[Atualizado]Criador do Bitcoin finalmente se revela em uma entrevista extremamente agressiva

Por , em 5.05.2016

O empresário australiano Craig Wright se identificou nesta segunda-feira (2) como criador da moeda virtual Bitcoin. Ele tem usado há algum tempo o pseudônimo Satoshi Nakamoto. Sua declaração acontece depois de anos de especulação sobre quem é o autor da moeda de sucesso.

Ele apresentou provas técnicas que só poderiam pertencer ao criador original da moeda, e membros importantes da comunidade Bitcoin e integrantes da equipe de desenvolvimento confirmaram sua afirmação.

A revelação

Craig Wright criador Bitcoin
Wright entrou em contato com três grandes meios de comunicação britânicos – BBC, The Economist e GQ – para revelar sua identidade. Ele realizou encontros com representantes das três empresas, e assinou mensagens digitalmente usando chaves encriptadas criadas no início do desenvolvimento do bitcoin.

As chaves são ligadas a blocos da moeda digital que são, sabidamente, de Satoshi Nakamoto. Isso demonstrou que Nakamoto é apenas um pseudônimo para Wright. “Esses são os blocos usados para enviar 10 bitcoins para Hal Finney em janeiro de 2009, como a primeira transação”, afirmou ele no encontro. Finney é um conhecido criptógrafo que ajudou a desenvolver o Bitcoin.

“Eu fui a principal parte disso, mas outras pessoas me ajudaram”, disse Wright. Ele planeja liberar provas para o público de que ele está por trás do nome Satoshi Nakamoto.

“Só quero ser deixado em paz”

Craig Wright deixou claro várias vezes nas entrevistas que preferia ter continuado anônimo, mas que foi forçado a revelar sua identidade para colocar um fim na perseguição que sofria de meios de comunicação.

“Não fiz isso porque quis. Não foi por minha escolha. Eu não quero ser o rosto de nada. Preferiria não ter feito”, disse ele. “Quero trabalhar e continuar fazendo o que faço. Não quero dinheiro. Não quero fama. Não quero adoração. Só quero ser deixado em paz”.

Candidato número 1

Em dezembro de 2015, duas revistas, Wired e Gizmodo, apontaram Wright como um forte candidato ao posto de criador da moeda. Isso foi feito com base em documentos provavelmente roubados dele que o ligam ao projeto.

Ao mesmo tempo que essa acusação foi feita, autoridades australianas fizeram buscas na casa de Wright. Essa investigação não estaria relacionada à revelação, mas sim ao imposto de renda do país. “Temos advogados negociando com eles quanto tenho que pagar”, justificou ele.

O envolvimento de investigadores no caso fez com que ele e sua família fossem ainda mais perseguidos. “Há muitas histórias por aí que foram inventadas e não gosto que elas machuquem pessoas com quem me importo. Não quero que elas sejam impactadas por isso”, explicou.

Bitcoins são aceitos como forma de pagamento no mundo todo. No momento, há 15,5 milhões de bitcoins em circulação. O número máximo que poderá ser criado é de 21 milhões. Como qualquer moeda, seu valor flutua. O atual é de US$449. Acredita-se que Satoshi Nakamoto tenha cerca de um milhão de Bitcoins. [BBC]

[Atualizado]
Craig Wright anunciou nesta quinta-feira (5) que não vai mais colocar à disposição do público provas de que ele é o criador da moeda. Nesta manhã seu site foi tirado do ar, restando apenas uma mensagem com um pedido de desculpas com um ar bastante depressivo.

Confira a nota completa:

“Desculpe-me.

Acreditei que eu pudesse fazer isso. Acreditei que eu poderia colocar para trás os anos de anonimidade e que passei me escondendo. Mas, conforme os eventos desta semana se desenrolaram e eu me preparava para publicar a prova de acesso para as chaves mais antigas, eu me quebrei. Não tenho coragem. Eu não consigo.

Quando os rumores começaram, minhas qualificações e meu caráter foram atacados. Quando aquelas alegações foram provadas falsas, novas alegações já começaram. Eu sei que hoje não tenho forças suficientes para isso.

Sei que essa fraqueza vai causar um grande prejuízo para aqueles que me apoiaram, particularmente ao Jon Matonis e Gavin Andresen. Posso apenas torcer para que a honra e credibilidade deles não sejam atingidas por minhas ações. Eles não foram enganados, mas sei que o mundo nunca vai acreditar nisso agora. Só posso dizer que sinto muito.

E adeus.”
pedido de desculpas de Craig Wright

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

Deixe seu comentário!