DNA pode ter surgido antes do primeiro ser vivo

Por , em 2.09.2012

Altamente complexo, o DNA é um dos pilares que sustentam a vida como a conhecemos hoje. Apesar disso, acredita-se que os primeiros seres vivos não se desenvolveram a partir do DNA, mas de uma molécula mais simples, o RNA, também capaz de armazenar informações genéticas.

Ainda assim, o próprio surgimento do RNA no caótico ambiente da Terra primitiva permanece um mistério para a ciência. Em 2009, depois de muitas tentativas (e com base em décadas de pesquisa), cientistas foram capazes de gerar (em parte) RNA usando elementos químicos que possivelmente existiam nos primórdios da vida em nosso planeta. O químico Matthew Powner, hoje ligado à Universidade College London (Inglaterra), junto com sua equipe, sintetizou dois dos quatro nucleotídeos que formam o RNA, sugerindo que a complexa molécula pode ter se formado espontaneamente na Terra primitiva.

Agora, Powner busca sintetizar DNA usando técnicas similares, o que é um desafio e tanto, já que o DNA é formado por nucleotídeos (moléculas específicas) diferentes e com os quais é mais difícil de se trabalhar.

Misteriosa reviravolta

Com base na ideia de que a vida se desenvolveu graças ao RNA, acredita-se que, ao longo de alguns bilhões de anos, os organismos primitivos passaram a “usar” DNA, capaz de armazenar mais informações, o que teria permitido o surgimento de seres mais complexos.

A ideia parece plausível, mas deixa uma pergunta: como organismos menos complexos foram capazes de dar esse “salto”? Mesmo criaturas mais complexas precisam de enzimas especiais e uma quantidade considerável de energia para converter RNA em DNA. Para o químico Christopher Switzer, da Universidade da Califórnia em Riverside (EUA), faz mais sentido que nucleotídeos de DNA já estivessem presentes na Terra primitiva e tenham sido incorporados por organismos. O estudo de Powner pode reforçar essa ideia.

Outra hipótese é a de que havia moléculas híbridas, formadas por nucleotídeos de RNA e DNA, que teriam sido absorvidas por organismos primitivos e gradualmente “purificadas”.

Seja como for, o início da vida permanece cercado de interrogações… por enquanto.[New Scientist]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (8 votos, média: 4,50 de 5)

5 comentários

  • HFC:

    A matéria da New Scientist menciona duas publicações do Jack Szostak muito interessantes sobre o tema :

    “Evolution of functional nucleic acids in the presence
    of nonheritable backbone heterogeneity” – ( <a href="http://dx.doi.org/10.1073/pnas.1107113108&quot; title="Proceedings of the National Academy of Sciences, doi.org/bj8r97" )
    "Multicomponent Assembly of Proposed DNA Precursors in Water" – ( <a href="http://dx.doi.org/10.1021/ja306176n&quot; title="Journal of the American Chemical Society, doi.org/h6q" )
    Recomendo que dêem uma olhada neles!

  • maalalel:

    Interessante essas duas hipoteses:
    1___Organismos com RNA evoluiram apos bilhões de anos e passaram a usar DNA.

    2__ havia moléculas híbridas, formadas por nucleotídeos de RNA e DNA, que teriam sido absorvidas por organismos primitivos e gradualmente “purificadas”.

    Para mim essas duas opções são completamente irracionais, as changes disso acontecer é como ganhar na mega sena (uma change em um milhão):

    As changes do “químico passar para o biológico” são muito remotas, e até fere a lei que organismos vivos só derivam de orgarnismos vivos.

    As pessoas costumam falar que a religião não é amparada pela ciência… mas é preciso ter muito mais fé nessas “hipoteses” do que para acreditar em Deus, pois para mim elas nao estão amparadas por evidências e verdades.

    Acredito pela fé que Deus criou tudo que existe e me apoio na ciência para atestar que é impossível a vida existir sem o Criador.

    Deus abençoe a todos.

    • HFC:

      “Para mim essas duas opções são completamente irracionais, as changes disso acontecer é como ganhar na mega sena (uma change em um milhão:”
      Temo que vc não tenha nem base, nem sustentação científica, nem mesmo base matemática para sustentar sua alegação. Temo que vc tenha pego um texto de matemática ruim, escrito por alguém que utilizou bad math para vender uma ideia falsa, ou uma ideia antiga de fontes pseudocientíficas.
      Se vc gosta de matemática, recomendo que leia o artigo do The Mathematical Intelligencer no volume 23, nº 4, 2001, “How Anti-Evolutionists Abuse Mathematics”.

      “As changes do “químico passar para o biológico” são muito remotas, e até fere a lei que organismos vivos só derivam de orgarnismos vivos.”
      Lamento, maalalel, mas essa pretensa “lei” só existe em sua cabeça.
      Por favor cite publicações atuais de biologia ou bioquímica que mencionem tal “lei”. Peer reviewed necessariamente.

      “As pessoas costumam falar que a religião não é amparada pela ciência…”
      Efetivamente nenhuma delas é.

      “mas é preciso ter muito mais fé nessas “hipoteses” do que para acreditar em Deus, pois para mim elas nao estão amparadas por evidências e verdades.”
      Pouco importa como vc acha – efetivamente vc nem de longe está fazendo justiça ao que é ciência:
      1)Por supor que ideias científicas se baseiem na fé;
      2)Por não entender que método científico se baseia em testabilidade e correção de hipóteses;
      3)Por alegar que sejam hipóteses e esconder/mentir/desconher que conclusões de produções científicas testam e dispensam hipóteses que não satisfazem;

      “Acredito pela fé que Deus criou tudo que existe e me apoio na ciência para atestar que é impossível a vida existir sem o Criador.”
      Apresente alguma publicação científica peer reviewed que apóie sua ideia.

      “Deus abençoe a todos.”
      É só sua crença.
      Vc está usando de fanatismo e fundamentalismo de um tipo extremamente danoso para vc. Recomendo que vc seja mais crítico quanto as alegações de teólogos de sua fé. Mesmo pq ela está atrapalhando a vc se informar e aprender.

  • Henrique Martins:

    Como eu imaginava

Deixe seu comentário!