Colisor de Hádrons volta ao trabalho para confirmar teorias

Por , em 2.03.2011

Físicos de todo o mundo estão se preparando para outra temporada de trabalho no Grande Colisor de Hádrons (Large Hadron Collider – LHC). Os dados já recolhidos pelo LHC confirmaram décadas de trabalho de aceleradores de baixa potência, e até mesmo indicam o que podem ser os primeiros sinais de matéria escura.

Colisor de Hádrons volta ao trabalho!

Apesar de seu início não muito glorioso (sua estréia em 2009 foi marcada por protestos públicos desinformados sobre a possibilidade de que ele poderia criar “micro-buracos negros” – inofensivos – e “probleminhas” dispendiosos que adiaram sua execução por cerca de um ano), em 2010 o reator funcionou, completando com sucesso colisões de feixe de prótons com uma energia de 7 TeV – um novo recorde mundial.

No fim dessa semana, o colisor voltou online. Pesquisadores dispararam feixes de prótons de 3,5 TeV em torno de 27 km sob a fronteira franco-suíça. Novas colisões de feixes de prótons podem recomeçar dentro de uma semana.

Na agenda do LHC, um dos objetivos é definitivamente identificar a matéria escura, e talvez a energia escura. Para isso, os cientistas devem, essencialmente, detectar o invisível: partículas que não emitem nem respondem à luz.

Os pesquisadores acreditam que as partículas de matéria escura são compostas de um higgsino, a s-partícula do bóson de Higgs, e dois gauginos, s-partículas dos campos de gauge.

Os campos de gauge produzem partículas que governam as interações em nosso universo, incluindo o fóton, que é responsável por fenômenos eletromagnéticos (e que nos permite ver o mundo como nós o conhecemos), os glúons, responsáveis pela grande força atômica, e os bósons W e Z, responsáveis por uma fraca força nuclear atômica.

O bóson de Higgs, a lendária “partícula de Deus”, está também na lista de “a detectar” do ano. O Modelo Padrão da física de partículas ainda tem que explicar muita coisa. Se o bóson de Higgs realmente existe e é um componente dos bósons W e Z (responsáveis pela força fraca), os físicos afirmam que deve ser detectável em velocidades de colisão de 1.4 TeV.

O LHC deve ser capaz de detectar a partícula, embora possa levar algum tempo. De acordo com os melhores físicos, se o bóson de Higgs não for detectado pelo colisor até o final de 2012, é porque não existe.

Isso significaria que a maior parte do Modelo Padrão da física de partículas está furada. Se este for o caso, os físicos terão um trabalhão: eles sabem que um grande número de partículas existe, mas se o modelo padrão estiver errado, terão que criar novas teorias para categorizar e explicar a existência dessas partículas.

Ainda assim, os pesquisadores reconhecem que a detecção do bóson de Higgs não é de modo algum uma coisa certa. De qualquer modo, o Modelo Padrão deve estar errado em algum nível. Provavelmente existe algo além disso.

E, enquanto não encontrar o bóson de Higgs seria fundamentalmente importante para a física, e fascinante para os teóricos, pode significar um desastre de relações públicas para o LHC, “o colisor que não encontrou nada”.

Independentemente dos mistérios a resolver, o LHC já anunciou conquistas, como a criação da matéria mais quente e mais densa da Terra. Apelidada de sopa de quarks (oficialmente conhecida como plasma de quark-glúons ou PQG), ela é uma forma exótica de matéria criada pelo bombardeamento de íons de chumbo com feixes de prótons.

A temperaturas mais quentes, a sopa de quarks permaneceu um líquido perfeito, fluindo sem resistência e completamente opaco. Tais propriedades correspondem às previstas por uma variante particular da teoria das supercordas.

A teoria das cordas prevê 11 dimensões, incluindo as familiares três dimensões do espaço e a quarta dimensão, o tempo. De acordo com a maioria dos modelos da teoria das cordas, as cordas são o que compõem a matéria, tecem redes complexas e dão origem a tudo o mais no universo.

Físicos tradicionais têm atacado a teoria das cordas como sendo demasiado hipotética e não verificável em suas previsões vagas. O fato de que o LHC verificou uma das conclusões é notável. Foi surpreendente que os teóricos puderam fazer uma previsão que coincide com o que foi medido.

