Como retardar a perda de memória com a idade

Por , em 22.11.2011

Muita gente encara a senilidade e a perda gradual de memória como processos irreversíveis e naturais do ser humano. Mas você pode tomar algumas medidas, desde jovem, para evitar que a velhice traga esses problemas com tanta intensidade. O cérebro pode envelhecer mais lentamente se você souber o que fazer.

Muitas pessoas que atingem a casa dos 60 anos passam a temer o mal de Alzheimer. Sendo uma doença de raízes genéticas, não pode ser evitada dependendo do seu DNA. Mas a maior parte dos casos de demência que atingem a terceira idade tem muito pouco ou nada a ver com genética: são consequências diretas de certos hábitos de vida.

O senso comum criou a ideia, nas últimas décadas, de que a receita para manter seu cérebro “jovem” é fazer atividades mentais como sudoku e palavras cruzadas. É um engano. O próprio coordenador do Instituto de Saúde Mental dos EUA, Majid Fotuhi, se encarrega de desmentir isso.

O neurologista americano garante que a melhor maneira de manter a mente saudável é fazer o mesmo com o corpo. Manter-se em forma é o primeiro passo para garantir a longevidade cerebral. Ao lado disso, como explica o médico, é importante manter-se socialmente ativo, interagindo com outros grupos de pessoas. O Dr. Fotuhi pratica dança de salão desde a juventude, e recomenda esta atividade como uma das melhores para o objetivo.

Uma recente descoberta, feita com o que há de melhor no campo da ressonância magnética, revelou que o exercício constante pode literalmente fazer o cérebro crescer. O hipocampo cerebral geralmente começa a perder entre 1% e 2% de seu volume por ano a partir dos 50 anos. Mas a atividade física regular reduz sensivelmente esse encolhimento.

Uma pesquisa da Universidade de Illinois (EUA) comprovou isso, em um estudo com 120 adultos. Depois de um ano se exercitando sob supervisão dos cientistas, os participante tiveram em média aumento de 2% do volume do hipocampo.

Os cientistas enfatizam, no entanto, que não é recomendável só começar a se preocupar com isso quando você atingir a idade onde o ser humano está sujeito à demência. Quanto mais jovem você começar a trabalhar para evitar esse problema no futuro, melhores serão os resultados. [CNN]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 2,00 de 5)

16 comentários

  • Orlando:

    Se o sexo for por amor intenso, cientificamente eh comprovado que retarda o envelhocimento sim. So para se ter uma ideia, o homem que casa com uma melher nova, tem a vida prolongada pro ate 30 anos mais.

  • Chico Lobo:

    Conviver com alguem na familia com esse mal, é terrivel. Voce vê o parente-familiar indo embora a cada dia um pouco, esquecendo primeiro as coisas mais recentes do dia, depois as coisas dos dias passados, depois do mes passado, do ano passado e assim vai, até que o paciente perde totalmente a memória recente, esquecendo dos fatos atuais e passados recordando-se apenas de seu tempo de primeira infância, fica agindo como um bebê que não sabe sequer o seu nome, confundindo parentes, amigos, lugares, fatos e até utilidade dos objetos, tendo que ser assistido na alimentação, na higiene e nos cuidados pessoais, nada aprendendo mais na vida e esquecendo tudo o que já sabe cada dia, além da insônia constante … é uma doença muito triste, tanto para o paciente quanto para a familia. Eu sei disso porque tenho familiar com esse mal… Porém, uma coisa já foi constatado científicamente e não está retratado nessa matéria… é que esse mal ataca com mais violência as pessoas que tem pouca atividade intelectual, pouco estudo, e muita repetição mecânica no seu trabalho cotidiano. Portanto, ler mais, escrever mais, aprender novas línguas, novas profissões, novas artes, diminui consideravelmente esse mal, alem dos exercícios físicos que não fazem mal a ninguém.

    • claudiohagra:

      Chicão, vc foi um verdadeiro intérprete desta patologia, concordo e vivo defendendo nos meios sociais que participo a sua tese há alguns anos, verdadeiramente as atividades intelectuais estão para o exercício da memória assim como o caminhar está para aumentar a resistência física. Ultimamente tenho observado uma pequena falha na minha “memória ram” e, concomitantemente, percebi que andei afastado por algum tempo das minhas atividades intelectuais, onde, de plano, resolvi retorná-las.
      Tanto é verdade que, neste próximo semestre, vou fazer um novo curso de graduação, talvez análise de sistema, o qual, diga-se de passagem, é minha praia!

    • Silvia Sato:

      Show de bola, Chico!!!

  • Jonatas:

    Além de uma vida saudável, socialmente e fisicamente ativa, deve se recomentar também uma vida de auto astral, de bom humor. Já está comprovado como sorrir é saudável para a mente, e de como o stresse pode ser prejudicial.

    • claudiohagra:

      Discordo colega, se assim fosse, todo palhaço não sofreria de mal de Alzheimer e eram até inteligentes!

  • josé valdir:

    Diz aí cambada.Sexo retarda o envelhecimento?

    • Jonatas:

      Não. Mas o envelhecimento retarda o sexo.

    • Márcio M:

      Kkkkkkkkkk… é cada uma q a gente vê aqui hein!!!

  • josé valdir:

    E sobre a atividade sexual? ninguem fala nada?

  • Gui Melo:

    Meu Deus, eu posso perder AINDA MAIS minha memória? Ferrô >.O

  • feio:

    Ô meu,esquece esse negócio de ‘Illuminatis’,se tiver de acontecer ninguém poderá impedir,viva e deixe viver e participe do debate pois seu comentário não tem nada a ver.

  • Walrus:

    Vamos começar a fazer os testes anti-senilidade antes que seja tarde demais.

  • Talll:

    Illuminatis, são só pessoas que possuem um determinado tipo de conhecimento bem elevado, mas utilizam somente para seu próprio bem. Se você quer ser um “Anti-Illuminati” deveria era estudar mais, pois o mal da sociedade é nada menos que a ignorância! E é por isso que eles “manipulam” as pessoas. Você só está impressionado, e está postando uma coisa fora do conteúdo da matéria. 🙂

  • bruno:

    o q isso tem a ver com a matéria

  • kleidiany:

    Iluminatis?

Deixe seu comentário!