Cientistas criam células de fígado em laboratório

Por , em 26.08.2010

Pela primeira vez, cientistas criaram células de fígado em laboratório usando células reprogramadas a partir da pele humana. Esse feito abre caminho para o potencial desenvolvimento de novos tratamentos para doenças do fígado que matam milhares de pessoas por ano.

Os pesquisadores disseram que esse foi um jeito de evitar as intensas discussões políticas e éticas sobre células-tronco embrionárias, que atualmente impedem trabalhos do tipo nos Estados Unidos.

Esta tecnologia evita a necessidade do uso de embriões humanos, e as células que foram criadas são tão boas quanto se fossem utilizas células-tronco embrionárias.

Células-tronco embrionárias são consideradas o tipo mais poderoso e maleável de células, mas são controversas porque são colhidas de embriões humanos quando eles estão com poucos dias de idade.

A doença hepática é a quinta maior causa de morte nas nações desenvolvidas. Elas podem ser herdadas ou causadas pelo abuso do álcool, ou infecções como a hepatite.

Dada a escassez de doadores de fígado, alternativas são urgentemente necessárias, e este estudo aumenta a probabilidade de que possam ser encontradas, quer através do desenvolvimento de novos medicamentos ou por meio de terapia com células.

Para seu estudo, os cientistas tomaram amostras de pele de sete pacientes que sofriam de uma variedade de doenças hepáticas hereditárias, e três pessoas saudáveis para comparar.

Eles reprogramaram células da pele em amostras de um tipo de célula-tronco chamado tronco pluripotente induzido e, em seguida, o reprogramaram para gerar células do fígado que imitaram a ampla gama de doenças do fígado dos pacientes. Depois usaram a mesma técnica para criar “células saudáveis” de fígado do grupo de comparação.

Nunca antes se havia conseguido criar células de fígado em laboratório, por isso os investigadores disseram que o feito abriu um espaço totalmente novo de pesquisa. [Reuters]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

3 comentários

  • Guilherme Janczak:

    PERFEITO, quer dizer que com isso no futuro poderiamos recriar outros órgãos…

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Que maravilha! De acordo com o avanço dessas pesquisas, em que se conseguem células hepáticas a partir das células da pele, chegará um momento em que não será mais necessário fazer transplante de fígado. Ninguém sabe quando, mas esse momento chegará.

  • michel:

    bom pro figado é boldo!! minha vó já dizia..

Deixe seu comentário!