Dez minutos para a felicidade: Descubra quais as suas prioridades

Por , em 20.08.2009

O psicoterapeuta Richard O’Connor, escritor do livro “Happiness: The Thinking Person’s Guide” (“Felicidade: o guia da pessoa pensante”, em tradução livre, sem versão em português), sugere que alguns minutos diários de reflexão sobre o que faz torna você contente pode realmente ajudá-lo a ser ainda mais satisfeito.

O’Connor sugere que a pessoa escreva uma lista de dez coisas que o façam feliz. Não se preocupe com julgamentos ou com os valores “corretos”. Se comer coisas fast-food ou dormir fizerem parte da sua alegria diária, coloque-as na lista. Ela é só para você.

Você pode ser mais generalista ou específico, e não tenha medo de ser egoísta: se praticar um esporte for melhor do que passar um tempo com a família, não tem problema.

Guarde a lista, e depois de alguns dias, reescreva-a, sem olhar para a primeira. O normal é que você esqueça algumas coisas óbvias na primeira vez, pois as aceitamos como parte inquestionável da vida. Depois de alguns dias, repita a lista mais uma vez.

Depois de ter feito a lista três vezes, combine-as, e veja quantos itens se repetem, e marque-os cada vez que eles aparecerem. Se alguns itens forem semelhantes, considere-os como repetidos (por exemplo, ir a shows e dançar podem fazer parte de “música”).

Depois de todo o processo, classifique os itens em ordem de importância. Isso pode ser difícil, e o próprio exercício pode te mostrar algumas das suas prioridades e ajudar a pensar sobre o que aconteceria se tivesse que desistir de alguma atividade. Quais são suas prioridades?

Listando a felicidade

Depois de selecionar as dez maiores prioridades, faça um diário descrevendo suas atividades, e analise quanto tempo você passa realizando as atividades que estão na lista. A maior parte das pessoas percebe, neste estágio, quanto tempo perde realizando atividades que não estão nem próximas à lista.

É claro que algumas atividades que não trazem felicidade são necessárias, mas várias desnecessárias ocupam muito tempo das pessoas. Uma que ocupa muito tempo, por exemplo, é assistir à televisão, embora isso não figure muito alto na lista de muita gente.

Depois de toda essa atividade, pense em como você passa o seu tempo, e tente deixa-lo mais agradável e planejado. Faça planos para o fim-de-semana, passe mais tempo com os amigos e com a família e guarde um tempinho para exercícios.

Além disso, você pode escapar ou deixar atividades chatas menos desnecessárias: escute música ou livros em áudio quando estiver preso no trânsito, faça um plano para trocar de emprego e tente se divertir enquanto faz coisas que normalmente não seriam divertidas! [Telegraph, foto de Marcelo Ribeiro]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 4,00 de 5)

Deixe seu comentário!