Assembleia em Veneza inunda logo após negar medidas contra mudanças climáticas

Por , em 16.11.2019

Veneza está em estado de emergência com a pior inundação em mais de 50 anos. A água atingiu 1,87 metros na terça-feira à noite. Esperava-se que isso fosse um alerta para o combate às mudanças climáticas, uma vez que o aumento do nível do mar está ligado ao acontecido.

No entanto, a Assembleia Regional do Vêneto rejeitou medidas climáticas, na quarta-feira. Em seguida à votação a assembleia foi atingida pela inundação.

O conselheiro regional Andrea Zanoni postou fotografias do local tomado pela água. Essa foi a primeira vez que a construção localizada no Grande Canal de Veneza foi alagada. Aparentemente as proteções contra inundação do local falharam.  

Na publicação realizada no Facebook, o conselheiro destaca que na votação do orçamento para 2020, realizada dois minutos antes da inundação, não houve ação concreta para combater as mudanças climáticas.

Além disso, todas as emendas propostas em relação às mudanças climáticas foram rejeitadas. Mesmo que a região tenha contribuído pouco para o que ocorre com o clima, mudanças precisam ser realizadas em todas as partes, para evitar o caos climático.

O conselho é controlado pela ala regional do partido de extrema direita da Itália Liga. O líder da legenda, Matteo Salvini, votou contra ratificar o Acordo de Paris. Em declaração à CNN o presidente da assembleia Roberto Ciambetti, rejeitou as acusações de Zanoni. [Gizmodo, CNN]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (16 votos, média: 4,63 de 5)

Deixe seu comentário!