Experimento químico bizarro: a Serpente do Faraó

Por , em 9.05.2016

O mais curioso sobre esta imagem bizarra é que, mesmo que pareça que o inferno está subindo através do solo para destruir a Terra, você não consegue desviar o olhar. Mesmo que pareça uma cobra ou um tentáculo alienígena queimando e tentando atacar quem estiver por perto, mesmo assim você não consegue deixar de olhar. Na verdade, este é o velho experimento químico Serpente do Faraó, uma espécie de fogo de artifício que é sempre bem nojento de se ver. A coisa repugnante que não para de crescer é na verdade apenas tiocianato de mercúrio (Hg (SCN) 2) pegando fogo.

Quando aquecido, uma reação exotérmica rápida é iniciada, que produz uma grande massa de bobinamento sólida parecida com uma serpente. É por isso que parece que uma cobra horrível está subindo do chão, mas é apenas química. [Gizmodo]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

  • Cesar Grossmann:

    Sempre lembrando que, conforme a substância usada, a Serpente do Faraó libera fumaça tóxica.

Deixe seu comentário!