Como o chocolate é bom para seu cérebro

Uma equipe de pesquisadores italianos realizou uma meta-análise de vários estudos, observando especificamente o que acontece com seu cérebro imediatamente após o consumo de flavanol de cacau (antioxidantes encontrados em grãos de cacau).

Aparentemente, o consumo de cacau não só aumenta a memória e a função cognitiva a curto prazo, como a ingestão regular pode ajudar a proteger contra o declínio cognitivo à medida que envelhecemos.

Ou seja, chocolate pode ser muito bom para nosso cérebro.

Alerta!

Antes de prosseguirmos em nossa ode ao chocolate, vale lembrar de que estamos falando de um alimento realmente rico em cacau.

Logo, para tirar o melhor proveito do doce, a melhor escolha seria um chocolate amargo. E, mesmo assim, é bom se certificar de que você adquiriu um produto saudável, visto que muitos chocolates industrializados contêm na verdade pouco cacau.

Chocolate e cérebro

Os cientistas descobriram que comer flavonóis de cacau aumenta o fluxo sanguíneo em partes chave do cérebro, melhorando a memória, a capacidade de atenção e até a velocidade de processamento de imagens visuais.

Os efeitos desses benefícios em adultos jovens e saudáveis, no entanto, eram sutis. Somente testes cognitivos exigentes puderam notá-los.

Surpreendentemente, porém, os pesquisadores também descobriram que comer chocolate regularmente durante um longo período de tempo afeta a parte do cérebro ligada à cognição relacionada à idade.

Isso significa que o cacau melhora significativamente o desempenho do cérebro em adultos mais velhos já sofrendo de declínio cognitivo leve. Potencialmente, também, pode proteger contra o declínio cognitivo.

Remédio: um chocolate amargo

“Se você olha o mecanismo subjacente, os flavonóis de cacau têm efeitos benéficos para a saúde cardiovascular e podem aumentar o volume sanguíneo cerebral no giro dentado do hipocampo”, explicaram as autoras do estudo, Valentina Socci e Michele Ferrara, da Universidade de L’Aquila, em um comunicado. “Esta estrutura é particularmente afetada pelo envelhecimento e, portanto, a fonte potencial de declínio da memória relacionada à idade nos seres humanos”.

Outro benefício interessante do cacau, visto especialmente entre as mulheres, é que comer chocolate após uma noite de privação de sono parece contrabalancear seus efeitos negativos e melhorar a função cognitiva.

Segundo o estudo, a administração de flavonóis de cacau pode ser usada como “uma nova ferramenta interessante para proteger a cognição humana” e para tratar diferentes tipos de declínio cognitivo, seja a privação de sono ou um declínio natural da cognição na velhice.

Entretanto, os cientistas lembram que existe também uma desvantagem óbvia de consumir muito chocolate: o açúcar e o leite adicionados. Mais uma vez, a melhor escolha é o chocolate amargo. [IFLS]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (8 votos, média: 5,00 de 5)
Curta no Facebook:

2 respostas para “Como o chocolate é bom para seu cérebro”

Deixe uma resposta