Encontrada a solução para a Gripe A?

Por , em 8.06.2010

Lutar contra os vírus é uma das tarefas mais inglórias da medicina. Devido à sua alta capacidade de mutação genética, novos remédios e vacinas precisam ser criados constantemente. Isso impede que haja uma segurança na imunização das populações e nos deixa bem distantes de chegar à erradicação de doenças virais.

A chave para esse problema está em desenvolver um método que impeça a reprodução dos vírus. E uma pesquisa da Universidade de Hong Kong parece ter descoberto o super-heroi capaz dessa façanha. É um composto químico chamado “nucleozin”. Ele é uma nova arma contra os vírus que se tornaram resistentes à maioria dos medicamentos nos últimos anos.

O segredo é que o nucleozin ataca diretamente na proteína-chave para a reprodução do vírus. Testada em ratos, ele foi eficiente para interromper a reprodução do H5N1 (da gripe aviária), do H3N2 (da gripe sazonal) e, sim senhor, do H1N1 (da temida gripe suína em humanos). Talvez estejamos próximos da vitória contra a doença que matou mais de 17 mil pessoas pelo mundo nos últimos dois anos. [Reuters]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

14 comentários

  • Gautamann:

    Vamos deixar ser mané. Tomemos uma atitude úncia e verdadeiramente seria sobre este assunto. tome 50mg de Zinco e uma fruta cítrica – laranja. Pronto, você e seus filho estão prevenidos. E se for todos os dias de minha vida? curados! E Ponto final nisto.
    Adeus!

  • wemerson:

    estou preparadp para ser a cobaia humana

  • joao jorge:

    joao

  • Talow:

    Nossa que coisa bizarra…mas e quanto aos efeitos colaterais?

  • BrunoRC:

    Não testaram esse nucleozin no HIV??
    É um vírus tmbm né?

  • Eduardo Garcia:

    Como o virus não sofre mutação em sua proteina de reprodução (acho que sim) então mais uma arma contra as gripes que realmente funciona….

  • Grebol:

    Uhuuul humanidade 2x 518.000 gripe

  • Vera:

    Enquanto que a gripe suína mata 17 mil – ou 18, tanto faz – outras doenças como a AIDS matam milhões…

  • Eartha:

    É só para informar que segundo a OMS a “temida gripe suína em humanos” causou num ano aproximadamente 18 mil mortes enquanto que a “pouco preocupante gripe sazonal” causou 500 mil no mesmo período…

  • ydecazio:

    Mais uma “conspiração”que se confirma.
    Euronews / Portugal
    “A pandemia de gripe A nunca existiu”. Esta é a conclusão do relatório aprovado ontem pela assembleia parlamentar do Conselho da Europa, que acusa a Organização Mundial de Saúde (OMS) de ter “sobrestimado o vírus H1N1”.

  • Renato Bueno:

    @César

    É um caso complicado, pelo que diz a reportagem, o agente impede que o vírus se reproduza, se não pode se reproduzir, então o processo de mutação fica impedido…

    Mais vai saber, sei lá… vida é uma praga, pior que chiclete mascado na sola do coturno…
    Mas se aparecer algum outro problema, nós resolvemos, se não? ora… então morremos.

    Brutal indiferença da seleção natural.

  • Gil:

    Os senhores do mundo criam o problema, causam o pânico e criam a solução! Fórmula perfeita… Bravo!

  • Cesar:

    Uma pergunta que não quer calar: o vírus será capaz de sofrer adaptação e ganhar resistência ao “nucleozin”? Pelo que o artigo falou, é a “bala mágica” contra todas as gripes.

  • Ydecazio:

    Euronews / Portugal
    “A pandemia de gripe A nunca existiu”. Esta é a conclusão do relatório aprovado ontem pela assembleia parlamentar do Conselho da Europa, que acusa a Organização Mundial de Saúde (OMS) de ter “sobrestimado o vírus H1N1”. A investigação, chefiada pelo deputado britânico Paul Flynn, denuncia o “desperdício de fundos públicos na compra de vacinas” e as “ligações entre os peritos da OMS e os laboratórios farmacêuticos”. Um relatório publicado também ontem pelo British Medical Journal revela que as recomendações da OMS teriam sido redigidas por peritos, contratados como consultores por vários laboratórios farmacêuticos. A OMS enfrenta assim uma nova vaga de críticas, um dia depois de ter decidido prolongar até Julho o nível máximo de alerta de pandemia, em vigor desde Julho de 2009. Em um ano, a gripe A provocou mais de 18 mil mortos, um número distante das previsões iniciais, quando a gripe sasonal provoca anualmente mais de 500 mil mortes.

Deixe seu comentário!