Evolução: ficamos em pé para brigar melhor

Por , em 19.05.2011

Você já se perguntou em que momento da nossa história passamos a adotar o comportamento bípede atual? Um novo estudo sugere que os seres humanos desenvolveram a postura em dois pés para obter vantagens durante a luta. Seres humanos… desde o início dos tempos pensando na melhor maneira de brigar.

Cientistas comprovaram o que você pode tentar fazer na sua própria casa: nós damos socos com mais força quando estamos em pé – e socos dados para baixo são muito mais fortes do que os dados para cima. Esta também poderia ser uma razão pela qual muitas mulheres preferem companheiros mais altos, segundo a nova pesquisa.

“A melhora no desempenho agressivo e no comportamento durante um combate pode ter sido um dos fatores que levou à evolução para o bipedismo”, resume o pesquisador David Carrier, da Universidade de Toronto, Canadá.

De acordo com o estudo, quando os seres humanos estão em pé, eles socam com cerca de 40% a 50% mais força do que quando eles estão apoiados com os joelhos e com as palmas das mãos (a famosa posição “de quatro”). Nossos golpes também são muito mais efetivos (cerca de 200%) quando são distribuídos para baixo do que para cima. Ou seja, homens mais altos, que poderiam acertar seu adversário de cima, têm uma vantagem no combate.

Outros animais, incluindo muitos tipos de felinos, cães e primatas, adotam a postura bípede durante suas lutas, mas os seres humanos foram os únicos que mantiveram a postura em pé para todas as atividades também. As teorias sobre o motivo por que fizemos isso incluem o melhor uso de nossas armas ou ferramentas, assim como a diminuição a exposição ao sol da savana. David acredita que a questão da luta também pode ter desempenhado um papel na mudança da postura. Porém, notam-se algumas diferenças entre os seres humanos e outras espécies próximas a nós.

Por exemplo, quando nossos primos mais próximos na evolução, como os chimpanzés, entram em uma briga, eles se posicionam sobre duas pernas e usam objetos como se fossem armas para bater uns nos outros – algo pouco comum entre nós hoje em dia. Grandes primatas, como bonobos e gorilas, não conseguem fechar seus punhos como nós para dar um soco, o que torna difícil comparar diretamente nossas habilidades de luta com as deles. Os participantes humanos do estudo tiveram de golpear um saco em ângulos retos (é praticamente impossível treinar um chimpanzé para fazer isso). Ainda assim, a pesquisa é um excelente teste das habilidades corporais humanas.[LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

22 comentários

  • telmo flores:

    tá e dizer que quem é evolucionista apóia a marijuana? que confusão vocês fizeram, nós SEMPRE andamos de pé, não há nada que comprove o contrário

  • Mario:

    FICAMOS EM PÉ PARA VERMOS MELHOR POIS O CAMPO DE VISÃO SE TORNA MAIS PRECISO. PRA BRIGAR?

  • dilson sarda:

    Quando descemos das arvores, em virtude do peso adquirido(viver na mamata engorda) não permitir que chegassemos aos galhos das frutas(pois caiamos e ficavamos a merce dos predadores), tivemos que nos ajustar a um novo ambiente: fugir dos predadores; observar o ambiente; apanhar frutas das arvores; procedimentos de ataque e defesa; que exigiram uma postura adequada a esses enfrentamentos, associada, e claro, ao desenvolvimento do intelecto, sem o qual, entendo, ainda seriamos quadrupide;.

  • Cleme:

    Quem se interessar pode assistir no you tube entre outros:
    http://www.youtube.com/watch?v=oR7_NH0cZe4

  • Cleme:

    É uma pena que as pessoas nem tenham noção do que é uma onda escalar ou virtual, ou física escalar e que 2 colheres do vácuo que tem no espaço tem energia potencial suficiente para ferver todos os oceanos, e que o formato de dupla hélice do DNA é uma réplica da energia celestial e aonde direcionarmos nossa atenção lá estaremos entrando em sincronia com a energia superior. Esta energia entre nós é conhecida como energia cósmica, na China como Chi na Índia como prana. Toda arte marcial corretamente praticada tem um treino inicial para consolidar esta energia no organismo.

  • Antonio Azevedo:

    No livro “Nascido para Correr” há menção a pesquisas que mostram que ficamos em pé para correr melhor e perseguir presas. Acredito eu que a luta foi consequência, pois a vantagem evolutiva da caçada é mais ampla do que a luta pela competição entre machos.
    Vale a pena este livro.

  • Sheik:

    Só pq agora os gays conseguiram liberar o casamento agora os maconheiros vão querer que libere as drogas. Depois vai ser a vez das prostitutas e depois dos assassinos e psicopatas.

    • Glauco:

      Legalize-it!

    • Lucas:

      Sheikh do BPT ? ‘-‘

  • Lucas:

    Pânico na TV ou CQC provavelmente tbm ‘-‘

  • Lucas:

    Vai fazer algo de bom pra sua vida rapaz.

    • Glauco:

      claro, to fazendo! tirando o poder dos traficantes e dando de volta pro estado!

    • Sheik:

      Até parece que legalizando os traficntes vão deixar de vender kkkkkk Tipo como se o governo começa-se a vender em supermercados e a galera não subisse mais no morro. O que aconteceria é que os traficantes desceriam dos morros e venderiam em camelôs como fazem com DVD piratas, o lucro dos traficantes seria fortíssimo. O poder dos traficates seria imenso, nasceriam no Brasil os primeiros bilionários do tráfico.

  • anderea:

    so falta ficarmos cabeçudos cinzas e com olhos grandes (o futuro é grey!)

  • Cleme:

    Nesse processo de ficar em pé, passamos a tomar consciência mais apurada de nós mesmos, isto tem relação com o fato da energia do céu incidir em primeiro lugar na cabeça e permear os demais centros energéticos seguindo um eixo vertical. Assim, favoreceu-se ao julgar e distinguir melhor diversos valores em nossas vidas, além da nítida vantagem física.

    • Cesar:

      “Energia do céu”? Fala sério…

    • Thiago Luiz:

      Falou 10Kg e não se aproveita 1 grama! Energia do céu é meio “estranho” né?

      Quando você fala “centro energético” o correto seria citar “centro gravitacional” ne?Que é tecnicamento o ponto de equilibrio do corpo humano, uma linha imaginária que transpassa o centro do corpo, num eixo vertical.O fato de com a evolução podermos ficar na posição ereta, também tem muito a ver com a questão da caça e do fato de que, se realmente descendemos dos macacos, em determinado ponto da historia natural, deixamos de “andar” somente em arvores, galhos, etc., e passamos a “andar” no solo, por conseguinte, lutar contra grandes animais carnivoros, o que “forçou” essa evolução citada no titulo do artigo.

  • PredadorXD:

    e o jiu-jitsu?

    • Cesar:

      O Jiu Jitsu é recente, não deve ter mais que alguns séculos de idade. Já andar de pé é algo que fazemos a milhares de séculos.

    • PredadorXD:

      hauhauahauahau, meu comentário foi mau colocado, quis dizer que estamos voltando para o chão.

    • Douglas Miranda:

      Quer dizer que se nossos antepassados conhecessem o Jiu-Jitsu, hoje estaríamos nos arrastando de lá pra cá! rsrs

    • Batman:

      Mais a materia,é sobre andar de pé ou fumar maconha?

Deixe seu comentário!