Roupa high-tech para bebê muda de cor quando ele tem febre

Por , em 21.06.2009

Já é passado o tempo em que a mãe tinha que criar vínculos com seu filho, segurá-lo no colo e colocar os lábios na sua testa, para medir sua temperatura.

Nos últimos seis anos Chris Ebejer trabalha na criação da “Babyglow”, roupa que muda de cor quando o bebê começa a ter aumento na temperatura corporal – o que pode ser sinal de várias doenças, como meningite. Agora, o pai de um filho adolescente assinou um contrato de mais de 12 milhões de libras (R$ 39 milhões) com uma empresa para fazer com que a produção da “Babyglow” se torne global.

De acordo com Ebejer, a roupa que muda de cor para avisar o aumento da temperatura da criança para os pais “comunica o que um bebê não consegue”. “Mães vão considerar o produto inestimável”, afirma. Nos seis anos produzindo a roupa, ele gastou 700 mil libras trabalhando com cientistas para desenvolver um pigmento sensível ao aquecimento. Quando a temperatura do bebê fica maior que 37 graus, a roupa – que vem nas cores azul, rosa e verde – fica branca. As roupas começarão a ser vendidas na Inglaterra a 20 libras, e não têm previsão de chegada no Brasil. [Daily Mail]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!