Google testa carro que não precisa de motorista

Por , em 12.10.2010

Segundo anunciou a companhia em seu blog oficial, engenheiros da Google testaram um carro autoguiado nas ruas da Califórnia.

Para se orientar no trânsito, o carro conta com câmeras montadas no teto, sensores de radar e um localizador a laser para “enxergar” outros veículos e obstáculos na pista. Mas ele ainda não foi a campo sozinho: um motorista treinado e um expert da área de software seguem sempre a bordo, para o caso de imprevistos.

Na cidade de São Francisco, eles atravessaram a icônica Golden Bridge, percorreram suas famosas ruas inclinadas, dirigiram entre os escritórios do Google e deram a volta no Lago Tahoe sem acidentes.

De acordo com o engenheiro de software Sebastian Thrun, diretor do Laboratório de Inteligência Artificial da Universidade de Stanford, os carros autoguiados em teste já percorreram 225 mil quilômetros em estradas. Engenheiros falaram ao New York Times que as incursões em rodovias têm sido sem incidentes, com exceção de uma batida na traseira causada por outro carro numa parada em um semáforo.

A empresa espera que os carros autoguiados venham a diminuir os congestionamentos e o número de acidentes nas vias.

Na postagem, Thrun insistiu que a segurança é a grande prioridade do projeto: as rotas são pré-programadas, mapeadas previamente por motoristas reais, e a polícia local é avisada com antecedência.

Ele apontou estatísticas da Organização Mundial de Saúde que mostram que mais de um milhão e meio de pessoas morrem em acidentes de trânsito a cada ano, e esse número pode e deve ser reduzido. “Nós acreditamos que nossa tecnologia tem potencial para reduzir esse número, talvez pela metade”, afirmou. Para ele, o projeto em fase experimental permite vislumbrar como o transporte pode ser no futuro graças à ciência da computação.

A nova tecnologia é exemplo de que, nos últimos anos, o Google tem expandido os negócios para outras áreas além de sua especialidade original – as buscas na internet. A companhia já tem atuação significativa em serviços de localização, por exemplo, com o Google Maps e o Google Street View. [BBC]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

5 comentários

  • Rodrigo Paim:

    Pelo menos, tendo a tecnologia nos conduzindo, reduziremos os acidentes graves causados por imprudência, bebedeira, arrogância na direção, etc [….]

  • gato inteligente:

    que garante que esse carro anda sozinho pois tem gente dentro do carro e google não e pioneira ja existe outro fabricante que ja testou isso mais usado controle remoto e instalado sensores nas estrada para garantir que o carro não sai do asfalto

  • Joner Vonus Yantufucker:

    Essa do carro sem motorista é velha, ja está em fase final de teste o motorista sem carro.

  • Eduardo:

    Em Portugal os carros vão andar sozínhos.Os motoristas e passageiros vão ficar na segurança de seus lares.

  • geraldinho:

    ESSE É O CAMINHO!
    É mais inteligente – e mais fácil – adotar tecnologias que aproveitem as vias e os carros que temos.

    A tendência de ceder o controle dos nossos carros às máquinas é inevitável, mas não teremos um transito aéreo e automatizado como o visto em filmes de ficção tão cedo, pelo menos não enquanto não obtermos energia limpa e renovável em abundância. Enquanto isso, a melhor solução é essa, adaptar.

Deixe seu comentário!