados na série Japonesa “Desert Punk”, Usune Masatoshi aprova a ideia. rsrs

  • Bibiana Rabaioli Prestes:

    Interessante. Mas o texto é bem fraco e com pouca informação.

  • pmahrs:

    Eu entendi que a matéria se refere a assustadores, não aos melhores, eficientes e mais duramente preparados. Mas se quiserem muita emoção e suspense, não leiam revistas de ciências, comprem um bom livro ou filme de ficção. Muito sobre tropas especiais é mito. Existem tantos super soldados hollywoodianos veteranos do Vietnã que não da para entender como tantos boinas verdes, franco atiradores, tropas especiais tomaram um cacete dos vietcongues. Hollywood não deixa por menos, sempre que um grupo de elite deles ou “anti” alguma coisa falham, eles logo fazem uma versão em ficção onde têm sucesso e a culpa da falha anterior foi de algum burocrata com ator feio e gordo fazendo papel.

    Os “guerra na selva” brasileiros já citado são uns do melhores, mais duros e inteligentes e eruditos, nenhum soldado estrangeiro já suportou o treino com eles até o fim e tem outros grupos anfíbios brasileiros que não precisam de máscara ou truques de impacto para shows e propaganda para países não amigos.

    • Rodrigo Garcia:

      Hahaha gostei pmahrs!

  • Salomao Vitor:

    Péssima matéria o assunto e bem interessante o autor podia ter se aprofundado mais faltou exemplos como o uniforme do exercito de Taiwan(esse sim assustador)matéria bem fraca se considerarmos o tema.

    • pmahrs:

      O espaço é limitado e na minha opinião está ótimo ao que se propôs, “assustadores” efeito psicológico.

  • Pedro Rosa Paranhos:

    É muita ignorância cara… O número dois das Forças Mexicanas não estão com “Metralhadoras”… São “sniper’s”(Rifle de longo alcance) e você nunca verá um deles em campo de batalha porque sniper’s não fazem parte da linha de frente…

  • Krypthus:

    Pena que o brasil nao admire seus soldados, pq a midia comunista inventou aquele bla bla bla de que os soldados brasileiros foram crueis na ditadura militar, eles so foram crueis com pessoas qie queriam instalar o comunismo, a força, essas pessoas eram terroristas, nossos soldados nos salvaram e o povo nem para agradecer, graças a eles voces tomam coca cola e comem pizza, pensa que no comunismo existe conforto, se engana!

    • pmahrs:

      Movimentos comunistas houveram no mundo inteiro, mas nem todos precisaram dar golpe de estado para vencê-los, por isto seus povos estão mais rico hoje. Na vida real não houve golpe comunista com cubanos contra as eleições livres e sim golpe de direita com navios de guerra americanos na Baia de Guanabara naquele dia; o que inverte o ônus de defesa da democracia. Sabiamente a liderança não resistiu diretamente ao golpe o que seria um banho de sangue. Se houvesse golpe comunista nesta dimensão, sim justificaria um contra golpe inclusive apoiado por americanos, como se justificou a luta contra ditadura e como apoiamos a chamada primavera árabe contra ditadores árabes. Porém o Brasil não é uma ilhota, poderia descer Cuba toda para cá que nossos soldados os botavam para correr em poucos dias. Infelizmente não somente armados, também foram presos, torturados, exilados e mortos pessoas que nunca pegaram em armas. Mas de fato os militares não ganharam nada com o golpe e ainda perderam em achatamento de salários como qualquer trabalhador, investimentos e confiabilidade que agora recuperam; foram enganados pela elite e CIA. Para não cairmos no mesmo erro precisamos ainda descobrir quem verdadeiramente estava por trás e interessou uma inflação entre 1964 e 1994 de 1,1 quatrilhão% e perda no poder de compra do trabalhador e soldados de 86%. A maioria do povo brasileiro adora, admira e respeita os nossos soldados.

  • Fran Almeida:

    Aff! a matéria trata de forças militares “assustadoras”, incomuns para nós brasileiros. Mas tem que vir um ufanista metido a especialista em armas criticar! aff!

  • Rodrigo Garcia:

    Lucas, a força militar humana brasileira só foi testada na Guerra do Paraguai de forma ampla e na Segunda Guerra Mundial de forma restrita em número proporcional. Nos dois casos com explosão de nacionalismo assustador para os nossos inimigos. Imagino que a pretensiosidade e o deboche interno escondem verdadeiros monstros nacionalistas. É só pôr a teste que sua força aparece. Na veia não corre apenas sangue republicano ou verde e amarelo, mas sim sangue com amor pela terra. É força de combate espontânea. Os decênios que passam sob a bandeira da paz nos fazem esquecer desta força escondida. Ponha à prova e verás que o filho não foge à luta.

  • Gilliard Vasconcelos:

    O que me leva a seguinte questão: O que qualifica uma pessoa que comete um erro como chamar um rifle sniper de metralhadora a escrever um artigo selecionando as “forças militares mais assustadoras do mundo”?

  • Eduardo Luiz Luiz:

    Com certeza falta patriotismo,cadê pelo menos o bope com sua caveira,com certeza mais intimidadora quê a maioria ai em cima.

  • Tiago Sales:

    As “Agentes do sexo feminino da Coreia do Sul” não me parecem nem um pouco ameaçadoras. Ainda mais pelo fato de suas armas estarem descarregadas (estão sem os pentes de munição).
    😛

  • Lucas Possebon:

    Uma pequena observação, os militares da força especial mexicana estão carregando uma sniper (Barret M107) e não uma metralhadora (por isso o tamanha “exagerado”).

