Esta borboleta amazônica é terrível

Por , em 19.06.2016

O entomologista e o biólogo americanos Phil Torrer e Aaron Pomerantz fizeram uma descoberta incrível sobre o comportamento de uma borboleta na Amazônia. Tudo começou quando Phil observou que uma borboleta estava rodeada por formigas, o que não é nada comum. Curioso com o que viu, ele voltou naquele local em outro dia, e flagrou ainda mais borboletas cercadas por formigas.

O entomologista chamou então o colega Aaron para investigar o que estava acontecendo. Aaron encontrou a espécie de borboleta Adelotypa annulifera cercada pelas mesmas formigas, e observou que uma das folhas do bambu em que todos os insetos ficavam estava morta. Em uma ação intuitiva, ele puxou a folha morta para ver o que havia embaixo, e se surpreendeu com a descoberta.

A folha morta funcionava como um verdadeiro berçário para lagartas da Adelotypa, e o pior: as formigas eram as babás. Aaron notou que as borboletas estavam sugando toda a seiva do bambu, e não deixavam as formigas se alimentarem. Elas cobravam “pedágio” das formigas como forma de cuidados para os seus rebentos. A borboleta é uma cleptoparasita, aquela que rouba o alimento de outros animais.

A interação entre a borboleta e as formigas muda dependendo dos diferentes estágios da primeira. Quando ela é uma lagarta, há mais uma relação de mutualismo – em que ambas se protegem – do que de cleptoparasitismo. Os pesquisadores observaram que até espécies de formiga conhecidas por sua terrível picada, como a formiga-cabo-verde, ajudam essas borboletas. [Sploid]

Confira o vídeo completo:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (8 votos, média: 4,88 de 5)

Deixe seu comentário!