Como parar de comer compulsivamente

Por , em 8.08.2011

Já comeu um saco inteiro de salgadinhos quando você não estava nem mesmo com fome? Você não é o único; é apenas mais uma das milhões de vítimas do “comer sem sentido”.

Essa expressão cunhada pelo psicólogo de alimentos Brian Wansink, da Universidade Cornell, em Nova York, EUA, descreve hábitos alimentares subconscientes que podem levar ao ganho de peso desnecessário.

A boa notícia, segundo Brian, é que você pode transformar o seu comer sem sentido em comer, mesmo descuidadamente, melhor – e talvez até mesmo perder peso – simplesmente fazendo pequenas mudanças, como comer em pratos menores.

Brian diz que um grande problema, pelo menos nos EUA, é que os olhos das pessoas são maiores do que seus estômagos. E isso, de fato, é verdade para muita gente.

Por exemplo, culturalmente falando, o psicólogo entrevistou 150 pessoas em Paris, França, para descobrir como elas sabiam que estavam satisfeitas com o jantar. Elas responderam: “quando estamos cheias”. A mesma pergunta foi feita a 150 pessoas de Chicago, EUA, e elas disseram: “quando o prato está vazio”.

Outros experimentos sugerem que o tamanho da porção ou do prato influenciam o quanto comemos. Em um dos testes, 168 espectadores de um filme que tinham acabado de jantar receberam pipoca em recipientes de tamanho diferentes.

As pessoas comeram 34% a 45% mais pipoca se ela fosse servida na “porção extragrande” (aquela caixa enorme de pipoca) do que em pacotes de dimensões regulares.

Em outro teste, Brian descobriu que as pessoas bebiam mais líquidos (cerca de 37% mais) caso fossem servidos em copos gordos e baixos, do que em copos magros e altos com o mesmo volume. “Não confie em seu estômago para lhe dizer quando você está cheio. Ele pode mentir”, diz Wansink.

Para combater o comer sem sentido, livre-se das coisas em seu ambiente imediato que estão gritando para você comer demais.

Algumas sugestões incluem comer em pratos menores, ao invés de pratos maiores e fundos. Também, mantenha os doces fora de vista e passe os alimentos mais saudáveis ao nível dos olhos, tanto no armário quanto na geladeira. Outra ideia é comer na cozinha ou na sala de jantar, em vez de na frente da TV, onde é provável que você perca a noção do quanto já comeu.

Jean Kristeller, professora de psicologia, diz que, embora seja verdade que muitos de nós são comedores descuidados, podemos treinar melhor nossa noção do quanto estamos cheios.

Ela sugere que as pessoas comecem com uma técnica simples: se sirva um copo de água; beba metade e concentre-se no que você sente em seu estômago; em seguida, beba a outra metade. “As pessoas notam uma diferença imediata. A água se estende no estômago e você se sente satisfeito”, diz Kristeller.[WebMD]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Cesar:

    Eu almoço em restaurante do tipo “vale quanto pesa”, e é preciso um exercício tremendo de atenção para colocar porções equilibradas naqueles pratões – eles fazem de propósito, quem se serve em pratos grandes acaba servindo mais do que quem usa pratos pequenos.

  • Roberto:

    Tá com fome? Gosta de doce? Beba água com cloridrato de potássio.

Deixe seu comentário!