Até 2012, o LHC se dedicará à teoria das cordas, à matéria escura, e aos bósons Higgs. O reator vai completar dois anos de trabalho, e será fechado para reparos. Esses reparos permitirão que o colisor funcione a 7 TeV por feixe (a intenção original de energia), para tornar certos tipos de partículas mais fáceis de detectar. Também deve permitir a criação de partículas ainda mais quentes, confirmando ou negando várias teorias da física.

[DailyTech]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

18 comentários

  • Alberto Campos:

    Querem saber os segredos do universo, leiam o blog: “Olhando o Universo”.

  • Barth:

    O lado negro da força, kkkk

  • Juliano:

    Gabriel,
    No post fala de Energia Escura, não de Matéria Escura. Não confunda as coisas!

  • Gabriel – Astrônomo Amador:

    A matéria escura é a forma mais primitiva da matéria, sem ela, talvez não estaríamos aqui.

  • Gabriel – Astrônomo Amador:

    Tudo que se pode ver no universo é matéria escura, o que nós podemos ver com nossos olhos é apenas alguns porcentos que compõem o Universo. Ou seja se olharmos com um potente telescópio através das estrelas aquilo que mais veremos é matéria escura. Podemos achar que não há nada lá, mas há.

  • Deep:

    TERA VOLT!

    E acostume-se… Com o nosso estilo de vida totalmente tecnológico e consumista, as escalas de dados e energia serão sempre assim: astronômicas.

    Isso pode ser de gde valia:
    (válido para informação, mas o prefixos tb podem ser aplicados à energia)

    1 byte = 8 bits
    1 kilobyte = 1024 bytes
    1 megabyte = 1024 kilobytes
    1 gigabyte = 1024 megabytes
    1 terabyte = 1024 gigabytes
    1 petabyte = 1024 terabytes
    1 exabyte = 1024 petabytes
    1 zettabyte = 1024 exabytes
    1 yottabyte = 1024 zettabytes

    Até aqui eu estudei e compartilho, além disso não conheço.
    Quem souber, por favor, poste!
    Estamos na transição do 4º para o quinto nível, aparentemente, tanto em níveis de armazenamento de informação quanto nos de consumo/produção de energia!

  • NiNjA:

    E o mais ridiculo disso é que não podemos fazer nada pra esses imbecis pararem de tentar explodir o planeta. ‘-‘ pelo menos eu nao sei como fazer nada agora, mas ainda vou tentar salvar o mundo D: de mta coisa, aguardem ahah ‘-‘

  • Anf:

    gente, TeV é tera eletron volt? to precisando de um livro de fisica:(

  • lol:

    “Se Deus pudesse fazer os truques que fazemos, ele seria uma pessoa feliz.”

  • Major R.:

    Algumas dessas dimensões são acessadas com drogas.

  • eduardo:

    Na verdade não são 11 dimensões… são 14…. se kiserem saber mais, aguardem….

  • Juliano:

    Os mini buracos-negros, que eram os vilões da história, não foram criados. Mas se eles detectarem (criarem) a energia escura, isso não pode ser perigoso??

  • kaith Ohara:

    Os homens sempre quiseram se igualar a DEUS.

    No princípio foi com a torre de babel, para chegarem ao céu.

    Hoje a tentativa se repete para tentarem encontrar a partícula de higs.

    As consequências serão as mesmas = destre total.

    Milhões de vidas serão ceifadas com a explosão.

  • Pedro Vaz_De_Angola:

    Até hoje não entendo se esse negócio serve para que?

  • Lord:

    Yeah! 2012 ta chegando =D

  • Val:

    Toda essa balela só vai servir pra cientista escrever artigo e encher o ego. As únicas tecnologias úteis até o momento são aquelas desenvolvidas no passado. Vivemos a fase mais medíocre da ciência.

  • Anonimo:

    A maior parte do Modelo Padrão da física de partículas está furada. É isto que diz este comentário acima. Eu digo que tudo na teoria padrâo está furada. Veja o que diz o blog:”olhando o universo” (edição de 2011). Neste blog você encontra outra explicação para a matéria escura, energia escura e para muitos fenômenos da natureza.

  • Diego:

    Muito ansioso para ver onde isso vai dar.
    Um Experimento que pode mudar a maneira como o homem pensa a vida.
    Muito show.

Deixe seu comentário!