  • Lucas L.:

    Na mão dos soldados do México, não é uma metralhadora, é um Rifle de precisão (sniper) anti-material chamado Barrett M107, que pode ser usado contra blindagens leves e médias, e menos comumente usado como anti-pessoal!

    Cade os soldados do CIGS?
    Muito mais interessante do que esses soldados mexicanos, e eles fazem coisas que põe a prova sua resistência muito mais do que os soldados da Bielorrússia!

    Falta patriotismo, os brasileiros não conhecem nem mesmo o que seu país tem pra oferecer!
    Devia ter uma matéria INTEIRA sobre o CIGS!

    • Helio Rodrigues:

      Lucas L. voce falou tudo…

    • Rossini Reis:

      Olá, Lucas….

      Que tal postar algo sobre o CIGS?

    • Paulo Freitas:

      Olha o recalque, fera.

    • Fernando Augusto:

      Creio que a intenção da matéria são as unidades mais assustadores somente no uniforme, não em capacidade, pq esse uniforme branco dos iranianos deve ser bem inútil em combate.

    • pmahrs:

      Mas eu já vi na Praça da Sé em São Paulo Nordestino quebrando tijolos que não soltam tanto pó ou se estilhaçam.

    • Bruno Lima:

      Concordo com você Lucas! E vou além, não só os grandes guerreiros das nossa Amazônia, mas como também os COMANFIS ( Fuzileiros Navais ); Força de Ação Rápida Estratégica‎ ( exército Brasileiro ); Grupamento de Mergulhadores de Combate (GRUMEC) ( Marinha ) e o próprio BOPE( PMERJ ).
      Nós Brasileiros temos excelentes grupos de elites. Só que infelizmente, por falta de investimentos, não somos reconhecidos.
      Lamentável .

  • Lucas Andrade:

    só uma coisa, no item 2 exercito mexicano, eles estão usando uma barret .50 que é uma sniper e não metralhadora, 😀

  • Patrick Gaio:

    Apenas uma pequena correção no 2o lugar da lista(Forças Especiais Mexicanas). As armas em exibição tidas como “metralhadoras” na verdade são Rifles de Longo Alcance ( Barret M82A1). O cano “é maior que os soldos” pois quanto maior o cano maior a precisão, ainda tratando-se de um arma de alto calibre (0.50″) é necessário tais medidas.

  • Marcos Weiss:

    Em “2. Forças Especiais mexicanas”, os soldados da foto são atiradores de elites, pois estão com uma Barret M82 ( fuzil de precisão que dispara munição de grosso calibre) se não estou enganado ,e não metralhadoras ( arma de fogo automática projetada para disparar tiros sucessivos rapidamente)

  • Sávio Moura:

    Metralhadora onde? São rifles sniper de longo alcance, M107 calibre .50
    Atingem o inimigo a quase 7km de distância.
    Quem escreve essa matérias? -_-

  • Rob Albuquerque:

    Pessoal tem um erro ai na verdade os soldados mexicanos não estão segurando metralhadoras e sim rifles .50 de longo alcance, esses soldados devem ser atiradores de elite ou snipers.

  • Paulo Nasçimento:

    Todos são assustador mas os homens Rã Dinamarquês são meio sombrio

  • Ricardo Maia:

    Só uma correção, na sessão das Forças Especiais Mexicanas, as armas não são metralhadoras e sim rifles de longo alcance M98B

  • Lucas Dias:

    Eu Sabia! que os Russos irião conquistar o primeiro lugar…
    aUEhauEuheaheauheahueaUHAE

  • Lucas Messias:

    A arma que os soldados mexicanos estão carregando é um rifle, e não metralhadora…

  • Luis Felipe:

    Na verdade os soldados das forças mexicanas estão com Rifles Sniper .50, e não metralhadoras. Os Rifles são grandes por causa do seu alto alcance.

  • Marlon Pereira:

    Na foto das forças especiais mexicanas não são metralhadoras, são fuzis Barret.

  • Flávio Ribeiro:

    Só faltou o exército de selva brasileiro…

  • Wener Assis:

    Item 2. Forças Especiais mexicanas
    Vocês erraram feio, não tem nada de metralhadora ali, aquilo é uma Barret M82 calibre .50, rifle sniper de precisão e longo alcance.

  • Felipe Henrique da Silva:

    Isso com os mexicanos nao sao metralhadoras,são fuzis de precisao

  • Ygor Máximo:

    Malditos russos!!

  • Dalton Junior:

    as forças especiais mexicanas não estão carregando uma metralhadora, e sim um rifle sniper Barret 50

  • Andreas Chamorro:

    Não querendo ser chato, mas o que os soldados das forças especiais mexicanas estão empunhando não são “metralhadoras”, e sim um fuzil/rifle de longo alcance chamado Barrett M107 calibre.50, tal arma é capaz de perfurar blindados e até mesmo alguns tanques (imagine só o que faz quando acerta em um corpo humano).
    Provavelmente os tais soldados da foto fazem parte da companhia de atiradores de elite (snipers) do exército mexicano.

  • Luiz Pinto:

    Pra mim não tem nada de assustador, e exercito não é um bando de homens armados dispostos a matar o maior numero de inimigos. A função das forças armadas é a defesa de um país de agressões externas e internas. São profissionais treinados, engajados e dispostos a proteger em tempos de guerra e paz o povo a quem servem com disciplina.

  • Othon Nunes:

    Muito Bom.
    Porem na 2. Forças Especiais mexicanas a arma exibida não se trada de uma metralhadora e sim de um rifle semi auto matico M82.

Deixe seu comentário!