Explosão de raiva é bom para carreira

Por , em 4.03.2009

De acordo com uma pesquisa recente, mostrar a sua raiva e indignação com algumas situações no trabalho é melhor do que reprimir seus sentimentos.

O estudo, feito em Harvard, mostrou que aqueles que “engolem sapo” no trabalho têm três vezes mais chance de admitirem que possuem uma vida profissional e pessoal que os desaponta.

Mas aqueles que liberam sua raiva – de forma construtiva, é bom lembrar – são melhor estabelecidos profissionalmente. Também conseguem se envolver física e emocionalmente de forma melhor com as pessoas que amam, conseguindo desenvolver mais intimidade.

O professor George Valliant, psiquiatra de Harvard, declarou: “Pessoas pensam na raiva como um sentimento extremamente perigoso e são encorajadas a praticar o famoso ‘pensamento positivo’. No entanto, descobrimos que essa abordagem é auto-destrutiva e causa uma negação da realidade, provocando danos no campo profissional”.

Para Valliant, emoções negativas como medo e raiva têm uma enorme importância. “As emoções negativas são cruciais para a sobrevivência. Experimentos como o nosso mostraram que esses sentimentos aguçam nossa atenção e nos ajudam a perceber o perigo dentro de uma floresta escura, por exemplo”, explica o psiquiatra.

Claro, a raiva incontrolável é nociva, mas os pesquisadores de Harvard criticam o uso de calmantes e a atividade de grupos que ajudam os membros a ignorarem essa emoção. Para eles, nós mesmos devemos aprender a controlar nossa raiva e aplicá-la nas horas certas.

“Todos nós sentimos raiva” explica Valliant “mas indivíduos que aprendem como expressa-la, evitando o comportamento auto-destrutivo ou o estágio da fúria, encontram algo realmente poderoso em termos de crescimento emocional e superação. Se pudermos definir e controlar a raiva, como uma habilidade, conseguiremos alcançar grandes feitos” conclui.

Outro estudo recente descobriu que 55% dos voluntários, que tiveram uma explosão de raiva, acreditam que o sentimento os ajudou a alcançar resultados positivos. Para um terço das pessoas, a explosão fez com que percebessem as suas próprias faltas e buscassem melhorar. [Telegraph]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

4 comentários

  • Sérgio Freitas:

    Tenho essa conduta como padrão em minha vida profissional com relativo sucesso. Mostrar competencia nem sempre é suficiente. Bajular também não é o caminho. As vezes uma explosão de energia quando seu superior não está esperando (Claro, se você está cheio de razão), cria uma reação de surpresa a seu favor. Mas eu percebi que esse tipo de reação só é necessária com superiores fracos, inexperientes e que não sabem liderar uma equipe e tem como premissa humilhar e subjulgar tipo “mostrar quem manda”, quando não aceitam idéias e são centralizadores.

    Todos eles sem exceção, após você mostrar que não passivo e tangivel, passam a te respeitar e te ouvir. è tudo uma questão de postura.

  • Gilberto Alves:

    Ridículo, agir com descontrole emocional é o que nos leva o mais próximo de ser irracional, instinto ficou para os animais irracionais , ganhar uma discussão com gritos e arrogância só leva a resultados negativos.
    Existe diversas formas para se conquistar algo,e a pior é agir irracionalmente.

  • Célia:

    Muito interessante as matérias, agradeço por colaborar com todos nós leitores.Sucesso.

  • Lucas M.:

    Excelente matéria…….Eu vou começar em um emprego novo logo amanhã (09/03/09), e essa dica pode me ajudar, quem sabe. Não se preocupem, eu não vou espancar meu chefe! Entendi muito bem o recado! Obrigado!

Deixe seu comentário!