O som que o sol faz é surpreendentemente calmante

Por , em 30.07.2018

Parece estática, ou quem sabe uma meditação com tigela tibetana, mas este na verdade é o som que o sol faz.

Ou quase isso.

Um grupo de cientistas da Agência Espacial Norte-Americana, a NASA, e da Agência Espacial Europeia, a ESA, usaram dados do Observatório Solar da NASA para mapear as vibrações que formam o “zumbido baixo e pulsante” emitido por nossa estrela.

O resultado é esse:

Arte e ciência

De acordo com Alex Young, diretor da Divisão de Ciências Heliofísicas do Centro Espacial Goddard da NASA e a voz no vídeo acima, quando qualquer material se move, ondas viajam através dele, e a mesma coisa acontece dentro do sol.

Como nós não podemos enxergar esse tipo de movimento a olho nu, essa “canção” é a tradução de tais ondas em um sentido que podemos realmente compreender: o som.

Embora exista um grau de arte envolvido na criação, a parte da ciência também é muito interessante. A tradução desse zumbido dá aos pesquisadores um melhor entendimento do funcionamento interno da estrela.

“O sol está vibrando em muitas frequências diferentes. Não temos maneiras diretas de olhar para dentro dele, então, usar suas vibrações naturais nos permite fazer isso”, explica Young. [CNN]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (24 votos, média: 4,50 de 5)

8 comentários

  • Marco Proença:

    Agora o som propaga no vácuo?

    • Cesar Grossmann:

      Não, Marco. De onde você tirou isso?

  • Daniel Martins:

    O cara tagarela o video inteiro…. quem ouve algo dessa maneira kkkk

  • Lucas Meneses:

    Voces poderiam traduzir, ou pelo menos resumir os comentarios que o cara fez nesse video, muito legais, e explicam como tudo isso funciona e uma forma interessante que eles aplicam esse conceito.

  • Alberto Carvalhal Campos:

    Estas vibrações não ondas sonoras. Devem ser ondas eletromagnéticas. Não percebi isto na explicação. É por este motivo que não acredito em ondas gravitacionais. No vácuo não se escuta nada.

    • Cesar Grossmann:

      As ondas gravitacionais não são ondas mecânicas como o som, elas são distorções no espaço-tempo. Estas distorções são captadas com interferômetros, e o sinal captado pode ser convertido para ondas sonoras.

  • Paulo Felix:

    O som do Sol são vozes falando sem parar em inglês com uma musiquinha ao fundo?

  • RodrigoRJ:

    Matéria interessante. Pena que o locutor não se cala, para ouvirmos o som com clareza.

Deixe seu comentário!